sexta-feira, 22 de junho de 2018

Brasil vence, mas convence menos que defesa de Lula


Edição Futebolística do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net


No apito final, Neymar se ajoelhou e chorou no meio do campo. È muita pressão psicológica em cima do namorado da princesa Bruna Marquezine. Aliás, ela precisa auxiliar o amado nas artes dramáticas. Neymar foi um ator ruim durante a partida. Apanhou, como de hábito, porque segue prendendo demais a redonda. Em uma das pancadas que levou, deu um soco na bola e levou um cartão amarelo bobo.

A Seleção Canarinho, que jogou toda de azul, amarelou, novamente. O time teve 69% de domínio de bola. O que isso significa? É preciso rever tal “vantagem”. Os analistas deveriam interpretar a “qualidade” do “domínio” percentual. O fato a ser levado em conta é que a altíssima qualidade individual dos jogadores exige deles uma atuação coletiva, ofensiva, mais eficaz. Futebol é jogada rumo ao gol. Toque de lado e para trás, se não for uma emergência, é uma enganação.

Futebol é bola na rede. Assim, no pragmatismo ludopédico, a vitória do time do Tite foi um espetacular 2 a zero. Seguimos vivos na Copa da Rússia, embora a coisa tenha ficado ruça em campo. Enfim, o que interessa é o Fim. Vencemos, sem convencer, igual à defesa do time de Lula – que agora sonha com a prisão domiciliar. Agüenta, Brasil...

Que venha a Sérvia... Mas fiquemos de olho nos árbitros de vídeo lá do STF... O jogo do dia 26 é sempre preocupante...

Releia a primeira edição: A goleada que realmente importa


Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 22 de Junho de 2018.

2 comentários:

Marcelo Mafra disse...

No caso do julgamento sobre Lula na 2ª turma do STF, no próximo dia 26, o que seus advogados realmente pretendem é que, por uma petição avulsa (PET nº 7670) protocolada em 5/6/2018 (em relação ao Recurso Extraordinário apresentado ao TRF-4, e ainda não julgada a sua admissibilidade nesse tribunal regional federal), se faça com que no art. 27, §2º, da Lei nº 8.038, no trecho onde está escrito “recebido no efeito devolutivo”, passe a ser como se estivesse escrito “recebido no efeito suspensivo”.
Ou seja, querem transformar o STF em Poder Legislativo, alterando uma lei.
Para evitar essa aberração, basta se aplicar a Súmula 634, que diz que não compete ao STF conceder efeito suspensivo a recurso extraordinário que ainda não foi objeto de juízo de admissibilidade na origem.
A Regra é clara!

Anônimo disse...

A seleção brasileira se continuar assim, vai voltar mais depressa pra casa.O jogador brasileiro ainda pensa que é o melhor do mundo e entra em campo de salto alto. e o Neimar continua cada vez mais ridículo, com seus faniquitos dentro do campo. Estou apostando minhas fichas na Russia que não brinca em serviço e futebol é bola na rede. Quanto a Argentina foi um vexame completo e quase deu um enfarte no Maradona, assistindo o jogo. asta luego.