quarta-feira, 24 de abril de 2019

Beleza Pura



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Após nove horas de sessão tensa, por 48 a 18 votos, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou o texto da reforma da Previdência na primeira etapa de tramitação. Vai para a Comissão Especial e, depois, para votação em plenário.

Alerto os amáveis leitores, o público em geral e a torcida do Corinthians sobre estado de encantamento em que se encontra nosso querido Mito em razão de maquiavélica hipnose a que foi submetido pelo “mágico” Paulo Guedes.

A urgência número um é CRIAR EMPREGOS!

A mentirosa reforma da (im)previdência NÃO é transparente!

Enquanto o ministro da Economia não for demitido, não há perigo de a situação melhorar.

Como a Bela Adormecida está o nosso Presidente, alheio aos reais problemas nacionais.

Os que tentam intrigá-lo com o seu ilustre Vice, desconhecem o significado da palavra LEALDADE.

As águas ainda estão revoltas e turvas.

Se Bolsonaro permanecer no firme propósito de acabar com o “toma lá, dá cá” todas as eventuais falhas serão infinitamente menores que a vitória sobre a corrupção.

Quer fazer média com o “povão” ? Cumpra as promessas de campanha, tais como isentar o Imposto sobre a Renda a salários até cinco mil reais mensais e corrigir a Tabela do mesmo tributo, criminosamente defasada pelos desgovernos anteriores.

Andar de motocicleta em lugar perigoso é pura fanfarronice que em nada melhora a conjuntura econômica.

De resto, está indo tudo muito bem. Os novos ocupantes de cargos nos altos escalões estão tomando pé da situação e lutando contra a “máquina” aparelhada.

É verdade que nosso Presidente pode convocar a Intervenção prevista no art.142 da Constituição federal a qualquer tempo.

Quando mais tardar, maiores terão sido os estragos feitos pelo cão egresso e pelo judas ciário.

Acredito no patriotismo e na coragem do Presidente Bolsonaro.

Que faça Política, e não titica!

Que pare de sandice, e recomponha com o Vice.

Que governe, e pare de alimentar o berne.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.











5 comentários:

jomabastos disse...

"A mentirosa reforma da (im)previdência NÃO é transparente!" - não existe a mínima dúvida de que existe muito jogo sujo de bastidores, para que esta Nova Previdência seja aprovada.

Àqueles que a NP mais toca, políticos, militares e servidores públicos de altos cargos, eles irão aumentar ainda mais seus altos salários, gratificações e mordomias. Os custos de alguns setores da previdência, vão migrar para outros setores públicos, mas sempre pagos com os nossos impostos. É uma contabilidade dos economistas, quando querem apresentar lucros enganando os acionistas.
E as classes média e pobre que trabalham nas empresas privadas, conjuntamente com os empreendedores do micro e pequeno comércio, indústria, serviços e agricultura, que se desenrolem e q se F****.

É a austeridade. E o FMI e outros organismos financeiros internacionais, estão batendo palmas e esfregando as mãos de contentamento, pois a macro economia do país continuará funcional para um mundo dominado pela alta finança internacional.

Mas sem consumidores com dinheiro no bolso para fazer compras no dia a dia, a economia não gira.
E o fosso da desigualdade, atualmente existente neste país, irá acentuar-se.

Há muita coisa a reestruturar profundamente, antes ou conjuntamente com uma Nova Previdência. Mas não existe vontade política.

jomabastos disse...

Isentar o Imposto sobre a Renda a salários até cinco mil reais, seria uma ótima solução, pois esse dinheiro iria entrar diretamente na economia através do mercado do consumidor. E o estado iria recuperar essa isenção em impostos vários. E a economia iria girar mais facilmente e desenvolver-se.

Mas não, as isenções fiscais irão diretamente para as grandes empresas.

jomabastos disse...

A doença da berne tem cura, mas há que termos o médico certo.

Anônimo disse...

Concordo, sr Carlos; concordo em gênero, número e grau.

Anônimo disse...

O problemão é que o Trairão insiste no erro de 64 que nos levou para essa barafunda.