domingo, 28 de abril de 2019

Argentina: Não tem perigo de melhorar



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Pedro Chaves Neto

No célebre musical, a protagonista pede para a Argentina não chorar por ela. Nem merecia. Uma espécie de Anta casada com um homem inteligente e sem escrúpulos. O resultado dessa simbiose foi (e está sendo) a causa do desastre atual.

Conheci Buenos Aires em 1.969; fiquei fascinado: uma cidade europeia mal placée na América do Sul. Voltei em 1972. O encantou aumentou. Passados dezoito anos, voltei e não resisti. Comprei um pequeno apartamento onde durante vinte três anos passei um terço de meus dias. Antiquário, livrarias, museus, galerias de arte em profusão. Não deu tempo de conhecer tudo.

Infelizmente só vi decadência. Elegantes cafés sendo fechados e substituídos por fast food. No ano de 1.992, um brilhante economista, Domingo Cavallo, implantou o Plano de Convertibilidade. Retomada a confiança na moeda, a economia reagiu e o progresso voltou.

Só que foi Vôo de galinha. A economia encavallou! Em 2001 o mesmo ministro (Cavallo) tomou medidas incompatíveis com suas idéias iniciais. O país entrou em colapso. No fim do ano, a violência. Todos os ativos financeiros congelados. Queda do Presidente; escolha de um novo que, contrariado, renunciou dias depois. O terceiro numa semana, manteve TODOS os bancos fechados por vinte e três dias. O pequeno comércio voltou ao tempo do “fio de bigode”. Os clientes conhecidos tinham “cadernetas” preenchidas apenas com a quantidade de produtos. Não havia mais PREÇO para os mesmos.

Reabertos os bancos, o peso que antes valia 1 dólar americano passou a valer apenas 0,25 da moeda forte. Perda de três quartos de toda a poupança arduamente conseguida pelos donos.

Um único economista dizia a verdade nas rádios e televisões. José Luis Espert, hoje candidato à Presidência. Com Macri, Cristina ou Vidal não há risco de sair do atoleiro. A Argentina não corre perigo de melhorar.

Pedro Chaves Neto é Advogado. Morou na Argentina nos tempos agudos das crises.

Um comentário:

Loumari disse...

MACRI SE HUNDE JUNTO CON LA ARGENTINA

https://www.youtube.com/watch?v=e-Et9ArR2JM