terça-feira, 24 de julho de 2018

Espertezas e incertezas eleitoreiras


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net


Dá para constatar, facilmente, que são muitos os desafiadores enigmas da eleição 2018. A conversinha do Boi-Tatá que mais chateia é a mentirinha que a eleição custará menos que outras passadas, em função da proibição para financiamentos empresariais das caríssimas campanhas. A desgastada bandidagem política já usou os canais alternativos da corrupção endêmica e sistêmica para retornar ao Brasil os bilhões “roubados”. Só alguém muito ingênuo (ou idiota) não acredita que a grana “exportada” ilegalmente agora retorna “lavadinha”, “legalizada”, para os investimentos eleitoreiros – sobretudo na deslavada compra de votos.

Alguns analistas especulam sobre uma abstenção recorde no pleito de 2018. As previsões (ou chutes?) variam de 25% a 30% do eleitorado que não pretende comparecer para votar obrigatoriamente ou que dedará as teclas “Branco” e “Anula” da magnífica urna. Alguns também fazem apostas que o percentual pode ser um pouco menor, caso a compra do voto seja mais intensa que em outros tempos. É muita incerteza, porém, no cenário, sobra e impera a esperteza (no pior sentido do adjetivo). Os picaretas não querem largar o osso. E têm dinheiro malocado para investir no continuísmo do “emprego” de “Político Profissional”.

A grande maioria dos políticos quer se dar bem - e ainda melhor. No entanto, é recomendável depositar alguma fé em pessoas realmente de bem que se aventuram a disputar uma eleição para fazer algo de melhor pela sociedade e (por que não?) por elas mesmas. Afinal, os salários dos políticos são acima da média de outros empregos, mesmo sem qualquer roubalheira. Senadores e deputados (bem como os vereadores) custam caro à sociedade. Quando roubam, se tornam caríssimos...

Apesar da hegemonia das tranqueiras, voltemos aos honestos e idealistas. Ainda são minoria, mas existem... Diante de tanta corrupção, o eleitor compulsório (obrigado a dar a dedada eletrônica por força de lei e não por consciência cívico-democrática) tem o dever moral de não eleger ou reeleger picaretas comprovados. É preciso sonhar com a renovação, mesmo sabendo que nosso sistema eleitoreiro mais parece um Cassino do Al Capone. As pessoas de bem e do bem precisam se tornar maioria no Brasil dominado pelo Crime Institucionalizado. Missão (quase) impossível...       

Os segmentos esclarecidos e honestos da sociedade brasileira precisam partir da mera reclamação e gritaria, partindo para uma ofensiva concreta contra a bandidagem organizada na política. Política é um direito e uma obrigação das pessoas corretas. A mobilização delas é crescente... Até porque a insatisfação atinge limites intoleráveis. O tal “Centrão” tende a tomar muita pancada. Seu candidato, Geraldo Alckmin, corre o risco de se transmutar de Chuchu em Pepino... Tucano deve apanhar mais que Bem-te-vi caçando Gavião...

Partiremos para uma campanha eleitoral brutal, de baixo nível, polarizada e radicalizada, ainda com resultado imprevisível, apesar da fé messiânica do Jair Bolsonaro de que pode vencer a Presidência no primeiro turno. O mito só não pode pagar mico... Erros primários têm sido cometidos. A torcida do PSL não agiu bem com a Janaína Paschoal – praticamente descartada para vice... Agora a galera fala no príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança... Por favor, não queimem uma pessoa brilhante e patriota... O partido controlado pela família Bolsonaro tem falhado nas articulações... Se ele vencer será chamado de gênio. Se perder, a culpa será dele... Mas a atribuição de culpa deve ir para a “fraude eleitoral”...

Pior é o cenário para o “Coroné” Ciro Gomes – que terá de se passar por “primo” do Presodentro Lula Inelegível da Silva para tentar herdar os votos da esquerda perdida, um bando de sem-noção e sem-Nação... Os petistas sacanearão Ciro, do PDT – da mesma forma como sabotaram, no passado, o fundador pedetista Leonel de Moura Brizola... O PT é sempre previsível e inconfiável...

A Petelândia deve partir para a derrota com Fernando Haddad – que será chamado de um dos filhos e herdeiro legítimo de Lula no Norte/Nordeste... Lula deve ficar em regime de prisão privilegiada, com regalias. Seguirá fazendo presepadas até 15 de agosto – data limite para registro de candidaturas. Ainda há chance de o PT tentar registrar a candidatura dele, tendo como vice o substituto eventual Haddad.  

Outro drama? Nem o Michel da Marcela embarca no trem do Henrique Meirelles. Seu discurso de campanha é nada “Original”... A candidatura dele é um projeto de Ferrou-rama... Um Desorient Express... Pelo andar dos vagões, apesar dos trilhões, ele será saído dos trilhos, por falta de popularidade... A pessoas só lembram que ele jogou com Lula, foi posto na reserva por Dilma e agora é tido como temerário demais pelo pobre eleitorado...  

O jogo está aberto, escancarado, indefinido... Ainda há espaço para surpresas nos derradeiros dias de pega-pra-capá até 7 de outubro – ou no segundo turno... A partir de 16 de agosto, a campanha pegará fogo por 45 dias. Recomendo ficarem de olho no Paulo Rabello de Castro... Ele elaborou um Plano de 20 metas... E já pensou se ele arranja um General – que outros não quiserem ou não puderam – para vice?...

Articula quem tem juízo... Perde quem não tem competência... Mas, seja quem for o vencedor, vai pegar, em 2019, um País com a economia destroçada, um povo pt da vida e um PT prontinha para fazer a única coisa que sabe fazer bem, além de roubar: oposição destrutiva... E o Centrão vem junto, para continuar roubando, fingindo nas articulações e traindo a Pátria...    





Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 24 de Julho de 2018.

3 comentários:

Anônimo disse...

O candidato Meirelles que consideramos um homem inteligente, está batendo numa tecla muito antiga que até a molecadinha das creches sabem que a industria automobilística do Kubichek, decretou a falencia das linhas ferreas que existiam no brasil. Nem utilizando o fundo soberano de bilhões de dolares daria para voltarmos a ter uma malha ferroviaria de norte ao sul deste infeliz país. Talvés alguns saudosistas votem no Meirelles acreditando no seu plano utópico de incrementar as ferrovias o que seria um pé no saco dos caminhoneiros que perderiam sua força de serem os únicos responsáveis pelo transporte do país. A colonização do velho oeste americano só foi possível quando as velhas maria fumaça invadiram o oeste e dizimaram os pele vermelhas, que se consideravam os verdadeiros donos daquelas planícies. Pelo menos aqui não precisaríamos dizimar os nossos indios, que já estão aculturados e negociando suas terras, com o capital estrangeiro. ass. Very old man. !!!

Anônimo disse...

http://aluizioamorim.blogspot.com/
terça-feira, julho 24, 2018
QUEM SUSTENTA O JORNALISMO A SOLDO DA GRANDE MÍDIA PARA MENTIR DESCARADAMENTE?

O desespero do dito "centrão" aquela reunião de candidatos presidenciais que não têm votos pode ser constatado pela grande mídia. Tentaram inclusive colocar um cavalo de Tróia como vice-presidente de Jair Bolsonaro. Agora os penas alugadas do dito "centrão" acusam Bolsonaro de "governista" porque o PSL teria votado medidas propostas pelo governo de Michel Temer.

Ora, faz muito pouco tempo que Bolsonaro ingressou no PSL, o único partido que lhe deu acolhida, de forma a viabilizar sua candidatura. Bolsonaro havia saído do PP e estava sem partido. E notem que custou a conseguir uma sigla que o acolhesse, haja vista que praticamente o Congresso inteiro, a totalidade dos partidos, fazem parte do dito "centrão".

Para quem não sabe o Brasil provavelmente é o país que tem mais partidos políticos do mundo! Atualmente são 35 partidos e há mais 56 siglas na fila. Caso venham a ser homologadas pela Justiça Eleitoral, passaremos a ter 91 partidos políticos o que é uma aberração, um troço vergonhoso e até mesmo caricato.

E o que move essa gentalha a criar partidos políticos? Ora, a verba partidária, dinheiro público para engordar as contas bancárias desses oportunistas. Quem paga a conta? Sempre o povo brasileiro. Ninguém escapa da teia infernal de tributos sobre tudo e sobre todos. A taxação é federal, estadual e municipal. Este volume de tributos decorre do fato de que o Brasil é uma república comunista. Se isso é uma democracia a minha vó é uma bicicleta.

Esta é a verdade dos fatos. Tanto é que não dá mais para ler, ver televisão e escutar rádio. Os jornalistas da grande mídia passaram a ser lacaios desse dito "centrão" o ajuntamento dos sem votos que perdem miseravelmente para Jair Bolsonaro em todos os Estados do Brasil.

Nunca essa situação ficou tão parecida com o que ocorreu no pleito que levou Donald Trump ao poder nos Estados Unidos.

No caso brasileiro é de se indagar: Essa gentalha mente desta forma por ideologia? Por estar convencida de que esses candidatos sem voto são a solução para o Brasil que está literalmente falido e que foi falido justamente por causa deles?

E finalmente a pergunta que não quer calar: Quem financia a grande mídia brasileira e quem molha as mãos seus jornalistas para produzir essa torrente diária de fake news? Notem que fake news não são apenas publicações de fatos inexistentes. Mas pior do que isso, ou seja, a manipulação dos fatos reais por meio de uma falsa narrativa que atenda os interesses do deletério establishment.
Postado por Aluizio Amorim às 7/24/2018 09:46:00 AM

Loumari disse...

A BURGUESIA ASSUME A BARBÁRIE, DIZ JORNALISTA

https://www.youtube.com/watch?v=AKZbQt8VpyM&t=29s

24 de Julho 2018