terça-feira, 4 de setembro de 2018

Incêndio no Museu Nacional: Vingança dos Fanáticos por Lula?



 Fogo no Museu - Uanderson Fernandes, Agência O Globo

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Sérgio Alves de Oliveira

Qualquer “Sherlock Holmes” improvisado, eventualmente contratado para apurar responsabilidades e culpas no incêndio do Museu Nacional, no Rio de Janeiro (2.09.18), certamente não descartaria num primeiro momento uma possível autoria criminosa dessa tragédia, que abalou fundo  os alicerces do acervo cultural e  histórico  brasileiros.

Sabidamente tem muita gente de esquerda  comprometida com a tal “Nova Ordem Mundial”, “Marxismo Cultural”, ”Clube de Bilderberg”,”Foro San Pablo”, ”Socialismo Fabiano”, ”Gramscismo”,  e outras organizações “ideológicas” similares ,que agem no sentido de destruir o máximo possível  os valores tradicionais incorporados pela cultura brasileira construída através dos séculos, sobressaindo-se dentre os quais o cristianismo e a organização familiar.

A primeira questão que o “Scherlock Holmes” iria investigar, com certeza, seria  sobre a possibilidade desse incêndio ter sido “plantado” criminosamente, ou não. Sem dúvida uma infinidade de indícios poderiam ser levantados para chegar-se a uma conclusão do tipo, qual seja, se o incêndio foi ou não provocado criminosamente.

A primeira questão  que teria que ser esclarecido seria exatamente o lugar do prédio  do Museu Nacional onde teria começado o incêndio, e se o princípio  foi em um ou mais locais, ao mesmo tempo, e a que distância, um (uns)  do demais. Um dos possíveis indicativos de que o incêndio poderia ter sido criminoso ,por exemplo, e considerando a enorme área  superficial do citado prédio, seria a definição exata se o incêndio teria começado num só ponto, ou mais de um. Se fosse apurado mediante prova testemunhal, por exemplo, que o incêndio teve mais de um “começo”, com grande distância entre eles, a evidência levaria à conclusão de atividade criminosa.

Caso confirmada a possibilidade de incêndio criminoso, a segunda questão que o nosso “Scherlock” deveria enfrentar seria  a identificação de quem teria algum motivo para cometimento desse crime. É assim que se  procede  em todas as investigações criminais.

E não poderiam escapar da possível investigação certos grupos violentos, “barulhentos”, e até “ferozes”, que andam soltos por aí ameaçando  a todo momento  “incendiar o Brasil”, caso  “insistam” em não livrar  o ex-Presidente Lula da sua condenação à prisão e impedimento de concorrer à Presidência da República.

Outro ponto que reforça a evidência da prática de incêndio criminoso no Museu Nacional é o exíguo “tempo” decorrido entre a eliminação de Lula da competição presidencial pelo TSE (31.08.18)  e o incêndio (2.09.18),ou seja, só dos dias.

Se eu fosse o “Scherlock”, começaria por aí.                                                                                                                                         
Sérgio Alves de Oliveira é Advogado e Sociólogo.

2 comentários:

jomabastos disse...

Foram 16 anos de governação sob o jugo comunista - PT & PMDB - e décadas de corrupção e paupérrima gestão Governamental Central, Estadual e de Prefeituras, que destruíram e seguem destruindo a História, a Cultura de um Povo e o Patrimônio Cultural do Brasil.

Loumari disse...

Mas, este personagem de nome Lula, é mesmo mero homem, ou o mesmíssimo Deus? Porque não pode ser possível que pessoas que são seus maiores oponentes empenharem tantos esforços possíveis, aplicarem seu tempo e se dedicarem quotidianamente a fazer campanha para manter o nome de Lula popular na sociedade! Usam de todos sujeitos, mesmo dos mais aberrantes e sórdidos como base com único propósito de argumentar sobre o nome de Lula. E vivem assim, todos os dias acordam de manhã com Lula na mente. Em todas suas actividades, refeições, leitura de jornais, escrever, todos os seus feitos e gestos, giram em volta do Lula e só se consagram a falar e escrever sobre Lula.
Acompanhei de conversa dos bastidores alguns comentarem que vai se iniciar o processo para obtenção do Prix Nobel de Paz para o Lula.
Brasil que até hoje não teve nenhum de seus cidadão atribuído tal precioso prémio global e ver Lula ser o primeiro brasileiro a receber um Prix Nobel de Paz?