segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Sincericídio de Haddad expõe corruptos



“Discutir com eleitor do PT é igual discutir com corno. Você mostra foto, áudio, videos e no final ainda perde o amigo”.
(Provérbios da Internet)

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O poste Fernando Haddad deu um tiro de “calibre 13” no pé esquerdo ao pregar a demagogia de que a corrupção nas estatais, flagrada na Lava Jato, teria sido impedida com uma maior e melhor fiscalização. O discurso de Haddad lhe suicida porque um dos principais coordenadores da campanha presidencial do petista é José Sérgio Gabrielli de Azevedo. O baiano foi o presidente da Petrobrás no período mais hediondo de roubalheira.

Gabrielli foi, no mínimo, omisso com irregularidades de diretores e os crimes societários praticados na estatal. Oxalá acabará responsabilizado judicialmente por isso, junto com outros diretores e conselheiros. Ele e outros que se cuidem... O sincericídio de Haddad expôs seu coordenador Gabrielli e outros problemáticos da Petelândia.

A Lava Jato ainda tem muito a investigar na Petrobrás. Ainda bem que Haddad não tem chance de vitória na corrida presidencial. Ele consagraria a impunidade e completaria a operação abafa na petrolífera. Assim que assumir o trono do Palácio do Planalto, Bolsonaro tem o dever moral de botar a máquina governamental para retomar e acelerar investigações dos crimes de improbidade administrativa praticado por diretores e conselheiros da companhia que é “estatal” quando convém, estratégica quando interessa e empresa de economia mista quando se deseja tirar ou esvaziar o poder de fiscalização do Tribunal de Contas da União.

Criminosos e políticos estão atônitos com a reação do Povo Brasileiro.
Quando o tal FHC diz publicamente que o candidato do PT é o único que vai deixar alguma porta aberta, será que ele está falando das portas do BNDES, da Porta do Tesouro Nacional, da porta na PETROBRÁS ou seria ainda alguma porta para o governo federal continuar financiando por mais algumas décadas obras superfaturadas, criminosamente, que tantas campanhas e desgovernanças tucanas patrocinaram no estado de São Paulo?

Os tempos atuais trazem fenômenos interessantes – inclusive nas democracias. Os analistas, políticos e os oportunistas só acham bons os resultados das urnas quando o placar representa aquilo que eles querem, seja por interesses financeiros ocultos e nem sempre lícitos, ou então sempre que os eleitores “acataram as ordens” da mídia nada isenta.

Pessoas de boa fé, brasileiros honestos, estão sendo induzidos a crer, pela propaganda enganosa, que o resultado das urnas trará um País pior, menos democrático e pior para a população em geral. Absurdo venenoso difundido pelos criminosos que fizeram todo o mal que vivemos no dia-a-dia em nosso país. Esse fenômeno já constatado nos EUA, agora ocorre no Brasil.

A pseudo zelite pensante brasileira não entendeu a desilusão do povo brasileiro com o “erudito presidente FHC”, que falava e discursava em vários idiomas, porém passava mais tempo em viagens ao exterior do que resolvendo os problemas da pátria amada. Claro, FHC atendia aos interesses dos controldores globalitários que ajudaram a eleger o esquerdista envergonhado – disfarçado de social-democrata.

A única luta efetiva desse “Príncipe dos Sociólogos” foi mesmo para “comprar” mais um mandato, em acordos nada republicanos com o corrupto Congresso Nacional, depois de promover privatizações (privatarias) que deveriam ter melhorado a qualidade da vida dos brasileiros. Hoje pagamos as irresponsabilidades criminosas da nossa pseudo-elite e seus representantes políticos. O custo é altíssimo...

1 - A energia elétrica mais cara do mundo.
2 - As piores telefonia e internet do mundo – caras e lentas.
3 - Pedágios absurdamente caros em estradas esburacadas.
4 - Escolas com crianças e professores em condições medievais.
5 – Mais de 60.000 famílias perdem seus entes queridos assassinados todos os anos.
6 - Milhões de famílias não conseguem sequer acesso a um emprego ou trabalho.
7 - É preciso listar mais alguma coisa?
Enquanto isso, corrupção generalizada na máquina pública: Mensalões, PETROLÃO, RODOANEL, Metrô, sítio Atibaia, Tríplex, Gangue do CABRAL, do TEMER, do GEDDEL, do PT, do PMDB, do PP. Governantes sendo presos até por desvios na merenda escolar e nas verbas da saúde?

São crimes contra a humanidade aqueles que esses governantes praticam diariamente contra o povo brasileiro. E com todo este comportamento criminoso da nossa pseudo-elite - que na verdade não passa de uma Oligarquia que se apossou do poder público brasileiro, em parceria delituosa com outros criminosos.

O duro é que ainda temos que presenciar analistas econômicos, cientistas políticos e jornalistas dizendo que não estão entendendo o que se passa neste impressionante País chamado BRASIL. Sorte das pessoas de bem é que o sufrágio universal está gritando: Basta! Um sonoro e rotundo BASTA a estes criminosos organizadíssimos que operam em função de um “Mecanismo” sistematicamente estruturado para “roubar” o dinheiro e os demais recursos públicos.

Isto mesmo: São Criminosos! Não existe outra expressão que mais bem defina estas pessoas que agora vão aos jornais se apresentarem como “indignados” com a radicalização na política brasileira. Os criminosos, na maior cara de pau, não aceitam a escolha de um político honesto para presidir o Brasil. Ainda bem que a maioria esmagadora da população pensa diferente dos bandidos.

Sim, senhores e senhoras: Agora, a população decidiu que é mesmo um embate da honestidade contra a desonestidade. Assistimos ao confronto da Ordem e do Progresso contra o Crime organizado. E não importa se aquele escolhido para encarnar este confronto fale apenas um idioma, não tenha apartamentos em Paris e tampouco seja um mero capitão do exército reformado ou um deputado federal que cometeu o pecado de não se envolver em esquemas de corrupção.

Do Povo, Pelo Povo e Para o Povo. Assim deveriam ser a Democracia e a República. E esta foi a ordem unida, a mensagem ululante que as urnas eletrônicas declararam. Na visão do eleitorado que cansou da bandidagem, não serão mais toleradas as Oligarquias Corruptas, financiadas por grandes conglomerados corruptos e todos eles sendo defendidos por políticos de fala bonita, hipnotizante e hipócrita.

Exigimos Mudança estrutural na máquina estatal. Queremos Operação Lava-Jato em toda a Pátria Brasil promovendo uma faxina absoluta em cada cidade, em cada estado e em cada órgão público brasileiro. Nós, o Povo Brasileiro, assistimos, durante três décadas, ao desfile de programas eleitorais elaborados por marqueteiros e vendedores de Ilusões. Cansamos de pirotecnia. Queremos sinceridade, transparência e humildade dos homens e mulheres públicos.

Ninguém vai poder impedir a vontade legítima do Povo. Essa é a força da Democracia – definida como a plena Segurança legal, jurídica, institucional, política e individual. O governo do humilde capitão terá a legitimidade necessária para passar o País a limpo, combatendo, neutralizando e eliminando, dentro da Lei, tantos criminosos.

Bandidos terão poucas chances de fugir do Brasil, antes de acertarem contas com a Justiça. Oxalá que o Judiciário e o Ministério Público trabalhem em sintonia com o futuro novo governo. A maioria esmagadora do povo não irá perdoar quem for conivente com qualquer forma de bandidagem organizada que continue a “roubar”, oprimir e deprimir o cidadão honesto do Brasil.

Por isso, a prioridade no segundo turno, dia 28, é #PTNÃO. Eis a única Solução de curtíssimo prazo para o Brasil. O segundo passo será agüentar a ansiedade pela transição ao desgoverno Michel Temer. A terceira prioridade é Jair Bolsonaro cuidar da saúde pessoal e reforçar a segurança, enquanto a equipe técnica elabora e finaliza planos viáveis de governo. A confirmação do triunfo de Bolsonaro já vai destravar a economia e gerar esperança real de dias melhores no Brasil.

O próximo governo precisará de transparência, austeridade, honestidade e muita humildade para garantir a ordem, viabilizar o progresso e promover a pacificação do Brasil, mesmo diante da oposição ideológica burra e de um nada fácil enfretamento direto ao Crime Institucionalizado.

PS - Feliz Dia do Professor. Os mestres são os verdadeiros salvadores da Pátria, desde que não se tornem escravos de ideologias inaplicáveis ao Brasil.

Três Neurônios






Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 15 de Outubro de 2018.

2 comentários:

Anônimo disse...

Este texto hoje arrasou. A destruição de nosso país devemos ao lambe saco de globalistas FHC.

jomabastos disse...

"controladores globalitários"?
A internacionalização da economia, criou o regime globalitário, aniquilando os mercados nacionais que sempre foram os alicerces sociais, econômicos e financeiros do poder de cada nação, tornado arcaico o capitalismo nacional de cada país, diminuindo substancialmente o papel do seu poder público. Os países, na sua generalidade, já perderam a faculdade de contrariarem os mercados econômicos globalitários.
Os administradores políticos e econômicos de cada país, quedam-se obedientes às diretrizes globais da OCDE, do FMI, do Banco Mundial, etc., que determinam as políticas econômicas do mundo e por consequência dos mercados nacionais.