quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Espremido


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Mais amassado que cajú chupado, mais adstringente que economista inteligente, mais escaldado que pé rachado, mais aflito que engolidor de palito, assim está o Mito.

Menos mal que até agora tenha conseguido exprimir suas idéias.

O momento é de transiCão! O nosso Cesar atravessou o Rubicão.

A inflaCão não dará trégua. Não teremos orgulho de lavar a égua ?

Eram inicialmente, quinze ministérios. Não sei por que mistérios passaram a dezesseis; depois a dezessete e talvez a dezoito ! Administrar a galera não é biscoito.

Pequenos “errores” não causam temores.

Medo nos dá a banca; mais assustadora que a Mula Manca! (ou a prima dessa, a Mula sem Cabeça).

Mas o teatro de horrores é o dos urubúsicos senhores e seus cadavéricos livores.

Escolha por mérito; não por gênero nem por cor da pele seus principais auxiliares.

Errou ? Corrija ! Não há vergonha alguma em reparar o dano. Talvez fique a vaidade ferida, mas por tão grande amor à Pátria, é tão curta a vida.

Não tenha tropa de cossacos nem de chupa-meias.

Um dia, de repente, não mais que de repente, virá a gratidão da gente!

Não há mal que não se acaba nem bem que sempre dura.Viva o capim gordura!

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: