segunda-feira, 13 de maio de 2019

O Exemplo de Singapura



Reflexão do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Imagina se o Brasil tivesse condições institucionais, legais e culturais para um efetivo combate ao Crime, sem tréguas, para um efetivo respeito à Lei e a Ordem... O Brasil precisa encarar este debate imprescindível. Não podemos ficar reféns das variadas organizações criminosas. Topam tentar seguir o exemplo bem sucedido da cidade-Estado de Singapura?

Releia o artigo de Domingo: Trombas d’água contra o Crime


Veja também o artigo de Hilton Kutscka: François Rebelais e o nosso STF

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 13 de Maio de 2019.

7 comentários:

Loumari disse...

Assisti na Net um vídeo de um idoso argelino no estado de revolta e o homem denuncia: se não nos livrarmos dos franco-maçons nunca alcançaremos a liberdade verdadeira, nunca conheceremos a democracia. A franco-maçonaria é um flagelo e esta praga suga as nações onde eles estão e controlam as instituições e condenam o povo a escravidão.
Nos basta olhar para Brasil, é exactamente isso. Brasil é país pertencente a ordem de Franco-Maçom. Os seus métodos de domínio a nação e controlar o seu povo é o anarquismo. Eles no poder começam por aplicar a doutrina que consiste na primeira etapa, abolir qualquer autoridade organizada, criam regime em que não há governo, aplicam a disciplina de negação de autoridade outra que não seja a deles mesmo, concebendo uma classe política que exclui a sociedade do direito de coerção, criam desordem e confusão na sociedade até tirar o povo força de reagir, tirar-lhe a esperança, e no Brasil onde o povo foi feito lavagem de cérebro, vimos como todos se precipitaram em investir seu voto em apoio ao homem que todo esclarecido, viu que era demónio. Pegaram nos cabeças da máfia de Rio de Janeiro e os coroaram reis e donos do país.
Que povo é este que vota em um idiota como jair? Este homem é o mais idiota dos idiotas, onde ele está sentado deve estar a rir-se tanto deste povo tolo, que creu que um analfabeto funcional havia de ser alternativa judiciosa!
Eles chegaram ao poder graças aos idiotas que sofreram a lavagem de cérebro obra da maçonaria, e agora nos altos escalões, são festas só. O povo escravo trabalha e financia tudo.
Como precisa o Talmude Judaico: Quando o Messias vier, cada judeu terá 2800 escravos. E o tal Messias chegou no Brasil. Agora vocês povo não passam de animais que o Deus deles vos fez em forma humana a fim de que o maçom não seja servido por animais. O animal em forma humana está condenado a servir o judeu dia e noite.”
Povo brasileiro, a vossa crueldade vos cegou de tal modo que não viram a besta chegar. E o pior é que vocês mesmos o constituíste rei sobre vós. Tratamos de vos advertir que este messias trazia consigo a morte, a destruição. Mas vocês se enfureceram contra os que vos advertiam e elegeram aderir aos tentáculos do dragão infernal. Forjaram vós mesmos vossa própria sentença de morte.
Em 5 meses no prato do brasileiro modesto os grãos de arroz e de feijão diminuem cada dia. É a saúde que se desvanece.
Bravo, Bravíssimo professor Satanás. Excelente job.

Jayme Guedes disse...

Singapura encontrou um tratamento impecável para o câncer representado pela criminalidade. É um erro considerar como castigo a pena imposta aos homicidas. Para que fosse um castigo a pena por morte teria que ser a morte. O papel da lei penal não deve ser o de "castigar" mas sim o de retirar o lobo do meio do rebanho de ovelhas. Mas, por outro lado, afastar permanentemente da sociedade um homicida é um desperdício. A melhor solução é a eutanásia. Enquanto nos recusarmos a desativar assassinos matamos um número muito maior de inocentes.Sou totalmente a favor de adotarmos aqui a solução encontrada por Singapura.

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Está aí uma grande ideia. Quem sabe o Povo Brasileiro "terceirizasse" os seus Três Poderes para Singapura ? Acho que seria a melhor,mais prática e mais "barata" maneira de acabar com a corrupção e,evidentemente, com corruptos locais.

Jayme Guedes disse...

Seria fantástico. Um contrato por 30 anos com investimento prioritário em educação de verdade para que o nível de escolaridade do brasuca o fizesse aspirar a mais do que a atual trilogia - meu time, minha seleção e minha escola de samba. Com isso, já que temos o resto - extensão territorial, clima e subsolo - construiríamos uma nação capaz de competir pelos primeiros lugares entre as nações mais desenvolvidas do planeta.

Unknown disse...

Com menos da metade da área da cidade de São Paulo, Singapura recebe por ano o dobro de turistas que visitam o Brasil inteiro, sem ter precisado construir um estádio sequer.


Anônimo disse...

Pelo começo se tem a impressão de que são dois grupos do mesmo tamanho, mas a questão não passa pelo tamanho dos grupos e sem do grupo que ganhou as eleições gritando pelo fim da cleptocriacia e um grupelho de militares que não são a maioria das FFAA's, com toda certeza, querendo manter os cubanos no poder.

Anônimo disse...

Pelo jeito, a lavagem cerebral esquerdista não conseguiu resultados em Singapura, nem mesmo com o militar-presidente. Porque, se fosse tentado algo semelhante no Brasil, grande parte da população acionaria os gatilhos politicamente corretos impressos em sua percepção e clamariam contra a "ditadura" da volta à realidade, além de ser uma situação impossível de ocorrer com a mentalidade positivista de nossos militares.