terça-feira, 31 de julho de 2018

A tortura do canalhismo e do Ministério Público


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net


Apenas por coincidência (que não existe), a imprensa e a burocracia estatal de esquerda voltaram a focar um desgastado tema que é requentado perto das eleições ou quando se deseja sacanear e desmoralizar os militares: a “tortura”. O Ministério Público em São Paulo reabriu ontem o Caso Vladimir Herzog – jornalista da TV Cultura morto nas dependências do DOI-Codi em São Paulo. Semana passada, a Procuradora Geral da República, Raquel Dodge (a mesma que jogou contra a a impressão do voto na urna eletrônica), pediu a rediscussão da Lei de Anistia pelo Supremo Tribunal Federal...

Os fatos obrigam que se questione a atuação da instituição Ministério Público. O que leva o MP a processar ou não oferecer denúncia contra alguém? Por que alguns são poupados e outros são vítimas de uma jagunçagem estatal (uma verdadeira tortura psicológica)? Tem uma outra pergunta feita pelo auditor aposentado da Receita Federal, Luiz Otávio Borges, que merece uma resposta sincera: Por que o Ministério Público esconde da sociedade os inquéritos que “engaveta”? Por que os governos, parlamentos, tribunais e o MP têm medo do controle estatal exercido pela sociedade?

Luiz Otávio Borges insiste: “Por que o Ministério Público não responde a consultas sobre sobre engavetamentos? O auditor da Receita aposentado lança um desafio: “Faça um teste: use a Lei de Acesso à Informação e peça, a QUALQUER UNIDADE DO MP, a relação de processos (em andamento na UNIDADE DO MP) que estão sem movimentação há mais de 3 meses (ou mais de 6, ou 12, ou etc... meses). Prepare-se para a possibilidade de sofrer uma grande decepção”.
   
Luiz Otávio tem uma postura otimista: “Apesar de tudo, não perco a esperança. Acredito que aparecerão, no MP, Procuradores e Promotores decentes com coragem de conversar, EM REUNIÕES ABERTAS A INTERESSADOS, sobre propostas de Controle Social capazes de inviabilizar PREVENTIVAMENTE, nos Órgãos Públicos em que forem implantadas, os esquemas de corrupção”.

Eis um bom tema para debate nesta eleição. Acontece que a grande mídia idiotizada pela ideologia esquerdista não quer discutir algo tão relevante para a Democracia. O foco prioritário, agora, é esculachar Jair Bolsonaro – já que ele desponta como favorito a vencer a eleição presidencial (até com chances de vencer no primeiro turno). Luiz Otávio é um defensor da tese de que “sem controle social eficaz, continuaremos governador por bandidos”.

A mídia hegemônica no Brasil não se preocupa em combater os bandidos de verdade. Alguns setores do Ministério Público – excetuando a turma da Lava Jato e afins -, também... O Brasil precisa ser passado a limpo. Enquanto o cidadão não tiver mecanismos de controle direto sobre a máquina estatal, a Ditadura Capimunista do Crime continuará hegemônica. Vamos mudar, ou não?...   




Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 31 de Julho de 2018.

5 comentários:

Anônimo disse...

CUMUNISMO É COISA MUITO BOA - NESSE ANO A INFLAÇÃO SERÁ DE APENAS 1.000.000 POR CENTO NA VENEZUELA!
TÁ POUCO?
MADURO ASSUME SUA RESPONSABILIDADE POR CRISE ECONÔMICA NA VENEZUELA  
Caracas, 30 jul (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, reconheceu nesta segunda-feira sua "responsabilidade" na grave crise econômica que aflige o país e estimou precisar de dois anos para "conseguir" uma recuperação com "alto nível de estabilidade".
"Os modelos produtivos que testamos até agora fracassaram, e a responsabilidade é nossa, é minha. Precisamos levar a diante o poder econômico que temos", disse Maduro, em uma sessão de trabalho do IV congresso do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV).
Apesar de sua enorme riqueza em recursos, a Venezuela atravessa uma severa crise econômica, resultando em uma escassez de alimentos básicos e remédios, má prestação dos serviços públicos e uma altíssima inflação que o Fundo Monetário Internacional (FMI) estima fechará em 1.000.000% neste ano.
Com frequência, o governo venezuelano atribui o fraco desempenho da sua economia a uma "guerra" liderada pelos Estados Unidos junto a fatores de oposição interna e da região, mas hoje o próprio Maduro pediu aos seus ministros que troquem as desculpas por resultados E MAIS EM http://www.jornalfloripa.com.br/agencia/noticia.php?id=26758811.
PAROU DE CULPAR OS EUA, NÉ, MADURO?
O MESMO SE DEU NO BRASIL, OS ELEITORES COLOCARAM AS RAPOSAS DO PT EM SEUS GALINHEIROS, NÃO SOBRANDO NEM AS PENAS DAS AVES!
SE V VOTAR NO CENTRÃO-ESQUERDÃO, V QUER A REPETIÇÃO DO ACIMA, SÃO EM GRANDÍSSIMA MAIORIAS CANDIDATOS COMUNISTAS, COM OS VELHOS POLITIQUEIROS DE SEMPRE, A COMEÇAR DO FALA-MANSA-BOI-SONSO 45 COMUNISTA ALCKMIN!
SABE QUEM IMPUNHA AS MÃOS ABENÇOANDO ALCMIN? VALDOMIRO SANTIAGO!
Tá aben-suado, meu fio!!!

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=dpnIDSe2SEs
nelson barbudo no You Tube falando sobre RODA VIVA DE ONTEM. VALE A PENA VER.

Anônimo disse...

Um flato jurídico de um comitê de ociosos anônimos (vulgo "Corte Interamericana de Direitos Humanos"), não eleitos por ninguém, revoga as leis do Brasil, votadas por representantes do povo legitimamente eleitos, e anula a coisa julgada emanada, mediante o devido processo legal, de um tribunal brasileiro competente.
Que faz o Brasil?
Corre a agachar-se perante o conventículo de idiotas, possivelmente incapazes de encontrar o Brasil num mapa mundi, renunciando à própria soberania e reconhecendo a atribuição de um organismo internacional postiço e inócuo para ditar ordens ao estado brasileiro.
O que falta para decretar-se o fim do país?

Antenado. disse...

Pois é...Tomar dos outros um Supermercado abastecido para dar aos "pobres" é fácil. Quero ver outro doido abastecer novamente o Supermercado para de novo ele ser tomado. Por isso essa zerda não dá certo.

Anônimo disse...

A respeitável Raquel Dodge não engana mais ninguém, começou dando uns apertos nos sinistros do STF, para dar uma de mulher maravilha, mas nas encolhas faz o jogo dos corruptos do supremo de frangos, mais conhecidos como supremos trambiqueiros federais. Chegou ao cúmulo de afirmar que o voto impresso, acaba com o sigilo do voto, que é colocado numa urna anexa que serve para conferir os votos entre a máquina mortífera eletrônica e os votos de papel. Ela atua de acordo com os conchavos entre o STF e a PGR, aliás como dizia minha avó, não devemos gastar velas com maus defuntos.Para confirmar tudo isso agora a dita cuja quer abrir um inquérito para apurar a morte do jornalista W. Herzog, que teria se suicidado na cela por enforcamento, quanto aos demais assassinos terroristas durante os anos de chumbo continuam protegidos pela anistia ampla geral e irrestrita, criada infelizmente pelo último presidente militar Figueiredo num acesso de clemencia, que possibilitou a volta ao poder dos comunistas, que adoram utilizar dois pesos e duas medidas.