segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Toda Reforma precisa de amplo debate


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Membro do Comitê Executivo do
Movimento Avança Brasil

A pressa na aprovação da Reforma da Previdência é fruto da volúpia dos bancos. Não foi promessa de campanha e nem é oportuna antes do “pente fino” no sistema atual. Além destas recomendações do sábio articulista Carlos Maurício Mantiqueira, a tal reforma precisa de um amplo debate para que não se cometa mais uma enorme besteira tupiniquim, enquanto os banqueiros faturam alto com o regime de Capitalização.

Os rombos justificam mudanças. Atinge R$ 1,39 trilhão, o déficit com o pagamento de 1 milhão de aposentados do setor público no acumulado entre os anos de 2001 e 2015. O INSS tem um outro mega-rombo de R$ 1,08 trilhão no pagamento de 30 milhões de inativos. A porca vai torcer o rabo no setor público, cujo provento médio é de R$ 7.583,00 no Executivo, R$ 26.302,00 no Judiciário e R$ 28.547,00 no Legislativo. Já a maioria que recebe pelo INSS tem pagamento médio de R$ 1.240,00.

Só em 2019, os gastos com a Previdência serão de R$ 760 bilhões, O valor representa três vezes mais do que os R$ 220 bilhões destinados à educação, saúde e segurança. Não tem outro jeito, senão equilibrar receita e despesa. Por isso, o Governo propõe aumentos nos percentuais e no tempo das contribuições. Este será o motivo da chiadeira. Quem ganha muito – e contribuirá muito mais – tende a engrossar a onda de insatisfação. Os políticos são sensíveis às queixas do andar dos privilegiados. O povo só serve na hora do voto...

A reforma proposta pela equipe econômica é a ideal? Provavelmente, não. Ela é pragmática. É a reforma possível. A única coisa honesta a ser feita é não colocá-la como prioritária. A verdadeira prioridade de Bolsonaro é uma boa gestão comprometida com mudanças estruturais. Também é missão dele liderar um time que vai formular, debater e implantar um Projeto Estratégico de Nação – algo inédito para o Brasil. Por aí passam as reformas previdenciária, tributária e política, junto com um intenso combate à corrupção e a adoção de medidas preventivas contra este mal.

É muito trabalho. Missão difícil, porém não impossível. Não há margens para erros. Bolsonaro tem agora a chance que Lula teve nos idos de 2003, mas não soube aproveitar – e agora até puxa cadeia, como bode expiatório ilustre. O negócio agora é deixar a Polícia Federal trabalhar. E apresentar uma agenda positiva, com coisas possíveis de serem feitas, principalmente no curto prazo. Tudo, claro, pronto para muita pancada que vai tomar, da mídia e de uma oposição burra e perdida.

Releia o artigo de domingo: Reforma da Previdência tem tudo para fracassar?




Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 25 de Fevereiro de 2019.

6 comentários:

Anônimo disse...

Mas por que não falam nunca do problema da monstruosa dívida interna que consome mais da metade da arrecadação todo santo mês?

jomabastos disse...

Sabemos que uma ampla e profunda Reforma na Previdência é necessária, mas a questão social é importantíssima. Há que ter uma profunda atenção ao um terço da população em estado de pobreza que vive neste Brasil. Não há desculpas para abandonarmos estes brasileiros pobres em uma nova reforma, mas sim, há que trabalharmos muito bem em uma verdadeira e bem estruturada Reforma da Previdência.

Em vez de promover amplos debates nas TV´s, nas Rádios, na Mídia em geral, o Governo de Bolsonaro quer fazer idêntico ao Temer e outros desgovernos deste Brasil, querendo convencer os eleitores que a Nova Previdência deste governo é a grande solução pra resolver todos os males econômicos deste país, investindo R$ 45 milhões com propaganda na Reforma da Previdência. E convencerá com a propaganda e sem debates, visto que uma larga maioria nunca abriu o texto desta Nova Previdência para se esclarecer, e assim acredita fielmente e cegamente no atual governo.

Mudam-se algumas cores políticas, muitos estadistas acusados de corrupção e outros crimes continuam a danificar seriamente este país, os remendos continuam, e as soluções dos governos brasileiros pouco diferem entre si.

A grande riqueza natural do país, está a ser corroída e roubada pela corrupção dos estadistas e dos rentistas. Mas temos o velho vício de reeleger os políticos acusados por crimes de corrupção e outros, embora saibamos que esses corruptos reeleitos irão continuar a arruinar esta Nação. Qual a razão que os eleitores seguem autodestruindo o Brasil com seu voto? Até afirmam que o corrupto do seu partido rouba menos, é mais educado, tem mais personalidade que o corrupto de outro partido. Até quando pensaremos assim?

Não será melhor elaborar(sem intervenção de políticos) um novo e verdadeiramente liberal texto constitucional, que nos liberte das garras da corrupção e do comunismo?

Anônimo disse...

Défiti da Previdencia??? KKKKKK

Maria Lúcia Fattorelli denuncia a falta de uma auditoria da crescente dívida pública
Aqui:
http://www.tribunadainternet.com.br/maria-lucia-fattorelli-denuncia-a-falta-de-uma-auditoria-da-crescente-divida-publica/

WILTON disse...

"...puxa cadeia, como bode expiatório..." ?????????
Desculpe meu Grande Editor/Redator Chefe, nessa DISCORDO totalmente...!!! O referido, GRANDE CANALHA, durante mais de 14 anos foi o CHEFE SUPREMO DA ROUBALHIRA...!!!

Loumari disse...

Vocês brasileiros, o vosso ódio contra Venezuela e contra venezuelanos melhora vossa condição de vida?
Outra pergunta: Se se lançar uma bomba nuclear contra Brasil são americanos que vão morrer? São cidades dos Estados Unidos que serão reduzidas em ruínas?

Anônimo disse...

Se não foi o chefe supremo da roubalheira, foi o camelô que iludiu a muitos e desempenhou conscientemente (e deve ter sido recompensando regiamente) a função de desviar a atenção dos crimes de lesa-pátria perpetrados contra o Brasil.