sábado, 15 de setembro de 2018

O atestado de ignorância do Brasil sem Educação



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O que se pode esperar de um País que tem uma grande parcela do povo (ignorante e criminosa) viciada em destruir e furtar creches e escolas? Só em São Paulo, o estado mais rico de nossa Federação de mentirinha, cerca de 22 escolas são vandalizadas por dia. Uma das maiores tragédias brasileiras é o desprezo cultural, historicamente arraigado, pela Educação (definida como a soma da sólida formação familiar com o ensino de qualidade).

Em tempos de eleições, a cada dois anos, temos de suportar mentiras dos candidatos prometendo mais investimentos em Educação, Saúde e Segurança. A União dos Estados Capimunistas do Brasil repete o conceito equivocado de que Educação, Saúde e Segurança são deveres do Estado. Não são... Os três são obrigações do cidadão, da sociedade, e não exclusivamente do poder estatal. O fato deplorável é que a mentira está escrita na Constituição.

A “estadodependência” é a desgraça brasileira. Outro grave “defeito de fabricação” é a mania de se considerar “o melhor do mundo”. Cultivamos a arrogância de que sabemos previamente de tudo, quando, na realidade, temos conhecimento limitado e pouco domínio dos conceitos corretos. Essa tendência (ou regra) independe de classe social. Vale para pobres, classe média e ricos. O escritor, filósofo e pesquisador histórico Fabiano de Abreu coloca o dedo na ferida: "A falta de conhecimento popular e a fraca educação limitam a prosperidade".

Com a vivência de ser um pesquisador luso-brasileiro, Fabiano de Abreu critica o comportamento de um povo que acha que sabe mais do que realmente aprendeu: "A educação é a chave para mudar isso tudo. Estive em mais de 10 países, tenho amigos em mais de 20 países que não são brasileiros que moram fora, são estrangeiros mesmo e percebo essa diferença". Fabiano acerta na veia: “Achar que tem conhecimento sem ter buscado o conhecimento foi o atestado de ignorância que derrubou muitas nações na história. Portanto, sem conhecimento derivado do estudo, uma nação não prospera e padece sobre o resultado da ignorância sob o domínio dos que aproveitam de tal ignorância para ser mais um Júlio César".

Fabiano acrescenta: "Por razões lógicas aprendemos com o passado para melhorar o presente e melhor planejar o futuro. É com a experiência dos fatos que sabemos o que deu certo e o que deu errado. Dentro de uma racionalidade baseada no resultado histórico e como esse resultado nos favorece assim como a toda sociedade, podemos decidir e agir com menores chances de erro. Portanto, não prosperaremos jamais uma sociedade com falta de conhecimento. A evolução se deu pelo conhecimento. Os europeus e os árabes uniram seus conhecimentos, os propagaram pelo mundo e hoje as nações mais desenvolvidas se desenvolveram com base no estudo que resulta no conhecimento".

O pesquisador “luso-brasiliano” tem razão. O Brasil precisa ser reinventado. A plena Educação é um pressuposto urgente para a mudança estrutural. O atalho para a transformação é o conhecimento baseado na verdade e nos conceitos corretos. Verdade é a realidade universal permanente. Só o conhecimento verdadeiro é válido. Assim, fica mais fácil identificar o falso conhecimento, tão propagandeado no Brasil, através da difusão das ideologias, geralmente campeãs de falsidade.

Resumindo: O Brasil tem de superar o paradoxo. Precisamos, urgentemente, de um choque de Educação. No entanto, não é fácil enfrentar o vício do falso conhecimento – que produz arrogância, intolerância e, quando sai de controle, a base da violência. Por isso, a missão de mudar o Brasil é tão difícil, porém não é impossível. Temos de buscar o conhecimento correto e restabelecer o diálogo patriótico, antes que tantas “divisões” provoquem o fracionamento do País que ainda sonha ser uma verdadeira Nação.

Leia, também, o artigo de Sérgio Taboada: Brasil: “Educação ou Morte”   







Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 15 de Setembro de 2018.

9 comentários:

jomabastos disse...

Educação, Saúde, Saneamento, e Segurança, são responsabilidades estruturais de qualquer Estado. Para o privado desenvolver investindo em uma Nação, o Estado tem obrigatoriamente que estruturar com qualidade o país, para criar confiança e otimismo ao investidor. E assim o privado erigirá as infraestruturas necessárias e suficientes para fazer crescer e fortalecer o país.

Anônimo disse...

O FIM DE BOLSONARO VAI SER UM CLASSICO DA SABOTAGEM MAÇONICA... VOCÊS FORAM TÃO OTÁRIOS EM FABRICAR ESSE POVO DESCRITO NESTE ARTIGO, PENSE BEM SE O POVO TIVESSE O QUE PERDER TODOS CAIRIAM NA BESTEIRA DE PROTESTAR E ATÉ GUERREAR,MAS NOS TIRARAM TUDO QUE NÃO TEMOS MAIS RAZÃO PARA LUTAR, JÃ FOMOS ESCRAVIZADOS, TORTURADOS,HUMILHADOS E TANTAS VEES OBRIGADOS A CALAR, AGORA PARA O POVO QUE JÁ PERDEU TUDO TANTO FAZ O FDP OU REGIME QUE GOVERNAR ESSA MÉRDA, MAS A MINHA GLÓRIA É DE SABER QUE BOLSONARO ESTÁ COM UM CANCÊR ESPALHADO E É TÃO AGRESSIVO QUE ELE NÃO PASSA DE DEZEMBRO... DE NADA VALEU TODAS SUA PATIFARIAS EM BREVE ELE ASSIM COMO TANTOS OUTROS ESTARÃO APODRECENDO E QUEIMANDO NO INFERNO... MAÇONARIA A MAFIA MALDITA,GLOBOSTA ESTÁ ESPERANDO QUEM PAGA MAIS PARA SOLTAR ESSA BOMBA QUE NOVAMENTE EXPLODIU NO COLO DE UM CAPITÃO... RELEMBRAMDO O RIO CENTRO, SE FUDERAM...

Anônimo disse...


15 de setembro de 2018

https://pontoetvirgula.blogspot.com/

Já deu para se ver a 'paz' de Toffoli presidindo o STF

Poucos instantes antes de tomar posse como presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STF), o ministro Dias Toffoli demonstrou qual será o tipo de paz que ele apregoou ao receber o cargo da ministra Cármen Lúcia. Numa canetada ele suspendeu uma ação penal contra o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e os marqueteiros Mônica Moura e João Santana, tirando processo das mãos do juiz Sérgio Moro encaminhando-o para a Justiça Eleitoral. O magistrado ainda acusou Moro de tentar burlar uma decisão anterior do Supremo. Pelo que se viu, a "paz" apregoada por Toffoili é para os seus "companheiros" envolvidos na Operação Lava-Jato. O famoso ministro "petista" estabeleceu uma regra de mandar processos de corrupção para a Justiça Eleitoral, com o que a Lava-Jato acabará sendo extinta. No caso de Guido Mantega e o casal de marqueteiros, a ação envolvia um pedido de propina de R$ 50 milhões à empresa Odebrecht. O estranho nisso tudo fica por conta do fato de que a Justiça Eleitoral cuida de mandatos eletivos, por exemplo, e nem Guido, nem Mônica e nem João Santana exercem cago aletivo e sequer são candidatos. O ex-advogado de Lula e do PT, funcionário de José Dirceu no Ministério da Casa Civil e advogado-geral da União acabou sendo indicado por Lula para uma vaga no STF, apesar de duas reprovações para o cargo de Juiz de Direito. Esta é a "imparcialidade" que certamente veremos nos próximos dois anos.

Postado por Airton Leitão

jomabastos disse...

Excelente artigo!

"O Brasil precisa ser reinventado. A plena Educação é um pressuposto urgente para a mudança estrutural. O atalho para a transformação é o conhecimento baseado na verdade e nos conceitos corretos. Verdade é a realidade universal permanente. Só o conhecimento verdadeiro é válido. Assim, fica mais fácil identificar o falso conhecimento, tão propagandeado no Brasil, através da difusão das ideologias, geralmente campeãs de falsidade."

Anônimo disse...

Abaixo a nova nova música: não está muito melhor?
"É O BRASIL FELIZ DE NOVO,
QUA QUADRILHA DO PT COMENDO O RABO DO POVO,
DEIXANDO ELE A PÃO MOFADO E OVO,
CHEGANDO AO PEDAÇO DE NOVO
AGORA LEVANDO O QUE SOBROU - DE NOVO"!
OEA não descarta ação militar na Venezuela - confiram!

Anônimo disse...

O vandalismo nos prédios aconteceu em todos os países que estabeleceram a educação universal, colocando todas as crianças dentro dos muros da escola para se acostumarem ao ambiente escolar (com aprovçaão automática) para só depois desse período de acomodação iniciarem o aprendizado com seriedade.

Anônimo disse...

Resumindo o que o Serrão destacou em seu comentário sobre o atestado de ignorância do brasil sem educação, fico com o Bolsonaro com seu projeto de criar escolas militares, para ensinar aos jovens excluídos, o que é amor a pátria e respeito aos seus pais e professores, principalmente. É um processo longo e persistente que não se resolve numa gestão de 4 anos, mas será o ponto de partida de dar ao jovens excluidos a oportunidade de se afastarem da marginalidade e das drogas, nesta pseudo sociedade fruto de governos corruptos e irresponsáveis.que insistem em se manter no poder.Na próxima eleição teremos a oportunidade de virar o brasil do avesso, se ainda tivermos vergonha na cara. PENSEM NISSO (NBR)

Arce (Ace) Sousa disse...

Sensacional análise. Eu adoro esse blog!

Unknown disse...

Não é tão simples assim. Fosse só isso a Alemanha não teria se entregado aos sonhos de Hitler.