domingo, 28 de abril de 2019

Apoio e proteção ao mito



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Nós, os brasileiros que elegemos o Mito e seu ilustre Vice, temos o DEVER de protege-los e alertá-los.

No momento, o maior perigo é o ministro da Economia. Parece mais engajado no projeto dos bancos para continuar escravizando o povo brasileiro do que dedicado às mudanças estruturais na economia, para gerar emprego, desregulamentação e a retomada do crescimento com desenvolvimento.

Por ser um homem inteligente e preparado, está levando o Presidente da República no bico.

A reforma da (im)previdência NÃO foi promessa de campanha. NÃO é urgente e necessita de uma prévia AUDITORIA. Mas o governo, os parlamentares e empresários caíram nessa armadilha retórica do mercado financeiro, e puseram ela na frente de outras reformas prioritárias, como a tributária e a política.

Agora, o czar econômico também se concentra em impulsionar uma INDEPENDÊNCIA do Banco Central, que significa entregar de mão beijada nossa soberania aos implantadores da Nova Ordem Mundial.

A prioridade verdadeira do governo deveria ser criar empregos e simplificar o sistema tributário medieval que sufoca quem produz e empreende.

Menos mal que as Forças Armadas estão atentas.

Os trinta e cinco anos de desgovernos da Nova República quase as levaram à míngua, deixando nosso País vulnerável a todo tipo de ataque externo ou de guerrilhas dentro de nosso território.

Os novos caças, se for cumprido o cronograma, terão chegado com cerca de quinze anos de atraso; nossas belonaves (segundo fontes idôneas que consultei) mal flutuam e nossos submarinos ainda são poucos. A força terrestre está em situação menos alarmante graças ao brilhantismo de seus oficiais. Invadir um “continente” como o Brasil é infinitamente mais difícil que destruí-lo com guerra atômica.

Mas a cobiça internacional impede essa solução drástica, pois arruinaria a agricultura, a mineração e as imensas reservas de água potável.

A convocação prevista no artigo 142 da Constituição Federal é inexorável.

Com um Legislativo e um Judiciário aparelhados, a nação fica refém de pessoas inconfiáveis.

Todo o mundo já sabe que há algo podre neste reino de Santa Cruz.

O famoso Mecanismo do Crme Institucionalizado segue no comando. Até quando?

Que os protegidos de São Miguel Arcanjo chamem logo os bandidos no guando!

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Anônimo disse...

Que São Miguel Arcanjo e Nossa Senhora de Fátima ajam para barrar as forças demoníacas atuantes na política e na sociedade brasileira. Quem sabe até consigam que Lula desperte de sua vaidosa ilusão esquerdista e coloque seu talento a serviço do desenvolvimento do Brasil.