quarta-feira, 27 de março de 2019

A Bolofófica Figura



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Insto os amáveis leitores a se regozijar com este momento fugaz e hilariante.

Efêmero como um eclipse, tem a forma elegante de uma elipse.

A porcada está na UTI!

Nem os soros estrangeiros podem compensar o estágio atual de inanição.

O “toma lá, dá cá” agoniza. Não precisamos de pitonisa para adivinhar as cenas dos próximos capítulos.

O régulo de opereta não consegue esconder a treta.

Recorrerá, ele também, à Pítia, para esboçar sua ameaça pífia ?

Quando nosso amado Mito sugeriu ao rotundo se aconselhasse com outro grego, um tal de Quessíphodas, o panaca teve um vislumbre do que será o “fim do mundo”(ou do imundo?).

Com mais álcool, lumbriga também entrou na briga.

No âmbito da siderurgia, a sucata entra na composição do aço. Seu nome genérico é QMS (qualquer merda serve). Para derrotar o cangaceiro, esta era a qualificação do “senhor” dos anéis de couro. Um verdadeiro lubrificante; sem, há dores!

Intemerato e intimorato segue nosso ilustre Presidente na hercúlea tarefa de acabar com os ratos.

Passando da conjectura aos fatos, estão sem cachorros, cada qual em seus matos, os malandrinhos baratos.

Moleque de recados da república do leva e traz, já, já leva atrás.

Mais nus que Adão e Eva, estranham a Era da Ceva. Acabou-se o que era “douce”.

Desolados até com a Peppa Pig, “é o nosso fim!“ há quem “digue”.(licença poética).

Como no livro “Matadouro 5” de Kurt Vonnegut o cenário pósbombardeio é desolador.

Ficará no cão egresso, por muito tempo, o sulfúrico odor.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: