quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Como consertar uma Democracia Perneta?



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Membro do Comitê Executivo do
Movimento Avança Brasil

Merece uma análise estratégica a entrevista concedida pelo Superministro da Economia, Paulo Guedes, ao jornal britânico Financial Times. A banqueirada que aposta todas as fichas nele deve ter ficado magoada com ele, por ter dito que “o caminho alternativo tomado pelo Brasil conduz a um Estado de rentistas, caracterizado pela corrupção”.

Paulo Guedes foi certeiro: "Somos uma democracia perneta. O sistema é corrupto. Por que outro motivo Lula, o político mais popular do Brasil, seria condenado a 13 anos de prisão por acusações de corrupção?". Guedes advertiu: "Se os modos de Bolsonaro são bruscos, isso é só aparência. Ele vai ser duro com os bandidos".

O Superministro da Economia do Presidente Bolsonaro sentenciou: "A ideologia é o verdadeiro inimigo". E acrescentou: “As pessoas da esquerda têm cabeças moles e bom coração. As pessoas da direita têm cabeças duras, e... Corações não tão bons". Ele ponderou: "Quando os liberais chegam ao poder, isso é boa notícia, não má notícia".

Paulo Guedes prometeu que o trabalho de sua equipe terá sucesso: "Sim, a economia vai crescer mais rápido. Mas não podemos ser ingênuos. Há muitos danos a consertar". O remédio apontado por Guedes é "uma economia propelida pelo mercado e não a economia dirigista fracassada que corrompeu a ordem política".

O superministro da Economia reclamou: "O Brasil é a oitava maior economia do planeta, mas está em 130º lugar em grau de abertura, perto do Sudão. Também está em 128º lugar em termos de facilidade de fazer negócios. Quero dizer... Jesus Cristo!".

Paulo Guedes falou e disse. A solução menos traumática para o Brasil é investir o que puder na construção da uma Democracia Liberal para derrubar nosso modelo que ele bem definiu como “Democracia Perneta”. O atalho para isso é o diálogo aberto, intenso e verdadeiro.

Em vez da guerra de todos contra todos os poderes, é fundamental uma união mínima das pessoas de bem, compromissadas com as mudanças estruturais que serão atingidas se conseguirmos promover algumas reformas essenciais.
Paulo Guedes não declarou aos britânicos, mas ele sabe muito bem que tudo só vai dar certo no Brasil se o Congresso Nacional reassumir suas responsabilidades e se o sistema judiciário cumprir seu dever básico de investigar, processar, julgar e punir ou absolver.    

O superministro tem a convicção de que só haverá investimentos por aqui com segurança jurídica, política, econômica e institucional. Guedes também sabe que temos de romper com as ditaduras das ideologias, do rentismo (improdutivo) e do Crime – três males que operam, combinados, no Brasil.

A maioria do eleitorado deu o ultimato a Jair Bolsonaro... Quer Segurança, Combate à corrupção e crescimento econômico. O resto é o resto...

Oposição Escatológica

Frase lançada pelos piadistas nas redes sociais:

“Pra quem torceu para o Presidente morrer, sinto muito, mas ele está cagando e andando”.


Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 13 de Fevereiro de 2019.

4 comentários:

Loumari disse...

Os novos DEUSES SALVADORES DA PÁTRIA BRASIL aprenderam muito bem a doutrina de Fidel Castro e o aplicam metodicamente e religiosamente.

Extracto da carta do militar Fidel Castro: El pueblo del poder está muy cerca, los pobres son mayoría y tienen poca memoria, inyectales desesperanza y acusa al pasado, a la democracia de todos los males, mantéente en línea permanente con tu pueblo, identifícate con ellos, tu verbo es simple, eso les llega muy bien pues tiene la salsa que hace falta, emociónalos, tómalos en cuenta, aprende a manejar la IGNORANCIA, el verbo debe ser encendido, de autoridad y poder.

No te preocupes por los ricos y clase media, no son más que tu 80% de pobres los que necesitas. Los ricos salen corriendo si les haces Buuuuuu… A los católicos les encantan las menciones de la Biblia o de Cristo,


COMO DIZ A PALAVRA DE DEUS:

JEREMIAS 6:15 Porventura envergonham-se de cometer abominação? pelo contrário, de maneira nenhuma se envergonham, nem tão-pouco sabem que coisa é envergonhar-se; portanto, cairão entre os que caem; no tempo em que EU os visitar tropeçarão, diz o SENHOR.

jomabastos disse...

O Bolsonaro, acérrimo indivíduo anti-corruptivo, não deveria ter ministros no seu governo condenados ou acusados por algo pela justiça. Ou será que o Brasil não tem outros elementos com qualidade necessárias e suficientes para poderem serem ministros para este governo, além dos que têm problemas com a justiça? É muito natural que haja uma falta de confiança nacional e internacional perante este panorama de acusados no governo. E não é uma questão de ideologias!

Anônimo disse...

Que conversa é essa de que as pessoas de esquerda têm bom coração? Se alguém fica sabendo das atrocidades dos regimes de esquerda e ainda se considera tal, não tem bom coração: é psicopata, histérico ou cínico dependente de benesses do Estado.

Anônimo disse...

Olavo de Carvalho arrasou a visão de que o militante esquerdista tem bom coração. "A coesão da esquerda não se deve a nenhuma 'ideologia', mas à comunhão de sentimentos de ódio e medo, reforçados pela expectativa de prazeres sexuais em comum. Só isso e nada mais."