quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Atropelo à razão



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Saibam os amáveis leitores que não me considero um idiota. Conheço muito bem a inutilidade de tentar fazer ver um erro brutal diante dos apetites poderosos que, querem porque querem uma reforma da previdência meia-boca, apenas para se locupletar com as novas “regras”.

Escrevo para deixar constância de minha indignação e, assim, dormir de consciência tranquila.

Antes de um recadastramento geral de TODOS os funcionários públicos, ativos ou aposentados; antes de um realinhamento de valores relativos para remunerar funções, segundo sua relevância na administração pública; antes de uma auditoria de todas as benesses pagas pelo governo a terceiros que nunca contribuíram; antes de cobrar as dívidas dos devedores do INSS, a cruel reforma da previdência será uma iniquidade monstruosa contra o sofrido povo brasileiro.

Canalhas são os que tentam empurrar goela abaixo essa barbaridade ao nosso querido Presidente, ainda fragilizado em decorrência do atentado à faca contra sua vida e pelas consequentes cirurgias.

Penso que a intervenção na forma do art. 142 da Constituição Federal é inevitável. Sem a extirpação do maior câncer deste país, o Poder Judiciário, não será possível nenhuma melhora duradoura.

Os que se pensam “deuses”, ininvestigáveis e inatingíveis, devem ser afastados para o bem das futuras gerações.

Quando o chefe do poder que deveria zelar pela ordem pública se vangloria de um crime, subtração de autos processuais, para impedir um despejo, é chegada a hora da reação.

Não mais, Catilina, abusará da paciência nossa. Poremos cobro nas felonias.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

4 comentários:

Anônimo disse...

Se a população optou por eleger um presidente militar reformado, quis demonstrar que não confia plenamente no estamento militar para uma intervenção pura, e os comentários de que militares queriam que o vice-presidente Mourão assumisse o poder no lugar do presidente Bolsonaro só aumentou essa desconfiança. Bolsonaro é, atualmente, o fiador da legitimidade dos militares perante a população, e não o contrário, como banqueiros estão querendo forçar a opinião pública internacional crer. Pelo Artigo 142, haveria nova eleição em noventa dias, com toda a instabilidade que isso causaria, além da desconfiança com a urna eletrônica que, aí sim, pareceria golpe dado pela banca internacional (Dória/Macron estaria a postos).

jomabastos disse...

O "QUERIDO" Presidente esteve quase sete mandatos praticamente parado no Congresso e parece que atualmente não tem intenções de fazer algo de muito positivo, que possa vir a colocar um país tão rico como o nosso Brasil, em andamento para a liberdade econômica e social e consequentemente para o desenvolvimento.
Livramo-nos do comunismo, mas o câncer da corrupção segue devorando-nos.
Que se trabalhe seriamente e rapidamente para acabar com a corrupção, um mal que segue corroendo profundamente o nosso país.
Não existe a mínima dúvida que esta Nação necessita de uma nova Constituição(com uma intervenção?...porque não?). A atual, além de ser um emaranhado demasiado grande de leis e regulamentos, defende os corruptos e os rentistas deste país.
Acima de tudo, desejo que algo de honesto, ponderado e muito positivo aconteça nesta Nação.

Anônimo disse...

O maior mal deste Pais é o Supremo que deverá sim ser extirpado sem dó nem piedade. Ele está ai para prejudicar o governo e atravancar o Brasil. Tem toda razão o Carlos Maurício nesse artigo. Assino embaixo
Esther

Carlos Donizeti dos Santos disse...

Bom dia, Sr. Mantiqueira:
1- Ninguém fala do pagamento da dívida externa! Quantas vezes ela já foi paga na forma de juros? Vai continuar sendo, pois o Poste do Bolsonaro ou Posto Ipiranga, está a serviço de quem, sendo um deles?
2- Bolsonaro disse que, quem tiver problemas com a Justiça, não participaria do seu governo!!!! Não estou inventando. Ninguém vai falar das investigações do Ministério Público, relativamente a 4 fundos de pensão (PREVI, PETROS, FUNCEF e POSTALIS)? Agora, ele está de olho na Previdência Social?
Vide: "Paulo Guedes deve depor sobre irregularidades em fundos de pensão na quarta-feira - InfoMoney
Veja mais em: https://www.infomoney.com.br/mercados/politica/noticia/7788769/paulo-guedes-deve-depor-sobre-irregularidades-em-fundos-de-pensao-na-quarta-feira".
3- E a falsa quebradeira da Previdência Social, com as retiradas bilionárias e rapinantes das DRUs, para pagar a dívida externa? Ninguém vai derrubar essa "lei" que o chefe-mor do lula e todos os vermelhos do Brasil (FHC) implantou? Lesa-Pátrias!
4- Ninguém vai falar que vários bancos chilenos faliram e levaram junto as aposentadorias privadas de milhões de chilenos, que hoje passam fome? Ninguém se lembra que o Lehman Brothers, um dos mais poderosos bancos do mundo, muito maior que todos os bancos que operam no cenário brasileiro, também faliu?
5- Ninguém vai falar que apropriação de dinheiro alheio é coisa corriqueira no comunismo, para empobrecer e destruir a força do povo, através de geração de fome, diminuição da população e criação de dependência do povo ao governo? A reforma do Bolsonaro a favor da implantação do comunismo? Sim, obviamente!
6- Bolsonaro disse em 2.017 que trabalhar até os 65 anos é desumano. Falou na campanha eleitoral e depois, já eleito, em janeiro/2.019, que a idade mínima seria 62 anos e, no próximo governo, seria 63 anos, assim ninguém sentiria, etc, etc... Como se comportará a Nação com essa traição?
7- Bolsonaro disse que "Os militares, ao longo de 30 anos de serviço, na verdade trabalham 45." Agora, voltou atrás e os militares terão idade mínima de 65 anos!!! Como se comportará a caserna, com essa traição, mesmo com o seu comandante acatando as ordens do presidente?
8- Bolsonaro está, CLARAMENTE, trabalhando para a volta triunfante e invencível dos vermelhos!!!! Já somos milhões de EX-eleitores do Bolsonaro decepcionados e se sentindo enganados e ultrajados!
9- Continuo e, com mais força, intervencionista! Pensei que estava fazendo a coisa certa, acreditei mais uma vez num político profissional (27 anos é profissão). Rezemos ao Senhor dos Exércitos e à Generalíssima do Exército Brasileiro que intercedam e iluminem àqueles que poderão nos salvar de horrenda traição, que levará à entrega total e final da Pátria Mãe àqueles que querem nos escravizar!