sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

“Sartei” de Banda



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

A situação melhorou muito. Obviamente não estamos num mar de rosas.

A equipe do novo governo está se estranhando. Tudo normal neste início de choque de vaidades.

Os bancos estão com ejaculação precoce, antevendo os fabulosos lucros que terão com a reforma da previdência.

O governo será, mais uma vez, levado no bico?

Reformar algo tão grave para a vida das pessoas comuns, SEM cobrar a dívida de empresas poderosas, SEM recadastrar TODOS os beneficiários de quaisquer pagamentos do governo, É DAR UM TAPA NA CARA de todos nós.

Além disso, a volúpia reformista será pretexto para não discutir (e votar) medidas de combate ao crime.

Rezamos para que o nosso querido Mito se recupere prontamente da terceira cirurgia decorrente da facada que tomou. Até agora não sabemos os nomes dos mandantes do crime. Isso, sim, é VERGONHA nacional.

Por ironia, até os corruptos, esquerdistas ou não, anseiam por sua recuperação. Se ele morrer, aí é que eles vão ver o que é bom para tosse.

De resto segue o baile. Cotoveladas, empurrões, pisões no pé e o “delicioso” fogo amigo.

Duro é administrar a própria “tropa”. Jovens impetuosos, inteligentes e voluntariosos são como macacos em loja de louça.

Que ninguém nos ouça!

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Anônimo disse...

Com essa declaração de hoje do ministro da economia de que irá criar uma outra classe de trabalhadores, com menos privilégios, vem-nos a certeza de que estamos diante daquela situação de conserto do monte de bosta que o Jô Soares disse certa vez sobre a brilhante idéia de transformar as filas dos bancos numa cobrinha. Enfim, estão ajeitando a merda. Dependemos de um único homem enfermo e cujo retorno agora é incerto. Enquanto isso o vice não se cansa de fazer mesuras com quem nos roubou dolosamente. O sujeito não tem a menor compostura e isso ficou demonstrado desde o início quando, ao subir a rampa do Planalto, ficou enfiando a cara nas bandeiras dos Dragões da Independência. Nenhum destes teve a iniciativa de puxar o lança para liberar a passagem do ex-general. Este, por sua vez, também não fez nada contra o constrangimento. Enfim, parece que o frio do Canadá é muito melhor do que este calor infernal. Com toda a certeza podemos hoje afirmar que este não é o BOM LUGAR. O Brasil é um LUGAR RUIM, borra baralho! Fruta que pariu! Raquearam o sistema para que ninguém mais vá para o Bom Lugar. (Vide série Netflix The Gold Place).

Anônimo disse...

A entrada do general Mourão na disputa eleitoral (Enio Fontenelle) https://www.youtube.com/watch?v=z7rS-rLFfAI