domingo, 24 de março de 2019

PF Livre para ajudar Bolsonaro no “teste de fidelidade”



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O Presidente Jair Bolsonaro pretende fazer mudanças em alguns de seus 22 ministros só depois da aprovação da reforma da Previdência. Por uma espécie de “intuição estratégica”, Bolsonaro desistiu de mexer no time quando completasse 100 dias de governo. Ele deseja pegar pesado na cobrança das metas propostas com as efetivamente realizadas. Apenas quem não aguentar a pressão poderá pedir para sair antes, mas a tendência é que tal pedido não aconteça, inclusive naqueles cujo desempenho deixa a desejar.

Deixar o time do jeito que está – mesmo quem não está agradando operacional e politicamente – tem o objetivo básico de diminuir a pressão parlamentar por cargos no governo. Vários partidos cobiçam ministérios, oferecendo, em troca, a promessa de votar a favor da reforma da Previdência. Bolsonaro resolveu que não vai atender tais pedidos agora. O Presidente prefere que a fidelidade seja demonstrada, primeiro, com a aprovação do pacotão do Paulo Guedes. Por isso, nada de alteração ministerial agora, a não ser por extrema emergência.

Bolsonaro avalia que seu governo consegue suportar a pressão política por cargos. Tanto que já repetiu e continuará insistindo que não fará toma-lá-dá-cá da “Velha Política”, trocando posições ministeriais e grandes cargos por votos na aprovação de medidas importantes no Congresso Nacional. O Presidente já verificou que conta com outra “arma” para reduzir a volúpia parlamentar: a liberdade de ação da Polícia Federal para investigar políticos até agora não apanhados nas operações derivadas da Lava Jato. Os alvos estão na base aliada ou na débil oposição. Bolsonaro se acha pronto para a resistência.

O Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, foi o primeiro que não passou no teste de Bolsonaro. O Bolinha, como é carinhosamente conhecido o filho de César Maia, resolveu reagir contra o governo e o Presidente, exatamente após a surpreendente prisão do ex-Presidente Michel Temer, do “sogrofake” Moreira Franco e do Coronel Lima – que é a memória-viva de todos os problemas do marido da bela Marcela. Rodrigo teme ser alvo da nova rodada de delações premiadas que envolvem seu nome com esquemas de corrupção. Rodrigo esperneou, e foi até São Paulo fazer queixa e conchavo com tio João Dória... Que fofo...

Acontece que Bolinha não está sozinho. Vários outros parlamentares alimentam o mesmo cagaço. Por isso, Bolsonaro aposta que a Lava Jato e variações vão ajudá-lo a ocupar o tempo dos parlamentares, reduzindo o espaço dos “pedintes”, principalmente os que se acham mais “poderosos”. A temporada de Limpeza Política tende a se aprofundar, apesar da má vontade da cúpula do Judiciário – que a cada instante fica mais impopular. Bolsonaro já descobriu o quanto vale deixar a PF trabalhar livremente. Os bandidos no Congresso nacional tendem a reclamar, ainda mais, do projeto Anti-Crime do ministro Sérgio Moro...

Os caríssimos advogados de bandidos de fino-trato são outros que devem entrar na temporada de desespero. Já aguarda designação de relator na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 442/19. O PL, que altera a lei sobre os crimes de lavagem de dinheiro ou ocultação de bens, direitos e valores, estabelece pena de três a dez anos de prisão, iniciado em regime fechado, mais multa, para advogado que receber honorários advocatícios tendo conhecimento da origem ilícita dos recursos de sua remuneração.

O texto é do deputado Rubens Bueno. Na verdade, não é uma idéia original. Mas sim uma leve alteração do PL 4341/12 do ex-deputado Chico Alencar. A proposta acabou arquivada ao final da legislatura passada. Agora, tem tudo para retornar em clima de altíssima polêmica, principalmente porque a seção nacional da Ordem dos Advogados do Brasil tem se posicionado, de maneira péssima, a favor dos “direitos humanos” dos corruptos.

Do jeito que a coisa desanda, não demora para ganhar força a proposta de acabar com a contribuição compulsória para a OAB e outras ordens de classe. Aliás, se acabou a contribuição obrigatória para os sindicatos, o mesmo deveria ocorrer com as “representações federais”. Vamos torcer para alguém com bom senso apresentar um Projeto de Lei com a bem-vinda proposta.   

Enquanto a limpeza institucional acontece no ritmo possível, seria bom que os apoiadores de Jair Bolsonaro contivessem a ansiedade. Alguns com menos fé já meteu o pau no Presidente e em seu governo, nas redes sociais. Críticas alopradas ficam melhor na boquinha da oposição sem-noção. Ainda é cedo para bater tanto... Impeachment do Bolsonaro não tem a menor condição de acontecer, até porque os opositores morrem de medo de uma eventual gestão do Antônio Hamilton Mourão...

Assim, o negócio é deixar Bolsonaro fazer seu teste político de resistência com a colaboração de uma Polícia Federal tendo toda liberdade para investigar, pedindo ao Ministério Público para punir quem merecer. Depois da aprovação da reforma da Previdência, quem não se mostrar desonesto e parecer realmente fiel, poderá reivindicar, legitimamente, um espaço político na administração federal, sem a troca vergonhosa de cargos que já levou dois Presidentes da República para o xilindró...



Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. Membro do Comitê Executivo do Movimento Avança Brasil.
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Março de 2019.

11 comentários:

Loumari disse...

A pergunta que todo mundo se faz é: Quando vai haver no Brasil um governo?

Q disse...

O nhonho deveria estar preso.

Anônimo disse...

15.3.19
http://fuscabrasil.blogspot.com/
Agora é golpe mesmo
Ontem, o STF perpetrou um verdadeiro golpe. Golpe na Operação Lava Jato, dos processos de maiores volumes de valores desviados da história mundial.

O tribunal de perfil lulopetista, paralelo ao Supremo Tribunal de Justiça bolivariano da ditadura da Venezuela, bateu a porta na cara da Justiça Federal, do Ministério Público e especialmente da Lava Jato. Tudo isso em meio a xingamentos:
•gângster,
•gentalha,
•covarde,
•cretino,
•ladrão de galinha,
•falsos heróis estão no cemitério,
•etc.),
e agressões, ofensas e ameaças, inclusive com processo inquisitório a procuradores, juízes e a quem reclamar de suas atitudes e decisões inconstitucionais.

Contrariando os princípios milenares do direito romano e a própria Constituição Federal, o STF decidiu que os processos envolvendo Caixa 2 deverão ser tratados pela Justiça Eleitoral e não pela Justiça Comum.

Com a decisão, sacramentada com os votos de Gilmar Mendes, Alexandre Moraes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Celso de Melo e Marco Aurélio Mello, mais de 159 corruptos presos atualmente passarão a ter brechas para a liberdade, sem falar nos milhares de corruptos que estão sendo investigados e ainda poderão ser indiciados.

O placar de 6 a 5 derruba cinco anos de Lava Jato e todas as perspectivas da operação no futuro, pois permite aos corruptos o subterfúgio de alegar que quaisquer verbas desviadas ou recebidas por corrupção possam ser classificadas como "verbas eleitorais", independentemente de serem milionárias ou bilionárias. CONTINUA....

Anônimo disse...



http://fuscabrasil.blogspot.com/ CONTINUA II

Duas aberrações foram observadas na sessão do STF ontem:
1.Inverteram a ordem cronológica da Justiça: após 5 anos de inquéritos, processos, sentenças e condenações da Lava Jato, resolveram decidir a competência de processos, coisa que já foi feita há 5 anos, pois cabe a qualquer início de processo a definição sobre qual é a instância e qual tribunal é competente para julgar o mesmo. Não tem cabimento, no final do processo, decidir retroativamente algo que já havia sido decidido no início.
2.Transferiram processos como os da Lava Jato para uma Justiça que não existe nas tradicionais democracias do mundo, a Justiça Eleitoral uma jabuticaba como a Justiça do Trabalho, que também não existe em países onde reina o Estado de Direito.

A Justiça Eleitoral é a jabuticaba que validou as eleições fraudadas desde 2006 (apesar de todas as fraudes eleitorais, e introduziu a empresa venezuelana Smartmatic especializada em adulteração eletrônica das totalizações de votos através de licitação dirigida.

O TSE acobertou as fraudes eletrônicas desde 2012 e chancelou todos os resultados fraudados até hoje. Ainda chamou de "divulgador de Fake News" quem reclamou das fraudes nas urnas evidenciadas em milhares de ocorrências nas últimas eleições.

Esse tribunal jabuticaba desrespeitou a Lei do Voto Impresso, aprovada pela Câmara e pelo Senado e sancionada pelo presidente Temer.

Essa lei foi projeto do ex-deputado federal e atual presidente Jair Bolsonaro, atendendo ao clamor dos eleitores brasileiros devido às fraudes eletrônicas.

É um tribunal da ilegalidade que rasga leis e ofende eleitores.

Para a fraude eletrônica não ficar evidente demais, o TSE apenas mudou o resultado do 2º turno em aprox. 20% do total, e desta vez não inverteu o resultado. Antes, os chips das urnas fraudadas invertiam o resultado real, dando ganho ao candidato petista.

O povo brasileiro - aquele que é chamado de Fake News, coxinha, reacionário, etc. - está retornando às ruas e vai inundar novamente as avenidas de todo o país neste domingo.

Postado por Fusca às 11:49 PM
RECADO AO NOSSO CAPITAO PRESIDENTE DA REPUBLICA DO BRASIL JAIR BOLSONARO.

O SENHOR SABE PERFEITAMENTE MAIS DO QUE NINGUEM O QUE E FALAR E DIALOGAR NO CONGRESSO. PASSOU QUASE TRINTA ANOS DE SUA VIDA SABENDO QUE TIPINHOS ORDINARIOS RECHEANDO NOSSO PAIS
UM LIXAO DEPOSITADO DENTRO DO CONGRESSO, SENADO, SUPREMOS FEDERAL, E ELEITORAL. ESTADUAL
NOSSA POLITICA E SORDIDA E SE CONTINUARMOS COM AS MESMISSIMAS DISCUSSOES SOBRE OS SEXOS DOS ANJOS NAO VAMOS SAIR DO ATOLEIRO. ESTA MAIS DO QUE NA HORA DE MARINHA, AERONAUTICA E EXERCITO CUMPRIREM SEUS PAPEIS. CONTINUA....

Anônimo disse...



http://fuscabrasil.blogspot.com/ CONTINUA III

SABEMOS QUE TEM QUE SER FEITO UM ENORME TRABALHO NA PREVIDENCIA. NAO POR CAUSA DOS ASSALARIADOS MAS PÓR CAUSA DE VAGABUNDOS ESCROTOS DOS QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA QUE ALEM DE TRANSFORMAREM NOSSO PAIS NESTE ENORME LIXAO, CONTINUAM DENTRO DO CONGRESSO PARA ATRAVANCAR NOSSO PAIS.
O SENHOR E O PAI DA FICHA LIMPA QUE NAO ESTA SENDO OBSERVADA. OS HIPOCRITAS DA SUPREMA CORTE ESTAO ESCONDENDO OS CRIMINOSOS DEBAIXO DE SUAS BATAS PORCAS DO QUEM INDICA.
A PRIORIDADE DE SEU GOVERNO DEVE SER A LAVAJATO.
AQUEM INTERESSA CALAR A LAVAJATO?. O MARAJA DAS LEIS DE NOSSA CONSTITUIÇAO PERNETA QUE NEM SIQUER FOI HOMOLOGADA E O FAMOSO NOVE DEDOS NAO ASSINOU A MESMA MAS AGORA E O FREGUES NUMERO UM DELA.
PERGUNTA QUE NAO QUER CALAR: O BOLO FOFO DO CONGRESSO QUE VIVIA CHEIRANDO O SENHOR QUANDO QUERIA A PRESIDENCIA DO CONGRESSO AGORA ESTA DIFICULTANDO O JUIZ MORO POR QUE?
TEM QUE ACABAR ESTA INUMPUTABILIDADE QUE SERVIDORES DE NOSSO PAIS TEEM DE PODER ROUBAR A NAÇAO E NADA ACONTECER E PARA ACABAR COM A FARRA DOS DINHEIROS PUBLICOS. O BOLO FOFO E FILHOTE DE CESAR MAIA E ESTE TAMBEM DEVE SER FICHA SUJA COMO O FILHO.
ESTA MAIS DO QUE NA HORA DAS FFAA TOMAR ESTE HOSPICIO QUE SE CHAMA CONGRESSO, SENADO, SUPREMA CORTE FEDERAL E ESTADUAL QUE BATE CONTINENCIA PARA A CONSTITUIÇAO FAJUTA E NAO ESTA INTERESSADA EM PASSAR O PAIS A LIMPO.ESTA CONSTITUIÇAO NEM SIQUER FOI HOMOLOGADA MAS SEMPRE FOI MEXIDA PELO MICHEL TEMER E O FANTASMA JOBIM QUE AINDA ANDA PELOS CORREDORES DO CONGRESSO E DA SUPREMA CORTE.
SEM ORDEM E JUSTIÇA IDONEA NAO HAVERA PROGRESSO.
DE FORÇA AOS JUIZES MORO E BRETAS E A RAPAZIADA DA POLICIA FEDERAL A PROMOTORIA FEDERAL E A DELAGNOL PARA QUE CONTINUEM COM SEUS EXCELENTES TRABALHOS DE LIMPAR ESTA IMENSA INFECÇAO CANCEROSA QUE FEZ DO NOSSO PAIS ESTE CELEIRO DE INUTILIDADES. CONTINUA...

Anônimo disse...



http://fuscabrasil.blogspot.com/ CONTINUA IV E TERMINA

MEXER COM PREVIDENCIA AGORA E O MESMO QUE CONTINUAR COM A MESMA LENGA LENGA DE SEMPRE PORQUE OS BANDIDOS ESTAO AINDA DENTRO DOS TRES PODERES DE MERDA.
A LAVAJATO TEM QUE TER PRIORIDADE. MAOS AO ALTO NO CONGRESSO NINGUEM ENTRA OU SAI. VAO CONTINUAR A DESPERDIÇAR NOSSO DINHEIRO VISITANDO OS BANDIDOS NA CADEIRA EM VEZ DE TRABALHAREM PELO PAIS E CONTINUARAO A CONTESTAR SEUS ATOS PRINCIPALMENTE A MIDIA PORCA DO PLIM PLIM.
DOIS DIAS NA SEMANA DE TRABALHO DESSE GRUPELHO SOMENTE PARA TRAFICAR INFLUENCIA E O RESTO DO TEMPO AS QUADRILHAS SE ASSOCIANDO PARA ACABAR COM SEU GOVERNO.
FIQUE ESPERTO ESTE E SEU ANO PRIMEIRO A LAVAJA JATO E UMA CONSTITUIÇAO NOVA.
DE ORDEM A SEU MINISTRO DA FAZENDA PARA IR ATRAZ DE ENRIQUECIMENTO ILICITO DE SUAS EXCRESCENCIAS. NOS EEUU O IMPOSTO DE RENDA DERRUBOU AL CAPONE SEGUINDO O DINHEIRO. TEM MUITO DINHEIRO LA FORA NAS MAOS DOS MALANDROS DOS TRES PODERES DE MERDA E DE SEUS ASPONES. . ACABE COM OS QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA. TODOS SAO SEQUELAS DO PT, PMDB E PSDB. TEMOS QUE TER SOMENTE TRES PARTIDOS DIREITA, CENTRO E ESQUERDA QUEM QUISER QUE SE FILIE A UM DELES. ESTA ESCROTIDAO DE QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA E SOMENTE PARA FAZER UMA TORRE DE BABEL. MUITOS FALANDO E NAO TRAZENDO NADA DE UTIL PARA NOSSO PAIS E PIOR COM IMPUNIDADE E BENESSES QUE SAEM DE NOSSO BOLSOS CADA VEZ MAIS TUNGADOS POR ESSA RAÇA INERTE.
ESSA SORDIDEZ TEM QUE ACABAR. ESSAS TRES SIGLAS TRAIDORAS DE NOSSO PAIS FORAM A RESPONSAVEIS PELA CONSTITUIÇAO DE 88 PERNETA NA PESSOA DE MICHEL TEMER E O FANTASMA JOBIM E SEUS CAPANGAS DO PT, PC DO B, PMDB, PSDB, E SEGUIDORES DO COMUNISMO ESCROTO QUE ENFIOU NOSSA NAÇAO DESDE GETULIO PARA CA.O SENHOR TEM CORAGEM E A CAPACIDADE DE AMAR NOSSO PAIS E JESUS ACIMA DE TUDO E TODOS. JESUS ESTA COM O SENHOR MAOS A OBRA. BOTE O EXERCITO EM A BRASILIA E FECHE A POCILGA O RESTO E CONVERSA FIADA DE SUBDENVOLVIDO DE MERDA QUE ATRAZOU E CONTINUA ATRAZANDO NOSSO PAIS. FELICIDADES SNHOR PRESIDENTE PORQUE SUA TAREFA E MUITO ARDUA MAS O SENHOR SABE MUITO BEM O MOVIMENTO DELA. SUA TAREFA E COMPROMISSO COM O POVO BRASILEIRO E DE SALVAR NOSSO PAIS DO ESGOTO. NINGEM MAS NINGUEM MESMO ESTA ACIMA DA LEI. FALEI.

Anônimo disse...

https://pinheirochumbogrosso.blogspot.com/
sábado, 23 de março de 2019
A FARRA DA VACA PEIDONA COM DINHEIRO PÚBLICO NÃO CONHECE LIMITES

A farra da ex-presidente da República com dinheiro público não conhece limites. Somente no ano passado, superou todos os antecessores ao torrar mais de meio milhão com assessores, diárias e passagens. Não basta quebrar o Brasil estando no cargo. Ela nos causa prejuízo também fora dele

Durante umas das sessões da CPI da Petrobras, em 2015, que apurou o esquema de desvios de recursos da estatal, o deputado Paulinho da Força (Solidariedade-SP) foi enfático ao ser confrontado com o ex-engenheiro Renato Duque, ex-diretor de Serviços da companhia. “Fico impressionado com a ‘cara de pau’ do PT”. Na época, Paulinho criticava a desfaçatez do PT no assalto aos cofres da Petrobrás por meio de esquemas de desvios de recursos que até hoje desafiam os investigadores da Operação Lava Jato.

Cara de pau parece ser mesmo um requisito que de fato sobra no perfil petista. Mesmo depois de ter sido deposta em um processo de impeachment, a ex-presidente Dilma Rousseff conseguiu a proeza de ser a campeã entre os ex-presidentes brasileiros de despesas de seus assessores com viagens, passagens aéreas e diárias. Dados obtidos com base na Lei de Acesso à Informação revelam que Dilma gastou, somente no ano passado, mais de meio milhão de reais com o pagamento de diárias e passagens, combustível e demais despesas acessórias dos servidores que a acompanham.

Conforme os dados obtidos, as despesas somaram nada menos que R$ 632 mil. Isso sem contar os salários dos aspones. Em comparação com os demais ex-presidentes, a petista gastou mais que a soma de todo os demais ex-presidentes – José Sarney, Fernando Collor, FHC e Lula – no mesmo período. Todos eles têm direito ao benefício, mas extrapolar do uso de uma verba cujo princípio é conferir o mínimo de estrutura a um ex-presidente da República é deveras imoral.

Não basta levar o Brasil à bancarrota estando no cargo de presidente. Dilma nos lesa também fora dele. De acordo com o jornal, destes mais de R$ 600 mil gastos pelo contribuinte brasileiro, R$ 586,8 mil foram utilizados no custeio de passagens e diárias; além disso, houve também o pagamento de R$ 45,4 mil com manutenção, seguro e combustível de veículos utilizados. Até quando o País sustentará mordomias injustificáveis dessa natureza? É preciso dar um basta. Fonte: ISTOÉ. -

SÓ FALTA ELA!!
Postado por Altamir Pinheiro às 3/23/2019 07:05:00 AM

Anônimo disse...


















































Vindo dos Pampas


Blog dedicado a informações, politica, esportes, fotos e humor. Este Blog não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes.

















































http://vindodospampas.blogspot.com/
sábado, 23 de março de 2019
Os absurdos escondidos na reforma da previdência
✰ Artigo de Sérgio Alves de Oliveira

Apesar da quase unanimidade das opiniões no sentido de que seria preciso mexer nas contas da previdência social, em todas as suas esferas, a fim de que ela não seja inviabilizada a curto prazo, dois “pequenos” detalhes estão sendo omitidos dessa discussão.

O primeiro, talvez o mais importante deles, está no fato de que a “culpa” pelo desequilíbrio das contas da previdência, fazendo com que a “receita” não seja mais suficiente nem mesmo para enfrentar os benefícios JÁ CONCEDIDOS, sem dúvida está no exagero das vantagens outorgadas até hoje, especialmente no Serviço Público, onde as regras não possuem a mesma rigidez e clareza que se observam no Regime Geral da Previdência Social. É aí que residem as grandes “maracutaias” da previdência social.

Essa situação chega a um absurdo tamanho que com certa frequência agentes públicos dos Três Poderes chegam a ser “punidos” com aposentadoria antecipada e integral, pela prática de atos ilícitos na Administração Pública, inclusive corrupção. No Poder Judiciário essa prática tem sido bastante comum. Ao invés de “punir”, ”premiam”.

Mas esses “direitos”, mesmo que imorais, serão intocáveis na reforma da previdência anunciada. E quem vai pagar essa “conta” serão os segurados que ainda não se aposentaram, mediante as restrições que passarão a ter para suas respectivas aposentadorias, com aumento da contribuição, idade mínima e tempo de serviço. Resumidamente: os “novos” pagarão a conta deixada pelos “velhos”.

O segundo absurdo pode ser constatado no simples cotejo entre a estimativa de ganhos com a reforma da previdência social anunciada, que seria em torno de pouco mais de 1 (um) trilhão de reais nos próximos dez anos, e o absurdo ROUBO dos cofres públicos de 10 (dez) trilhões de reais, de 2003 a 2018, nos períodos de governo do PT/MDB, segundo estimativa anunciada pelo próprio Ministro da Justiça, Dr. Sérgio Moro, que inclusive “valoriza” a estimativa de alguns de que esse “rombo”, nesse mesmo período, teria sido equivalente ao valor do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, de cerca de 6,5 trilhões de reais.

Trocando tudo em miúdos, significa dizer que se as autoridades brasileiras investissem na recuperação de pelo menos 10 % (dez por cento) do que foi roubado desde 2003, dito valor já cobriria a estimativa da “economia“ da previdência social nos próximos 10 anos, evitando-se o enorme “ônus” a ser pago pelos futuros aposentados, sem prejuízo de uma ampla revisão nas imoralidades e ilegalidades cometidas na previdência social nos benefícios já concedidos.

Sérgio Alves de Oliveira - Advogado e Sociólogo

Anônimo disse...

Vindo dos Pampas
domingo, 24 de março de 2019

Mais um(a) preso(a) como Lula e Temer e o Brasil "quebra" ✰ Artigo de Sérgio Alves de Oliveira

Informações seguras dão conta que a “estadia” de Lula na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba estaria custando ao erário, por dia, a “bagatela” de 10 mil reais. Como “Sua Excelência” já está hospedado nesse lugar há cerca de um ano, o custo do seu “recolhimento”, nesse período, se procedentes as informações, teria totalizado 3,6 milhões de reais.
Agora prenderam Temer, também ex-Presidente da República, na Superintendência da Policia Federal do Rio de Janeiro, oferecendo-se lhe igual tratamento “prisional” ao de Lula. Por uma simples questão de “lógica”, é claro que a prisão de Temer, enquanto mantida, terá os mesmos custos aos cofres públicos.
O problema se agrava de forma considerável e preocupante quando se sabe que existem outros ex-presidentes (a) na ”fila de espera” para serem encarcerados, caso as operações de combate à corrupção mantenham o mesmo ritmo atual.
Ora, é evidente que o custo de” hospedagem” carcerária de vários ex-Presidentes, simultaneamente, com todo esse custo, iria agravar de forma insuportável a despesa pública, talvez terminando por “quebrar” o país, que já anda à beira do precipício da falência.
Como exigir da população presidiária “comum” que acredite na disposição do artigo 5º da Constituição, que prevê a “igualdade de todos perante a lei”?
Sérgio Alves de Oliveira - Advogado e Sociólogo

Rodrigo Almeida disse...

Quero deixar claro que nunca meti o pau no Presidente

Rodrigo Almeida disse...

Quero deixar claro que nunca meti o pau no Presidente.... kkķ