sexta-feira, 14 de outubro de 2005

Depoimento de chefe de gabinete de Lula na CPI dos Bingos apavora o Governo


Edição de Final/Começo de Semana

No próximo dia 26, a CPI dos Bingos volta a colocar o governo Lula no olho do furacão da crise política. Parlamentares farão a acareação entre o chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho, e os irmãos do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel, assassinado em 2002.

Bruno e João Francisco Daniel acusam Carvalho de ter revelado a eles um esquema de pagamento de propinas montado na Prefeitura de Santo André. Sustentam que o chefe de gabinete de Lula admitiu, em conversa privada, que era o encarregado de levar o dinheiro arrecadado pelo esquema de corrupção para o gabinete do deputado José Dirceu (PT-SP), em São Paulo. Gilberto Carvalho nega tudo.

A sessão deve ficar ainda mais desconfortável para o PT, com a morte do médico-legista Carlos Delmonte Printes, que afirmou que Celso foi torturado antes de morrer. A declaração dele é um dos indícios usados para questionar a tese de que Celso foi vítima de um crime comum. A CPI dos Bingos já havia aprovado depoimento do médico, agora morto.

Sorte do governo que morto não fala...

Trabalho sem fim

O falecido legista Carlos Delmonte Printes não concluiu o laudo complementar solicitado pelo Ministério Público sobre o assassinato do prefeito Celso Daniel.

Delmonte estava empenhado, há dois meses, em responder a 14 perguntas formuladas pelos promotores criminais da cidade a respeito da necropsia do corpo de Celso.

Os investigadores que cuidam do caso do legista agora aguardam os exames dos órgãos retirados do seu corpo para confirmar a hipótese de suicídio por envenenamento. Os resultados deverão demorar 15 dias.

Salvem o Pastor

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) pediu ao Ministério Público e ao diretor da Polícia Federal, Paulo Lacerda, proteção policial a um pastor evangélico que teria filmado por acaso o momento em que o prefeito de Santo André, Celso Daniel, foi seqüestrado em janeiro de 2002. O pastor Paulo Mansur Haddad e sua família seriam incluídos no programa de proteção a testemunhas. Haddad teria filmado o momento em que o carro de Celso Daniel foi abordado por seqüestradores. A filmagem indicaria que o empresário Sérgio Gomes da Silva, que estava com o prefeito no momento da abordagem, comandaria o crime.

De acordo com o senador Eduardo Suplicy, o flagrante teria sido feito porque no momento do crime, o pastor filmava a festa de aniversário da neta quando ouviu freadas de carros na rua.

Corretora Camarada

Um Deputado da CPI dos Correios tenta impedir a abertura de pedido para a quebra de sigilo de uma corretora apelidada de “Camarada”.

A referida empresa teria relacionamento profissional com integrantes do PC do B – partido do Presidente da Câmara, Aldo Rebelo.

Deputado em apuros

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa do Rio decidiu garantir ao deputado estadual José Nader (PTB) o direito de responder, em liberdade, ao processo de crime ambiental e porte ilegal de arma.

Nader foi detido na última quarta-feira em Pium, no Tocantins, pela Delegacia de Meio Ambiente daquele estado. O deputado alega que o flagrante contra ele foi forjado...

De acordo com o relator do caso e vice-presidente da comissão na Alerj, deputado coronel Jairo (PSC), o parecer levou em consideração o fato de que Nader não oferece risco à continuidade processual, não tem antecedentes criminais e tem endereço fixo.

Batalha Campista

Depois de dez dias sem falar, período em que se recuperou de uma cirurgia para retirar um nódulo da garganta, o ex-governador Anthony Garotinho voltou com a corda toda.

Usou o microfone de uma rádio em Campos e fez denúncias contra o prefeito da cidade, afirmando que ele se preparava a véspera das novas eleições para produzir obras eleitoreiras superfaturadas. Garotinho denunciou que o prefeito Alexandre Mocaiber (PDT) abriu dois processos de licitação, definido por ele como um escândalo. São dois projetos. O primeiro para a construção do Centro Habitacional dos Nogueiras, em Guarus, uma obra de R$ 48.439.841.97.

Prefeitura nega

A prefeitura se defende dizendo que no pacote estão incluídas obras de infra-estrutura de bairro. Outra denúncia do ex-governador contra a prefeitura de Campos é uma obra no valor de R$ 24.264.684,69, para terraplanagem, pavimentação e urbanização de um trecho de apenas três quilômetros na Avenida Arthur Bernardes, na entrada da cidade.

Segundo Garotinho a obra giraria em torno de 300 casas, o que representaria um custo de R$ 161 mil cada uma. Para o ex-governador, ambas as obras são superfaturadas e anunciadas em período pré-eleitoral.

Lula sabia de tudo

O Presidente Lula foi alertado para o risco da febre aftosa e de outras doenças em abril deste ano pela Associação Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (ANFFA). O ofício lhe foi enviado no dia 7 daquele mês.

Mais grave: receberam cópia o ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, o ministro do Planejamento, o ministro da Fazenda, o presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado e o presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados.

Culpa do Palocci

No ofício ao Presidente Lula, os fiscais alertam: “A Secretaria de Defesa Agropecuária, órgão de direção central do MAPA que reúne 80% das atividades coordenação, programação, controle, inspeção e fiscalização agropecuária foi autorizada a aplicar somente R$ 65 milhões dos 162 milhões que teria para gastar em defesa agropecuária, sendo que destes recursos, está reservado apenas R$ 35 milhões para a febre aftosa, neste ano. Com certeza os cortes nos recursos orçamentários e financeiros para defesa agropecuária colocam em risco a imagem e a credibilidade do Brasil no exterior e por extensão o agronegócio brasileiro”.

Logo, a culpa por não liberar o dinheiro é do Ministério da Fazenda...

Cartinha do Dirceu

O deputado José Dirceu (PT-SP) enviará uma carta pessoal aos 512 membros da Câmara, numa tentativa de sensibilizar seus pares e livrá-lo de uma cassação que ele considera certa. No texto, Dirceu alega ser inocente da acusação de ter comandado politicamente o esquema do Mensalão.

Na correspondência, que será assinada de próprio punho, Dirceu pedirá aos demais deputados que não o punam caso não estejam completamente convictos de sua culpa. “Não faça com que eu seja banido da vida política do país pela segunda vez”. Este será o apelo de Dirceu, em referência a seu exílio político, durante o regime militar.

Sem provas materiais

O deputado Júlio Delgado (PSB-MG), relator do processo de cassação do deputado José Dirceu (PT-SP), prometeu antecipar para segunda-feira a entrega do relatório sobre o processo contra o ex-ministro e deputado José Dirceu (PT-SP) no Conselho de Ética. Nesse dia, somente o próprio acusado e os membros do conselho terão acesso ao documento, que só será divulgado na terça, quando o parecer vai a voto.

Delgado admitiu que está com dificuldades para consolidar provas materiais contra o parlamentar. O relator deixou transparecer que sua decisão será baseada em evidências e comportamento incompatível com o esperado de um deputado.

Essa tal falta de provas materiais é que pode salvar Dirceu...

Supremo Companheiro?

O ministro Carlos Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi sorteado para relatar o mandado de segurança dos cinco deputados petistas acusados de envolvimento no Mensalão. Os parlamentares pedem ao STF que, além determinar que a Mesa da Câmara aprecie novamente o caso deles, obrigue a Mesa a analisar a situação de cada um individualmente, tipificando o crime cometido e a pena correspondente.

As representações contra os 13 parlamentares relacionados no relatório das CPIs dos Correios e do Mensalão, incluindo a dos cinco petistas, já seguiram para o Conselho de Ética. O presidente do Conselho, Ricardo Izar (PTB-SP), afirmou que abrirá os processos às 18h de segunda-feira.

Detalhe: Sergipano, o ministro Ayres Britto foi filiado ao PT, tendo sido candidato à Câmara dos Deputados pelo partido. Sua indicação para o Supremo foi feita pelo presidente Lula.

Haja papel!!!

Dois funcionários da Câmara, usando dois carrinhos de mão, tiveram o maior trabalho para entregar, no Conselho de Ética da Câmara, as 24 mil páginas de papéis que compõem as representações contra os 13 parlamentares acusados de envolvimento no mensalão.

Os deputados acusados no caso de distribuição de propina e caixa dois são: João Magno (PT-MG), João Paulo Cunha (PT-SP), José Borba (PMDB-PR), José Janene (PP-PR), José Mentor (PT-SP), Josias Gomes (PT-BA), Paulo Rocha (PT-PA), Pedro Corrêa (PP-PE), Pedro Henry (PP-MT), Professor Luizinho (PT-SP), Roberto Brant (PFL-MG), Vadão Gomes (PP-SP) e Wanderval Santos (PL-SP).

Mais um rolo eletrizante

Com autorização da Justiça, a Polícia Federal promoveu buscas de documentos na casa de Dimas Toledo, ex-diretor de Planejamento de Furnas Centrais Elétricas, acusado de envolvimento num suposto esquema de propina para dirigentes e políticos ligados à estatal. Dimas mora no Rio. Também estão sendo feitas buscas em endereços de outros ex-dirigentes da companhia em São Paulo e no município de Pocaina de Minas (MG).

O pedido à Justiça Federal foi feito pelo delegado Luiz Flávio Zampronha, chefe da equipe responsável pelas investigações do suposto mensalão e do inquérito que apura fraudes nos Correios. Em depoimentos a comissões no Congresso, o então Roberto Jefferson (PTB-RJ) revelou que Furnas dividia R$ 3 milhões por mês entre o PT nacional, o PT de Minas Gerais e parlamentares da base aliada.

Na versão de Jefferson, o fato teria lhe sido revelado por Dimas Toledo em uma visita a seu apartamento em Brasília. Outros petebistas, no entanto, disseram que Jefferson pediu ajuda financeira de Dimas Toledo, que não teria atendido. Jefferson teria posto como condição para apoiar a permanência de Dimas na diretoria de Furnas que ele contribuísse com as campanhas do partido.

Malan na bronca!

O ex-ministro da Fazenda Pedro Malan avisa que vai “adotar medidas legais” contra o presidente do PT, Ricardo Berzoini. Segundo Malan, Berzoini não tem autoridade para lhe dar “lições de ética” ou mesmo “lições de moral”.

Na quinta-feira, o presidente do PT questionou a conduta de Malan à frente da Fazenda, durante o governo FHC. Segundo Berzoini, o relatório da CPI do Proer, feito pelo deputado Alberto Goldman (PSDB-SP) foi “chapa-branca” porque a oposição não desvendou em que condições ocorreu a venda do Banco Nacional para o Unibanco.

Ao mencionar Malan, Berzoini afirmou ser “no mínimo estranho” que Malan tenha se tornado presidente do Conselho Administrativo do Unibanco. Na nota, o ex-ministro diz que a atitude de Berzoini mantém “a tradição de leviandade, irresponsabilidade e gratuita ofensa pessoal” de figuras políticas que perdem a compostura.

Em busca do $ perdido

O secretário municipal dos Negócios Jurídicos, Luiz Antônio Guimarães Marrey, está de passagem marcada para ilha britânica de Jersey, na Europa. O objetivo da viagem, prevista para 27 de novembro, é iniciar as negociações para repatriar os US$ 200 milhões (R$ 449 milhões) que o ex-prefeito Paulo Maluf possui bloqueados judicialmente na ilha.

Segundo o Ministério Público, o dinheiro foi desviado pelo ex-prefeito de obras superfaturadas durante sua gestão em São Paulo entre 1993 e 1996. Maluf e seu filho Flávio são acusados de tentar influenciar uma testemunha em um inquérito de lavagem de dinheiro na Justiça Federal.

Paciente impaciente

A juíza Silvia Maria Rocha, da 2ª Vara da Justiça Federal, determinou que o ex-prefeito Paulo Maluf seja avaliado por uma junta médica formada por três profissionais: um indicado pela Justiça Federal, um pela Procuradoria da Justiça e outro pelos advogados de defesa. O ex-prefeito continua a reclamar de dores abdominais e náuseas.

A Justiça permitiu que ele fosse submetido a exames, mas determinou que fosse internado em hospital penitenciário caso houvesse necessidade. Maluf continua reclamando da cela na Polícia Federal, onde está preso desde o dia 10 de setembro com o filho, Flávio Maluf.

Ação contra a Dengue?

Ministério Público Federal propôs uma ação civil pública contra a Funasa e a União pedindo anulação da prorrogação da contratação temporária de agentes de combate à dengue no Rio.

Segundo o MP, a contratação fere princípios da Constituição, porque não há qualquer estudo ou análise que fundamente a necessidade, no presente momento, de prorrogação dos contratos de mais de 5.402 guardas de endemia, com custo aos cofres públicos da União mais de R$ 10 milhões mensais.

Tuma e Herzog

O livro do jornalista Paulo Markun, que será lançado em 9 de novembro, “Meu Querido Vlado”, revela que o hoje senador paulista Romeu Tuma foi a primeira autoridade do regime militar a denunciar o jornalista Vladmir Herzog – assassinado, por tortura, nos porões da ditadura.

Na época, idos de 1975, o delegado Tuma era chefe do serviço de informações do Departamento da Ordem Política, Econômica e Social (o terrível DOPS). Tuma não aceita ser responsabilizado pelo destino de Herzog. A polêmica promete render...

Sinceridade educacional

Em um choque de sinceridade, o ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou que o Brasil investe “menos do que 4%” do Produto Interno Bruto (PIB) na sua área, ao contrário do que indicam as estatísticas oficiais dos últimos anos. Segundo ele, gastos em outras áreas, como saúde, são contabilizados como despesas em Educação. Haddad ressaltou ainda que para que haja mudanças significativas no setor, o País deveria investir pelo menos 6% do PIB durante 20 anos.

Mas o ministro da Educação calcula que o Brasil gasta um valor que corresponde à média prescrita pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) – entidade internacional que reúne os países mais ricos do mundo e avalia regularmente políticas educacionais.

Fome de propaganda

Com o slogan “O Brasil está vencendo a fome”, a nova campanha publicitária do governo Lula ocupará o horário nobre da TV por uma semana em todo o país. Depois, pelo mesmo período, serão exibidas propagandas regionais.

Em seguida, a campanha será veiculada em rádio e em outdoors. Lançado por Lula logo depois das eleições de 2002, o Fome Zero nunca chegou a ser implantado realmente na sua forma original, que previa a distribuição de comida.

Fome de Prêmios

Na segunda-feira, em Roma, o presidente recebe um prêmio da Organização para a Alimentação e Agricultura (FAO) pelas políticas de combate à fome no Brasil.

Constrangimento

O presidente Lula passou por uma situação constrangedora, durante a 15ª Cúpula Ibero-Americana, em Salamanca, na Espanha. Ao discursar na abertura do encontro, o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, avisou que, para acabar com a pobreza, é preciso atacar a corrupção.

Palavras do Annan: “Claramente, a erradicação da pobreza requer o combate à corrupção, a promoção da transparência e a boa governança. Também requer apoio dos países desenvolvidos”.

Outro recado duro

Na Espanha, o escritor português José Saramago também fez críticas ao desempenho social e político do governo Lula, a quem já declarou apoiar e admirar.

“Tenho a impressão de que, do ponto de vista político e social, o Brasil parou. A economia parece que está a funcionar. Pelo menos o FMI parece que está contente e, quando o FMI está contente, é mau sinal”.

Palavras do escritor agraciado com o Prêmio Nobel, em 1998, e sempre identificado com a esquerda.

Zveiter sai de cena

O desembargador Luiz Zveiter se licenciou por duas semanas do cargo de presidente do STJD - Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Ao final desse prazo ele retorna para as suas atividades normalmente. O vice-presidente desembargador Nélson Tomaz Braga assume o exercício da presidência nesse período. A Assessoria de Imprensa do STJD não divulgou os motivos da licença.

Zveiter tem sua permanência no cargo questionada pelo Conselho Nacional de Justiça. Sendo desembargador, não poderia ocupar um cargo em uma associação de direito privado, como é o caso do “tribunal” da Confederação Brasileira de Futebol, CBF.

Chávez versus CIA

O governo venezuelano expulsará do país a organização religiosa norte-americana Nuevas Tribus, que atua desde 1946 em comunidades indígenas do sul, na região de fronteira com a Colômbia e o Brasil. O presidente Hugo Chávez considera a organização uma "verdadeira invasão imperialista".

Segundo o presidente venezuelano, os missionários da Nuevas Tribus levantam informações importantes sobre o país e estão explorando os índios. Chávez aposta que os missionários são agentes da CIA – a Central de Inteligência norte-americana.

Bronca de Sadam

O ex-ditador iraquiano Saddam Hussein vai alegar que não pode ser julgado pelo tribunal especial instalado no seu país porque tem imunidade. O advogado dele, Abdel Haq Alani, afirmou que a vai contestar a legalidade do tribunal que começará a funcionar a partir da próxima semana. De acordo com ele, a Constituição iraquiana em vigor prevê imunidade total a Saddam, privilégio que não pode ser removido por uma legislação posterior.

A principal acusação contra o ex-ditador é a responsabilidade pela morte de 140 homens numa aldeia xiita chamada Dujail. A defesa diz que os mortos foram julgados e condenados à morte segundo as leis do Iraque.

Software Livre

"Reaproveitamento de Lixo Tecnológico com Software Livre" é o tema de Sylvestre Mergulhão e Marcone Theisen na "III Semana de Software Livre do Rio de Janeiro". Wanderley Santos fala sobre "SPoP com OpenVPN: Navegando em Redes Wireless com Segurança". César Brod aborda o tema "Software Livre e Desenvolvimento Regional: O caso Solis/Univates". A realização é do Movimento Software Livre, a partir das 9h de segunda-feira, na UniRio.

Guerra dos Processadores

Na mesma semana em que inaugura uma fábrica de US$ 1,5 bilhão, na Alemanha, a fabricante de chips AMD superou a rival Intel e respondeu por 52% das vendas de processadores para desktops nos EUA.

No Brasil, a AMD possui uma das maiores participações do mundo em mercado de processadores. No primeiro semestre de 2005, a companhia deteve 41% do segmento no País.

Bola Preta vende

A sede campestre do Cordão da Bola Preta, com infra-estrutura de um hotel, na descida da Serra de Petrópolis, está à venda. A sede era usada para o lazer de seus sócios-proprietários. O tradicional clube decidiu vendê-la para arrecadar recursos para investir na sede, na Cinelândia.

Centenário da Avenida Central

O Presidente da Confraria do Garoto, Nelson Couto, será um dos coordenadores de uma reunião, nesta segunda-feira, a partir das 15h, no Clube de Engenharia, para tratar do super desfile do Centenário da Avenida Rio Branco.

O Xerife da Confraria, memorialista de primeira linha, promete um mega evento para o dia 15 de novembro, em homenagem ao engenheiro Lauro Muller - o verdadeiro idealizador e tocador da obra da “Avenida Central”, durante a gestão do Prefeito Pereira Passos, no começo do século 20.

171 em ação na Riotur

A Riotur avisa que não há qualquer espécie de contratação para preenchimento de quadro funcional de recepcionistas, e também não autoriza terceiros a fazê-la em seu nome. Por ser uma empresa pública, as contratações somente podem acontecer sob forma de concurso público.

Desde julho, a Riotur tem recebido reclamações de pessoas que foram abordadas por uma mulher gorda, aparentando ter entre 40 e 50 anos, olhos verdes, cabelo curto e boa aparência. A mulher se apresenta como funcionária da empresa e responsável pela contratação de recepcionistas. A mulher cobra de R$ 50 a R$ 200 para confecção do uniforme e, depois, orienta a vítima a procurar um endereço falso.

De olho na Ampla

O Secretário de Energia, Indústria Naval e Petróleo do Rio de Janeiro, Wagner Victer, pediu nesta sexta-feira ao Instituto Nacional de Pesos e Medidas (IPEM) que faça uma vistoria nos novos medidores de energia elétrica instalados pela Ampla no município de São Gonçalo.

Vários consumidores denunciam à secretaria que suas contas de energia sofreram reajuste de até mil por cento depois que a Ampla trocou os medidores tradicionais por outros digitais, que dificultam o controle de consumo.

Viva, Carequinha!

O palhaço Carequinha continua internado em estado grave no Hospital das Clínicas COG, em São Gonçalo, no Grande Rio. Internado desde quarta-feira com pneumonia, George Savalla Gomes, de 90 anos, está desidratado e com anemia. Na quinta-feira, ele foi submetido a uma transfusão de sangue.

Vida que segue...
Novas informações a qualquer momento.
Recramações, ilogios ou revelações bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br

Façam comentários clicando no link abaixo.
Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

2 comentários:

Anônimo disse...

That's a great story. Waiting for more. »

Anônimo disse...

A propósito do acidente entre o Legacy EMBRAER de propriedade da ExcelAire e o vôo 1907 da GOL:
Se uma aeronave foi de São José dos Campos até além de Brasília como que “surda” e “muda” desrespeitando tudo quanto é norma, procedimento padrão, rotina e regra e não foi abordada, alguma coisa na estrutura precisa ser mudada.
O que, exatamente, deve ser feito para que não haja repetição desse fato este cidadão não sabe e sabe que há quem tenha o dever de saber e providenciar.
O significado desse acontecimento preocupa porque mostra o quanto esse país está vulnerável à ação deletéria de quem não respeita a ordem estabelecida.