sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Crimes de Estado



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Antônio José Ribas Paiva

O BRASIL ainda é uma DITADURA VELADA, dominada por interesses escusos, porque o JUDICIÁRIO e o MINISTÉRIO PÚBLICO, que são órgãos de Estado, pertencentes ao povo, entregam-se, prazerosamente, ao serviço de governos ou, pior, a políticas de conotação ideológica.

Essa distorção é mais evidente nos Tribunais Superiores, que fazem tudo, o  que o Poder do momento determina. Exemplo dessa distorção, que sufoca a democracia, é a atitude do Ministério Público, tanto federal, como estadual, nos processos de desapropriação, em que praticam chicanas protelatórias em conluio com procuradorias estaduais federais e autárquicas, para impedir o pagamento de indenizações  devidas aos expropriados.

Agem em desacordo com o art 37 da Constituição Federal (legalidade, moralidade, razoabilidade, impessoalidade e eficiência) cometendo crimes, para os quais o Judiciário faz vistas grossas.
     
O Judiciário e o Ministério Público devem corrigir-se, para não serem corrigidos, através de uma intervenção de Forças Patrióticas.

O necessário APRIMORAMENTO INSTITUCIONAL passa antes pelo Judiciário e pelo Ministério Público. Feito isso, os demais órgãos públicos “cairão pela manobra”, e daremos o passo fundamental para a verdadeira democracia, atendendo aos princípios republicanos.

BRASIL!ACIMA DE TUDO!!!

Antônio José Ribas Paiva, Jurista, é Presidente do Nacional Club.

Nenhum comentário: