sábado, 1 de dezembro de 2018

Onudos Venceremos!?




“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Criada depois da 2a. Guerra Mundial para evitar uma 3a. Guerra, a ONU (Organização das Nações Unidas) substituiu a Liga das Nações que não conseguiu evitar a 2a.

Hoje a ONU está moribunda. Tornou-se um “braço” político dos implantadores da Nova Ordem Mundial, uma organização sem personalidade jurídica que busca estabelecer um governo mundial único, uma moeda única e uma legislação única para liquidar as soberanias e identidades nacionais, transformando toda a população em escravos dos líderes do novo regime.

Em breve, os Estados Unidos da América deverão deixar a organização. A República Federativa do Brasil seguirá seus passos porque está sob ataque mais ou menos velado, visando sua fragmentação.

Por ter sido o aliado fiel dos estadunidenses no conflito mundial terminado em 1.945, recebeu a “honra” de abrir a Assembléia Geral da ONU toda primavera no hemisfério norte.

A política maquiavélica dos globalistas tem sido cooptar nossos generais através de convocação das forças armadas brasileiras para participar de “missões de paz”.

Sem visão geopolítica consistente, o Brasil sempre é encantado pelo canto da sereia, com “argumentos” falaciosos de aumento de seu “prestígio” internacional, melhores equipamentos e vantagens financeiras.

Um novo governo, comprometido em defender de fato nossa soberania, deve se afastar desses enganos.

O general que não identifica o real inimigo é um perigo para a Pátria.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Anônimo disse...

Pelo que entendi, a participação nessas missões de paz servem como treinamento militar para os soldados brasileiros.