sábado, 20 de abril de 2019

371 anos – Exército Brasileiro



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Aileda de Mattos Olçiveira

Quase quatro séculos de lutas moldando uma Colônia, estruturando-se no Império, profissionalizando-se na República. Em todas as três ocasiões, o Exército Brasileiro, desde o seu nascimento, no berço de Guararapes, em 1648, é o responsável pelo território, pela disseminação da língua e pela salvaguarda das instituições que, sem ele, Exército, não existiriam, tantos são os mercenários a soldo do dinheiro dos muitos Caifás nacionais e internacionais.
Por essa histórica razão, não é admissível que um Supremo Tribunal Federal, corrompido, sem o famoso “notório saber” e que deve a sua existência e permanência à Força Terrestre, queira impor a censura ditatorial e ditar normas a um General do que ele deve ou não dizer sobre as suas imorais condutas. Um General — com todos os cursos da Corporação, conhecedor profundo do Brasil, de suas chagas, de suas necessidades, totalmente desconhecidas por apadrinhados togados do governo considerado o mais corrupto do mundo, néscios indivíduos com beiçolas atrevidas e arrogantes — não pode ter o dedo apontado ao seu nariz por um chinfrim magistrado de bar de beira de estrada. 
Inútil instituição que não serve ao País, mas aos que lhes presentearam com um cargo caríssimo aos cofres públicos, isto é, aos bolsos dos contribuintes, e que, se fechada, traria um benefício a todos, que respirariam aliviados, livres dos miasmas que exalam daquela pútrida “Casa” de togados.
Parabéns ao Exército Brasileiro, pelo Dia 19 de Abril, o seu Dia, Instituição que é o sustentáculo desse País por manter em funcionamento as instituições sérias.
Como o STF não é sério e para que a harmonia territorial e social não seja interrompida pelos atos levianos e interesseiros desse Tribunal decaído, mande um soldado e um sargento fecharem essa fábrica de habeas corpus e de atos de soltura de desclassificados, seus iguais, atos que já chegam às raias da obscenidade jurídica. 
Aileda de Mattos Oliveira é Dr.ª em Língua Portuguesa. Acadêmica Fundadora da ABD. Membro do CEBRES e da AHIMTB.

2 comentários:

Anônimo disse...

PARABÉNS ES UMA MAFIA TÃO OU MAIS INCOMPETENTE, SABOTADORA,CORRUPTA,ASSASINA... ESSE LIXO DE PODER ATÉ HOJE APENAS COMBATEU O SEU PROPRIO POVO, BORRA BOTAS DA MAÇONARIA ESTÁO AI PARA AFUNDAREM PAIS.

Anônimo disse...

Não vês aí o Mourão com a cara escarrada beijando a bota deles?