sábado, 10 de novembro de 2018

Transparência Total, Bolsonaro & Mourão



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Membro do Comitê Executivo do
Movimento Avança Brasil

Jogo infantil de intrigas (tecnicamente conhecido como viadagem) é algo nojento durante o processo de formação de uma equipe de gestão. Tal sacanagem, focada na ambição e na vaidade descontrolada, é imperdoável na gestão privada e, principalmente, na pública. O fato gravíssimo é que o fenômeno já começa a atrapalhar a complexa formação do novo Governo Federal.

Alguns otários (ou seriam netos da puta?) e seus fofoqueiros midiáticos tentam criar um clima de animosidade entre Jair Bolsonaro e Antônio Mourão. Não existe briga entre ambos. O que ainda falta é mais entrosamento. Um não tem intimidade com o outro. Mas a confiança entre ambos tende a ser consolidada rapidamente. Jair e Antônio são “figuraças”: personalidades simples prontas para firmar uma amizade sólida, em pouco tempo.

Quem alimentar uma falsa briga entre ambos vai se dar mal... Bolsonaro e Mourão já firmaram um pacto baseado na União para a Pacificação de um Brasil que irá crescer, se desenvolver e progredir. A atuação combinada de ambos será baseada no Diálogo com diferentes pessoas e setores. Cada um vai atuar em uma “praia” diversa, sempre mantendo o foco no objetivo final. Por isso, é burrice e perda de tempo jogar um contra o outro. O Presidente e o vice, juntos e misturados, já sabem, intiutivamente, o caminho das pedras...   

A Transparência Total será um atalho fundamental para o sucesso da gestão do Presidente Jair Bolsonaro e de seu vice Antônio Mourão. A personalidade sincera, sem frescuras, direta e transparente de ambos deverá incomodar muita gente – dos inimigos, aliados próximos e puxa-sacos de plantão. Em síntese, na gestão deles, a verdade nua e crua vai doer – tanto para os bandidos quanto aos apegados ao poder que dominam a máquina pública.

Bolsonaro e Mourão só terão sucesso no governo se agirem com Transparência Total. Seus assessores e colaboradores mais próximos precisam entender isto. Qualquer movimento ou tendência para esconder erros e falhas estruturais vai redundar, rapidamente, em um fracasso retumbante de um governo que tem tudo para ser inovador, se tiver sabedoria para quebrar paradigmas. A máquina pública, há décadas aparelhada pela mais vagabunda e criminosa esquerdice, está prontinha para triturar quem deseja reforma – que dirá mudança estrutural.

Perdão por mais um parágrafo de insistência, mas a Transparência Total tem de ser a base do governo Bolsonaro/Mourão. O único jeito de vencer a resistência do “Mecanismo” é expor suas entranhas para a maioria da população que votou a favor das reformas e mudanças estruturais. O próximo governo tem de criar, rapidamente, instrumentos populares, inteligentes e informatizados, que permitam o conhecimento, a crítica e o controle dos cidadãos sobre a administração da tal “coisa pública”. Qual o tamanho, quanto arrecada, quanto gasta, quanto desperdiça, qual o resultado final (sucesso, prejuízo ou fracasso?).   

Boas iniciativas já avançam... O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Tribunal de Contas da União (TCU) apresentam no próximo dia 27, às 9h30, na sede do TCU, em Brasília, o resultado da Audiência Publica promovida pelas duas instituições em agosto último, com contribuições da sociedade para ampliar ainda mais a transparência na divulgação das operações do Banco.

Serão apresentadas as melhorias já implantadas no Portal da Transparência do BNDES (www.bndes.gov.br/transparencia) em função da audiência. Também será divulgado o plano para implantação de novas propostas. Inscrições para o evento Fortalecendo a transparência no BNDES: contribuições da sociedade e cooperação técnica com o TCU podem ser feitas em:https://www.bndes.gov.br/transparencia-bndes-tcu.

Bolsonaro já avisou que, assim que assumir, vai abrir a tal “Caixa Preta” do BNDES. Várias outras precisam ser abertas na máquina pública. O Executivo precisa escancarar seus segredos. O Legislativo e o Judiciário também têm de fazer o mesmo movimento. O máximo de informações publicar precisa estar disponível ao cidadão, via Internet. O Brasil precisa evoluir para um “Governo Eletrônico”. Tudo mudará rapidamente quando as pessoas comuns conhecerem o real funcionamento da “máquina pública”...

O novo Governo Federal, tocado pela dupla Bolsonaro Mourão, tem de aplicar, de verdade, doa a quem doer, o artigo 37 da Constituição, se possível incluindo uma palavrinha mágica que falta ali e que vai além da mera publicidade: TRANSPARÊNCIA!

Não dá mais para adiar o choque de TRANSPARÊNCIA. Este será o principal e mais importante desafio de Bolsonaro e Mourão – que podem se tornar amigos de verdade ou apenas “colegas de trabalho” pelo bem do Brasil. “A República precisa ser reinstaurada, o Estado reconstruído e a Federação remodelada”...



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Novembro de 2018.

Nenhum comentário: