segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

INGUINORANTES



“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Peço aos amáveis leitores que meditem sobre a “pérola” que encontrei na internet (link abaixo).

Farei um esforsso para me ingualar ao autor. Não pouparei cacófatos tais quais “na boca dela”, “nosso hino” e “mas não”.

É tempo de jingle bell,; aproveite-mo-lo antes que se acabe o papel!

Aquele velhinho, com cara de bonzinho, que está à espreita de seu rico dinheirinho (como dizia uma antiga propaganda de uma caderneta de poupansa), hoje é provador de açentos na Lufthansa, para verificar se é poçível acomodar a chefe, “uma bunduda incomível” no dizer de um famoso político intaliano.

Adoro uma pantomima! Com panetone então, fica muito melhor!

A...(como é mesmo o nome do coletivo de urubús ?) urubumância ? canta a bola na sinuca pra ficar bem na foto. Afinal há uma dívida de gratidão com o foragido. Quando morava em Paris, Cãojuge de herdeira de grande empreiteira (hoje enrolada que nem bobina na jatolavância) hospedou o rebento do, hoje, ubriaco detento.

De mais a mais, tanto faz!

Afinal pra que cultura? Pra enfiar na primeira sílaba?

Há muitos anos, um cronista social foi desafiado para um duelo: ditado em praça pública. O resultado, duela a quem duela, indigitaria o derrotado mesmo antes de ter o manjar, arrotado.

Bons tempos do rio de nojeira! Hoje é irrelevante; não fede e nem cheira.

Para a sofrida populaCão, do abismo à beira, só mesmo governo de freira!


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

jomabastos disse...

"Até segunda ordem a Gramática é que é a dona da verdade e o Minestério que é da Educassão deve ser o primeiro a respeitar.".

A Constituição brasileira de 1988 foi elaborada por uma assembleia constituinte, para que os políticos pudessem caminhar por linhas tortas sem serem condenados pelo judiciário.