sábado, 29 de setembro de 2018

Bolsonaro vence o Jornalixo



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Ainda não se tem certeza de quem vencerá a eleição presidencial 2018. O Jair Bolsonaro é favorito, porque a maioria do povo brasileiro rejeita o retorno ao poder do PT, com um candidato-fake teleguiado pelo PRESOdentro Lula. No entanto, é fácil apontar o derrotado prévio no processo eleitoreiro: o Jornalixo tupiniquim. O negócio midiático picareta acabará inevitavelmente varrido da História.

Os tradicionais veículos de comunicação – alguns à beira da falência ou sérios candidatos a desaparecerem em breve – simplesmente assinaram suas sentenças de morte da credibilidade com a cobertura eleitoreira deste ano. Os cínicos críticos das fake-news são vistos pela população como os verdadeiros fabricantes de notícias falsas ou escancaradamente manipuladas.

O esquerdismo jornalístico firmou uma aliança com a corrupção política para produzir desinformação e contra-informação. Definitivamente, ficou claro que o Jornalixo não tem compromisso com as mudanças estruturais. Na verdade, é aliado do Crime Institucionalizado. A novidade é que qualquer um percebe este fenômeno de pura canalhice.

Isenção é um mito do Jornalismo. Qualquer veículo de comunicação tem direito de escolher sua posição política-editorial. Cada um apóia idéias, posições ou candidatos que bem desejar, desde que respeitando a legalidade. Isto faz parte da Liberdade de Imprensa. O que não é legítima é a prática da contravenção da verdade. Jornalixo que mente e defende criminosos é ilegítimo e ilegal. Parcialidade criminosa é inaceitável.

A edição do Jornal Nacional de sexta-feira (28 set) comprovou que a Rede Globo está do lado da continuidade do Regime do Governo do Crime. O JN promoveu uma marretagem editorial contra Bolsonaro. Basta observar o tempo exagerado dedicado a reproduzir a marretagem da revista Veja sobre o processo de separação de Bolsonaro da primeira esposa. Além disso, na divulgação de mais uma pesquisa eleitoreira, o JN vendeu, mais uma vez, o falso “crescimento” da candidatura “Lula-Andrade”. Na Globo, Bolsonaro “oscila”. Haddad “cresce”, “aumenta”, “sobe”...

Até agora, os ataques contra Bolsonaro só têm produzido efeito contrário: o candidato cresce na opinião popular que as pesquisas falham em mensurar. Nada custa recordar que os grandes institutos de pesquisa erraram em mais de 50% os resultados das últimas eleições. A credibilidade deles é tão pequena quanto a da mídia que manipula o noticiário em favor de seus interesses políticos e comerciais.

O fenômeno mais importante é que as redes sociais começam a substituir o Jornalixo. Deste embate democrático renascerá o Jornalismo – essencial para a construção de uma sociedade democrática. A imprensa corrupta, mentirosa e venal está com os dias contados no Brasil.

Não importa o resultado da eleição: Jair Bolsonaro já venceu o Jornalixo... Falta vencer o "Sistema"... O "Mecanismo" do Crime será derrotado!

Leia o artigo de Sérgio Alves de Oliveira: A medíocre polêmica do 13º Salário   




Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 29 de Setembro de 2018.

Nenhum comentário: