quarta-feira, 5 de outubro de 2005

Cesar Maia vem candidato a Vice Presidência na chapa tucana


Edição de Quinta-feira

O Prefeito do Rio, Cesar Maia (PFL) será o candidato a vice-Presidente da República na chapa do PSDB. Não importa quem seja o candidato a Presidente: José Serra, Geraldo Alckmin, Aécio Neves – ou, até mesmo, Fernando Henrique Cardoso. Para vice, “Ave, Cesar”! O acordo para a indicação já está selado com FHC. Cesar Maia é o nome de consenso no PFL. A revelação é de um cardeal tucano ligado ao ex-presidente FHC.

O Prefeito do Rio descartou sua candidatura presidencial própria – embora já tenha sido lançado a pré-candidato pelos pefelistas. Também afastou qualquer hipótese de disputar o Governo do Estado do Rio. Cesar já lançou o nome do Deputado e Secretário Eider Dantas, seu tocador de Obras na Prefeitura do Rio. Cesar Maia entregará o cargo ao vice Otávio Leite (do PSDB), no prazo de desincompatibilização e às vésperas de um grande acontecimento estratégico-eleitoral: os preparativos para os Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio.

O raciocínio estratégico de Cesar Maia é matemático. Suas chances objetivas de chegar à vice-presidente da República, aliado aos tucanos, são muito maiores. O Prefeito do Rio aposta no desgaste do Governo Lula para uma vitória do PSDB. Cesar também calcula, milimetricamente, o nível do desgaste que representaria disputar uma candidatura majoritária ao Governo do Rio contra Sérgio Cabral, que tem a máquina do PMDB mais bem azeitada que o PFL no Estado e ainda pode contar com o apoio “obsequioso” da poderosa máquina pessoal do Casal Garotinho.

O Cometa Garotinho

Se Cesar Maia abriu mão da candidatura a Presidência por estratégia, Antony Garotinho será obrigado a tomar a mesma decisão de desistir, antes que seja forçado pelos acontecimentos. Garotinho saiu enfraquecido na briga dentro do PMDB entre os grupos de Michel Temer e Renan Calheiros. Temer era seu principal aliado e trunfo para conseguir a legenda presidencial. Mas o Senador Calheiros, Presidente do Congresso, vem ganhando a batalha interna.

E Garotinho ainda conta, dentro do PMDB, com a forte oposição do Senador José Sarney – que é seu adversário “declarado” nos bastidores. Sarney age contra Garotinho por vontade própria e por inspiração oculta vinda de dentro do Palácio do Planalto. O Presidente Lula enxerga em Garotinho “um risco” como candidato a Presidente. As pesquisas eleitorais ratificam este temor: Garotinho oscila entre 10 e 14 por cento da preferência dos votos para Presidente.

Os aliados do Presidente temiam que Garotinho adotasse a mesma estratégia do ex-Presidente Fernando Collor de Mello (que usou um PRN da vida) para ser candidato dele mesmo, usando uma legenda alternativa. Até o prazo final de filiação partidária para o próximo pleito, apostava-se que Garotinho sairia com sua turma do PMDB para um partido pequeno, o PSC (Partido Social Cristão), que ele mantém como linha auxiliar do governo de sua mulher, Rosinha Garotinho.

Deputados da bancada federal de Garotinho chegaram a se filiar ao PSC, aguardando a posição final de seu líder. O movimento gerou até desgastes para Garotinho dentro do PMDB. Lideranças e dirigentes do PMDB na Câmara e no Senado o responsabilizam pelo PT manter o status de maior bancada da Câmara. Foi debitada na conta dele o encolhimento pemedebista.

Garotinho influiu diretamente em cinco baixas na bancada federal peemedebista. O Senador Ney Suassuna reclama que, além de praticamente expulsar três deputados pemedebistas, anunciando que lhes negaria a legenda para a reeleição, Garotinho levou pemedebistas para o PSC. Mas Garotinho acabou tendo de ficar no PMDB. Foi a mesma escolha forçada de sua mulher Rosinha.

Embora não possa ser candidato a Presidente, pelas circunstâncias, Antony Garotinho tem a chance de ampliar sua força política dentro do Estado do Rio. Sua estratégia agora é clara. Em 2006, vai lançar Rosinha Garotinho para o Senado. Sua filha Clarissa Matheus (futura “Clarissa Garotinho”) vem candidata a deputada estadual.

Antony Garotinho vem candidato a Deputado Federal. A idéia dele é promover um arrastão de votos, elegendo uma enorme bancada para o PMDB e para o PSC, que vem na coligação junto com outros partidos nanicos. Vai ter muito pipoqueiro se elegendo na rabeira do cometa Garotinho – efeito idêntico ao de Enéas Carneiro, do Prona, em São Paulo.

Alternativa Picciani

Uma enorme barreira potencial no projeto de Garotinho chama-se Jorge Picciani. O atual Presidente da Assembléia Legislativa Fluminense vislumbra o projeto pessoal de se candidatar ao Senado. Acontece que, no pleito de 2006, só haverá um eleito por coligação. A renovação do senado é de um terço. Com o desgaste do PT, Saturnino Braga praticamente se despedirá do cargo. No entanto, a barreira Picciani pode ser superada, com ele mesmo desistindo de se candidatar para assumir o governo do Rio de imediato, com as desincompatibilizações de Rosinha e de Conde para disputarem a eleição.

Há outras duas incógnitas, além da ambição de Picciani. Ainda não se tem certeza política se o vice Luiz Paulo Conde assume o Governo do Rio. Ou se deixa o cargo e vem candidato a Deputado Federal. Neste caso, se não for desenhada a “alternativa Picciani”, o Estado pode acabar governado pelo presidente que estiver em exercício na Assembléia Legislativa (um deputado que não concorra à reeleição) ou até pelo Presidente do Tribunal de Justiça – o que seria um fato politicamente estranho.

Os votos da Universal

A terceira incógnita é para onde vai pender o apoio do recém-criado Partido Municipalista Renovador. O PMR, que vai virar Partido Republicano, em sua próxima convenção nacional, é um braço da Igreja Universal do Reino de Deus. É presidido pelo Senador Marcello Crivella, que não precisa deixar seu cargo de senador para se aventurar em uma eventual candidatura a Presidência da República.

Por enquanto, o candidato cotado do partido é o atual Vice-Presidente da República e Ministro da Defesa, José Alencar. Nesta hipótese, o Partido Republicano deverá lançar um candidato próprio ao governo do Rio. A idéia da Igreja Universal é ampliar o número de eleitos, apostando na estratégia bem sucedida que rendeu 14% dos votos, na última eleição municipal, ao candidato a Prefeito do Rio, Marcelo Crivella.

Sorte Grande

Quem se deu bem em todo esse jogo eleitoral foi o Senador Sérgio Cabral Filho, pré-candidato do PMDB favorito ao Governo do Rio. “Dei a maior sorte” – tem dito Cabral a seus interlocutores mais próximos, referindo-se à permanência de Antony Garotinho no PMDB. Cabral raciocina que, no mesmo partido, Garotinho não deixaria de apóia-lo. Se tivesse ido para o PSC, fatalmente, Garotinho lançaria um candidato contra Cabral e dividiria a base de apoio do PMDB, forte no interior do Estado. A candidatura de Cabral tem a mesma vantagem da eventual candidatura Crivella: eleito, torna-se Governador. Perdendo, continua no Senado por mais quatro anos.

Cesar.com

O Prefeito Cesar Maia acabou com o blog, mas continua enviando seus comentários e notícias por e-mail ao pessoal que se cadastrou em seu site. São 3.400 internautas. Na edição de segunda-feira, adverte que Garotinho não será mais candidato a Presidente... Cesar Maia tomou gosto pela coisa e, no fim do mês, começa a escrever em outro blog, o “Rio 40 graus”. “Este blog não será meu, no sentido de que não o coordenarei. Serei apenas um colaborador”, explica o prefeito.

Dossiê de R$ 15 milhões

O secretíssimo Agente 171 do Alerta Total, mergulhado no submundo político da desvairada paulicéia, revela: Duas poderosas revistas semanais disputam o direito de publicar um dossiê bombástico contra o Governo Lula. A cotação do documento chega a R$ 15 milhões no mercado negro de informações privilegiadas. O dossiê é moeda de troca para a salvação de alguns políticos paulistas, de vários partidos.

Casa do Artista

Os advogados de Paulo Salim Maluf negociam para que ele possa ter direito à prisão domiciliar. A tese de risco à saúde do cliente será o mote. No entanto, sabe-se que é altíssimo o poder de persuasão dos defensores malufistas. Eles sabem muito. Diria que sabem demais... Daí, tanta eficiência jurídica para “prender” Maluf em sua própria casa...

Alerta ultravioleta

Acendeu o Alerta ultravioleta no Ministério da Fazenda e no Banco Central. O ministro Antônio Palocci e Henrique Meirelles fizeram uma preocupante reunião de emergência para tratar de medidas rápidas para conter a fuga de capitais (dólares e “investimentos”) do Brasil, nos últimos dias. Mesmo comprando dólares, e mantendo os juros altos, a fuga continua. Palocci e Meirelles acham isto pior que CPI...

Glauco faz escola

Feliz é o ex-Presidente Fernando Collor... Ele faz uma turnê pelo Mediterrâneo, com parada na Grécia, em companhia de sua jovem namorada, a arquiteta Caroline Medeiros – como revelou a coluna do Anselmo Góis...

Tivesse ouvido seus assessores mais próximos, quatro anos atrás, Collor teria se candidatado ao Senado e, fatalmente, teria sido eleito em sua Alagoas. Preferiu disputar o governo do Estado e perdeu. Senador, estaria hoje no olho do furação da Ilha da Fantasia... Mas é melhor estar bem acompanhado na Grécia, né Fernando...

CPIs forever

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), promete dar todo aval para a prorrogação das três CPIs em andamento no Congresso — dos Correios, do Mensalão e dos Bingos. Calheiros, que já avisou que “não é empregado do governo” ponderou: “Eu prefiro responder por excesso de investigação que por omissão. Temos de saber de onde saiu o dinheiro que abasteceu as contas do empresário Marcos Valério, se vem de órgãos públicos, fundos de pensão ou do exterior. A sociedade quer uma resposta e terá esta resposta”.

Duelo de Titãs

Será marcada uma acareação, no Conselho de Ética da Câmara, entre a deputada licenciada Raquel Teixeira (PSDB-GO) e o deputado Sandro Mabel (GO). Ela sustenta que recebeu, do líder do PL, ajuda financeira no valor de R$ 1 milhão e mais mesada de R$ 30 mil para ingressar no PL. O parlamentar goiano nega as acusações e jura que foi Raquel quem o procurou porque queria mudar de partido. A acusação de Raquel a Mabel é um dos indícios da existência do Mensalão na Câmara.

Quarentena legal

A Associação dos Magistrados Brasileiros vai apresentar proposta de emenda constitucional impedindo os membros do Judiciário, do Ministério Público e de tribunais de contas de concorrer à eleição seguinte quando deixarem o cargo. A 'quarentena' alcançaria juízes, procuradores, promotores e membros de tribunais de contas.Os primeiros atingidos pela nova regra seriam o ministro Nelson Jobim, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), e o ministro Edson Vidigal, presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), poderão ter proibida a candidatura a cargos eletivos em 2006.

Fera ferida

O deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP) admite que pode deixar a vida parlamentar. “A Câmara dos Deputados teve o momento de me ter como presidente. Não quiseram. Agora estou revendo a minha posição na política seriamente. Penso até em abandonar o parlamento”. Segundo Greenhalgh, a derrota na eleição para o comando da Casa o deixou “uma fera ferida no corpo, na alma e no coração”. O deputado fez seu desabafo no seu depoimento na CPI dos Bingos. Greenhalgh faz parte da bancada Maçônica sobre a qual o Alerta Total chamou a atenção esta semana.

Sem sombra de dúvidas

O presidente da CPI dos Bingos, senador Efraim Morais (PFL-PB), acusou membros do governo de estarem tentando “blindar” Sérgio Gomes da Silva, o Sérgio Sombra, acusado de ser o mandante do assassinato do prefeito de Santo André Celso Daniel.

O Irmão vai contestar

Um dia depois de ouvir o deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (SP), indicado pelo PT para acompanhar as investigações do assassinato do prefeito Celso Daniel, a CPI dos Bingos decidiu ouvir mais uma vez, nesta quinta-feira, a partir das 10 horas, Bruno Daniel. O irmão de Celso contesta a tese de Greenhalgh, reafirmada no depoimento de terça, de que a morte do prefeito foi crime comum. Para a família do prefeito, sua morte está relacionada ao esquema de caixa dois montado na Prefeitura de Santo André.

Só R$ 200 mil...

A CPI do Mensalão vai convocar para depor o ex-ministro dos Transportes, Anderson Adauto. O motivo: José Luiz Alves, filiado ao PT e chefe de gabinete do Ministério dos Transportes na época em que Anderson Adauto comandava a pasta, confirmou que recebeu recursos do valerioduto. Alves confidenciou que foi ao Banco Rural em Brasília para receber o dinheiro por ordem do então ministro,.

O assessor só contestou as declarações do empresário Marcos Valério de que recebeu um total de R$ 1 milhão em várias parcelas. Segundo ele, foram R$ 200 mil, pagos em duas vezes, depois que Adauto procurou o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares para pedir ajuda e cobrir despesas com sua campanha a deputado federal pelo PL, em 2002. Alves, que continua a trabalhar para Adauto, afirmou que assinou recebido do dinheiro que lhe foi entregue. Mas o empresário Marcos Valério reitera que repassou R$ 1 milhão para o ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto, no período de junho de 2003 a janeiro de 2004.

Cadê o doleiro?

A CPI dos Correios não conseguiu localizar o doleiro Dário Messer, que deveria depor ontem. Messer foi apontado pelo colega de profissão Antonio Claramunt, o Toninho da Barcelona, como o “doleiro do PT”.

Messer deve estar escondido dentro de alguma cueca, lugar perfeito para se guardar dólar...

Dólar do Duda

O governo norte-americano trava uma queda de braço com a CPI dos Correios. Não quer divulgar dados dos depósitos em conta no exterior do publicitário Duda Mendonça. Os EUA querem garantias de que os brasileiros não vão quebrar o sigilo bancário de norte-americanos, como já ocorreu nos tempos da CPI do Banestado.

No forno da Pizzaria

A Corregedoria da Câmara decidiu recomendar à Mesa da Casa os processos contra os 16 deputados citados no relatório conjunto das CPIs dos Correios e do Mensalão por suposto envolvimento com o mensalão. Ninguém escapou, nem mesmo José Dirceu (PT-SP), Sandro Mabel (PL-GO) e Romeu Queiroz (PTB-MG), cujas ações já estão em andamento no Conselho de Ética. O presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PC do B-SP), já marcou para terça a votação do relatório.

Os sete membros da mesa diretora, a maioria pertencente aos partidos suspeitos de receber o mensalão, têm poderes para alterar o texto ou arquivá-lo. Mas se considerarem que há indícios que justifiquem o processo de abertura de cassação, o relatório será encaminhado ao Conselho de Ética, que vai investigar as denúncias contra cada um dos 16 acusados individualmente. O grupo Pró-Congresso, que reúne cerca de 120 parlamentares do governo e da oposição, fez uma manifestação nesta quarta-feira contra a lentidão nas investigações e “um cheiro de pizza no ar”.

Dirceu e a interferência entre poderes

O presidente do Conselho de Ética da Câmara, Ricardo Izar (PTB-SP), criticou a decisão do deputado José Dirceu (PT-SP) de entrar no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a suspensão do processo que pode levar a cassação de seu mandato e disse que uma liminar favorável ao ex-ministro da Casa Civil seria uma interferência do Poder Judiciário no Legislativo.

A defesa de Dirceu argumenta que, na época das irregularidades de que é acusado, ele desempenhava função no Poder Executivo e não exercia seu mandato parlamentar. Pela mesma razão, a defesa do deputado afirma que o processo deveria se dar no Supremo, já que Dirceu era ministro de Estado. O problema: na Casa Civil, Dirceu recebia salário como deputado. Daí a dúvida cruel se ele era Executivo, Legislativo ou as duas coisas. O ministro Sepúlveda Pertence vai relatar o caso no STF.

Destino da Propina

Em depoimento à Polícia Federal, o advogado Rogério Tadeu Buratti reconheceu que o caixa dois do PT era o destino da propina que seria paga pela GTech para facilitar a renovação de contrato com a Caixa Econômica Federal. Buratti, ex-secretário de Governo da Prefeitura de Ribeirão Preto durante a gestão de Antonio Palocci, participou de uma acareação na CPI dos Bingos com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, o ex-diretor de marketing da GTech Marcelo Rovai, o ex-advogado da empresa Enrico Gianelli e Waldomiro Diniz, ex-assessor de José Dirceu na Casa Civil.

Buratti revelou que a proposta de propina teria partido da multinacional, que poderia contribuir de R$ 500 mil a R$ 16 milhões, a depender das condições do contrato. Buratti também acusou Antônio Carlos Lino da Rocha, presidente no país da multinacional GTech, de ser dono de agências franqueadas dos Correios. A concessão de franquias das agências da estatal está sendo investigada pela CPI dos Correios justamente por envolver pagamento de propina a partidos, segundo denúncias. Marcelo Royai, da Gtech chamou todos de “bandidos”. Uma baixaria total e um show de verdades e mentiras de difícil comprovação jurídica.

Mike Tasso!

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) pediu desculpas por ter chamado Lula de “rei do trambique”, mas bateu pesado no governo, na CPI dos Bingos:

“Esta acareação está mostrando toda a teia de corrupção que foi montada no governo, envolvendo Marcelo Sereno, que era amigo do Silvio Pereira, que ganhou um Land Rover, que tinha o Ivan Guimarães no Banco Popular do Brasil, que era ligadíssimo ao José Dirceu, que era ligadíssimo ao presidente Lula, que era amigo do Delúbio Soares, o tesoureiro do PT. Então, diante disso tudo, o presidente Lula não tem nenhuma condição de dirigir absolutamente nada desta CPI. Muito pelo contrário: ele deve pedir desculpas à nação e ficar calado, caladinho, de cabeça baixa, esperando a apuração dos fatos pelo Congresso”. Foi o soco do Mike Tasso!

Recebendo não, pedindo!

O ex-subchefe da Casa Civil, Waldomiro Diniz, fez questão de corrigir, correndo, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), quando o tucano afirmou que ele foi flagrado recebendo propina. O ex-assessor do ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu frisou: “Pedindo”.

Diniz foi filmado pelo bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, pedindo uma propina de 1% do valor de contratos acertados. Na época em que a fita foi gravada, meados de 2002, Diniz era presidente da Loterj, no governo de Benedita da Silva, cargo que também ocupou na gestão Garotinho.

Azar do ex-deputado

Nem bem renunciou ao mandato de deputado para assumir o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, ex-parlamentar pelo PP do Rio Grande do Sul, já enfrenta uma saia-justa. A posse ocorreu no dia 20 de setembro, mas o Ministério Público pediu à 6ª Vara Cível de Brasília o afastamento temporário dele, até que seja julgado o mérito da ação civil pública contra a nomeação. Segundo a Procuradoria da República no Distrito Federal, autora da ação, Nardes não reúne os requisitos constitucionais necessários de idoneidade moral e reputação ilibada para atuar no tribunal. Ele é processado por crime eleitoral, peculato e concussão.

Direto com Deus

A bancada do PT na Câmara vai pedir a Luiz Inácio Lula da Silva mais investimentos, mais recursos para a política social e o cumprimento do Orçamento. A cobrança será na sexta-feira. Lula reservou três horas para receber a bancada. Dos 83 deputados, 15 serão escolhidos por sorteio para fazer perguntas ao Presidente.

Bush vem aqui...

Preparem o cowboy duplo no Planalto! O presidente dos EUA, George W. Bush, vai visitar Brasília, a convite do presidente Lula, entre os dias 5 e 7 de novembro. O porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan, manda avisar...

E o 13º, oh...

Um magistrado, leitor do Alerta Total, adverte: Enquanto o povo se distrai com as CPIs, o Congresso continua tratando, nos bastidores, de outros assuntos de nosso interesse. O fim do 13º salário já foi aprovado na Câmara, para alteração do art.618 da CLT, e encaminhado para o Senado.

A maioria dos deputados federais que tenta aprovar no Congresso o Fim do 13º salário, inclusive da Licença Maternidade e Férias (pagas em 10 vezes) é do PFL e PSDB, que hoje são oposição ao governo Lula. São os mesmos que não cortam as próprias mordomias e as vergonhosas ajudas de custo de todo tipo que recebem. Olho Neles!

Papel para a Urna

O engenheiro Amílcar Brunazo Filho, especialista em voto eletrônico, chama a atenção para a tela inicial que será apresentada ao eleitor quando este for votar no Referendo sobre comercialização de armas de fogo. Observa que na tela constará apenas a pergunta:"O comércio de armas de fogo e munição deve ser proibido no Brasil?" e mais nenhuma informação de como votar.

Como a urna-e não possui teclas "SIM" e "NÃO" o eleitor ficará bastante confuso sobre como proceder para votar. Ele deverá digitar 1 para responder NÃO, ou 2 para responder SIM, qualquer outro número para anular o voto e BRANCO para votar em branco. Depois tem de confirmar o voto.Brunazo lembra que foi decisão dos doutos ministros do TSE, que arvorando-se em especialistas em usabilidade e informática, baixaram uma resolução do pleno mandando que a tela vista pelo eleitor não tivesse nenhuma outra informação além da pergunta oficial.

Outro plebiscito

O Movimento dos Sem-Terra propôs a realização de um plebiscito sobre a transposição do Rio São Francisco. A secretaria nacional do MST sugere que a população decida se a obra deve ser executada, a exemplo do referendo sobre a venda de armas, no próximo dia 23. O MST se solidarizou com d. Luís Flávio Cappio pela 'decisão corajosa de entregar a própria vida' para salvar o rio. 'Com seu gesto de sacrifício, o bispo espera que o governo desista da transposição, sob o argumento de que o projeto carece de transparência', destaca uma nota da Secretaria do Movimento dos Sem Terra.

Morte condenada

O secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Odilo Scherer, considerou moralmente inaceitável o intuito do bispo Luiz Flávio Cappio de manter a greve de fome até morrer, caso o governo não suspenda o atual projeto de transposição do rio São Francisco. A greve de fome, incomoda o governo Lula, pode acabar nesta quinta-feira, ao meio dia.

“Eu desejo que ele não morra e também viva o Rio São Francisco, para dar vida a muita gente. A greve de fome até morrer, moralmente, não é aceitável”. Esta foi a advertência de Dom Scherer, ao ser questionado sobre de quem seria a culpa, caso dom Luiz viesse a morrer. Ponderou que sua posição era em defesa da vida e não uma crítica ao colega. A Igreja Católica condena o suicídio e a eutanásia.

Assédio Moral

A ministra Nilcéa Freire (Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres da Presidência da República) participa nesta quinta-feira, às 11 horas, da abertura do evento "Assédio moral nas relações de gênero". A Secretaria das Relações de Gênero da CNQ-CUT promove o encontro no Hotel EZ-Aclimação - Av. Armando Ferrntini, 668 – Paraíso, São Paulo.

Haja saúde e grana!

O Superior Tribunal de Justiça decidiu permitir o reajuste dos convênios, conforme autorizado pela ANS — Agência Nacional de Saúde. A Associação de Defesa dos Usuários de Seguros, Planos e Sistemas de Saúde e a Associação de Defesa da Cidadania e do Consumidor tentam barrar o reajuste dos planos. Como um ministro Pediu vista do processo, julgamento deve ser retomado pela Corte na sessão do próximo dia 19.

O STJ autorizou temporariamente reajuste de até 26,1% para os planos de saúde contratados antes de janeiro de 1999, os chamados planos antigos. A liminar, que limitava a correção em 11,86%, ainda vai ser julgada no mérito. Com a decisão, os usuários pagarão os seguintes percentuais de correção nas mensalidades: 25,8% (Bradesco), 26,1% (Sul América), 20,7% (Amil) e 19,23% (Golden Cross). Os chamados planos novos, contratados depois de janeiro de 1999, ficaram com o reajuste de 11,69%.

Fome na Escola

Neste mês, 424 municípios brasileiros ficaram sem receber, este mês, os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) por causa de inadimplência. Desses, 363 por não regularizarem o Conselho de Alimentação Escolar e 61 por não prestarem contas. Os dados são do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Copiou, Farinha?!

A participação de crianças e adolescentes em programas televisivos está condicionada a alvará judicial, a ser expedido pela Vara da Infância e Juventude. A decisão do Superior Tribunal de Justiça considera que as novelas são um espetáculo público., mesmo que o acesso aos estúdios de gravação seja restrito. Por isso, o Superior Tribunal de Justiça negou um agravo regimental da Rede Globo sobre a restrição. E julgou que devem ser aplicados os artigos 149 e 258 do Estatuto da Criança e do Adolescente. Copiou, Farinha?

Falta de Educação

O economista Gustavo Ioschpe critica o atual modelo educacional do Brasil. Na opinião dele, o País está muito atrasado em relação aos países desenvolvidos no que diz respeito às conquistas nessa área. Para o economista faltam mais treinamento e qualificação para os professores. Segundo ele, falta qualidade principalmente nos primeiros anos da Educação Fundamental.
O Brasil tem índice de repetência de 32% na 1ª série. É mais alto do que no Paraguai (14%) e na Indonésia (11%). Nos países desenvolvidos, esse número é de 3%. “Isso significa que nessa série está se condenando um terço da população brasileira ao atraso, à repetência e aos problemas de baixa auto-estima”. O economista fez o seu alerta em entrevista à Revista Isto É.

Ciência no Aterro do Flamengo

A "Semana Nacional de Ciência e Tecnologia" realiza nesta quinta-feira, a partir das 8h da manhã, o evento "Ciência no Aterro do Flamengo" . Três tendas abrigam instalações multimídia, exposições, oficinas, espetáculos de dança e música, palestras e vídeo. Um cinema de 360º apresenta a fronteira existente entre três naturezas distintas: homem, ambiente e tecnologia.

O CNEN exibe aplicações da energia nuclear. A Eletrobrás apresenta atividades sobre geração e consumo de energia elétrica. O Instituto Ciência Hoje distribui o suplemento especial "Experimentos Divertidos". A exposição "A Bela de Tebas" reproduz a face de uma mulher que viveu em Tebas, 600 a.C. A Embrapa faz apresentação sobre manejo e conservação do solo, água, biodiversidade e recuperação de áreas degradadas. O British Council apresenta a exposição fotográfica "Mudanças Climáticas".

Trabalho social com famílias

A Associação Brasileira Terra dos Homens promove o curso "Trabalho Social com Família" As aulas abordam conceitos sobre família e o trabalho sistêmico, redes sociais, violência doméstica contra criança e adolescente, reintegração familiar no contexto de rua e de abrigo, colocação em Família Substituta e estudos de caso. A Associação Brasileira Terra dos Homens fica na R. Pinheiro Guimarães, 88 - Botafogo. Tel :(21) 2286-0866.
Caserna em debate

Um encontro de militares sobre a Paz e a Democracia, acerca do desafio ético do uso da força no respeito ao direito e à democracia, começa nesta quinta-feira, a partir das 19 horas, no Chile. O evento reúne militares de vários países.

Aviso aos Navegantes Jogadores

A FIFA (Fédération Internationale de Football Association) alerta que seu nome está sendo usado em um “phishing scam” (espécie de pega bobo) que circula na internet.

Diversas empresas de loteria estão enviando e-mails não-solicitados, com aparência oficial, anunciando que o destinatário ganhou um prêmio e pedindo dados pessoais, incluindo informações bancárias, para receber seu dinheiro. As loterias afirmam serem organizadas em nome da FIFA, bem como dos organizadores da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, e da de 2010, da África do Sul. É tudo golpe!

Hacker radical

Quem acessou a página da Assembléia Legislativa do Tocantins (http://www.al.to.gov.br/ na manhã de ontem se deparou com uma pichação virtual que dizia "Xô Corrupção/Mensalão PT" no lugar do site do poder legislativo do Estado. A mensagem foi assinada por MeGaByTeS2lk, com a frase "Não somos corruptos como os políticos!!!". O hacker aproveitou que ontem era feriado em Tocantins: o 17º aniversário do Estado.

Agora, seu Hacker, uma coisa é protestar democraticamente. A outra é cometer crime, o que não pode acontecer. Se liga e fica Alerta Total, MeGaByTeS2lk!

Senhor de engenho punido

A Justiça do Trabalho no Pará aumentou a condenação de um fazendeiro, que está sendo processado por ter mantido 107 trabalhadores em condições análogas a de escravidão. Em decisão inédita, a Primeira Turma do Tribunal Regional Trabalho da 8ª Região acatou parcialmente o Recurso Ordinário apresentado pelo Ministério Público do Trabalho e aumentou de R$ 100 mil para R$ 1 milhão o valor da condenação imposta ao fazendeiro Marcelo Guimarães Galli.

Ajuda Urgente!

Os Voluntários da Toca de Assis (Casa de Madureira), no Rio de Janeiro, solicitam a doação de material para curativos. A casa acolhe por volta de 80 irmãos de Rua. O irmão Tomás é o Guardião da Casa, que fica na Rua do Sanatório, ao lado da Igreja do Santo Sepulcro. Mais informações: (21) 3340-1227. Paz e bem!

Vida que segue...
Novas informações a qualquer momento.
Recramações, ilogios ou revelações bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br

Façam comentários clicando no link abaixo.
Fiquem com Deus!

Um comentário:

Anônimo disse...

Fiquem de olho no Ficha Suja: O Senador Marconi Perillo (PSDB/GO), responde processos e inquéritos, principalmente no STF, por Corrupção ativa, Corrupção passiva, Concussão, Prevaricação, Abuso de autoridade, Tráfico de influência, Formação de Quadrilha, etc... Um dos inquéritos é o INQ/2481 que tem mais 130 processos apensados; outro é o INQ/2922 que tramita em Segredo de Justiça. Esses processos/inquéritos, o incriminam e são muito bem documentados, fartos em provas incontestáveis, inclusive, várias fitas gravadas pela PF com autorização judicial. O período em que Marconi Perillo governou em Goiás (1998 a 2006), foi por eles chamado de "Tempo Novo", todavia, depois que a maioria do povo goiano descobriu suas falcatruas, denominaram aquele perírodo de "Tempo Nojo". Existem vários dossiês de quase todas as corrupções e abusos de Marconi Perillo. Um dos Dossiês, é o Dossiê K do Jornalista Jorge Kajurú, e tal dossiê, foi cassado severamente, com muita truculência e injustiças, pior que nos tempos do militarismo, aguçado pelo Tráfico de Influências do então Governador Perillo. Outro DOSSIÊ, é novo e traz muitas novidades, entre elas, a revelação de que possui uma empresa em paraíso fiscal, onde foi revelado que Marconi e um Laranja, que é seu Assessor no Senado, movimentam em nome desta empresa fantasma, mais de 667 milhões num Banco do paraíso fiscal. Já se comentam, não é de hoje, que em Goiás, o PSDB/GO é uma quadrilha em vários escalões. O que vimos e vemos em Brasília através do Ex-Governador Arruda ex-DEM e aliado de Marconi Perigo, é fichinha perto das corrupções de Marconi Perillo (PSDB/GO), ou seja, Arruda/DF comparado/perto de Marconi/GO, é ladr. de galinha. Vamos abrir os olhos no PSDB nacional... Sabemos que todo tucano tem o bico muito grande, e assim, suas levadas poderão ser muito grandes a ponto de arruinarem o país. Os tucanos não se contentam com pouco, os danados, cada um deles, realmente, tem o bico muito Grande.