sábado, 2 de fevereiro de 2019

Câmara pró-governo; Senado é só incerteza



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Membro do Comitê Executivo do
Movimento Avança Brasil

Rodrigo Maia, o “Bolinha”, venceu, facilmente, com 334 votos, a disputa pela presidência da Câmara dos Deputados. O nível de articulação do filho do veterano político César Maia indica que o governo Bolsonaro não deve ter muitos problemas para aprovar as propostas de reformas. O clima foi de festa familiar na posse dos 513 parlamentares. Só faltaram levar cachorros, gatos, peixes e periquitos. Até Fátima Bernanrdes foi lá prestigiar o namorado... Tudo muito fofo... Triste que a Gleisi não teve como levar o Lula...

Já no Senado, reinou a baixaria. Kátia Abreu deu show segurando documentos. Tasso Jereissati retirou sua candidatura. Foi xingado de “seu merda” por Renan Calheiros. Surpresa boa? O voto seria aberto.... Mas senadores apelaram e o STF decidiu que deve ser fechado. A sessão começa às 11 horas da manhã deste sábado. Tudo transmitido pela TV Senado. Uma zebra? Renan não emplacou. Pode nem ser candidato. Paulo Guedes não deve ter gostado nada disto... Disputa sem favorito... Pode ocorrer surpresa desagradável...

A Câmara dos Deputados promete tranqüilidade para as articulações de Bolsonaro. A esquerda está divididona... No entanto, o bicho deve pegar no Senado. Sem um presidente influenciador (ou manipulador), o Senado tende a ser fonte e palco de dificuldades nas votações de interesse do governo. Foi por pragmatismo que Bolsonaro engoliu o nome de Renan Calheiros, e pode até ficar feliz se Fernando Collor de Mello ganhar. O problema é se ele terá controle sobre a Casa...

Tranqüilidade foi na abertura do ano do Judiciário. Alguns ministros e a Procuradora Geral da República atacaram a tragédia de Brumadinho. Representando o Presidente Bolsonaro, ainda hospitalizado e se recuperando da operação para recuperar a função intestinal, o vice Antônio Hamilton Mourão fez um discurso justo e perfeito, no melhor estilo de um membro ativo da Maçonaria (confira, abaixo). Pela imagem, José Dias Toffoli adorou...


Neste sábado se define o presidente do Senado. A partir de segunda-feira, o ano legislativo começa para valer com a sessão do Congresso Nacional que receberá a Mensagem do Presidente Jair Bolsonaro. Aí sim o governo mostrará se é bom, medíocre ou ruim de articulação. Por enquanto, a coisa está leve na Câmara e pesada no Senado... Paulo Guedes terá de escolher outro queridinho como parceiro de negociações. Ou será que o Renan Cabeleira ainda conseguirá abocanhar a Comissão de Constituição e Justiça? 

No Senado, tudo pode acontecer... 

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 2 de Fevereiro de 2019.

3 comentários:

jomabastos disse...

Vira o disco e toca o mesmo.
A corrupção continua a ditar ordens neste país.
Todo o mundo afirmava que o Maia tinha vários inquéritos judiciais no STF e que ele não tinha condições morais e éticas pra ser nomeado presidente da Câmara de deputados. Mas foi!
E agora? Que será oferecido em troca pela reforma da previdência? O ministro Moro está a trabalhar em vão? Não existirá fim do Foro Privilegiado?
O PSL que tanto prometeu lutar contra a corrupção, declarou-se mentiroso.
Está aberta a temporada do toma-lá dá-cá.

Anônimo disse...

Bom dia.
Permitam-me contribuir com a divulgação de fatos referentes ao deletério Renan Calheiros, "Carta Aberta ao Senador Renan Calheiros, por Teresa Collor:

http://blogflaviochaves.blogspot.com/2013/02/carta-aberta-ao-senador-renan.html

Espero que seja verdadeira (é verossímil).

Parabéns pelo trabalho. Só não concordo com os louvores à maçonaria. Há documentos e obras que comprovam a influência nociva dessa seita e como foi o braço operacional para a destruição da Europa Católica.

Com os meus melhores cumprimentos.

Marcos Braga

Anônimo disse...

A estratégia de "aliviar tensões" com os comunistas quase nos levou para o abismo comunista, quando combateram a guerrilha armada e entregaram a formação cultural da população aos esquerdistas. Parece que ainda não se conscientizaram do estrago feito em gerações formadas no socioconstrutivismo. Li que o general Olímpio Mourão jantou com João Goulart na véspera da revolução de 1964. A atitude diversionista em 1964 atingia somente a esquerda; hoje confunde a cabeça dos jovens, formados no relativismo, por ser divulgada em entrevistas. Sem contar que os comunistas são estudiosos das condições de sua derrota, e não cairão mais nessa estratégia.