sábado, 29 de dezembro de 2018

A complexa faxina que Bolsonaro fará


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Membro do Comitê Executivo do
Movimento Avança Brasil

São Maquiavel que nos ajude e guarde! Uma das missões mais complexas da equipe de Governo de Jair Bolsonaro será a varredura da sujeira petista. Um colaborador graduado do futuro Presidente adverte: “Você não imagina o grau de torpeza legado pelo PT. Vendo de perto, você fica chocado”.

Concretamente, há dois problemas. Primeiro, o aparelhamento apavorante da máquina governamental. A Petelândia colocou seus comissários para ocupar postos-chaves na burocracia, através de concursos públicos direcionados. Assim, os futuros sabotadores da gestão Bolsonaro contam com suposta “estabilidade” no emprego público.

Segundo, pior que tal aparelhamento, é o poderio e eficácia da Engenharia Social nazicomunopetralha. Fomos e somos bombardeados pelo processo político-ideológico de construção psicossocial de regras padronizadas de conduta humana. Os ideólogos de canhota regularam nossa linguagem e nosso modo de agir, através da adoção prática de termos e expressões politicamente corretos.

A Comunicação - o instrumento básico de construção do Poder Real – foi habilmente usada para deformar mentes, construir, destruir e reconstruir conceitos que interessam ao sistema dominante. A Engenharia Social usa a Comunicação, suas mídias e seus profissionais (agentes conscientes e inconscientes) para difundirem ideologias e conceitos subjetivos, imprecisos ou sem base na verdade concreta e objetiva.

Tudo para moldar a sociedade dentro do pensamento globalitário da Nova Ordem Mundial – sob comando da Oligarquia Financeira Transnacional. Em uma sociedade com Educação precária, o terreno fica escancarado para a midiotização em massa (isto é, o uso da mídia para formar idiotas coletivos). A Petelândia promoveu o uso transgressor da mídia, espalhando ideias fora do lugar, para formar e deformar idiotas (ou imbecis) coletivos.

Só existe um jeito de neutralizar tal processo: contrapondo a Engenharia Social com educação, democracia e conceitos corretos, com base na verdade real, concreta e objetiva. Os valores familiares, em sua essência, são fundamentais neste processo.

Se não formos capazes de conter os efeitos negativos da Engenharia Social contra a humanidade, seremos vítimas do pior dos totalitarismos: aquele que não parece autoritário, pois é travestido pelo pensamento “politicamente correto” da Nova Ordem Mundial, combinado com o suposto “libertarismo” socialista.

Em resumo: devemos ser tolerantes. Mas não podemos ser coniventes com os erros. No meio termo, o desafio democrático e humanista. Devemos conter a imposição de um comportamento de minoria sobre a maioria, produzindo um artificial conflito entre segmentos sociais. Tudo para dividir a sociedade, que passa a debater questões irrelevantes (que só ganham relevância por causa da propaganda ideológico-midiótica).

Enquanto se discute bobagem, os poderosos deitam e rolam com a massa criticamente deformada. A Petelândia está na vanguarda deste atraso. A equipe de Bolsonaro terá de fazer a faxina da sujeira ideológica, tendo o cuidado para não cometer a mesma bobagem às avessas. A Engenharia Social promove esta armadilha.

O PT tira onda de que não vai comparecer à posse de Bolsonaro. Não precisa... Já estará infiltrado no âmago da próxima administração federal... Até que seja possível uma faxina, dentro da lei e da ordem democrática...

Jobim na cabeça

Fica ainda mais poderoso o homem que já vestiu as mais ambicionadas casacas da República, tendo sido deputado constituinte, ministro da Justiça, ministro da Defesa, ministro do Supremo Tribunal Federal e um dos altos dirigentes do PMDB.

O “banqueiro” Nelson Jobim será o novo Presidente do Conselho de Administração do Banco BTG Pactual S/A.

Mais novidade: o grupo de controle do BTG Pactual, na G7 Holding, passará a ser composto pelos Partners: Roberto Sallouti, Renato Santos, Antonio Porto, Guilherme Paes, e André Esteves (que adquiriu as ações de Marcelo Kalim, que sai e abre espaço para Jobim, até então diretor de Compliance).

Em tempo: Jobim deveria ser convocado para a Presidência da empresa CBF ou para o comando da Seleção Brasileira... Para ver se a gente volta a ganhar alguma coisa...

Calamitoso

O governador em exercício Francisco Dornelles assinou lei que prorroga o estado de calamidade pública do Rio de Janeiro até 31 de dezembro de 2019.

O prazo anterior determinava o fim da condição após 31 de dezembro deste ano.

A prorrogação da situação de calamidade por mais um ano mantém suspensa a obrigação do estado de cumprir os limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), como endividamento e gastos com pessoal.






Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 29 de Dezembro de 2018.

5 comentários:

Anônimo disse...

Muito difícil a solução da primeira parte da análise simplesmente revogando ou minimizando a estabilidade dos concursados. A solução de aferição real do desempenho dos servidores servirá para colocar para fora os apaniguados. Tudo isso para não incorrer no mesmo problema que o Collor caiu, pois foram justamente a parte aparelhada quem tratou de retirar da administração, naquela época, de quem não estava alinhado com a ideologia deles.

jomabastos disse...

Existe neste Brasil um grave imbróglio pra resolver, que é a existência entre portas de uma sociedade com Educação precária, que tem pouca capacidade para impulsionar rapidamente o desenvolvimento socioeconômico e político deste país. Mas temos potencial e há que desenvolver essa aptidão latente apostando fortemente no setor educativo e tecnológico.

Estes últimos 16 anos de comunismo foram os piores de sempre para tudo e para todos. Mas, infelizmente, vivemos décadas de atraso de Educação, Cultura e desenvolvimento com as paupérrimas governações, tanto militares como civis. Os próximos 4 anos de governação serão a virada desta negatividade vivenciada ao longo de décadas? Desejo que sim e certamente que todo brasileiro também deseja que sim.

O melhor para todo mundo, será nem nos lembrarmos que o lulismo e comunismo existem. O objetivo é evoluirmos para uma sociedade liberal, democrática e capitalista, de modo que o povo não queira mais votar em comunistas.

Há que fazermos faxina ideológica nas mais diversas instituições estaduais, federais e internacionais, com pessoas competentes e liberais e não com gente desqualificada e politicamente extremista.

Necessitamos de uma imprensa livre, liberal que nos informe diariamente da realidade do nosso país e do mundo. É impossível não termos imprensa que se incline mais à esquerda, ou mais à direita e também alguma imprensa fundamentalista. Se queremos viver em verdadeira democracia e com forte liberdade de expressão, há que sabermos viver a consultar, a ver e a ouvir todo gênero de mídia, com toda a variedade de opinião.

Há que nos dedicarmos a chamar a atenção da governação para as necessidades existentes neste país. Não podemos ficar parados simplesmente aplaudindo o que os políticos fazem de bom e encolhendo os ombros para o que eles fazem de mal. Há que irmos muito além disso para que o país não comece a idolatrar seus políticos; há que dar nos governantes valentes puxões de orelhas, quando estes façam algo de mal ou ignorem o muito que é necessário fazer para que a Nação se corrija e se desenvolva.

Anônimo disse...

O BRASIL É O ÚNICO PAÍS DO MUNDO ONDE OS FACÍNORAS SÃO AVISADOS PREVIAMENTE DE QUE SERÃO PRESOS, PARA DAR TEMPO DOS DITO CUJOS FUGIREM DO BRASIL E PEDIREM ASILO EM PAISES DE IDEOLOGIA ESQUERDISTA QUE ADORAM ACOBERTAR CRIMINOSOS DA PIOR ESPÉCIE. RUN BATTISTI RUN !!! OBS. MAIS UMA VEZ A ITALIA SOFREU NOVO VEXAME DO BRASIL, AOS ENVIAR POLICIAIS PARA LEVAR O CESARE BATTISTI PARA CUMPRIR PRISÃO PERPETUA, SO LHES RESTANDO DEGUSTAR UMA PIZZA INDIGESTA E VOLTAR PRA CASA.

Anônimo disse...

Tinha que se realizar uma auditoria e faxina em ramos dos Ministérios Públicos estaduais que têm há anos aparelhado a instituição com integrantes esquerdistas, aniquilando a defensoria pública, e abandonando o Trinual do Júri para perseguir políticos e impor políticas públicas da agenda petista. Um exemplo é o MP do Maranhão e do Paraná. Inclusive cobram em concursos públicos temas exatamente alinhados ao PT e MST. Promotores antigos estão insatisfeitos com o monopólio do poder na instituição. Ninguém fiscaliza nem responsabiliza esses membros "blindados". E quem tenta é perseguido. Se não abrirem a "caixa-preta" e responsabilizarem esses dirigentes pelo uso da máquina pública em interesses pessoais, os mais duros com os criminosos ficarão "engessados". Alerta total para isso. Ocorre em todos os Ministérios Públicos e ninguém está se dando conta. Essa instituição é mais fechada que as forças armadas, porém, exigem dos outros oq não cumprem. E os honestos, que são a maioria, perdem cada vez mais sua independência para agradar a política institucional "petista" ministerial. É a realidade de fato. Mesmo que na lei e na constituição seja outra. Estão interpretando o MP como defensor público e protetor dos criminosos simplesmente por serem estes pobres. É preciso verificar isso urgente. O aparelhamento é geral, e sem fiscalização popular pelo voto.

Anônimo disse...

Ministérios Públicos estaduais só aprovam petistas para seus cargos. Fazem um teatro que até parece justo. Mas os aprovados sempre são aqueles com o mesmo perfil, quando não parentes de algum ex membro.
O PT está ainda mais aparelhado nos concursos dos MPs. Isso é gravíssimo pq é uma instituição fiscalizada por ela mesma. Promotores honestos que descobrem algo são afastados. Perdem sua independência e são perseguidos. O presidente da republica precisa se atentar a isso. Há 14 anos os MPs fazem concursos públicos para angariarem eleitores novos para manutenção do PT no comando. Diferente do MPF. Não deixem isso passar. Pq eles são vitalícios e estão trabalhando em prol de movimentos sociais de esquerda, reforma agrária e temas de atribuição de outros órgãos, sempre a pretexto de defender a democracia. Estão perseguindo a todo custo políticos do psl e psdb.