terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Haja General para a Guerra de Comunicação...


Faketóide? Ou montagem muito boa? A foto é de um sósia de Lula no metrô de São Paulo... Lula continua Presodentro... Livre? Só nesta piada e pagando bilhete mais caro (R$ 4,30)...

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Membro do Comitê Executivo do
Movimento Avança Brasil

Novidades midiáticas que merecem pitacos: 1) Por alegada fraca audiência, a Rede Globo deixou de exibir o “Videoshow” – programa que fazia a autopromoção da emissora e de seus artistas. 2) O mercado de comunicação ganhará uma concorrente que promete ter peso – a CNN Brasil, uma franquia da Cable News Network do norte-americano Ted Turner, que aqui será presidida por Douglas Tavolaro (ex-RecordTV). 3) O Presidente Jair Bolsonaro escala um General de Divisão para porta-voz do Palácio do Planalto.

Ao exterminar o Videoshow (que, de repente pode retornar em outro horário), a Rede Globo passou um recibo de sua decadência lenta, gradual, porém irrestrita. A TV da Família Marinho errou ao detonar, tão bruscamente, um programa que era um dos símbolos do poderio e padrão de qualidade que a Globo outrora detinha e tanto glorificava. É uma tragédia mudar paradigmas, em função da perda de audiência para uma concorrência medíocre. A Globo encontra cada vez mais dificuldades de inovar em uma grade de programação tão rígida. Deve tomar mais pau dos concorrentes.

O mercado televisivo tende a sofrer uma chacoalhada se for minimamente competente e inovador o projeto da recém anunciada CNN Brasil. O novo canal de notícias 24 horas deve funcionar no final deste ano ou no começo de 2020. A nova emissora por assinatura terá como sócios (confirmados até agora) o jornalista Douglas Tavolaro (CEO) e empresário Rubens Merim (O controlador da incorporadora MRV e do banco Inter presidirá o Conselho de Administração). A nova emissora deve contratar 800 profissionais, sendo 400 jornalistas. Dúvida no ar é se o empresário e Bispo Edir Macedo (proprietário da RecordTV) não é um dos investidores ocultos...

É o sinal de tempos de guerra de comunicação... Não só no mercado televisivo, mas, principalmente, no campo político. O Presidente Jair Bolsonaro optou por nomear um porta-voz. A escolha não recaiu sobre um “artista-jornalista”. Bolsonaro optou pelo General de Divisão Otávio Santana do Rego Barros. O militar chefiava o Centro de Comunicação Social do Exército desde 2014, sendo um dos principais assessores do ex-comandante Eduardo Villas-Bôas. Nada de anormal no “governo militar eleito pelo voto direto dos brasileiros” – uma inovação institucional brasileira.   

Fora às novidades midiádicas, a terça-feira promete... O Presidente Jair Bolsonaro assina, às 11 horas, o decreto que autoriza a posse de arma em casa. Antes, Bolsonaro se reúne com seu Conselho de Ministros. A esquerdalha e a bandidagem estão cabreiras com a medida – que foi uma promessa de campanha. No Ceará, sem novidades: 13 dias de ataques terroristas, ainda sem uma reação eficaz das autoridades de segurança. Não deixa de ser, também, uma guerra de comunicação e marketing entre facções criminosas e os governos Federal e estadual...

Por fim, Bolsonaro comemora porque foi citado em uma conversa do Presidente dos EUA com agricultores norte-americanos sobre o Brasil: “Eles vão ter um grande líder... Dizem que é o Donald Trump da América do Sul. Vocês acreditam? E ele está feliz. Se não estivesse, eu não gostaria do País, mas eu gosto”.

A galera aplaudiu Trump... Bolsonaro, com certeza, abriu aquele sorrisão... Aliás, Trump não vai, mas Bolsonaro confirmou presença no Fórum Econômico Mundial em Davos, nos Alpes Suíços, dia 22 de janeiro. Terá um jantar indigesto com os líderes do globalitarismo. Na volta ao Brasil, a partir do dia 28, o Presidente “entra na faca”. Fará a cirurgia para correção da função intestinal, depois do atentado de 6 de setembro...



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 15 de Janeiro de 2019.

4 comentários:

jomabastos disse...

Que se saiba, conforme a lei brasileira. a posse de arma em casa é livre, uma lei que não pode ser alterada com um decreto de um presidente.
O que o Bolsonaro fez foi minimizar a burocracia existente para requerer uma posse de arma.

jomabastos disse...

Um jantar indigesto com os líderes do globalitarismo(colonização global)? Que nacionalismo cego!
Parece que brasileiro não aprende que pra negociar mercadorias com o mundo, há que ter acordos comerciais e diplomáticos com esse mesmo mundo.
Nosso povo parece que quer continuar isolado do mundo real. Até agradecem o Bolsonaro ser nomeado o Trump sul americano. O Trump que vá debochar com os outros presidentes.
Bolsonaro é não é número dois, é número um! É Brasil acima de tudo! Ou é Trump acima de tudo?

jomabastos disse...

Há três problemas a resolver: o da imprensa, o das ONG`s e o das equipes de futebol. Coisa fácil! É cortar todos os apoios financeiros a todos eles, ou seja, privatizá-los.

Anônimo disse...

Olavo de Carvalho - Urgente e gravíssimo https://www.youtube.com/watch?v=AAQwl8o78VE