terça-feira, 27 de novembro de 2018

O crime de lesa-Pátria cometido por Dilma



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Membro do Comitê Executivo do
Movimento Avança Brasil

A grande mídia amestrada e idiotizada ideologicamente deu reduzido destaque a uma notícia diplomaticamente gravíssima. Não pode ser classificado como “um fato isolado” o recente ataque (em 22 nov, às 11h30min) do pesqueiro chinês Chang Rong 4 contra o também pesqueiro brasileiro Oceano Pesca 1, a 600 quilômetros da costa do Rio Grande do Norte e a 100 milhas de Fernando de Noronha.

O incidente não é apenas o terceiro episódio de confronto na chamada “Guerra do Atum” no Oceano Atlântico. O Brasil precisa garantir a segurança das embarcações brasileiras em alto mar. È fundamental um debate sobre o reequipamento da Marinha do Brasil para cumprir melhor tal missão básica para nossa soberania. Por que não temos uma guarda costeira que funcione com presença mais ostensiva, para combater pirataria, tráfico de drogas e agir rápido em conflitos entre pesqueiros?

O episódio rendeu até uma fake-news contra a Presidenta “impeachmada” Dilma Vana Rousseff – que agora também é ré em casos de corrupção na Petrobrás. Não é verdade que a Presidanta firmou um tratado autorizando a China a explorar, por 25 anos, a pesca na Costa brasileira. Uma notícia falsa, que bombou nas redes sociais, citou uma suposta reclamação do embaixador da República Popular da China no Brasil, Li Jinzhang, acusando o barco brasileiro Oceano Pesca 1 de ter “invadido a área de pesca chinesa”, sendo retaliado pelo barco Chang Rong 4. Tudo mentira... 

Verdade mesmo é que Dilma cometeu crime de lesa-Pátria contra a Petrobras. Antes de ser eleita Presidenta, Dilma foi presidente do Conselho de Administração da Petrobras, na época em que foram cometidas barbaridades contra os cofres da “estatal”. Até agora, não houve penalização de nenhum ex conselheiro do CA pelas inúmeras ilicitudes denunciadas e algumas comprovadas por acionistas ativistas (a exemplo do caso Gemini), o material extenso levantado com provas pela Força Tarefa da Lava Jato com indiciamento de muitos cidadãos e alguns outros que hoje se escondem atrás do tal foro privilegiado.

Também persiste Inércia da empresa em relação à exigência de restituição dos executivos que provocaram perdas em projetos e onde tenha sido caracterizada a gestão temerária. O próprio TCU, em suas auditoras, já indicou os gestores a serem penalizados e os valores a serem ressarcidos. No entanto, não se vê, por parte da companhia, esforço adicional para penalização dos indicados pelo órgão. A Petrobras só informa, em comerciais de televisão, que processa 133 pessoas por crimes contra a estatal. Só não revela os nomes e os números de tantos processos. Por quê?

Enquanto isso, o Presodentro Lula sofre mais um processo escandaloso. O Ministério Público Federal sustenta que, 'usufruindo de seu prestígio internacional, Lula influiu em decisões do presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, que resultaram na ampliação dos negócios do grupo brasileiro ARG no país africano'. O chefão Lula teria recebido R$ 1 milhão pelo tráfico de influência...

O MPF avalia que Lula recebeu o valor em forma de uma doação da companhia ao Instituto Lula. Foi localizado um registro da transferência bancária de R$ 1 milhão pela ARG ao instituto no dia 18 junho de 2016. Um recibo emitido pela instituição na mesma data confirma a transação. Para o MPF, não se trata de doação, mas sim uma dissimulação da origem do dinheiro ilícito, e, portanto, configura crime de lavagem de dinheiro.

Lula e Dilma têm contas a acertar com o Judiciário – que agora fica mais animadinho para cumprir seu dever, ainda mais depois que o Presidente Michel Temer sancionou o “reajuste para reposição salarial dos magistrados e do ministério público. Parabéns aos beneficiados!




Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Novembro de 2018.

Um comentário:

jomabastos disse...

Já quase chega à meia dúzia os presidentes criminosos. Falta o Temer.