domingo, 19 de agosto de 2018

Banca de Jornal in Motherjoaneland



“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Um distinto cavalheiro foi até uma banca de jornal, pedir um exemplar de Estadão atrasado, para forrar o piso de um cômodo que pretendia mandar pintar em sua residência.

Para sua surpresa, o jornaleiro lhe deu um mapa de Minas Gerais...

Um estado que tolera a candidatura a reeleição de um péssimo candidato e a de uma débil mental (salva pelo gongo por um contumaz rasgador da constituição) bem merece nosso escárnio.

Proponho a fundação do MS”P” ; o movimento dos sem paciência para aguentar essa pletora de disparates.

Bons tempos em que um humorista se passava por um exilado em Paris, que voltando de um coma profundo, ligava para sua mulher no Brasil para saber as novidades. A Madalena lhe contava as barbaridades de então e ele, incrédulo e raivoso, dizia à enfermeira: “Tira o tubo !” Queria morrer a aceitar a vexaminosa situação de seu país.

Assim estamos. Desde a mais alta “otoridade” até o mais humilde servidor, todos só dão maus exemplos.

Vivemos numa verdadeira “House of mother Joanne”.

A situação é tão grave, que duas altíssimas personalidades do Grande Irmão do Norte, nos visitaram nos últimos meses. Logo eles que sempre cagaram e andaram para todos ao sul do rio Grande.

Por ironia, representam nossa derradeira esperança de viver num país digno. Vai nos custar a perda da Embraer. Deus não permita que também seja entregue nossa soberania na base de Alcântara.

Nestes tempos em que os chefes militares parecem padecer da doença do sono, não nos iludamos com a “solução” eleitoral. O TSE NÃO cumpre a Lei do voto impresso.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

Loumari disse...

A direita aristocrata brasileira elaboraram um vasto programa que consiste em ter a imprensa e a media televisiva como mecanismos que servem a dar ao povo incauto seu alimento favorito que é o ódio. Todos estão sendo formados a servir na mente do brasileiro o ódio. Todos os jornalistas pertencentes a oligarquia controlada pela maçonaria estão a obrar de jeito a disseminar a mentira, criar mais desesperança, ódio e violência nos espíritos das pessoas, fomentar mais desespero, ter o povo distraído e controlado com o sentimento de ódio e vingança, e enquanto o povinho incauto está com atenção focalizada no objectivo Lula, a verdadeira ditadura, órgão maçónico, a legião de Lúcifer impera. Os maçons tomaram poder e autoridade e dominam sobre um povo vulgarmente tolo.
Não há nenhum articulista da dita direita brasileira que escreve um artigo sem mencionar Lula. Qual é mesmo o seu problema? Não têm outras fontes de inspirações que vos incite a escrever sobre outros sujeitos, outros temas? Tudo se resume no que é Lula? Estão obcecados por Lula ou quê? Isto já é uma doença. E uma doença grave que tem afectada a toda companhia da dita direita brasileira. Eles todos não têm ideias inteligentes, não inspiram em nada de positivo e de progressista, mas têm uma infinita habilidade de arrastar o povo todo para o fundo do poço do abismo. Esta gente ama o Brasil? Definitivamente a resposta é não.
Lula não está preso? Estando encarcerado, que risco Lula ainda representa para o Brasil? Há quantos anos que este homem não exerce alguma actividade com mandato no podium político?
Toda a dita direita brasileira está a obrar para a destruição do Brasil. Temos lido todos os artigos publicanos pela classe direitista brasileira, e o que observamos é que, a sabedoria deles todos só consiste em falar mal dos outros e nunca, mas nunca mesmo eles publicam estudos de projectos para a nação. Nunca. Por quê isso? Porque esta gente toda se comprometeram com Satanás. São partes e membros da legião do deus arquitecto do universo. Os luciferinos, tais maçons ao serviço de Gadu. Deus da destruição.
Brasileiros, a maçonaria está a trazer para o Brasil o plano de extermínio da população brasileira.
A maçonaria brasileira é o braço direito de Satanás.

Anônimo disse...

Pequena confusão

Sebastião codinome Pierre o exilado e marido de Madalena e o General acidentado a seis anos em coma que quer tirar o tubo que o mantém vivo diante de mudanças absurdas na política...

Anônimo disse...

Quer prova maior de que Minas Gerais é um estado infestado de loucos e ignorantes? É a turma do “acabei de injeitar...” isso ou aquilo para ver se o interlocutor faz uma proposta. Malandragem demais acaba tornando o espertalhão vítima da própria esperteza. “Acabei de injeitar um político desonesto...” e votam na Anta. Ninguém merece...