sexta-feira, 7 de outubro de 2005

CPI dos Correios calcula que Valerioduto movimentou de R$ 260 a 400 milhões de reais

Edição Bomba de Sexta-feira

O Valerioduto movimentou um mínimo de R$ 260 milhões, podendo atingir R$ 400 milhões. A estimativa é da CPI dos Correios. O grande mistério, a fonte do dinheiro, começa a ser desvendado. Os principais financiadores do esquema eram: três montadoras, sete empreiteiras, sete grandes madeireiras, oito fábricas de eletroeletrônicos, 14 bancos de crédito direto (sobretudo aos aposentados e pensionistas do INSS) e de investimento, 18 grandes empresas exportadoras, 20 a 25 cooperativas agropecuárias. Bingos também contribuiriam com o esquema. Um deputado da CPI passou estes dados, que ainda estão em análise, para o Alerta Total.

Caso se confirme o volume de dinheiro envolvido, o Brasil se transformou em uma mega lavanderia de dinheiro, distribuidora de comissões a políticos e partidos. O escândalo começa a envolver os formadores do nosso PIB. Só o publicitário Marcos Valério operou com mais de 70 contas em 9 bancos diferentes. O sub-relator de movimentação financeira da CPI dos Correios, deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR) avalia que a pulverização e a estratificação de contas é típica de quem faz lavagem de dinheiro. A CPI enfrenta dificuldades para cruzar dados das 400 contas que são alvo de investigação.

Os deputados da CPI vão centrar seu foco na genial operação montada pelo Valerioduto. O esquema envolve os 14 bancos de investimento. Os bancos faturaram alto, e rápido, bancando as operações das corretoras e distribuidoras. Os depósitos do Valerioduto seguiam um caminho dentro dos próprios bancos e corretoras, que abasteciam as contas de doleiros que enviavam a grana para o exterior.

O esquema não deixa rastros diretos. A CPI terá de descobrir quem levou os clientes até as corretoras. Os bancos também deverão ser questionados por que adquiriam títulos tão longos e vendiam tão rápido e com tanto lucro. As distribuidoras e corretoras não possuem capacidade financeira para adquirir os títulos em suas carteiras. Logo, os 14 bancos foram fundamentais nas operações.

Fruet analisa que a movimentação da principal conta da SMPB, a agência publicitária de Marcos Valério de Souza, no Banco Rural, confirma a hipótese de que o dinheiro repassado do empresário Marcos Valério de Souza ao PT não veio de empréstimos bancários. De acordo com o deputado, “não há casamento” entre as datas da tomada do dinheiro no Rural e no BMG e os depósitos na conta da agência. Fruet pretende convocar o contador do publicitário, Marco Aurélio Prata, para depor.

O crime que abala o PT

Terremoto no Planalto. Bruno Daniel, irmão de Celso Daniel, reafirmou na CPI dos Bingos que o prefeito de Santo André, assassinado em 2002, não foi vítima de um crime comum. Sem poupar o falecido, Bruno confidenciou que seu irmão criou um sistema de arrecadação de recursos irregulares para o PT e acabou descobrindo que parcela desse dinheiro estava sendo desviada para outros fins. O senador José Agripino (RN), líder do PFL, ficou entusiasmado com o depoimento e afirmou que Bruno Daniel respondeu às questões “com precisão cirúrgica e com base em evidências”.

Bruno revelou que Celso Daniel teria tentado impedir que o esquema seguisse em frente, o que teria lhe custado a vida. Bruno insistiu que o atual chefe de gabinete do presidente Lula, Gilberto Carvalho, revelou o esquema a ele e a seu outro irmão, João Francisco, no dia da missa de sétimo dia de Celso e que, se agora nega isso, está mentindo. Bruno declarou que o dinheiro arrecadado era levado para o escritório do então presidente do PT, o deputado José Dirceu (SP).

Bruno destacou haver provas de que empresários eram obrigados a repassar recursos para o esquema. Segundo Bruno, eles eram achacados, de forma acintosa, por Sérgio Gomes da Silva, o Sombra – o mesmo que acompanhava Celso no dia do seqüestro e morte. Bruno relatou que “o Sérgio chegava a colocar a arma na mesa quando conversava com os empresários”.

Gilberto Carvalho Nega tudo

O chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho, rebateu o depoimento de Bruno Daniel, irmão de Celso Daniel, prefeito de Santo André Celso assassinado em 2002. “Reafirmo que são falsas todas as acusações que têm sido dirigidas de maneira orquestrada contra mim”. Assim se manifestou Carvalho, por meio de sua assessoria.

Bruno Daniel voltou a repetir na CPI dos Bingos que o assessor de Lula, à época em que era secretário municipal de Santo André, havia lhe contado sobre o esquema de arrecadação de propinas montado na prefeitura para abastecer o caixa dois do PT. Carvalho afirmou que as declarações do irmão de Daniel “não são verdadeiras”. Bruno e Gilberto vão ser acareados no próximo dia 26.

Irmão foi convincente

O presidente da CPI dos Bingos, senador Efraim Morais (PFL-PB), considerou que o depoimento de Bruno Daniel, irmão do prefeito assassinado Celso Daniel, foi convincente. Bruno revelou detalhes da conversa em que o atual chefe de gabinete do presidente Lula, Gilberto Carvalho, na época do crime lhe passou detalhes do esquema montado na administração municipal de Santo André para arrecadar recursos para o PT.

Dirceu é envolvido

Segundo o depoente, Carvalho afirmou que era o encarregado de levar o dinheiro para o então presidente do PT, José Dirceu, e que o fazia em seu próprio carro, um Celta preto, sozinho. O transporte dos valores o deixaria tenso, já que as quantias seriam elevadas. Uma vez teria entregado a Dirceu R$ 1,2 milhão. Encerrado o depoimento, o senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) pediu aos governistas que não insistam na tese de que Carvalho é inimputável.

Amigo vira homem do PT

“Vamos colocar a verdade. Carvalho foi até certo ponto amigo de Celso Daniel. Depois do crime, passou a ser um homem do PT. Ele foi mais leal ao partido que ao velho amigo”. Foi a conclusão do senador baiano. ACM acha que a irritação demonstrada pelo Presidente Lula, quando da convocação de seu chefe de gabinete, “é uma representação a mais de que o PT está com medo de investigar este caso a fundo”.

Cadê o pastor?

A CPI dos Bingos não conseguiu encontrar o pastor protestante que, segundo o deputado Luiz Eduardo Greenhalgh, teria gravado o momento do seqüestro do prefeito Celso Daniel, morto em 2002. De acordo com o presidente da comissão, senador Efraim Moraes (PFL-PB), o nome da testemunha seria Paulo Mansur Haddad, conforme e-mail recebido pelo senador Eduardo Suplicy (PT-SP).

Na mensagem, também é dito que o seqüestro do então prefeito de Santo André teria sido comandado por Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, que estava dirigindo o carro no qual estava Daniel. Acionadas pela CPI, a Receita Federal e a Polícia Federal não encontraram o nome mencionado em seus cadastros. Suplicy acredita que a suposta testemunha pode ter dado um nome falso. A comissão vai tentar localizar uma pessoa com nome de J. José Maria da Silva, de onde partem os e-mails enviados a Suplicy pelo pastor.

Fantasma na CPI

O Deputado cassado André Luiz quer falar na CPI dos Bingos. Ele assombrou o plenário da comissão, por uns 15 minutos, para avisar que tem muito a revelar. Será convocado. E sua fala deve causar um tsunami...

Sinceridade de amigo

Ex-assessor e amigo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o empresário Oded Grajew criticou ontem no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) o comportamento do governo e dos outros poderes no combate à corrupção. Grajew reclamou que o Estado brasileiro é vulnerável. Advertiu que, se fosse governante, não dormiria tranqüilo.

O empresário atacou duramente as instituições de fiscalização da aplicação dos recursos públicos e de financiamento das campanhas, citando o Tribunal de Contas da União (TCU), os tribunais de contas estaduais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os tribunais regionais eleitorais e a Controladoria Geral da União (CGU). Grajew pergunta: “Cadê o auditor? Cadê o controlador? Nada funcionou. Todos falharam. Só a mídia nos deu informações”.

Livro do Garotinho rasgado por Itagiba

O Conselho Comunitário de Segurança de São Gonçalo (colegiado criado segundo a "política" de segurança pública atual) solicitou, através do ofício n.º 17/COMSEP/2005, de 26Set05, que o Secretário de Segurança, Marcelo Itagiba, "reconsidere a determinação contida no ofício de n.º 2457/0001-5", para permitir que São Gonçalo volte a contar com o serviço pioneiro prestado pela PM e pelo Judiciário local.

A ASSINAP (Associação de inativos, ativos e pensionistas das polícias militares do Brasil) e da AME-RJ (Associação de oficiais militares estaduais) ingressaram na Justiça com uma ação popular contra a decisão da Secretaria de Segurança. O Curioso é que o projeto do Termo Circunstanciado, aplicado em São Gonçalo, foi defendido pelo próprio Anthony Garotinho, no livro "Brasil Segurança Máxima - por um governo de ação", publicado em 2002 pela editora Hama (pág. 137 e 138).

O Conselho Comunitário de Segurança em São Gonçalo é formado pelo Poder Judiciário, Poder Legislativo, União das Associações de Bairros de São Gonçalo-UNIBAIRROS, Centro Pró Melhoramentos do Morro do Castro, OAB-Seccional São Gonçalo, MAPASG, SINEPE/SG, ACESG, AGLAC, DPGE, ABC-Cidadania, Guarda Municipal, ROTARY, Fundação São Gonçalo, Associação de Moradores e Amigos de São Gonçalo, Representantes da Maçonaria, Sindicato de Trabalhadores Rurais e Coordenadoria de Defesa Civil de São Gonçalo.

Julgamento à vista

O Tribunal Regional Eleitoral deve marcar, para o final do mês, o julgamento sobre a elegibilidade do casal Antony e Rosinha Garotinho. O presidente regional do PMDB e a Governadora do Rio foram condenados pela juíza Denise Appolinária, que os tornou inelegível por três anos.

Eles foram condenados junto com o Prefeito de Campos, Carlos Alberto Campista, e seu vice, Toninho Vianna, por uso da máquina para compra de votos. Rosinha e Garotinho conseguiram suspender os efeitos da decisão judicial, até o julgamento do recurso no TRE. O Tribunal agendou a nova eleição para Prefeito de Campos no dia 4 de dezembro. O casal Garotinho, certamente, entrará pesado na campanha.

Palpite certo deles para a o julgamento do fim do mês: ambos serão absolvidos!

Gol contra Zveiter

O Desembargador Luiz Zveiter terá de sair da Presidência do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF. Motivo: Ele não pode exercer nenhum cargo fora da magistratura. (Só o de professor). E a CBF é uma entidade de Associação Civil de Direito Privado. Adversários dele na advocacia entram com uma representação para tirá-lo do posto e devolvê-lo à 6a Câmara Cível do Tribunal de Justiça, sua lotação funcional.

Zveiter tem 15 dias para apresentar sua defesa ao Conselho Nacional de Justiça onde foi feita representação contra ele por acúmulo de funções. O prazo para as alegações de Zveiter foi estipulado pelo ministro Antônio de Pádua Ribeiro, corregedor do CNJ. O Conselho recebeu três Reclamações Disciplinares questionando a compatibilidade das funções de Zveiter. O ministro Pádua Ribeiro também solicitou informações à presidência do Tribunal de Justiça fluminense.

Gol do Octávio Gomes

O juiz Renato Barbosa, da 15ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou o advogado Lauro Schuch a pagar indenização no valor de R$ 50 mil ao presidente da OAB fluminense, Octavio Gomes. Na última campanha para a presidência da Ordem, a chapa liderada por Schuch acusou Gomes de desviar recursos da Caarj — Caixa de Assistência dos Advogados do Rio de Janeiro.

Foram remetidos panfletos pelos Correios, e distibuídos na porta do fórum da capital e nas seções de votação, durante a eleição da Ordem. Lauro Schuch alegou que não foi o autor dos panfletos. Testemunhas ouvidas pelo juiz afirmaram que ele não só tinha conhecimento da elaboração dos textos por sua assessoria de marketing, como distribuiu pessoalmente os panfletos e não tomou qualquer iniciativa de inibir sua divulgação. Schuch deverá recorrer da sentença.

Dura vida de Paulinho

A Promotoria Distrital de Nova York enviará ao Brasil, nos próximos dias, uma relação completa de todas as compras e os nomes dos compradores com dinheiro da famosa conta Chanani, atribuída ao ex-prefeito Paulo Maluf no Safra National Bank de Nova York (EUA). Os documentos serão adicionados ao processo já em curso contra Maluf e seu filho Flávio, acusados de lavagem de dinheiro, evasão de divisas, formação de quadrilha e corrupção passiva.

Artista gosta de Arte

A quebra do sigilo bancário da conta revelou o investimento em grandes casas de leilão, como a Sotheby's e a Christie's, famosas por seus leilões de obras de arte e de jóias. Em junho de 1998, por exemplo, cerca de US$ 56 mil foram transferidos da conta Chanani para a Sotheby's. Numa outra movimentação, a Chanani teria pago US$ 7.000 em uma jóia destinada à mulher de Maluf, Sylvia Maluf. O pagamento de contas da Sotheby's e da Christie's já havia sido relatado pelo doleiro Vivaldo Alves, conhecido como Birigui.

Mulher Blindada

O secretíssimo Agente 171 do Alerta Total, em passagem fulminante e psicográfica pela Polícia Federal, em São Paulo, ouviu Paulo Maluf mandar avisar a quem quiser ouvi-lo:

“Se mexerem com a Sylvia, o mundo vai desabar na cabeça de muita gente”.

Ele deve saber para quem endereça seus recados...

Breve, em casa...

A Justiça autorizou que o ex-prefeito Paulo Maluf deixe a carceragem da Polícia Federal para fazer exames no Hospital das Clínicas. A juíza-corregedora Raicler Balbresca, no entanto, determinou que, “havendo necessidade de internação, esta se dará em hospital penitenciário”.

Os advogados do ex-prefeito abriram mão do hospital particular Sírio-Libanês e aceitaram que Maluf seja atendido na área do HC reservada aos detentos. Seu médico particular, Sergio Nahas, havia pedido que o ex-prefeito faça uma endoscopia e uma colonoscopia.

Comprovando que Maluf tem problemas de saúde, os advogados vão negociar sua prisão domiciliar – como o Alerta Total já antecipou.

Futuro de Duda

A Notícia da Globonews causou polvorosa no Planalto. A Polícia Federal já sabe quem abasteceu a conta do publicitário Duda Mendonça num paraíso fiscal no Caribe. Delegados enviados a Nova York analisaram quatro caixas de documentos que mostram a movimentação do publicitário na conta Dusseldorf, nas Ilhas Bahamas, e chegaram aos nomes, que, no entanto, serão mantidos em sigilo por determinação da Justiça norte-americana.

Os delegados devem voltar ao Brasil nesta sexta, mas a papelada só será remetida ao país em duas ou três semanas, depois de passar pelo Departamento de Justiça dos EUA. Em seu depoimento na CPI do Mensalão, Duda revelou que recebeu R$ 10,5 milhões na conta das Bahamas em pagamento por serviços prestados ao PT. O publicitário, no entanto, não informou quem era a fonte pagadora.

Lembrete: Duda Mendonça, antes do PT, era o marketeiro de Paulo Salim Maluf.

Candidatos 10

O Apresentador de TV e pagodeiro Netinho de Paula, do Domingo da Gente da TV Record, será o candidato ao Senado, pelo Estado de São Paulo. Ele vem pela legenda do PR (o Partido Republicano), que foi criado pela Igreja Universal do Reino de Deus e tem o vice-presidente da República filiado.

A idéia do partido é ter super-puxadores de legenda para não correr o risco de ser detonado pela cláusula de barreira, que determina que o partido só possa existir tendo pelo menos 5% do eleitorado nacional.

No Rio, um forte candidato a deputado pelo PR é o apresentador Wagner Montes, do Cidade Alerta. O PR foi registrado com o número 10. Coincidência ou não, outra candidata do partido a puxadora de votos é a mulher do ex-jogador Pelé, a cantora gospel Assíria do Nascimento.

Anistiado e premiado

O Supremo Tribunal Federal decidiu promover a vice-almirante da Marinha brasileira o militar José Maurício Duque. Ele tinha a patente de capitão de fragata quando foi transferido para uma reserva, depois de um processo instaurado sob a regência do Ato Institucional 5 — AI-5.

No julgamento, o plenário do STF acolheu parte da ação. O autor alegava que o posto de vice-almirante seria o que estaria ocupando atualmente. Ele foi reformado no dia 26 de agosto de 1969 por decreto presidencial.

Zezé acusado de plágio

O cantor Zezé di Camargo foi condenado a indenizar Nelcy Sperandio em R$ 5,2 mil por danos morais. O sertanejo é acusado de plagiar parte de uma música de Nelcy e colocá-la como introdução de sua composição Vem cuidar de mim. A decisão é da 2ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O cantor vai recorrer.

Cobre do Georginho

A Justiça brasileira é competente para julgar pedido de recompensa no valor de US$ 25 milhões apresentado pelo vidente Jucelino Nóbrega da Luz contra o governo dos Estados Unidos. A decisão é da 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça.

O processo será remetido a 5ª Vara da Seção Judiciária de Minas Gerais, com a notificação ou citação do governo dos Estados Unidos, para que exerça o direito à imunidade jurisdicional ou se submeta voluntariamente à jurisdição brasileira.

O vidente alega ter direito ao dinheiro por ter descoberto o local onde Saddam Hussein estaria escondido após a invasão do Iraque. A recompensa foi oferecida pelo presidente dos EUA, George W. Bush, a quem fornecesse informações sobre o paradeiro do ex-líder iraquiano.

Sugestão: Vidente, vá cobrar do Bush quando ele vier ao Brasil mês que vem...

Segura mais uma, Nicolau!

O Ministério Público Federal pediu à 1ª Vara Federal de São Paulo a condenação do ex-presidente do Tribunal Regional do Trabalho, Nicolau dos Santos Neto, à pena máxima pelo crime de sonegação fiscal: 11 anos e três meses de reclusão, acrescida de multa de 18 mil salários mínimos e da cassação de sua aposentadoria como juiz do trabalho.

Em abril de 2005, em outro processo, Santos Neto teve sua pena aumentada de 5 para 14 anos pelo TRF-3 no processo em que é apurado o desvio de dinheiro das obras de construção do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo.

Só em Portugal

“As formas de organização da investigação criminal entre nós são irracionais e absurdas. Quem faz materialmente a investigação é a polícia (no crime econômico, a Polícia Judiciária), e o Ministério Público não pode criar estruturas de sobreposição à atividade da polícia, que acabam por entorpecer a ação da PJ e dificultar que sejam alcançados os objetivos. Há uma relação paradoxal de sobreposição de responsabilidades”.

As opiniões são da Procuradora Geral Adjunta de Justiça de Portugal. Maria José Morgado. defende que a forma de se ultrapassar o problema é a reativação dos Departamentos de Investigação e Ação Penal (DIAP) com estruturas de coordenação mistas, de magistrados de elite (do Ministério Público) e polícia de elite. Estes lugares seriam submetidos a concurso e seriam preenchidos com pessoas com o currículo necessário para o efeito e sujeitas a demissão caso os resultados sejam negativos.

Ainda bem que esses problemas só acontecem lá na terrinha...

Em Nova York funciona

O republicano Mike Bloomberg vem ostentando uma arma poderosíssima na luta pela reeleição: o índice de criminalidade nunca esteve tão baixo em Nova Iorque.
Bloomberg lembrava aos eleitores que seu principal investimento na corporação foi em inteligência e tecnologia. Atualmente, a polícia nova-iorquina mapeia melhor a cidade, identifica mais rapidamente as ameaças, conhece melhor os criminosos. As ligações para o 911 são agora todas digitalizadas – e usadas como evidência nos tribunais – , o uso de testes de DNA para evitar injustiças baseadas em preconceitos raciais é corriqueiro, e foi criado o ‘real time crime center’ (central do crime em tempo real), que envia informações sobre suspeitos em tempo real, quase igual ao que se vê nas séries de televisão.

O relato sobre a eficiência da segurança em Nova York é do jornalista Eduardo Graça, no Direto da Redação, do Eliakim Araújo e Leila Cordeiro.

Promotores e a delação

Procuradores federais e promotores estaduais anticorrupção defendem, energicamente, a delação premiada. Eles discordam da opinião do Ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, que denunciou a criação de uma indústria da delação. O procurador-geral de Justiça de São Paulo, Rodrigo César Rebello Pinho, avalia que delação é um instrumento importantíssimo para apuração de crimes envolvendo quadrilhas que se organizam para dilapidar o patrimônio público. O procurador avalia que a delação premiada já trouxe resultados bastante positivos.

Desarmem a pesquisa

Alguns telejornais, novelas e chamadas em intervalos comerciais da televisão têm manipulado pesquisas, omitindo dados, divulgado meias-verdades e fazendo uma lavagem cerebral nos mais desavisados. Uma das mais duvidosas pesquisas apontava que 81% da população brasileira apóiam o desarmamento.

Só que esse número de apoiadores não confere com outras consultas com a pergunta do referendo: ”O Comércio de Armas e Munições Deve Ser Proibido no Brasil?”

Confira o resultado de outras pesquisas:

Revista Superinteressante - 73% Não
Portal Terra - 77% Não
Revista Isto É - 84,9% Não
Revista Veja - 77,7% Não
Pesquisa CNT - 54% Não
Site Polícia Federal de Brasília - 91,4% Não
Programa Polêmica, da Rádio Gaúcha - 86% Não
Site do Supremo Tribunal Federal - 94,3% Não
Programa do Ratinho - 56% Não
Programa do Datena - 99% Não
Site do Senador Renan Calheiros - 92,4% Não ( logo tirado do ar...)
Jornal O Globo - 58,73% Não ( em 12.07.2005 )
Jornal da Band - 90% Não ( 21.07.2005 )
Site do Jornal Zero Hora - 66,43% Não ( 31.072005 )

Alvo Errado

“O debate sobre a compra de armas legais no Brasil está totalmente desfocado e misturado com a mesma questão nos Estados Unidos, onde a Constituição, expressamente, consagra o direito de ter e portar armas. Nos Estados Unidos a discussão é no sentido da viabilidade jurídica do estabelecimento de controles, por lei, limitando um direito expressamente afirmado pela Constituição. No Brasil, porém, ninguém discute a constitucionalidade da legislação que disciplina e restringe a posse e o porte de armas. O foco da questão, no Brasil, está na proibição total e absoluta da venda de armas, como estipula o art. 35 da Lei nº 10.826, de 22.12.2003. Uma coisa é limitar o exercício de um direito; outra coisa bem diferente é suprimir totalmente um direito. Por exemplo, uma coisa é exigir que a pessoa esteja legalmente habilitada para dirigir automóvel; outra coisa é proibir a venda de automóveis.”

Palavras do Professor titular de Direito Administrativo da PUC-SP, Adilson Abreu Dallari.

Só falta vir para o Rio

Nos próximos 30 ou 60 dias o governo federal deverá trazer para o Brasil o bicheiro João Arcanjo Ribeiro. Ele é acusado de ser o chefe do crime organizado em Mato Grosso. A Suprema Corte de Justiça do Uruguai, onde Arcanjo está preso desde 11 de abril de 2003, aceitou o pedido de extradição. Não cabe mais recurso contra a decisão.

A Secretaria Nacional de Justiça ainda só não sabe onde o “Comendador” ficará preso. João Arcanjo Ribeiro foi condenado a 49 anos de cadeia em três processos da Justiça Federal. Essas condenações dizem respeito a crimes de porte ilegal de armas de uso restrito, contrabando, sonegação fiscal, formação de quadrilha, evasão de divisas e crime contra o Sistema Financeiro Nacional. Além desses crimes, Arcanjo está indiciado ou denunciado por oito execuções. A Justiça criminal de Mato Grosso apenas espera sua extradição para mandá-lo a júri popular.

Golpe de Mestre

O servidor Edésio Lobato de Souza Junior, da Procuradoria da Fazenda Nacional no Amapá, é acusado de fraudar bancos de dados do sistema informatizado responsável por manter atualizados os cadastros dos devedores da União. Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal do Amapá.

Souza Junior alterava os registros dos devedores do erário, desvinculando os débitos originais, além de alterar valores para permitir que altas quantias deixassem de ser recolhidas aos cofres públicos. Ainda segundo a denúncia, a fraude foi feita entre 2002 e 2004, período em que inúmeras empresas e pessoas físicas se beneficiaram do esquema. O prejuízo aos cofres da União foi estimado em cerca de R$ 11 milhões.

Pode ou Não pode cassar?

Pela primeira vez, a Justiça Eleitoral "cassou" o mandato de um senador: João Capiberibe, duas vezes governador do Amapá. A decisão foi referendada há dias pelo Supremo Tribunal Federal. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, ele deve perder o mandato, junto com sua mulher, deputada Janete Capiberibe.

Conforme denúncia de 2002, o casal teria pago R$ 26,00 pelo voto de uma eleitora, sendo que R$ 10,00 à vista e R$ 16,00 a serem pagos em prestação. Capiberribe tem um inimigo forte: José Sarney. Mesmo cassado, pode concorrer ao pleito de 2006. Pesquisas indicam que ele se elege, o que deixa José Sarney, seu concorrente direto, alarmado. Só há uma vaga em disputa.

O Humilde Peregrino Dirceu

O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) confidenciou a colegas que estava surpreso com telefonema que recebeu de Dirceu, no qual o ex-ministro, humildemente, pedia uma audiência para dar todas as explicações que solicitasse. Dirceu pretendia mostrar sua inocência. Ele vem cumprindo uma poderosa peregrinação

Dirceu já visitou o ex-presidente Itamar Franco, em Juiz de Fora, terra do relator do processo. Depois do encontro, Itamar declarou que, se a Câmara tirar o mandato do petista, cometerá erro semelhante ao da cassação de Ibsen Pinheiro (RS).

Acareação Aberta

A deputada Raquel Teixeira (PSDB-GO) avisou não aceita que a sua acareação com o líder do PL, deputado Sandro Mabel (GO), seja feita em sessão secreta do Conselho de Ética. Raquel, que era secretária de Ciência e Tecnologia de Goiás, reassumiu ontem o mandato, dizendo que assim terá maior legitimidade para recusar a sessão secreta. 'Essa sessão às escondidas que estão armando é a tentativa de legitimar uma mentira. Não aceito.

Raquel acusou Mabel de lhe oferecer R$ 30 mil por mês, mais R$ 1 milhão no fim do ano, para trocar de partido. A suspeita é de que a verba teria origem no esquema montado pelo empresário Marcos Valério Fernandes de Souza e pelo ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares para pagar mesada por votos favoráveis a projetos de interesse do governo. Mabel foi apontado pelo ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) como um dos beneficiários do mensalão.

Força tarefa

A CPI dos Correios vai montar uma força-tarefa com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o Banco Central, a Secretaria de Previdência Complementar (SPC) e a Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) para investigar as operações feitas por fundos de pensão que estão sob suspeita na comissão. A ação foi articulada pelo deputado Antônio Carlos Magalhães Neto (PFL-BA), subrelator designado para tratar do assunto, e pelo presidente da CPI, Delcídio Amaral (PT-MS). A proposta é que os técnicos atuem como uma força auxiliar de investigação, trabalhando em conjunto com os auditores que já atuam na CPI e com a consultoria que deve ser contratada pelo Senado para ajudar a analisar os dados.

Vamos Fundo!

No caso dos fundos, deve ser formado um consórcio entre as empresas de auditoria Moore Stephens e Villas Rodil, que já conversaram com os parlamentares. Os alvos da CPI são as operações feitas por dez fundos de pensão ligados a estatais com títulos pós-fixados, os investimentos feitos nos bancos BMG e Rural e os realizados com as 11 corretoras que tiveram o sigilo bancário quebrado na terça-feira pela CPI.

A vantagem da força-tarefa é que, além do resultado da quebra de sigilo e das informações enviadas pelo Ministério da Previdência, as investigações poderão contar com os procedimentos administrativos já instaurados pela CVM, pela SPC e pela BM&F para apurar supostas irregularidades cometidas pelos fundos.

Salvos pelo gongo!

Dois deputados escaparam de uma boa. O líder do PFL, deputado Rodrigo Maia (RJ), foi acusado por cinco parlamentares do PT por ter apontado, sem provas, o grupo como beneficiário do mensalão. O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) foi denunciado pelo PSDB porque apresentou, durante reunião das CPIs dos Correios e do Mensalão, lista apócrifa contendo nomes de tucanos que teriam, supostamente, recebido dinheiro ilegal do empresário Marcos Valério.

Os dois casos foram parar na Comissão de Sindicância da Câmara. Ligaram o forno e os partidos envolvidos decidiram arquivar as representações. A Comissão concluiu que Maia não atentou contra o decoro e que os dados que geraram o cruzamento eram públicos e não sigilosos. A Comissão não considerou que Pimenta tenha atentado contra o decoro parlamentar ao apresentar a lista de araque.

HD, não!

O presidente do Grupo Opportunity, Daniel Dantas, está tentando obter liminar para não entregar disco rígido e documentos solicitados pelas CPIs dos Correios e do Mensalão. Ele entrou com Mandado de Segurança no Supremo Tribunal Federal. O disco rígido e a lista de cotistas da Opportunity Fund foram apreendidos pela Polícia Federal durante a Operação Chacal. A ministra Elel Gracie vai relatar o caso.

Musa da CPI

Já está nas bancas a edição da revista "Playboy" que traz na capa a jornalista Camilla Amaral, musa da CPI. A assessora da Senadora Ideli Salvati aparece, como veio ao mundo, em 18 páginas internas.
Essa musa, sim, tinha muito a revelar... E revelou!!!
Meu Agente 171 promete apurar esse belo furo de matéria com toda atenção...

Inglesas sem sexo

As britânicas recorrem cada vez mais à fecundação in vitro porque não têm tempo nem vontade de ter relações sexuais. Pesquisas recentes revelam andam ocupadas demais com as próprias carreiras para tentar engravidar segundo os métodos naturais. Certas mulheres têm preferido pagar milhares de pounds (média de £ 3 mil, quase 12 mil reais) por um tratamento, desnecessário boa parte das vezes, do que fazer amor. Elas apelam para a concepção assistida muito antes de esgotar os "recursos naturais". Segundo o Dr Michael Dooley, especialista em fertilidade, houve um aumento de 20% nos pedidos de tratamento desnecessário, nos últimos cinco anos.

Aqui no Brasil, os políticos e os banqueiros usam métodos naturais contra o povo...

Expo Bebê

A Secretaria Municipal de Saúde participará da Feira Expo Bebê e Gestante, que acontece até domingo, das 14h às 21h, no Riocentro, com um estande sobre amamentação. As mães que visitarem o espaço contarão com profissionais da saúde prontos para dar orientação sobre aleitamento materno, dicas e informações. No local, haverá espaço para as mães amamentarem seus filhos. E durante o dia também o público verá uma exposição de telas e esculturas sobre amamentação correta e acolhimento do bebê.

Carioca da gema

A Assembléia Legislativa do Rio entrega nesta sexta-feira a Medalha Tiradentes e o título de Cidadão Fluminense para o senador Arthur Virgílio. Um amazonense que é carioca da gema.

Heloísa Helena in Rio

A senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) desembarca dia 14 no Rio. Vem participar do encontro no Buraco do Lume, ex-reduto petista. O deputado federal Chico Alencar (RJ) e o vereador Eliomar Coelho receberão a "bênção" da presidente da legenda..

O cachorro e o nosso rabo

O Brasil é, de fato, um dos países mais arriscados dentre os chamados mercados emergentes. Em levantamento do banco J. P. Morgan, apenas cinco países exibem prêmios de risco maiores: Argentina, Filipinas, Equador, Nigéria e Venezuela. Em uma lista de 27 países, preparada pela "Economist Inteligence Unit", o Brasil é o 13.º pior risco para investimentos. Além desses cinco, ganhamos apenas de países como Iraque, Zimbábue, Egito e Ucrânia. Os conservadores recomendam: para baixar os juros, só com a diminuição do risco. Como o risco só aumenta, juros na gente.

Bancários discriminados

A 16ª Vara do Trabalho de Brasília iniciou ontem às audiências processuais relativas às Ações Civis Públicas apresentadas pelo Ministério Público do Trabalho contra os cinco maiores bancos do Distrito Federal. As instituições financeiras – bancos ABN-Amro Real, Bradesco, HSBC, Itaú e Unibanco – são acusadas de promover discriminação de trabalhadores por sexo, cor e idade.

Eis por que tem grave dos bancários...

Mais denúncias

Não houve acordo ontem na audiência entre Ministério Público do Trabalho e representantes da rede Carrefour/Champion, mediada pela juíza Sandra Nara Bernardo Silva, da 10ª Vara do Trabalho. Os advogados da empresa insistiram que não é promovido nenhum tipo de discriminação pela multinacional francesa. Já o Procurador do Trabalho Alessandro Santos de Miranda garante ter documentos que comprovem pelo menos sete casos.

Perseguição no ar

Cláudio Salles, professor de Comunicação Social e presidente da Associação Niteroiense de Arte Cidadania e Comunicação Pop Goiaba, denuncia ação da Polícia Federal e da Anatel. Segundo ele, foi arrombada terça-feira a Rádio Pop Goiaba, de Niterói, projeto de extensão da Universidade Federal Fluminense.
Segundo o professor, foram levados todos os seus equipamentos, inclusive computadores do estabelecimento de ensino. Salles garante que a rádio já tem autorização do Ministério das Comunicações.

Dica Científica

Com entrada franca, prossegue desta sexta-feira até domingo, às 18h30, a exibição de vídeos científicos "Ver Ciência", da 11ª Mostra Internacional de Ciência na TV-2005, no Museu do Universo/ Planetário da Cidade, na Gávea, que fica na Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100. Para esta sexta-feira, está programada a exibição do "Fantástico Mundo da Luz", de 30 minutos; no sábado, "A Teoria das Cordas", de 50 minutos; e no domingo, "A Sinfonia Inacabada de Einstein", de 50 minutos. Todos os vídeos são legendados.

Outros programas “di grátis”

Vídeo Clube João do Rio exibe o desenho “A Pequena Sereia”, às 10h; e “Uma Cilada para Roger Rabbit”, às 14h. Fica na Biblioteca Popular do Irajá, na Avenida Monsenhor Félix, 512, em Irajá, no Rio.
No projeto Música no Museu, a pedida é Carcoarco, com obras de José Eduardo Gramani, Zequinha de Abreu, Pixinguinha, Ernesto Nazareth e Waldir Azevedo. Às 12h30, no Centro Cultural da Justiça Federal, na Av. Rio Branco 241, Centro.

Encontro Nacional dos Aposentados

Reforma da previdência, saúde da família e qualidade de vida na aposentadoria são alguns dos temas em destaque nesta sexta-feira, a partir das 9 horas, no 9º Encontro Nacional dos Aposentados e Pensionistas da Seguridade Social. O evento acontece no Clube do Comércio de Porto Alegre

Patentes sociais

A professora da Unirio Regina Guimarães é palestrante convidada para a mesa-redonda "A questão das tecnologias sociais e patentes na Universidade". Começa às 10 horas. A palestra, ligada à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que também terá, às 13 horas, uma palestra da professora Christina Wyss Castelo Branco (Unirio. Ela fala sobre "Água e Mudanças Globais". Os dois eventos acontecem no Auditório Paulo Freire, na Av. Pasteur, 436 – Urca.

Quem anvisa amigo é!

A Anvisa vai atualizar as normas utilizadas para definir os limites máximos de agrotóxicos em alimentos. Para isso, a Agência abriu a Consulta Pública n° 72. Até o dia 7 de novembro, todos os interessados na questão dos agrotóxicos poderão participar enviando suas críticas e sugestões para a Anvisa.

Inscreva-se no Projovem

O telefone 0800-642-7777, do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem), está inscrevendo interessados entre 18 a 24 anos, moradores de áreas carentes, para receber aumento de escolaridade, formação profissional, participar de ações de interesse comunitário, inclusão digital e ter acesso a atividades culturais e esportivas. A iniciativa do ProJovem é do governo federal, em parceria com a Prefeitura do Rio, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social, que pretende ampliar de 30.150 para 42.150 o total de vagas oferecidas pelo programa. Também está prevista a ampliação de 25 para 35 o número de Estações da Juventude, onde haverá cursos de informática e outras atividades profissionalizantes.

Trabalho Escravo no Brasil

Na próxima segunda-feira, às 9 horas, em Brasília, a Organização Internacional do Trabalho - OIT - e o Uniceub promoverão o lançamento da Legislação e Jurisprudência sobre Trabalho Escravo no Brasil. Fruto de um convênio assinado em setembro do ano passado entre a OIT e o Uniceub, o trabalho, realizado pelos alunos do Curso de Direito, é a primeira compilação deste gênero feita no Brasil.

Trata-se de mais um resultado do Projeto de Combate ao Trabalho Escravo da OIT no Brasil que, desde 2002, vem estimulando os parceiros nacionais a aperfeiçoarem os mecanismos para combater esta prática, que ainda persiste no território nacional. A compilação da legislação e de todas as decisões judiciais sobre o tema contou com o apoio e revisão de parceiros como a Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra), do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público do Trabalho (MPT).

Tio Sam in Paraguai

George Bush já mandou avisar que chega ao Brasil no dia 5 de novembro, para umavisita oficial de dois dias. Espera que o Presidente Lula ainda esteja no governo, para recebe-lo...

Antes disso, os norte-americanos já desembarcaram no Paraguai. Em julho, os EUA inauguraram uma base militar dentro do Paraguai. Estacionaram lá 400 soldados.
Pergunta-se:
1) Porquê uma base militar norte-americana no Paraguai?
2) Por quê a imprensa brasileira (especialmente a Globo) e latinoamericana em geral não noticiaram o fato?
3) O que podem os americanos ter levado para o Paraguai? Mísseis?Material atômico?

Ordem do Papa

O bispo de Barra (BA), dom Luiz Flávio Cappio, interrompeu a greve de fome que vinha mantendo há 11 dias em protesto contra o projeto de transposição das águas do rio São Francisco. Foi preciso o Papa Bento 16 entrar na jogada para o protesto terminar. O papa enviou uma carta ao Bispo...

Manda quem pode. Obedece quem tem juízo...

Vida que segue...
Novas informações a qualquer momento.
Recramações, ilogios ou revelações bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br
Façam comentários clicando no link abaixo.
Fiquem com Deus!

2 comentários:

Eduardo Sander disse...

Fala professor!

Só faltava você. O Juca Kfouri já tem, nosso "patriarca" Ricardo Noblat também, eu já tenho há 2 anos...

Abração e capriche nas BOMBAS!!!

Anônimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it Socket 462 amd k7 cpus athlon buy vegas style baccarat http://www.grundy-rain-jackets.info http://www.anal-fuck.info Faux shearling jackets car cd changer installation No bra pics