terça-feira, 23 de abril de 2019

Auto-oposição, ninguém merece!



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Perdão pela insistente repetição. O desafio ajudar o Presidente Jair Bolsonaro a governar o Brasil é para águia e não para pombinho... É missão para samurai e não para gueixa... É estratégia para ideólogo e não para 171 acadêmico... Exige aplicação tática para quem tem coragem e honra para agir com respeito, disciplina e ordem. O governo precisa de um claro Projeto de Nação, com objetivos capazes de unir a maioria das pessoas de bem e bom senso.

Vamos poupar detalhes sórdidos expostos nas redes sociais, na extrema mídia intriguenta e até na transparência do porta-voz do próprio governo. Não dá para entender um governo que consegue fazer oposição a ele mesmo. Tudo por ação centralizada equivocada, excesso de personalismo, erro de leitura conjuntural e falta de staff com vivência política necessária para administrar objetivos comuns que não conseguem ser definidos claramente pelo governo.

Enquanto não apresentar um Projeto de Nação, com objetivos, metas e responsabilidades bem definidas, com prazos possíveis de serem cumpridos, o governo Bolsonaro seguirá refém do Centrão do Congresso ou dos grupos antagônicos que fazem parte da administração federal. Curiosa e lamentavelmente, a oposição é zero a esquerda (sem trocadilho). Até agora, além dos supostos aliados do “baixo-clero” da Câmara, o governo Bolsonaro tem rendimento questionável porque joga contra ele mesmo.

O desafio imediato e urgente de Bolsonaro é acabar ou neutralizar a esquisita “auto-oposição”. O problema não ocorre por fanfarronismo ou personalismo. A causa principal é a falta do projeto estratégico visível e compreendido pela sociedade e, principalmente, pelos colaboradores escalados e/ou pagos para cumprir as missões, objetivos e metas para tornar a gestão eficiente, eficaz e efetiva; combater a corrupção e o mecanismo do crime organizado; melhorar a sensação de segurança; e criar condições estruturais para o desempenho econômico – os ultinmatos dados pelas urnas a Bolsonaro.

Por favor, Presidente Bolsonaro: Pare de cometer e não deixe que seus assessores pratiquem auto-oposição. Se tal erro primário persistir, uma oposição burra e destrutiva tem tudo para renascer do esgoto...

A guerra de todos contra todos só se intensifica. O Mecanismo segue intacto. O Crime Institucionalizado deseja que a desorganização persista. O povo deseja resultados concretos. Realize, Bolsonaro. Fale menos, cobre mais e faça mais!

Mindfullness, Presidente! Ore, medite, cobre e realize! Auto-oposição, ninguém merece...

Leia, abaixo, o artigo de Gaudêncio Torquato: 

Chimpanzé, Maquiavel e Gândhi







Salve, Jorge! Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. Membro do Movimento Avança Brasil.
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Abril de 2019.

13 comentários:

Anônimo disse...

O comportamento do Mourão é o mesmo dos militares de 64 e que foi muito bem descrito pelo Olavo. Enfim, o “mecanismo” nos enganou novamente e o fato de que o novo governo só edita perfumarias confirma isto. Veja o caso das armas em que só tiraram a exigência de exame de próstata da situação anterior. A constante derrama de impostos que não cessa. A Petrobrás que continua abusando dos seus direitos de monopolista. A reforma da previdência e arrocho do funcionalismo que vem do tempo da Dilma. O problema da monstruosa dívida interna que é um tabu onde os agiotas se apropriaram de 50% da arrecadação nacional. O STF que não para de soltar os bandidos de colarinho branco etc.

Loumari disse...

A dita direita brasileira, classe de gente no estado de putrefacção, vaidosa com sonho de grandeza qual ela acha que não precisa trabalhar para obtê-la, gente que vive deitada no seu berço esplêndido contando que o seu mundo vai mudar e lhe brindar todo o conforto e satisfação só com vomitar o que ela tem em abundância no seu coração que é ódio contra os outros (que por suposto os classifica de inferiores na categoria humana), criar e disseminar mentiras, incentivar a violência, violar a Lei Divina, e com isso ela se julga potente e suficientemente sábia capaz de mudar e transformar a sociedade que a sua mente corrompida lhe sugere que a força de violência vai poder se construir um universo de paz pacificado com o armamento da população, onde ela vai poder gozar de vida digno de aristocrata imperialista! Onde a supremacia branca reina sobre seus escravos.
Pactuaram com Satanás e vão arquitectando o seu sonho diabólico baseado no Talmude judaico:

Nidrasch Talpioth, p. 225-G: “Jeová criou o não judeu em forma humana a fim de que o judeu não tenha de ser servido por animais. O não judeu é, portanto, um animal em forma humana e está condenado a servir o judeu dia e noite.”

Simeon Haddarsen, fol. 56-D: “Quando o Messias vier, cada judeu terá 2800 escravos.”


Os da dita direita brasileira tanto criticaram os outros governos que se sucederam em três décadas, taxando-lhes de nefastos para o Brasil, incriminando-os de ser destruidores dos valores e tradições, de saquearem o país, de tirar dos ricos para sustentar os pobres, de não respeito a constituição, de corrupção de toda índole, foi ela até criar o diabo para chegar aos poderes. Agora que estão nos poderes tendes todos poderes na palma da mão, o que estão a fazer com eles? Não são capazes de criar perspectivas económicas, não têm faculdades intelectuais para criar coesão estrutural e dar base inicial a algum projecto de edificação societal e ambiental, e o que esta direita putrefacta faz no meio do desastre que criou? Criar diversão. Para isso ela tem um sujeito ideal para culpar de todas as mazelas do país. Vender lula todos os dias nas praças. Ao ponto que já ninguém suporta mais esta baixeza. Em cinquenta anos não contribuíram com nada para o país em que reivindicais como vosso país que foi usurpado por comunistas, e devem restaurar a honra e a grandeza deste país. Qual grandeza? O Brasil saiu do isolamento e se tornou um importante protagonista económico e social e atingiu seu auge de boa fama internacional nos governos de Luís Inácio Lula da Silva. Este é um facto.
São vocês agora de fazer melhor que ele e provar ao mundo o que são realmente capazes.
Mas nada! O que o mundo está a assistir desta dita direita brasileira nos poderes só são vergonhas. O presidente com dente contra seu vice, o ministro dito esperto em gestão económica com dente contra seu presidente, e os filhos do presidente como leões destinados ao espectáculo teatral. Este é o país. Duzentos anos depois, este é o país.


JEREMIAS 10:8 Mas eles todos se embruteceram e se tornaram loucos: ensino de vaidades é o madeiro.


ROMANOS 1:22 Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos;


ISAÍAS 19:13 Loucos se tornaram os príncipes de Zoan, enganados estão os príncipes de Nof: eles farão errar o Egipto, eles que são a pedra de esquina das suas tribos.

Loumari disse...

Má fama de Bolsonaro EXPLODE no exterior

https://www.youtube.com/watch?v=z8Gqef1CllY

jomabastos disse...

Em um país democrático, um governo, qualquer que seja ele, de esquerda ou de direita, não tem que preocupar-se com a mídia "intriguenta" nem em temê-la. Existe sempre aquela que apoia o governo, a neutra e a outra que apoia a oposição.

Em qualquer país desenvolvido e democrático, existe a chamada mídia "intriguenta", como está adjetivada neste site. Quando essa mídia não existe, é sinal que a democracia está algo ausente. E todos nós desejamos que a democracia esteja sempre presente no Brasil.

Então, e porque não razão para tal, deixemos de acusar a mídia da boa ou má gestão governamental.

jomabastos disse...

Se um chefe de governo se sente refém e incapaz de governar, demita-se, porque lá está o vice-presidente para governar.

Mas, na política brasileira, o político sente-se sempre acima do Povo e do País. E é uma das grande razões porque, infelizmente, o Brasil não se desenvolve e mantém uma profunda desigualdade social, apesar de ter imensa riqueza.

jomabastos disse...

O Governo do Bolsonaro ainda não abordou a sangria que há no pagamento de juros(que por vezes chegam a 10%) da dívida pública brasileira, a qual é aproximadamente de 84% do PIB. Mas os Bancos e os Rentistas lá estão para encher o bolso com muitos bilhões dos nossos impostos.

E o governo vem apresentar uma Reforma da Previdência estúpida e ultra-liberalista, em que os intocáveis permanecem eternamente protegidos: políticos, servidores públicos de altos cargos, militares e rentistas. E o povo é quem paga a fatura dos "protegidos" com a austeridade que vem aí. E a clivagem social aprofunda-se. E o Brasil continua como um dos países que tem maior desigualdade social e profunda corrupção.

Um país capitalista não se desenvolve sem a presença do consumidor girando a economia ao adquirir o produto do comércio, da indústria e dos serviços. E sem consumo, não há emprego e o estado não arrecada impostos. E sem impostos não existe investimento público e respetivo desenvolvimento. E a crise do país aparece, mantém-se ou aprofunda-se, pois a economia mantém-se estagnada.

jomabastos disse...

O Mecanismo segue intacto porque o Crime Institucionalizado deseja que a desorganização persista. Mas os políticos deste país são o cerne do crime Institucionalizado. Que se poderá fazer sem uma Intervenção Constitucional?

Rodrigo Almeida disse...

A reforma da previdência vai passar porque os empresários precisam dela para fazer seus investimentos. Eles vão pagar a conta da "articulação política ". A aprovação acontecerá por forças alheias à política, não por mérito do governo. O problema é que ela é impopular e o governo precisará de um pacote de bondades logo depois para manter o único apoio que possui: o do povo comum. Haverá condições para aprovar o pacote do Moro e a reforma tributária??? Ou aprovarão a reforma da previdência e em seguida derrubarão o governo? ? Bolsonaro ficará como vilão???

Fabio Chazyn disse...

A história do Brasil atual seria uma obra cômica se não fosse trágica. A classe dominante brasileira dirige um navio de passageiros como se fosse de um cargueiro à deriva e sem bússola. Contenta-se em desfrutar de ebrifestante brisa... Pseudo epicuristas, acha bonito acreditar que o que vale é a viagem e não o destino; que o Brasil acabe em barranco, pois não me chamo Raimundo. Pobres crianças!

Anônimo disse...

http://vindodospampas.blogspot.com/

Cheguei a uma surpreendente, trágica e dolorosa conclusão.
A “democracia eleitoral” levada a efeito no Senado e na Câmara Federal, com a eleição dos seus respectivos “presidentes”, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia, sem dúvida corresponde com extrema fidelidade à “democracia” do processo eleitoral que indica os vencedores das eleições periódicas para os cargos nos Poderes Executivo e Legislativo, nas três esferas da federação, ou seja, tanto na União, quanto nos estados e municípios.
A longa experiência histórica acumulada na política brasileira demonstra com extrema clareza a “coerência”, a “lógica” e a “semelhança” nesses dois tipos de eleições, uma delas realizada pela Justiça Eleitoral, e as outras internamente no Senado e na Câmara. Uma é a “cara” da outra.
Via de regra, nesse “arremedo” de democracia, que mais se identifica com a OCLOCLEPTOCRACIA (mistura de OCLOCRACIA com CLEPTOCRACIA), é o povo com título eleitoral quem elege as “maiorias” representativas da pior escória da sociedade, e vai ser exatamente essa “escória” eleita que definirá dentre eles um “representante” para comandar o Senado e a Câmara, e todas as outras Casas legislativas do país, ou seja, os seus respectivos presidentes. Trocando em miúdos: os eleitores escolhem os piores   dentre os relacionados nos computadores do TSE, e esses piores eleitos, por suas vezes, acabarão elegendo de preferência os “campeões” (dos piores) dentre eles. Aliás, esse é o retrato fiel das escolhas no Senado e na Câmara nos últimos tempos.
Não pode ter outra explicação as eleições de Alcolumbre, para o Senado, e de Maia, para a Câmara Federal, as quais não fugiram da regra das eleições nessas Casas nos “últimos tempos”. Esses dois sujeitos representam o pior dentre os piores. Suas “fichas” são mais sujas que “pau de galinheiro”.
Se partirmos do pressuposto (eu tenho absoluta certeza disso) que os candidatos escolhidos têm a mesma   “cara” dos eleitores que os elegeram, e que a maioria dos políticos eleitos se enquadra no perfil da pior escória da sociedade, é evidente que os eleitores majoritários e responsáveis por essa situação, não são nada melhores que os seus escolhidos e têm a mesma “cara” desses patifes. Continua....

Anônimo disse...



http://vindodospampas.blogspot.com/ continua.... II

Então a triste conclusão a que se chega por toda essa situação não pode escapar de considerar verdadeira a frase imortalizada do filósofo francês Conde Joseph-Marie de Maistre: “O POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE”.
E nesse arremedo de “democracia”, quem manda são os piores. É exatamente por isso que os piores são os que mais valorizam essa “coisa” que eles chamam de “democracia”, chegando a colocá-la num altar, e mesmo a “Endeusá-la”, mantendo-a exatamente como está, ou seja, corrompida, degenerada, ”às avessas”, praticada por uma grande massa ignara, “burra”, ingênua, interesseira, ou desprovida de consciência política, tanto quanto os seus escolhidos, os patifes que se infiltram na política. É por isso que os políticos elogiam tanto a “sabedoria” do povo, quando vota “neles”.
Por essa razão, só excepcionalmente, por algum “acidente de percurso”, no processo eleitoral brasileiro, serão eleitos os melhores e mais capacitados. Os eleitores” estúpidos” às vezes “erram”, ”driblando” a sua própria estupidez. E muitas vezes quando erram, acabam acertando, escolhendo a alternativa “melhor”, ou talvez a “menos pior”. Não é a regra, mas excepcionalmente acontece, como na eleição presidencial de 2018, com a vitória de Jair Bolsonaro, onde o maior mérito dessa eleição não esteve propriamente na sua vitória, porém na derrota do “outro”, que como “herdeiro” daria continuidade à desgraça política de “esquerda” que se abateu sobre o Brasil desde 1985, mais acentuadamente entre 2003 e 2018, nos governos PT/MDB.continua ….

Anônimo disse...



http://vindodospampas.blogspot.com/ continua III

 Alguém pode supor que com esse tipo de “democracia” o Brasil irá sair algum dia do buraco político, moral, econômico e social em que foi metido pelos políticos, com participação indireta do próprio povo, que os escolheu? O simples afastamento, ”cassação”, ou “impeac hment” desses dois presidentes, do Senado e da Câmara, seria suficiente para “moralizar” essas duas Casas Legislativas? Não teria que haver uma “limpa” TOTAL nessas Casas, mesmo que por intermédio de métodos “excepcionais”, que não foram previstos nem escritos nas normas jurídicas que regulam o país, baixadas inclusive por aqueles que precisam ser banidos dos Três Poderes?
Sérgio Alves de Oliveira - Advogado e Sociólogo
NUTAVAEL DIZ...
O NOSSO CAPITAO NAO ESTA NEM UM POUCO PARECENDO O FILHO DE SAO JORGE OU DO ARCAJO KHAMAEL, PORQUE SE PREOCUPA COM INSINUAÇOES DENTRO DA INTERNETE QUE SIMPLESMENTE ESTAO ALERTANDO SEU GOVERNO DO QUE SE PASSA NOS BASTIDORES.
QUANDO O FILOSOFO OLAVO CARVALHO SE MANIFESTA SOBRE O GRUPO QUE CERCA NOSSO CAPITAO ELE ESTA SOMENTE DANDO UMA AULA PARA SEUS ALUNOS, E OBVIAMENTE PASSANDO UMA MENSAGEM PARA O POVO BRASILEIRO.
SENTIMOS MUITO QUE A VAIDADE DO LEONIDO E NOSSO VICE PRESIDENTE O COLOCA NA BERLINDA.
QUE TIPO DE INTERESSE ELE TEM ALEM DE AJUDAR AO POVO BRASILEIRO E AO EXERCITO DE CAXIAS ELE TEM PARA REPLICAR TODA VEZ QUE O PROF. OLAVO SE MANIFESTA COMO SE ELE FOSSE O MANDATARIO DO GRUPO?.
ELE ESTA DEFENDENDO QUE INTERESSES AFINAL? ELE E O SEGUNDO NA PRESIDENCIA E NAO O PRIMEIRO E ACHO QUE DEVERIA SE MANTER CALADO EM VEZ DE SE INTROMETER ONDE NAO FOI CHAMADO A OPINAR.
OLHO VIVO CAPITAO HA MUITOS OUTROS INTERESSES EM VOLTA DO SENHOR. O TERRENO ESTA MINADO. ATE UM SEM NEURONIOS SABE DISSO. ACHO BOM AS NOSSAS EXCELENTES FORÇAS ARMADAS CHAMAREM UNS E OUTROS PARA UMA CONVERSA TET A TET ANTES QUE A VACA VA PARA O BREJO. NAO TEMOS TEMPO PARA FORMALIDADES DAS VAIDADES E INTERESSES EXCUSOS OPERANTIS. ESTA NA HORA DE ARROCHO EM CIMA DE QUEM ESTA SE PRONUNCIANDO FORA DO QUE DEVE E ISSO AS FFAA SABEM FAZER MUITO BEM. TIREM O ELEFANTE DO CONTESTO ELE NAO FOI CHAMADO PARA FALAR. O MOMENTO E DE CAÇAR E NAO DE FALAR PRINCIPALMENTE QUANDO NAO SE E O LEADER DO GRUPO. MORARAO OU QUEREM QUE SE DESENHE.

Loumari disse...

O Bolsonaro tem que cair?

https://www.youtube.com/watch?v=kaYwAVZya40