segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Oportunidade



“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Uma pessoa publicou na rede social, que está desapontada com a mídia existente. Disse: “Eu quero a notícia com a maior precisão possível; a interpretação é minha e não de um jornalista que me julga um débil mental !”

Quando se extinguiu o “Correio Paulistano” eu era muito menino. Não cheguei a lê-lo. Idem quanto ao “Diário de São Paulo.

Comecei meu calvário com “O Estado de São Paulo”. A “Folha de S. Paulo” considerava menos informativa. Às vezes lia “O Globo” e o “Jornal do Brasil” preferindo este último.

Vi o começo e o fim do “Jornal da Tarde”, a tentativa de um novo diário “A República”, e os veículos de circulação dirigida como o “Shopping News”.

Lia regularmente a “Gazeta Mercantil”; superior ao “Valor Econômico”, hoje só do grupo Globo após a saída do grupo Folha.

Estou órfão. Falta um jornal eletrônico (via internet) que possibilite assinaturas customizadas. Só notícias internacionais, ou só nacionais, só economia, e assim por diante.

Lerei apenas alguns colunistas; os que considere fidedignos.

Uma seção de Política apenas com fatos; não fofocas.

Talvez me interesse uma coluna Social escrita por pessoa bem educada, que divulgue assuntos culturais, curiosos ou cômicos.

Enfim, é bom ver os nomes dos inimigos num Necrológico de respeito.

Cedo de bom grado a eles o meu lugar na fila.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: