sábado, 16 de março de 2019

A Guerra de Tolos contra Todos


Releia: Supremo Acima de Todos?




O Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, participará, neste domingo, do Costelão do Lar Ternura. Covas vai conhecer como é tocado um projeto transparente na entidade.


2 comentários:

Anônimo disse...

NUTAVAEL DIZ...
ATE O MUNDO MINERAL SABE QUE OS (6X5) CONTRA A LAVAJATO FOI APENAS DEMARCAÇAO DE TERRITORIO.
ATE QUE SE PROVE O CONTRARIO ESTAO NOS MOSTRANDO QUEM ESTA DO LADO DO PAIS E QUEM ESTA DO LADO DOS BERMUDES E KAKAI FEIJOADA DO AMARAL DE SHORTS DENTRO DO SUPREMO, E QUEM ESTA AJUDANDO A IMPUNIDADE DO PAIS E CONTINUA AGINDO DE FORMA INDECENTE, INESCRUPULOSA E SEM MOTIVO REAL A NAO SER PARA AJUDAR OS PARCEIROS NA EMPREITADA DE DEFENDER BANDIDOS PORQUE DA LUCRO, MUITO LUCRO.
TUDO ISTO ALIADO A TORTURA DE ACHAR SEMPRE CAMINHOS NUMA DEMAGOGIA INDECENTE PARA VENCER AS BARREIRAS QUE A PROPRIA JUSTIÇA DEVERIA ESTAR FABRICANDO PARA DEFENDER NOSSA NAÇAO DESTE PRECIPICIO ONDE SE FABRICOU ESTA INDUSTRIA DE AGENTES PUBLICOS FAZENDO FALACIAS E MAIS FALACIAS EM ATITUDES DE DESRESPEITO A NAÇAO E SEUS VALORES.
DESDE A AÇAO QUE O EX MINISTRO BARBOSA TEVE UM ENORME ENTREVERO COM OS MINISTROS GILMAR MENDES E O MINISTRO LEVANDOVISKY NOS ESTAMOS PRESENCIANDO UM MAR DE LAMA E MERDA PATROCINADO POR ESTE SUPREMO ELEITORAL E ELEITOREIRO INUTIL E VAGABUNDO QUE NAO MERECE O ESTATUS E MORDOMIAS QUE ADQUIRIRAM SEM TEREM A MENOR CAPACIDADE PARA SEREM INDICADOS PARA OS CARGOS POR EX PRESIDENTES CORRUPTOS IGNORANTES, CIVIS QUE COLOCARAM NOSSO PAIS ESTE ENORME VALAO.
O MINISTRO CELSO DE MELLO NA MESMISSIMA 470 ABRIU A QUESTAO EMBARGOS INFRINGENTES QUE NAO EXISTIA DENTRO DO SUPREMO E DE LA PARA CA O QUE VEMOS E UMA SUPREMA ANARQUIA DA CORTE.
ELES ESTAO SAO CHATIADINHOS PORQUE ESTA SENDO DESCOBERTO O CAMPO MINADO DA SUPREMA CORTE.
NOSSA CONSTITUIÇAO PERNETA TODO DIA MODIFICADA POR AGENTES DO MAL SOMENTE MOSTRA EMBARGOS, EM CIMA DE EMBARGOS EM CIMA DE EMBARGOS.
EM QUALQUER PAIS QUE FUNCIONA QUALQUER INDICIO E MOTIVO DE AFASTAR O SABUGO CONTAMINADO DO PODER. AQUI A JUSTIÇA QUE REALMENTE FUNCIONA TEM QUE PROVAR QUE E HONESTA ENQUANTO OS SABUGOS DO GOVERNOS ESTAO EMPENHADOS EM FRAGILIGAR EXATAMENTE QUEM TEM O PODER E O BASTAO REAL DA JUSTIÇA NAS MAOS PORQUE FORAM EXAMINADOS EM CONCURSO E ESTAO SENDO SABATINADOS POR MINISTROS DO SUPREMOS PODRES NOMEADOS POR QUEM INDICA AOS BASTARDOS CIVIS EX PRESIDENTE DO PAIS. AGORA A FALACIA E SENADO E ASSEMBLEIA GERAL. A RATARIA ESTA JUSTAMENTE TAMBEM DENTRO DOS PARTIDOS DOS PRESIDENTES DO SENADO E DA ASSEMBLEIA ISTO SIGNIFICA QUE SUAS EXCRESCENCIAS VAO SENTAR A BUNDA NO PROCESSO.
ESTA MAIS DO QUE NA HORA DE DEMITIR ESTA CORTE DE MERDA QUE NOS CUSTA HORRORES E SO TRABALHA PARA OS EX POLITICOS DE MERDA SOLTANDO A DEUS DARA TUDO QUE E RATO DO PODER. QUEM NAO SABE QUE O SUPREMO ELEITORAL E A SUPREMA ANARQUIA. POR QUE QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA, SEM PLANOS E SEM PUDOR CONTINUAM DISPUTANDO CARGOS NO PODER TENDO MILHARES DE PROCESSO EM CIMA DO LOMBO. SE A JUSTIÇA ELEITORAL NAO TOMA CONTA DO PROPRIO RABO E MUITO MENOS DOS POLITICOS E PARTIDOS INFRATORES COMO VAI PROCESSAR OS DELINQUENTES. ESSES MINISTROS DO SUPREMO PENSA QUE ZE POVAO E BURRO E QUE COME QUALQUER IDIOTICE QUE OS MEQUETREFES QUE ASSESSORAM SUAS EXCRESCENCIA ESCREVEM E QUE ELES MAL SABEM LER O QUE FOI ESCRITO. MORARAM OU QUEREM QUE SE DESENHE ESTA NA HORA DE DEMITIR ESTA CORTE DE BOBOS DA CORTE QUE ESTÃO FABRICANDO PROCESSOS E MAIS PROCESSOS A CUSTA DOS PARTIDOS MEIA E SE ELES PROPRIOS NAO SE RESPEITAM E NAO SE DECLARAM IMPEDIDOS DE OPINAR EM AÇOES QUE SAO DE AMIGOS DELES ESTA MAIS DO QUER NA HORA DOS BRASILEIROS DE BEM ENTRAREM EM AÇAO E DAR CARTAO VERMELHOS AOS DESGRAÇADOS VAGABUNDOS VERMELHOS QUE NAO TEM VERGONHA NA CARA DE ASSINAR QUALQUER MERDA QUE OS PARTILHOS QUE OS COLOCARAM LA EXIGEM QUE FAÇAM. MORARAM OU QUEREM QUE SE DESENHE.

Anônimo disse...

Se o ministro Sérgio Moro é estudioso da Operação Mãos Limpas, sabe que os políticos e a justiça da Itália se juntaram para destrui-la. Será que ele não tem algo planejado para fazer frente a essa previsível atitude do STF?