domingo, 2 de dezembro de 2018

Além da Desconstrução


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Membro do Comitê Executivo do
Movimento Avança Brasil

Hoje, 2 de dezembro, comemoramos o Dia do Samba. Por isso, vale até aproveitar e perguntar: O Governo do Bolsonaro e do Mourão vai dar samba? Pelo batuque tocado até agora na transição que ainda falta menos de um mês para ser completada, tudo indica que a resposta é positiva. Basta que se cumpra a missão de focar na destruição do que está errado e criminoso para implantar o certo e honesto. Não será fácil. Porém é possível e desejável.

As prioridades são muitas. Só não se pode deixar a reforma tributária para depois. Ela precisa correr junto com as outras, ou as empresas, empreendedores e empregados continuarão na mesma, extorquidos pela devoradora máquina estatal, cada vez mais necessitada de recursos das pessoas físicas e jurídicas para seguir nos explorando, nem sempre com as devidas contrapartidas. Enxugar a máquina é lindo no discurso. Na prática, a tal máquina, ocupada por gente de carne, osso, ambição, vaidade e sede de poder, não quer saber de mudança.

As equipes de Bolsonaro e Mourão não podem tirar o pé da realidade. De preferência, devem manter os dois por lá. Redefinir o tamanho ideal da máquina estatal, reformar a previdência e promover privatizações e concessões – tudo isso necessita de um amplo debate. O problema é que tal prática democrática fica sempre na promessa, e não se efetiva. Outra questão que sempre os políticos e governantes prometem, porém nunca cumprem, é a discussão séria e sincera sobre a redução dos impostos. Prevalece sempre a lógica cínica: “Como é que a máquina vai se sustentar, se baixarem os impostos, simplificarem os tributos, reduzirem as multas e a burocracia?”

Além de um melhor desempenho na economia, que vai botar mais grana no bolso das pessoas comuns e dos empresários que trabalham, produzem e são sacaneados pela máquina estatal, o Governo Bolsonaro/Mourão tem dois problemaços para resolver: Segurança Pública e combate efetivo ao Crime Organizado (com ajuda do Estado) e sua corrupção sistêmica. O pacote faz parte do ultimato dado pelas urnas. Porém, o famoso “Mecanismo” já se articula para as promessas de campanha não se tornarem realidade. Tanto que já tentou assassinar Bolsonaro na campanha e pode repetir a dose a qualquer momento...

A prioridade máxima é, primeiro, desconstruir o leviano leviatã capimunista para, em seguida e o mais depressa possível, agir na construção das reformas e mudanças estruturais. A tarefa será dificilíssima em um País com oligarquia canalha e maioria do povo ignorante e corrupta.

O Governo de Bolsonaro e Mourão têm tudo para dar certo. Eles só precisam tomar cuidado com “os errados”, os falsos aliados e os inimigos ocultos do “Mecanismo”. Os bandidos prometem atravessar o samba dos eleitos...

Caminho do Samba



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 2 de Dezembro de 2018.

Um comentário:

Anônimo disse...

A reestruturação moral do Brasil será uma trabalho de gigante porque o sistema está completamente corrompido e quatro anos não serão suficientes para eliminar deste infeliz país a corrupção que esta´entranhada na personalidade do povão submisso ignorante e corrupto que só pensa em futebol e putaria. Mas uma grande jornada começa com o primeiro passo e nosso presidente com urgência acionará o nosso sistema de educação fundamental completamente podre e distorcido pelos professores comunistas ateus, que deverão ser exterminados. Os baixinhos aprenderão a cantar o hino nacional todos os dias com a mão direita sobre o coração e terão aulas de civilidade, começando com muito obrigado, desculpe , por favor etc. Quanto a ideologia de gênero será sumariamente suprimida em todas escolas do governo. O impossível só existe nos espiritos fracos e submissos e o nosso futuro presidente é um exemplo de fibra coragem e competência que em pouco tempo, contaminará todo povo brasileiro.Assim seja Amem. !!! NBR