quarta-feira, 26 de setembro de 2018

A Opressão pelo Voto será derrotada


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Quem vai vencer a eleição presidencial ainda é um mistério. Jair Bolsonaro é inegavelmente favorito. Mas nada é garantido. A oposição a ele tem muito dinheiro “roubado” para investir na compra de votos. Os inimigos dele contam com as facções criminosas das periferias para promoverem a opressão pelo voto. A tensão vai subir até 7 de outubro.

Bolsonaro simboliza o candidato contra o Crime. Assim, é natural que o Crime atue contra Bolsonaro. O atentado – do qual ele se salvou por milagre – foi a prova de que o jogo é bruto – e pode ficar ainda mais covarde, antes, durante e depois da eleição. O clima é literalmente de guerra. As Forças Armadas que se preparem. Os bandidos estão prontos para o que der e vier.

Trata-se de uma avant premiére da onda real de conflitos que vêm por aí, seja qual for o resultado eleitoral. O Brasil está em ritmo de pré-venezualização. Se Bolsonaro vencer, é claro que haverá reação violenta do Crime. Se perder, o Crime vai acelerar o processo revolucionário comunista. Em síntese, a porrada vai comer de qualquer jeito. Ações de terror já estão em andamento.

Vamos desenhar para quem prefere ou não consegue não enxergar. A sensação de insegurança é maior. O medo, também. Aumentou a quantidade de assaltos, furtos e roubos. Parece sincronizada a freqüência de atos de vandalismo contra bens públicos, inclusive com incêndios criminosos. Explosões de caixas eletrônicos, e ataques cinematográficos a agências bancárias. Ataques programados para matar policiais. Invasões de imóveis e por aí vai...  

Na eleição, a incerteza... A consultoria Eurásia sinaliza que Jair Bolsonaro vence Fernando Haddad com 55% dos votos, no segundo turno. O Ibope calcula que Haddad é quem vence com 43%. Já pensou se nem houver segundo turno? As “pesquisas” erraram muito na eleição passada. Definitivamente, as enquetes não conseguem medir a dimensão do descontentamento e revolta do brasileiro.

A Eurásia pelo menos chama atenção para o fenômeno: “Em um momento no qual os eleitores estão procurando um Presidente que represente a mudança do atual establhishment político, que reduzirá a corrupção e o crime, Bolsonaro pode explorar tanto sua falta de envolvimento com a Lava Jato, quanto sua posição linha dura contra os criminosos para ganhar votos de centro-direita e anti-PT”.

Inegavelmente, a fama da corrupção e da incompetência de gestão colou no PT. Por isso, é inacreditável que o candidato petralha tenha um crescimento tão grande nas intenções de voto. O fenômeno não combina com a realidade. Aliás, confronta a verdade. A não ser que o eleitorado seja completamente sem vergonha na cara.   

O jurista Antônio José Ribas Paiva tem toda razão. O ódio, a inveja, a mentira, a cobiça, o crime a violência e a amoralidade são componentes doutrinários do Comunismo. Por isso, temos de dar um passo decisivo. Após o atentado dos comunistas contra Bolsonaro, votar é preciso, porque é mais um passo para a imprescindível Intervenção Democrática.

Não temos outra saída. Ou o crime continuará ditando as ordens, rumo à venezuelizagem do Brasil. Isto é uma imperdoável sacanagem. Igual às inconfiáveis pesquisas eleitoreiras que são apenas a preparação prévia para uma grande fraude eleitoral em andamento. Aguardem para constatar os desqualificados que serão escolhidos para o parlamento...

De toda forma, é preciso ficar claro que o resultado eleitoral será determinado pela dimensão do voto de protesto ou revolta. As pesquisas não conseguem medir o fenômeno com exatidão.

Releia o artigo de ontem: As inacreditáveis pesquisas manipuladas  




Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 26 de Setembro de 2018.

5 comentários:

Anônimo disse...

Perdeu até a tesão. Kakakaka.

jomabastos disse...

A Urna eletrônica deste país, sem voto impresso com possível auditoria a 100%, é sempre um empecilho, um potencial travão à democracia.

Bolsonaro tem que fazer notar uma sua vincada posição de liberal, para ganhar votos e confiança do eleitorado de centro-direita e de centro-esquerda(só centro-direita não é suficiente).
Bolsonaro também tem que mostrar sua linha dura contra a violência(alimentada essencialmente pelo narco-tráfico, mas também pelo contrabando), contra a corrupção e contra o comunismo que assolam e pretendem se assenhorar da América Latina e de África.
Bolsonaro tem que fazer acreditar aos eleitores num Brasil liberal(não ultraliberal), sem corrupção, sem violência, socialmente e economicamente muito melhor e virado para o desenvolvimento(iria acontecer a vinda de mão de obra qualificada tão necessária a um país em desenvolvimento).





Anônimo disse...

Pelas pesquisas baseadas em adesivos em carros , seguem resultados parciais das eleições 2018:

Bolsonaro: 12%

Haddad : 9%

Herbalife: 20%

Vende-se: 63%

Foi Deus quem me deu: 8%

É véio mas tá pago: 2%

Eu amo minha Sogra: não pontuou...

Anônimo disse...

Reinaldo Azevedo, que agride a reputação de Bolsonaro todos os dias, vem despertando tanta repulsa que teve que fechar a área de comentários do seu blog.

Augusto disse...

https://youtu.be/vTMdL5GEKM4