segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Dicas urgentes para o Presidente Bolsonaro



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Membro do Comitê Executivo do
Movimento Avança Brasil

Ainda é muito cedo para afirmar que “o Governo Bolsonaro é o Governo Lula com sinal trocado”. Alguns articulistas do Grupo Globo tentam vender esta “tese” simplista e, por enquanto, falsa. Pior que isso é Lula “fazer a avaliação” de que “Jair Bolsonaro foi eleito para destruir o PT”. Não dá para levar a sério tamanho faketóide lançado pela Presidente petista, Gleisi Hoffmann.

Jair Bolsonaro tem muito mais o que fazer na Presidência. O PT não precisa ser destruído, simplesmente porque se autodestruiu. O Partido dos Trabalhadores foi arrasado pela irresponsabilidade, incompetência e ação criminosa de sua cúpula. Tem grande chance de ser extinto ou esvaziado até não servir para completamente nada. O ideólogo Tarso Genro já iniciou um movimento para criar um novo partido – derivado de várias dissidências de esquerda. Por isso, Lula tenta supervalorizar algo que não vale mais nada politicamente.

Voltando à “tese” dos globais, o desejo deles é que Bolsonaro cometa a insensatez estratégica de se transformar em um mero extremo ideológico do petismo. A petelândia pratica um comunismo envergonhado que deseja o poder para enriquecer sua cúpula. Até agora, não se encontrou nenhum indício, nem prova, de que Bolsonaro queira o poder para se transformar em um corrupto de categoria transnacional.

Os adversários e inimigos querem que Bolsonaro caia na armadilha ideológica – que transforma o debate político em uma discussão de botequim sobre preferências futebolísticas. Por isso, Bolsonaro não entrar no joguinho dos idiotas e canalhas. Seu compromisso e esforço precisam se concentrar na elaboração, até agora inédita, de um Projeto de Nação para o Brasil. Bolsonaro não pode ser tático. Precisa ser um líder de pensadores e formuladores estratégicos.

O Presidente só precisa se orientar melhor sobre o fenômeno da opinião pública e a administração da controvérsia no exercício do poder governamental. Deve tratar, com máxima sobriedade e seriedade, os temas polêmicos. Afinal, factóides oficiais, por mais bem intencionados que sejam, apenas desencadeiam e aceleram reações emocionais e movimentos de protestos radicais.

O Presidente também deve ler, ouvir e assimilar as reflexões de Estado-maior sobre posicionamentos de soberania. É assim que Bolsonaro precisa estar preparado para o indigesto jantar de 22 de janeiro, no Fórum Econômico Mundial de Davos. Bolsonaro irá discursar para 1.100 empresários, investidores e chefes de Estado que compõem a Oligarquia Financeira Transnacional que controla o mundo globalitário.

Sabedoria é o que se espera de Jair Bolsonaro. Que governe com honestidade e inteligência. O resto é conseqüência.... Por isso, não vale a pena perder tempo com arroubos da petelândia, nem com paixões direitistas exacerbadas e muito menos com manifestações idiotas da mídia amestrada pela romântica estupidez esquerdista.

Bem-administrar o Brasil é urgentíssimo e imprescindível! Hoje tem novidades nas posses dos presidentes da Caixa, Banco do Brasil e BNDES... Espera-se que sem idas e vindas no discurso oficial...

Releia o artigo de Domingo: Topa encarar os braços ocultos da corrupção?



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 7 de Janeiro de 2019.

Um comentário:

jomabastos disse...

Ótimo artigo!
Há que começar por desvalorizar a imprensa lulista e prestar muita atenção às necessidades do país.
Quando mais nos preocuparmos com os vencidos comunistas/lulistas, mais considerados eles se sentirão.