sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Regramento Invasivo



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Antônio José Ribas Paiva

É proibido fumar, é proibido beber e, para ir ao banheiro é preciso tirar alvarás, mediante o pagamento de taxas, lógico.
     
Nossos senadores, acabaram de criminalizar a “importunação sexual”.

Quer dizer, acabou a segurança jurídica, nas relações sociais!
    
Quem quiser extorquir ou se vingar de alguém, basta gritar e  se dizer molestada ou molestado, para acabar com a vida do desafeto.
   
Ora, os senadores não sabem disso???

É lógico que sabem, mas estão cumprindo ordens, de quem manda neles, para ampliar o controle social das relações inter gêneros.
    
A lógica dos tiranos é simples: quanto maior o regramento, maior o controle da sociedade.
   
Todas as mudanças na legislação sobre crimes sexuais, tiveram o mesmo objetivo, tornar juridicamente inseguras as relações inter gêneros, porque quem controla a sexualidade das pessoas, controla a sociedade.
     
É a DITADURA DO CONTROLE SOCIAL!
    
Enquanto isso, os agentes sociais e formadores de opinião pregam a liberação das drogas e a descriminalização da pedofilia e de outras bestialidades.
   
A bandeira é a democracia, mas o objetivo é a ditadura , se possível a comunista.
     
Está claro, que os controladores não vão parar. A solução para o Brasil, desculpem os adeptos de eleições, é a INTERVENÇÃO CÍVICO-MILITAR, imediata!!!

Antônio José Ribas Paiva, Jurista, é Presidente do Nacional Club.

3 comentários:

Anônimo disse...

A verdadeira saída é a intervenção constitucional cívico-militar, eleições é para manter do governo do crime,e Jair Bolsonaro e os militares que apoiam sabem disso!

Tutankamom

Anônimo disse...

Vamos adotar a burca de vez, pois do jeito que a coisa está indo, só olhar para o lado de uma mulher vai ser crime. Outra opção seria proibir as mulheres e LGBT & CIA, a usarem roupas enfiadas nas partes íntimas, de tão apertadas, ou tão curtas que aparece a etiqueta, porque isso não seria atentado ao pudor?

Anônimo disse...

De tombão-de-bola, perguntinha ingênua, inconsulta, impertinente, contudo, perturbável: E os travecos e os pedófilos daquela gororoba de letrinhas LGBPTralhas, já não estariam, ipso facto, enquadrados nessa lei, pelo comportamento e trajes sumários, ostensivamente, lascivos, apelativos, e perturbadores, ab origine?
TOT