sexta-feira, 6 de julho de 2018

Compasso de Espera



“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Aos seis dias de julho do ano da Graça de dois mil e dezoito do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Brasil continua em estado catatônico.

Segue vigente a república dos bundões.

O povo, bestificado pelo futebol, oscila entre a euforia escapista e a depressão profunda.

O desgoverno insiste em tentar a regulamentação do indiferente para eclipsar os verdadeiros problemas e urgências.

O país corre o risco de esfacelamento como nunca dantes na história.

A louça de refeições dos chefes foi trocada. Em lugar de Vista Alegre, temos vista grossa.

A mentira continua reinando e quem ousa dizer a verdade recebe o novo “carimbo”: fake news. Nome disfarçado da censura que se pretende implantar.

O velho estigma da Teoria da Conspiração não cola mais. Todos já sabemos quem são os que nos querem escravizar, como agem e como se dissimulam.

O que veio fazer no Brasil o Vice Presidente dos Estados Unidos da América?

Conjecturaremos de um modo singular; pela negativa.

Combinar uma festa em homenagem a Carmen Miranda (a Pequena Notável) é que não foi.

Em linguagem diplomática falou ao vampiro: “Ou dá ou desce !”

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

7 comentários:

Loumari disse...

Moçambique, um novo centro para o tráfico de heroína

Com mais de 2.400 km de costa no Oceano Índico, o país permite o trânsito de drogas do Afeganistão e do Paquistão.

Moçambique se tornou a plateia giratória do tráfico de heroína para a Europa, e pela amplitude do tráfico, a droga já é notada na lista como o segundo produto de exportação mais importante daquele país, afirma um estudo.

"O tráfico aumentou para 40 toneladas ou mais [em Moçambique], tornando-se uma importante fonte de exportação contribuindo com até $ 100 milhões de USD por ano [85 milhões de euros] para economia local ", escreve o jornalista e analista Joseph Hanlon, um conhecedor de Moçambique e autor da pesquisa com o projecto europeu Enact. "Com um valor de $ 20 milhões de USD por tonelada, a heroína é provavelmente a primeira ou a segunda maior fonte de produto de exportação depois do carvão", disse a London School of Economics.

Todos os anos, cerca de 800 milhões de dólares de drogas do Afeganistão e do Paquistão passam por via marítima ou rodoviária para os países africanos e para a Europa, segundo o estudo.

Corrupção de autoridades locais

O papel de Moçambique, que tem mais de 2.400 km de costa no Oceano Índico, já vem sendo alvo de preocupação durante anos das chancelarias ocidentais. Em 2009, os telegramas diplomáticos americanos revelados pela WikiLeaks concluía-se do país como o "segundo lugar africano mais activo para o trânsito de narcóticos" depois da Guiné-Bissau. "Não é bem um narcotraficante corrupto, mas a tendência é preocupante", disse um deles.

Segundo John Hanlon, a situação vai de mal em pior. "Há vinte e cinco anos, que o tráfico é controlado por algumas famílias de comerciantes locais e rigidamente regulamentado pelo partido no poder, a Frelimo", escreve o pesquisador. A corrupção das autoridades locais e sua falta de meios impedem a luta eficaz contra o tráfico. "Algumas empresas [marítimas] não são controladas e é a corrupção que resolve os problemas", diz Hanlon, acrescentando que "Moçambique não tem guarda costeira".

Questionado pela AFP, o porta-voz da Polícia Nacional moçambicana respondeu que o estudo e suas conclusões foram objecto de uma "análise minuciosa" pelas autoridades. "Trabalho enorme [contra o tráfico] tem sido feito pela polícia nos aeroportos, mas a geografia do nosso país nos torna muito mais vulneráveis às nossas fronteiras terrestres e marítimas", admitiu Inácio Dina.

Moçambique tem passado por uma crise financeira severa que saiu a luz há dois anos, que se descobriu que o país vem ocultando aos doadores uma pesada dívida. O país se senta em enormes reservas de gás onde se espera extrair uma receita significativa a partir de 2023.


https://www.lemonde.fr/afrique/article/2018/07/05/le-mozambique-nouvelle-plaque-tournante-du-trafic-d-heroine_5326495_3212.html


OBS: Todo membro e partidário da Frelimo traz carregado o Diabo nas suas costas. A depravação dos gentios. Não esperem mudança alguma para o bem e melhoras para o povo Moçambicano. O que nasceu cobra morre cobra.

Loumari disse...

Moçambique e a sua auto-estima vergonhosa Um diálogo de vaivém

Logo que o Marechal Samora Moisés Machel foi brutalmente assassinado a consciência do povo moçambicano mudou, e para pior.
Hoje vemos por aí adolescentes de ambos os sexos a curtirem a sua “juventude” consumindo bebidas espirituosas tais como Double Punch, Boss, ou Tentação, cuja publicidade sempre passa na televisão.
Os fabricantes só estão interessados com o lucro pois ao invés de educar os adolescentes, a publicidade é enganosa. Dá-se a impressão de que as tais bebidas trazem felicidade, mas na verdade são uma porta aberta rumo à perdição. Esta geração só pensa nas festas do Kadoc e do Txiling Club.

Realmente, o “País do Pandza” está perdido. Tem uma das maiores barragens de África mas, ironicamente, a energia eléctrica, para além de não chegar a todos os cantos, é de péssima qualidade. Em Tete, onde se localiza a Cahora Bassa, é normal ficar-se um dia sem corrente. Quando é que isso vai parar?
Dizem haver democracia mas reina um monopartidarismo nos órgãos do Estado. Um país que diz não ter dinheiro para construir uma pequena escola tem verba para dar aos ex-ministros e quadros seniores do Estado. Isto está mal.
Eu só tenho pena do “tio polícia” que sofre de anemia psicológica, que nem a língua portuguesa sabe falar, mal conhece os seus direitos e deveres e ainda tem que (des)proteger o cidadão usando o seu fuzil vulgarmente chamado AKM. O “tio polícia” que de tanto sofrimento pesa 35 kgs de pura magreza.

Sinceramente, que país é este? Isto está mal. Mandam soldados que no fundo só sabem roubar. Enviaram-nos para Muxúnguè para fazer o quê? Porque o Armandinho e o Afonsinho não se sentam à volta de uma mesa e batem um “papo”???
O povo não pode sofrer por causa da Frelimo e da Renamo. Não podemos sofrer por causa da ganância de alguns ladrões de fato e gravata. O povo já sofre por não ter o poder de opinar, por falta de condições para viver, estudar. Não há emprego para os jovens e ainda querem aumentar o peso fazendo com que haja luto e mais luto nas nossas famílias?

Que país é este onde a televisão pública só serve para fazer uma pré-campanha para a Frelimo? Uma televisão que devia educar o cidadão mas não o faz porque tem de passar novelas mexicanas e brasileiras que só apresentam conteúdos totalmente eróticos, propagam a pornografia induzindo a juventude a prostituir-se a custo zero. É uma pena!!!

Realmente, o Puto Slim Nigga tinha razão. Este é o “País do Pandza”. Tudo está virada de pernas para o ar. Os nossos direitos foram rejeitados, há tantos ladrões de fato e gravata. Isto está mal

Mas é uma pena porque o povo vai cair na mesma conversa nas próximas eleições.
Enquanto isso, a juventude vai caindo no abismo.

Agnaldo Macaringue

Julho, 2013

Loumari disse...

É isso aí... vamos reclamar menos e agir mais!

Tá Reclamando do Guebuza? do Chissano? do Machel? Do Nyusi? do Ali? dos Ministros ? Dos políticos de Moçambique? dos 250 da Assembleia? E você?

Moçambicano Reclama De Quê?

O Moçambicano é assim:

1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.

2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.

3. - Suborna ou tenta subornar quando é apanhado cometendo infracção.

4. - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, dentadura.

5. - Fala ao celular enquanto conduz.

6. -Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.

7. - Pára em filas duplas, triplas em frente às escolas.

8. - Viola a lei do silêncio.

9. - Dirige após consumir bebida alcoólica.

10. -Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

11. - Espalha mesas, churrasqueira nas calçadas.

12. - Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho.

13. - Faz ligação clandestina de luz, de água e de tvcabo.

14. - Regista imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

15. - "Compra" recibo para abater na declaração do imposto de renda para pagar menos imposto.

17. - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10 pede recibo de 20.

18. - Comercializa objectos doados nessas campanhas de catástrofes.

19. - Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.

20. - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

21. - Compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata.

22. - Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca.

23. - Leva do local onde trabalha, pequenos objectos como clipes, envelopes, canetas, lápis.... como se isso não fosse roubo.

25. - Falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.

26. - Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem.

27. - Quando encontra algum objecto perdido, na maioria das vezes não devolve.

E quer que os políticos sejam honestos??????...

Escandaliza-se com a "festa" das passagens aéreas...
Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo ou não?

Moçambicano reclama de quê, afinal?

E é a mais pura verdade, isso que é o pior! Então sugiro adoptarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário!

Vamos dar o bom exemplo!

Espalhe essa idéia!

"Fala-se tanto da necessidade deixar um planeta melhor para os nossos filhos e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores (educados, honestos, dignos, éticos, responsáveis) para o nosso planeta, através dos nossos exemplos..." *
A mudança deve começar dentro de nós, nossas casas, nossos valores, nossas atitudes!

Loumari disse...

"Há quem defenda os seus erros como se estivesse a defender uma herança."
(Edmund Burke)



Apto e Inapto, Verdade e Mentira

O que está apto para tudo é eterno. É apenas nisto que reside o valor daquilo a que chamamos a experiência.
Mas a mentira é uma armadura com a qual o homem, muitas vezes, permite ao inapto que existe em si sobreviver aos acontecimentos que, sem essa armadura, o aniquilariam (bem como ao orgulho para sobreviver às humilhações), e esta armadura é como que segregada pelo inapto para prevenir uma situação de perigo (o orgulho, perante a humilhação, adensa a ilusão interior). Subsiste na alma uma espécie de fagocitose; tudo o que é ameaçado pelo tempo, para não morrer, segrega a mentira e, proporcionalmente, o perigo de morte. É por isso que não existe amor pela verdade sem uma admissão ilimitada da morte. A cruz de Cristo é a única porta do conhecimento.

(Simone Weil, in 'A Gravidade e a Graça')

Anônimo disse...

Envie seu cartão vermelho contra a Ditadura Homossexual – PLS 134/2018

Em apoio à iniciativa do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira, A Frente Universitária e Estudantil Lepanto o convida a participar do abaixo assassinato contra a Ditadura homossexual!

Em nome da não discriminação, discrimina-se quem não concorda com o homossexualismo.

Se aprovado, esse estatuto cercearia a liberdade religiosa e até mesmo o direito dos pais em educar seus filhos contra a ideologia de gênero.


Serão também criadas cotas nas empresas públicas e privadas para os homossexuais e transgêneros:

Art. 70. A administração pública assegurará igualdade de oportunidades no mercado de trabalho a transgêneros e intersexuais, mediante cotas, atentando ao princípio da proporcionalidade.

Cabe a nós a mobilização contra esta ameaça silenciosa.

Divulgar a campanha e assinar novos cartões vermelhos para os Senadores é uma maneira de alertá-los que somos contra a Ideologia de Gênero e estamos de olho nas ações deles daqui em diante.

Envie agora seu Cartão Vermelho contra esse Projeto de Lei:

https://cruzadapelafamilia.com/

Fonte:
https://lepanto.com.br/catolicismo/perseguicao-religiosa/envie-seu-cartao-vermelho-contra-ditadura-homossexual-pls-134-2018/

Anônimo disse...

Não espere, peça pela ajuda dos militares... americanos, o mais rápido possível, bases americanas no Brazil, nossa última esperança...

Anônimo disse...

Neymar deve estar muito triste, afinal ninguém vai copiar o modelito do cabelo. Ele deve pegar seu jatinho, ir para a mansão em Mangaratiba, chamegar com a namorada e gastar uns tostões de seus 13 milhões de salário. Que triste!