sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Bolsonaro parabeniza Palocci por delatar Lula



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Sem poder votar – e com seu candidato em queda de intenção de votos e com aumento de rejeição -, o grande derrotado prévio da eleição presidencial 2018 é Luiz Inácio Lula da Silva. O poderoso chefão do PT já sabe que sofrerá em breve, novas condenações por corrupção e lavagem de dinheiro, além daquela que já ostenta no caso do “tripexi”. O líder será mais PRESOdentro que nunca.

A danação de Lula foi a delação premiada do ex-companheiro Antônio Palocci Filho. A coisa ficará mais feia para Lula porque Palocci indicou três testemunhas que podem comprovar fatos, encontros e entregas de propinas. Os principais alvos são Lula e gente próxima a ele. Palocci chegou a revelar que Lula recebeu, cash, dinheiro vivo da corrupção. Na “colaboração” com 45 anexos, Palocci juntou farta documentação que comprova tudo que confidenciou à Polícia Federal (oh quão estranho é que o Ministério Público Federal não quis fazer acordo com Palocci).

Espertamente, Bolsonaro foi na onda da “delação”, em entrevista de 25 minutos à TV Record. O candidato do PSL elogiou que Antonio Palocci merece “parabéns” por ter delatado à Polícia Federal o esquema de corrupção durante os governos petistas. Bolsonaro detonou: “Antes de qualquer delação, Palocci já vinha colaborando. Ele conta as entranhas do poder, ele quer colaborar, vem colaborando, então parabéns ao Palocci. Quem não erra como ser humano? Ele tenta diminuir o dano ocasionado com suas ações. A corrupção está colada no PT”.

Deu para entender por que a petelândia anda tão encagaçada com a provável vitória de Jair Bolsonaro – que pode decidir o jogo já no primeiro turno? A maioria dos 13 candidatos à Presidência da República tem o compromisso claro de sabotar a Lava Jato e outras investigações de corrupção. Bolsonaro é quem defende, claramente, a atitude “doa a quem doer” no combate aos corruptos.

Por isso, a turma do “Mecanismo” não quer saber de Bolsonaro e, com certeza, já tentou até matá-lo. Falhou... Mas continuará tentando... Todo cuidado é pouco com a fraude eleitoral... Os corruptos juntaram milhões (ou bilhões?) para investir na compra descarada de votos. As zonas de exclusão social (controladas por bandidos de toda espécie, principalmente os políticos) rejeitam Bolsonaro. Resta aguardar para constatar se a onda a favor do “Mito” será realmente um tsunami de votos.

Até domingo, estamos em ritmo de Tensão Pré-Eleitoral... Por volta de 20h de domingo sai o resultado: Vitória já ou, então, a loteria do segundo turno...

A Velhinha de Taubaté acredita piamente no processo eletrônico; o noivo dela, o lendário Negão da Chatuba, sempre desconfia...

Aguentemos a ansiedade e vamos em ritmo de "Jair ou Já Era"...





Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 5 de Outubro de 2018.

3 comentários:

Anônimo disse...

Lula, se pudesse votar na cadeia, votaria em Bolsonaro(?). Como pode isso?? O PT acusa Bolsonaro de ser o "Hitler" ou nazista. O Lula já declarou que admirava o,verdadeiro, Hitler, então...

Anônimo disse...

Sei não, esse negócio de QUEIMAR, SALTO ALTO... ele foi o autor do kit gay, quer Jean Willys como ministro da educação... Vai que ele gosta, né?

Anônimo disse...

Se estivéssemos num pais sério, esse camarada deveria ser empalado em praça pública.