quinta-feira, 21 de junho de 2018

Quem topa cutucar a Onça com toga curta?



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net


Apesar de serem reconhecidos como aliados históricos do petismo e críticos da Lava Jato, os ministros da segunda turma do STF não querem assumir o desgaste de soltar Lula. A suprema virada de mesa seria uma afronta à decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região que ordenou o cumprimento imediato da pena por Lula. Suspender os efeitos da condenação agora seria uma medida mal vista, principalmente pela cúpula das Forças Armadas. O momento não é de cutucar a onça com toga curta.

Não é prudente embarcar na onda da petelândia sobre a libertação de Lula. Os petistas estão no papel deles. Precisam seguir com afronta judicial de que Lula-Preso pode ser candidato a Presidente. Não pode! Ele é ficha-suja. Mesmo assim, desafiando a lei e o senso de Justiça, a petralhada promete registrar a candidatura até 15 de agosto. O Tribunal Superior Eleitoral é que tem o dever de impedir, imediatamente, que se cometa mais um crime contra a Segurança Jurídica no Brasil.

Lula dificilmente será solto dia 26. O fato objetivo é que o pleno do Supremo mantém o entendimento sobre prisão após condenação confirmada por órgão judicial colegiado em segunda instância. Nada indica que a segunda turma vai inovar, contrariando o entendimento da maioria consolidada do STF. Assim, Lula é ficção petista a esperança de libertar o companheiro $talinácio na semana que vem.

De toda forma, têm generais com dedo pronto para dar aquelas twittadas exigindo o respeito à Lei, à ordem e às instituições. Soltar Lula é golaço contra em tempos de Copa da Rússia. Só petista idiota e fanático que aposta em tamanha loucura.  




Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 21 de Junho de 2018.

4 comentários:

Anônimo disse...

quarta-feira, 20 de junho de 2018
Blog chumbo grosso
TRINCA DOS HORRORES ABSOLVE A SENADORA COXA-AMANTE...

Josias de Souza

Ao absolver Gleisi Hoffmann, a Segunda Turma —Jardim do Éden do Supremo Tribunal Federal— acomodou o PT no divã. O paciente é complexo. Combina sintomas de esquizofrenia (perda de contato com a realidade) e paranoia (mania de perseguição). Obcecado pelo discurso da condenação sem provas, o petismo terá dificuldades para lidar com uma absolvição por falta de provas.
Acusada de se apropriar de R$ 1 milhão roubado da Petrobras, Gleisi livrou-se das imputações de corrupção e lavagem de dinheiro por unanimidade. Avaliou-se que a acusação estava excessivamente ancorada em delações. Os ministros Edson Fachin (relator) e Celso de Mello (revisor) votaram pela condenação parcial.
Ambos concluíram que o dinheiro sujo chegou à caixa registradora da campanha de Gleisi ao Senado, em 2010. Como não há registro na Justiça Eleitoral, condenaram a ré pelo crime de falsidade ideológica eleitoral, eufemismo para caixa dois. “Tenho como provado nos autos o efetivo recebimento de valores no interesse da campanha da denunciada”, declarou o relator Fachin.
Contudo, os outros três ministros da turma discordaram. Gilmar Mendes, o libertador; Dias Toffoli, o ex-funcionário do PT; e Ricardo Lewandowski, o amigo da família Silva, optaram pela absolvição integral. “Não há aqui qualquer vestígio de prova da entrega de dinheiro para os acusados, inexistindo de resto um único registro externo sequer aos depoimentos dos colaboradores”, desqualificou Lewandowski.
Dá-se de barato na Suprema Corte que o resultado seria outro se o julgamento tivesse ocorrido na Primeira Turma, conhecida como Câmara de Gás. Ali, Gleisi não escaparia de uma sentença condenatória. Com a ficha suja, a senadora não poderia disputar uma cadeia na Câmara, como pretende. Mas estaria livre entoar os bordões da “perseguição política” e da “pressão da mídia.”
Suprema demência! Ao tratar do caso da presidente do PT e Gleisi com a sensibilidade de um centro terapêutico, o Jardim do Éden do Supremo atordoou o paciente. De maníaco, o PT passará a depressivo. Sem a pose de vítima, o partido não será o mesmo. Vai piorar.
Postado por Altamir Pinheiro às 6/20/2018 09:41:00 AM

Anônimo disse...

Dia 26 próximo, o grande LULALÁ, será solto e enquanto aguarda o resultado de seu julgamento final, será candidatíssimo, eleito, reeleito presidente e ninguém vai reclamar nada.Forças Armadas?Quais? Como comandante supremo, aí é que vai cagar e andar para nossas Força Armadas. Afinal o Brasil está sem rumo, mas as instituições funcionado maravilhosamente, é ou não?

Anônimo disse...

Gilmar Mendes prende cego que furtou R$ 140,00 e liberta ladrões de bilhões.
Aqui:
http://www.tribunadainternet.com.br/gilmar-mendes-prende-cego-que-furtou-r-14000-e-liberta-ladroes-de-bilhoes/

ALMANAKUT BRASIL disse...

Lula é presidiário e deve ir para um presídio | Marco Antonio Villa

Jovem Pan News

https://www.youtube.com/watch?v=1x4u9yr1x9A