quinta-feira, 26 de julho de 2018

A Vingança do Tio Sam contra corruptos tupiniquins


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net


Imagina a vergonha que o corrupto classe A passa a não ter o “direito” de levar a família para brincar na Disney. Tente dimensionar a tragédia para o bandido que fica impedido de torrar a grana roubada do Brasil nos cassinos de Las Vegas. Pior ainda, calcule o quanto dói no bolso do picareta que tinha grana em paraísos fiscais norte-americanos, e que podem não ver sua grana nunca mais, e ainda pode acabar indiciado, julgado, condenado e acabar preso pelo Judiciário norte-americano – que costuma ser implacável com estrangeiros...

No Brasil da impunidade e injustiça, a Lava Jato é flagrantemente desmoralizada. Acordos de delação premiada – embora tragam informações importantes aos inquéritos – têm servido, também, para reduzir, demais, as penas de condenados por corrupção. Em alguns casos, as tais colaborações judiciais tendem a facilitar que bandidos de peso acabem perdoados ao final de recursos judiciais, principalmente se o processo cair na segunda turma do Supremo Tribunal Federal. O Presodentro Lula adoraria receber tal benefício, porém está mais para bode expiatório (culpado ou não)... Coitadinho...

No Brasil, o Crime Institucionalizado compensa. A cultura da corrupção está arraigada. Removê-la é muito difícil. O “jeitinho” sempre acaba falando mais alto no final das contas. O modelo estatal Capimunista Rentista é feito para beneficiar e legitimar a corrupção sistêmica. Não há previsão de rompimento com o paradigma da roubalheira. Não temos mecanismos cidadãos, efetivos, de controle e fiscalização real da máquina estatal.

Assim vamos para mais uma eleição... Reclamando da Saúde, da Segurança, da Educação e da Corrupção... Os bandidos contam com seu voto... De repente, até compram para continuarem atuando...





Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 26 de Julho de 2018.

5 comentários:

Manoel Meirinho disse...

Direito e dever de exigir mudanças. (de um cidadão brasileiro que se preocupa com a Nação)
DIAS DE CAOS
Por: Divaldo P. Franco (professor, médium e conferencista)
Democracia constitui o mais audacioso e nobre estado de liberdade para a governança de um povo. Acostumadas as criaturas aos regimes arbitrários e violentos, acreditam que o direito da força é capaz de substituir a força do direito, e normalmente derrapam no cerceamento das liberdades de pensar, de agir, de contribuir em favor da coletividade.

De igual maneira os regimes totalitários utilizam-se da fragilidade e ignorância do povo para instalar-se, mediante promessas de suborno das consciências e de falsa igualdade de direitos, estimulando as classes menos favorecidas para a fidelidade, oferecendo-lhes migalhas, enquanto se locupletam no abuso do poder e da indignidade, mantendo a miséria moral, social e econômica.

A comodidade, fruto inevitável do desconhecimento dos direitos à cidadania, acredita-se feliz com os parcos recursos que lhe são fornecidos pelo Estado delinquente, e homenageia os seus ditadores como sendo salvadores dos seus problemas.

É muito mais fácil oferecer-se “pão e circo” às massas do que dignidade aos indivíduos.

A situação lamentável em que se encontra a sociedade brasileira neste momento, resulta, sem dúvida, da negligência dos governantes anteriores que estabeleceram leis injustas e inadequadas para manter-se no poder, pensando somente nos seus e nos interesses dos partidos aos quais pertencem.

Esses administradores infiéis contam com o apoio dos enganados que se fanatizam e somente pensam nas miseráveis compensações que recebem, levando a nação ao caos da desordem e do sofrimento. Nesse clima de instabilidade e desconforto encontram-se os vírus das desoladoras revoluções e desastrosas soluções para pior.

Este é um momento muito grave, talvez dos mais difíceis para a nacionalidade brasileira.

Não é momento para humor, mas para a busca de soluções legais, a fim de que se voltem a instalar a serenidade e o respeito aos códigos que vigem em toda sociedade democrática.

Quando, porém, o desprezo pelas leis e a corrupção se instalam nas altas cortes da administração, que deveriam pautar a sua conduta pelos estatutos da dignidade, o problema faz-se mais grave, exigindo que o povo venha às ruas impor o cumprimento dos deveres por aqueles que devem zelar pela honradez da sociedade.

Não foram outros os motivos que derrubaram a Bastilha em 14 de julho de 1789 e deram início à Revolução Francesa, que também derrapou nos tremendos crimes do denominado período do terror.

O Brasil, que possui tradições cristãs arraigadas e que sempre se caracterizou pelos valores da paz, deve repetir neste momento o gesto corajoso de enfrentar os dislates da corrupção e exigir imediata reforma nacional para restabelecer a paz e o progresso.

(artigo publicado no Jornal A Tarde, coluna Opinião, em 30 de maio de 2018)



Loumari disse...

É mesmo genial este fenómeno observado na dita direita brasileira! Uma classe composta de pessoas OBCECADAS por Lula! São tão, tão intelectualmente sábios que consagram todo o seu dom intelectual e seu precioso tempo a fazer propaganda em promoção ao personagem Lula. É este o ofício deles todos os dias. Lula é o condimento que dá sabor a todos os pratos que os da dita direita brasileira come.
Todos os da direita brasileira trabalham para Lula. Só que eles são tão idiotas e cegados pela crueldade que engodou os seus corações que não podem enxergar que são escravos ao serviço do personagem Lula. (Corações atraídos por meio do engano e promessas vãs)
Em todos os canais de televisão, em todos vídeos no YouTube, em todas páginas de Facebook, em todos blogs, em toda imprensa escrita brasileira, só se fala de Lula, só se lê Lula, só se escreve sobre Lula.
Quando se diz que Lula tirou da pobreza mais de 30 milhões de brasileiros, termino por crer que isso seja mesmo verdade. Analisando bem, todos os jornalistas da imprensa escrita, apresentadores de emissões de programas políticos, Youtubers, bloguistas, todo este mundo come do pão ganho graças a Lula.
Povo que sofre de degenerescência colectiva; mentes que sofrem de forte diminuição regressiva na sua estrutura psíquica (nisto respeito à sua alma e às suas faculdades intelectuais e morais).

O que a Bíblia diz sobre esta gente?

2 PEDRO 2:19 Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção; porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo.


JEREMIAS 8:12 Porventura envergonham-se de cometer abominações? pelo contrário, de maneira nenhuma se envergonham, nem sabem que coisa é envergonhar-se; portanto, cairão entre os que caem e tropeçam no tempo em que EU os visitar, diz o SENHOR.

Anônimo disse...

O maior inimigo da autoridade é um sniper.

Anônimo disse...

O que será que esse "profeta" está fumando, além do que usa costumeiramente?

Loumari disse...

https://www.youtube.com/watch?v=-pkXaacPPQo&t=401s

DADOS INDICAM QUE NEPOTISMO, QUE JÁ ERA ENDÊMICO, AUMENTOU

"Quase a metade dos deputados federais eleitos em 2014 são herdeiros políticos, ou seja, foram eleitos graças ao capital político de parentes diretos que já ocupavam algum cargo eletivo. O levantamento foi feito pela Organização Não-Governamental Transparência Brasil logo após as eleições legislativas e revelou um aumento de 5% do número de herdeiros políticos eleitos, em comparação ao pleito de 2010", diz o sociólogo Leonardo Fernandes, que faz uma análise sobre essa herança cultural que marca.

26 de Julho 2018