segunda-feira, 12 de novembro de 2018

João “Forest Gump” Doriana



“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Um moço que quase passou despercebido.

Por sua amizade com o presidente de uma multinacional, promovia eventos empresariais muito interessantes e lucrativos.

Um belo dia resolveu disputar o cargo de prefeito de São Paulo contra um “poste” incompetente.

Foi eleito no primeiro turno, fato “nunca antes ocorrido na história” da cidade.

O bocó achou que o prestígio era dele e não a enorme rejeição ao pascácio agora derrotado no segundo turno (que não haveria se as urnas eletrônicas não tivessem sido “batizadas”) para a presidência da república.

É possível que o nosso “herói”,tendo vencido de novo, se pavoneie ainda mais.

Quis o destino que o adversário fosse um lobo em pele de cordeiro, que herdou o cargo de outro vaidoso, hoje na lata de lixo da política.

A triste realidade é de que sempre elegemos o menos ruim. A única exceção foi o triunfo do Mito!

Dono de um “pequeno” latifúndio na rua Itália, adorou a corte de puxa-sacos. Até a placa da rua foi trocada por uma nova (fora da cor padrão) !

Bafejado pela sorte, talvez algum dia venha a ocupar o “trono” do planalto.

Bem diz o caboclo: “Mais vale quem Deus ajuda, que o madrugador”.

Mil vezes um idiota que um mal intencionado.

Mas na política, a gente nunka sabe!

O povo jururu que cuide de sua rima.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Anônimo disse...

Dória sancionou a Agenda 2030 da ONU em São Paulo.