quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Serei eu um CritiCão?



“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira
Não importam os “rótulos” e sim os objetivos.

Numa analogia bem prosaica, acordamos de um pesadelo.

Com a cara de cachorro que quebrou o pote, sentamo-nos na beirada da cama. As necessidades são muitas e as urgências prementes.

A prudência nos impele ao banheiro imediatamente. Quanto mais velho se fica menor a capacidade de administrar os esfincteres.

Atendidas as exigências da Mãe Natureza, agora sim, podemos tentar raciocinar. Decidimos tomar o café da manhã ! De barriga vazia ninguém pensa direito. A oferta de itens desajúnicos não está lá uma Brastemp. Não houve tempo de ir ao supermercado para fazer um mínimo estoque.

Quem não tem Cão, caça com gato ! (na deliciosa tradução tabajara: “Who that has no dog hunts with a cat instead”).

Como me proponho a fazer apenas críticas Cãostrutivas, estou num período de silêncio obsequioso.

Lembrem-se, amáveis leitores, que o nosso querido Mito e seu ilustre vice estão na caçada de vagabundos há pouco mais de uma semana. Ainda não conhecem a própria cachorrada ! Diga-se de passagens que os excelentes caninos auxiliares também não se conheciam até pouco tempo atrás.

Estão na fase de cheiração recíproca !

Menos mal que os de botões dourados, estes sim se conhecem. E não têm medo de antas, de jacarés nem de veados.

Sabem das armadilhas “adredemente” preparadas.

Nada de fogo amigo.

Carlos Maurício Mantiqueira é um inCãosável livre pensador.

Um comentário:

jomabastos disse...

Armadilhas da Reforma da Previdência.