domingo, 16 de outubro de 2005

Filho de Lula, a Globo, Bill Gates e a Glock serão sócios na maior empresa de segurança do Brasil

Edição de Segunda-feira

O filho do presidente Lula, o jovem empresário Fábio Luiz da Silva, de 28 anos, será um dos sócios minoritários da maior empresa de segurança do Brasil, que está sendo constituída. Um outro sócio ilustre da poderosa organização, que terá sedes operacionais no Rio de Janeiro São Paulo e Campinas (SP), é o vice-presidente das Organizações Globo, João Roberto Marinho, que já detém os direitos de comercialização, no Brasil, de um avançado sistema de segurança alemão. Em princípio, o principal controlador da mega empresa será a austríaca Glock, uma das maiores fabricantes de armas do mundo.

O mega-negócio (literalmente seguro) vai envolver outros parceiros de peso, como Bill Gates (chefão da Microsoft) e o magnata anglo-australiano das comunicações, Rupert Murdoch. Os dois bilionários já são sócios das Organizações Globo na Globopar, na NET e na Sky América Latina. A mega empresa de segurança também deverá ter como parceiro a Telemar e a Oi, operadora de celular da tele. Até porque a Telemar é sócia (em 35% do capital) da empresa do filho do Presidente Lula.

O Alerta Total divulgou, na edição do dia 13, a informação de que a Glock (fabricante austríaca de pistolas semi-automáticas) iria instalar no Brasil "a Maior Empresa de Segurança Privada do País". A nova empresa fornecerá serviços de segurança e inteligência com alta tecnologia. Usará os programas e satélites da Microsoft, além dos sistemas de cabo e comunicação da NET e Sky, para oferecer revolucionários sistemas de segurança. Seu foco será a segurança remota predial e condominial.

Mas também investirá em um sistema de segurança pessoal, via o chip do telefone celular. A idéia é vender segurança a custos mais baixos, para ganhar mercado rapidamente, principalmente nas regiões da Grande São Paulo e Grande Rio.

O lema da Glock é “Perfeição” (Perfection). A empresa foi fundada pelo engenheiro Gaston Glock em 1963, em Deutsch-Wagram, perto de Viena, na Áustria. Especializou-se na manufatura de componentes de plástico e aço, que foram logo combinados para a fabricação de produtos militares, como pistolas semi-automáticas, granadas de mão e ferramentas especiais para o setor de segurança. A Glock é a maior rival da fábrica gaúcha de armas de fogo, a brasileira Forjas Taurus.

O filho de Lula entra no negócio fornecendo sistemas para transmissão de dados via telefone celular. A Gamecorp foi constituída em 1 de dezembro do ano passado e registrada com um capital inicial de R$ 5,2 milhões. Além de Fábio, a empresa tem como sócios Kalil e Fernando Bittar, filhos de Jacó Bittar, conselheiro da Petros (Fundação Petrobras de Seguridade Social) e amigo de Lula. O empresário Fábio, filho de Lula e dona Marisa, é afilhado de Jacó Bittar.

Meninos Prodígios

Os jovens Fábio da Silva e seus sócios Kalil e Fernando Bittar são considerados meninos prodígios do mercado de informática brasileiro. Depois do aporte de R$ 5 milhões feito pela Telemar na Gamecorp, no começo deste ano, a empresa deu um salto.

Os três jovens também são sócios em outra empresa, a G-4 Entretenimento e Tecnologia Digital, criada em abril do ano passado com capital mais modesto: R$ 100 mil. Uma holding, chamada B4, opera a Gamecorp e outras empresas do grupo. Quase todas as empresas estão instaladas em São Paulo. Outras têm sede em Campinas.

O programa Gamecorp é líder de audiência na área de videogame na TV MIX. Este ano de 2005, a Gamecorp deve faturar algo em torno de oito a dez milhões de reais. A estimativa do lucro foi dada por Antoninho Marmo Trevisan, sócio da BDO Trevisan e um grande amigo pessoal do presidente Lula.

Generoso Cachê do Sim

O referendo pela comercialização ou não da venda de armas no Brasil virou um negócio seguro para alguns artistas. Atores que dão seu testemunho em favor da campanha do Sim estariam recebendo cachês de R$ 5 mil reais pela propaganda.

Tiro da Camarada

A deputada federal Jandira Feghali (PC do B-RJ) criticou a estratégia de vincular a campanha pelo “sim” no referendo sobre a proibição da venda de armas ao governo Lula. Segundo ela, foi um erro não atrair políticos de diversos partidos para a campanha. Ela também atacou a falta de gravidade no tom dos discursos dos artistas que participam do horário gratuito de TV da frente antiarmas.

E o caso Toninho do PT?

Um outro crime tabu para os dirigentes petistas foi a morte do prefeito de Campinas, Toninho do PT, ocorrida há quatro anos. Antonio da Costa Santos foi assassinado no dia 10 de setembro, dentro de seu carro, em um bairro periférico da cidade, nas proximidades do Shopping Iguatemi.
Toninho tinha 49 anos e administrou a cidade durante oito meses, confrontando-se contra grandes interesses dos setores de transportes, imobiliário, limpeza pública. Há quatro anos, a polícia trabalha com duas hipóteses: assassinato premeditado ou assalto. Apesar da prisão de alguns suspeitos, até hoje a polícia não concluiu as investigações que indicassem o motivo real do crime.

CPI está de olho no caso

O senador Geraldo Mesquita Filho (PSOL-AC) protocolou na CPI dos Bingos um requerimento convocando para depor Roseana Moraes Garcia, viúva do prefeito Toninho do PT. O irmão de Toninho e a viúva defendem a reabertura das investigações.

Mesquita Filho avisa que, pelas conversas que já manteve com Roseana, percebeu que ela tem informações importantes a serem passadas à comissão a respeito do seu marido, tanto sobre a sua atuação como prefeito como a sua relação com o PT.

Os negócios de Campinas

O irmão de Toninho, Roberto da Costa Santos, revela que seu irmão estava na contramão dos bingos (autorização de novas instalações), do lixo (redução de valores dos contratos). Roberto Santos lembra que as denúncias de corrupção do deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) reforçam que o meu irmão pode ter sido assassinado por conta disso.

Já a viúva Roseana observa que existe muita similaridade entre os fatos que ocorrem no crime de Celso Daniel com o de Toninho.

Operação Abafa

Está montada uma verdadeira “operação abafa” para que se conclua, oficialmente, que o Caso Delmonte foi uma morte natural, ou, no máximo, um suicídio. A dúvida é em que circunstâncias morreu o perito do Caso Celso Daniel (prefeito petista de Santo André, seqüestrado e fuzilado em 2002).

Delmonte cometeu suicídio ou foi “suicidado”? Se ocorreu a primeira hipótese: quem ou o que o teria levado ao gesto extremo. Se ocorreu a segunda hipótese, quem matou e por que tirou a vida do perito que iria depor na CPI dos Bingos.

Injeção letal?

Os investigadores que cuidam do caso do legista agora aguardam, ansiosamente, os exames dos órgãos retirados do seu corpo para confirmar a hipótese de suicídio por envenenamento. Os resultados deverão demorar uns 10 dias. A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) não descarta a hipótese de que o legista Carlos Delmonte Printes tenha morrido depois de tomar uma injeção letal. A Polícia Federal segue a mesma linha de raciocínio. Mas o caso está na esfera da Polícia Civil - conforme o Alerta Total divulgou neste final de semana.

Ligações do Perito

A Comissão Parlamentar de Inquérito dos Bingos vai requerer esta semana a quebra do sigilo telefônico do falecido perito Delmonte.

Serão checados seu celular e as linhas de sua casa ou escritório. No caso do telefone móvel, as conversas de Delmonte, por ordem judicial, podem ser resgatadas – já que a operadora, tecnicamente, grava todas as conversas em seu dispositivo de segurança.

Já as linhas telefônicas convencionais poderão indicar com que pessoas (ou a localização de números telefônicos) o falecido perito conversou nos últimos meses.

Proteção urgente

A CPI dos Bingos pedirá nesta segunda-feira ao ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, para tomar providências imediatas a fim de garantir a segurança dos parentes do prefeito Celso Daniel. Os irmãos João Francisco e Bruno Daniel temem morrer, por tudo que sabem e tem dito.

Os integrantes da CPI vão pedir ao ministro que receba em audiência os familiares de Celso Daniel. O esquema para garantia de vida aos Daniel deverá ser cumprido pela Polícia Federal.

O Caso Celso Daniel é um verdadeiro tabu para o governo Lula, uma vez que envolve denúncias de corrupção na Prefeitura de Santo André, administrada pelo Partido dos Trabalhadores.

Cadê a fita?

Por onde anda a tal fita que teria registrado os últimos momentos de Celso Daniel? Já foi pedida até proteção policial para o pastor evangélico Paulo Mansur Haddad que teria registrado as cenas por acidente, durante uma festa de aniversário, próxima ao local do crime. Mas a fita não apareceu até agora. E muito menos seu autor.

O Senador Eduardo Suplicy revelou que o pastor teria filmado o momento em que o carro de Celso Daniel foi abordado por seqüestradores. A filmagem indicaria que o empresário Sérgio Gomes da Silva, que estava com o prefeito no momento da abordagem, comandaria o crime. Só falta a fita aparecer para que a estória seja confirmada.

E os CDs do Rocha Mattos?

Outra perguntinha no ar: Será que alguém tem guardadas cópias do CD, ouvido pelo juiz afastado José Carlos da Rocha Mattos, contendo conversas que relacionariam a corrupção na Prefeitura de Santo André ao assassinato do Prefeito Celso Daniel. As fitas, segundo Rocha Mattos, foram destruídas...

O magistrado afastado e agora preso, sob acusação de venda de sentenças, também teme pela própria vida, depois que lembrou este fato...

Sujeira de Ribeirão

Os promotores do Grupo de Atuação Especial Regional para Prevenção e Repressão ao Crime Organizado (Gaerco) de Ribeirão Preto devolvem à Polícia Civil , nesta segunda-feira, o inquérito sobre a máfia do lixo, que atuaria em cidades do interior de São Paulo e Minas. O inquérito já tem 4.400 páginas, distribuídas em 22 volumes.

Temendo ser cobrado por falta de provas, o Ministério Público decidiu pedir novas providências da Polícia Civil. No final de setembro, o delegado seccional de Ribeirão Preto, Benedito Antonio Valencise, encerrou o inquérito e o remeteu à Justiça, pedindo a prisão preventiva de quatro ex-diretores do Grupo Leão Leão, entre os cinco indiciados por formação de quadrilha.

O único excluído do pedido de prisão, por colaborar com as investigações, foi o advogado Rogério Tadeu Buratti, ex-secretário de Antonio Palocci na prefeitura de Ribeirão.

Não me comprometa!

Sergipano, ex-candidato a deputado federal pelo PT e indicado para o Supremo Tribunal Federal no governo Lula, o ministro Carlos Ayres de Britto não quer correr o risco de manchar sua biografia. Por isso, nesta segunda-feira, deverá negar o pedido de mandado de segurança impetrado por cinco deputados do PT ameaçados de cassação. A decisão de Ayres de Britto sai até às 14 horas.

Hora da Renúncia

Assim, tudo indica que, negativados, os cinco deputados petistas tomem a decisão esperta e extrema de renunciar aos mandatos, entre 14h e 17h. Até porque o presidente do Conselho de Ética da Câmara, Ricardo Izar (PTB-SP), já avisou que só vai esperar até as 18h para dar início aos processos de cassação de 13 dos 16 deputados acusados pelas CPIs dos Correios e do Mensalão de envolvimento no esquema de pagamento de mesadas.

Os deputados acusados no caso de distribuição de propina e caixa dois são: João Magno (PT-MG), João Paulo Cunha (PT-SP), José Borba (PMDB-PR), José Janene (PP-PR), José Mentor (PT-SP), Josias Gomes (PT-BA), Paulo Rocha (PT-PA), Pedro Corrêa (PP-PE), Pedro Henry (PP-MT), Professor Luizinho (PT-SP), Roberto Brant (PFL-MG), Vadão Gomes (PP-SP) e Wanderval Santos (PL-SP).

Veremos quem fica ou renuncia...

Só faltam as provas

O deputado Júlio Delgado (PSB-MG), relator do processo de cassação do deputado José Dirceu (PT-SP), entrega nesta segunda-feira o relatório sobre o processo contra o ex-ministro e deputado José Dirceu (PT-SP) no Conselho de Ética. Nesse dia, somente o próprio acusado e os membros do conselho terão acesso ao documento, que só será divulgado na terça, quando o parecer será votado.Delgado admitiu que está com dificuldades para consolidar provas materiais contra Dirceu. O relator deixou transparecer que sua decisão será baseada em evidências e comportamento incompatível com o esperado de um deputado.

Repetimos: Essa tal falta de provas materiais é que pode salvar Dirceu...

Pressão tratoral de Dirceu

Amigos pessoais de José Dirceu anunciam para quem quiser ouvi-los: Dirceu será salvo da cassação justamente porque sabe demais sobre os podres de muita gente que sonha em vê-lo no buraco.

Dirceu vem mantendo um ritmo alucinante de conversas de bastidores, seguindo duas estratégias. Pede apoio a alguns parlamentares aliados, reforçando a tese de sua inocência geral em todos os escândalos de que é acusado. Aos inimigos, em fina ironia e com o jeitinho tratoral de sempre, Dirceu promete quebrar a espinha de quem deseja seu pescoço.

Maluf logo em casa

Paulo Maluf pode ganhar, ainda esta semana, o direito à prisão domiciliar. A juíza Silvia Maria Rocha, da 2ª Vara da Justiça Federal, determinou que o ex-prefeito Paulo Maluf seja avaliado, esta semana, por uma junta médica formada por três profissionais: um indicado pela Justiça Federal, um pela Procuradoria da Justiça e outro pelos advogados de defesa. O ex-prefeito continua a reclamar de dores abdominais e náuseas.

A Justiça permitiu que ele fosse submetido a exames, mas determinou que fosse internado em hospital penitenciário, caso houvesse necessidade. Maluf continua reclamando da cela na Polícia Federal, onde está preso desde o dia 10 de setembro com o filho, Flávio Maluf. A

gora, Paulinho aposta que vai conseguir ficar preso, mas em sua mansão...

Em busca do Tesouro malufista

O secretário municipal dos Negócios Jurídicos, Luiz Antônio Guimarães Marrey, viaja dia 27 para ilha britânica de Jersey, um famoso paraíso fiscal da Europa. Marrey inicia as negociações para repatriar os US$ 200 milhões (R$ 449 milhões) que o ex-prefeito Paulo Maluf possui bloqueados judicialmente na ilha.

O Ministério Público sustenta a acusação de que o dinheiro foi desviado pelo ex-prefeito de obras superfaturadas durante sua gestão em São Paulo entre 1993 e 1996. Maluf e seu filho Flávio são acusados de tentar influenciar uma testemunha em um inquérito de lavagem de dinheiro na Justiça Federal.

Maluf nega que o dinheiro seja dele...

Fome de propaganda

Com o slogan “O Brasil está vencendo a fome”, a nova campanha publicitária do governo Lula ocupará o horário nobre da TV por uma semana em todo o país. Depois, pelo mesmo período, serão exibidas propagandas regionais.

Em seguida, a campanha será veiculada em rádio e em outdoors. Lançado por Lula logo depois das eleições de 2002, o Fome Zero nunca chegou a ser implantado realmente na sua forma original, que previa a distribuição de comida.

Nesta segunda-feira, em Roma, o Presidente Lula recebe um prêmio da Organização para a Alimentação e Agricultura (FAO) pelas políticas de combate à fome no Brasil.

Bush não gostou...

O governo dos EUA evitou se manifestar sobre o acordo de cooperação nuclear entre o Brasil, a Argentina e a Venezuela antes de conhecer os detalhes do entendimento anunciado na Espanha pelo presidente venezuelano, Hugo Chávez, e confirmado por Marco Aurélio Garcia, assessor especial do presidente Lula.

Os norte-americanos serão certamente contrários a que esse acordo seja, de fato, implementado, visto ser central à política externa dos EUA impedir a proliferação nuclear. Brasil, Argentina e Venezuela são signatários do Tratado de Não-Proliferação Nuclear, cujos membros que ainda não possuem armas atômicas renunciam ao direito de desenvolvê-las.

Detalhe importante: Existem dias siglas capazes de derrubar um governo na América Latina: uma é CPI; a outra, a CIA...

CPI eletrizante I

A CPI dos Bingos ouvirá na terça-feira, a partir das 11h, o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Mattoso, e os ex-presidentes da instituição Danilo de Castro e Sérgio Cutolo.

Os três vão falar sobre a renovação, em 2003, do contrato entre a Caixa e a multinacional GTech do Brasil, no valor de R$ 650 milhões.

CPI eletrizante II

Na quinta, também a partir das 11h, a CPI dos Bingos tomará o depoimento do ex-secretário-geral do PT, Silvio Pereira. Numa entrevista recente, Silvinho revelou que - não apenas o tesoureiro Delúbio Soares - mas todos os membros da Executiva Nacional do partido sabiam do esquema de caixa dois usado para financiar as campanhas eleitorais petistas.

Troco nos Tucanos

Na comissão dos Correios, o PT põe em andamento a estratégia de incluir o PSDB nas acusações de uso de caixa dois, definida na reunião dos 66 deputados petistas com o Presidente Lula.

Cláudio Roberto Mourão Silveira, ex-tesoureiro da campanha do tucano Eduardo Azeredo ao governo de Minas em 1988, vai depor na quarta, a partir das 14h. O objetivo de sua convocação é investigar o suposto envolvimento de políticos do PSDB com Marcos Valério.

O ex-tesoureiro tucano já assumiu, em carta entregue por Azeredo à CPI, que tomou emprestado, em valores atualizados, cerca de R$ 10 milhões com a SMPB, empresa do publicitário carequinha, para financiar a campanha do então governador à reeleição.

Bastos à Beira-Mar

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Santa Catarina, Adriano Zanotto, anunciou que a entidade ingressará com uma ação o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Basstos, que disse não saber da transferência de Beira-Mar de Brasília para Florianópolis.

O processo será por crime de responsabilidade. Zanotto criticou a inexistência de qualquer ordem judicial ou documento oficial por parte do Judiciário autorizando a transferência do traficante.

Por Bastos ser ministro, a Procuradoria-Geral da República precisa se manifestar sobre qualquer processo contra ele, e o foro de uma eventual ação terá de ser o Supremo Tribunal Federal. Zanotto afirmou que entrega nesta segunda um ofício a Bastos pedindo que Beira-Mar seja retirado com urgência de Florianópolis.

Perguntinha idiota: E vamos mandá-lo para onde, Dr Zanotto?

TRT-SP na berlinda

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo está sob investigação do Ministério Público Federal por suspeita de fraudes na distribuição de pelo menos 22 processos entre 1994 e 2004. Há fortes indícios de que os sistemas informatizados do órgão, por meio dos quais os autos são distribuídos, foram manipulados a fim de definir, antecipadamente, o juiz - ou colegiado de juízes - que atuaria nos casos. Tudo à revelia da lei e do regimento interno do tribunal, instâncias que que normatizam a distribuição por sorteio.

O Ministério Público tem elementos indicando que as fraudes estão relacionadas à distribuição, no TRT-SP, de processos oriundos de primeira instância, que são levados ao tribunal, pelas partes interessadas, com o objetivo de conseguir modificar decisões tomadas por juízes de varas trabalhistas.

Respostas à altura

Em nota oficial, a presidente do TRT-SP, juíza Dora Vaz Treviño, afirma que “são gravíssimas as suspeitas levantadas pelo Ministério Público Federal’ e que, ‘se irregularidades tiverem sido efetivamente praticadas, os honrados juízes e os servidores deste tribunal saberão dar resposta à altura”.

A fundo nos fundos

O Ministério Público Federal vai pedir, esta semana, a abertura de investigações sobre os negócios feitos por fundos de pensão das estatais, entre 1997 e 2004. As operações teriam sido lesivas às empresas patrocinadoras. Entre as operações, estaria a compra excessiva de ações da Coteminas, pertencente à família do vice-presidente da República, José Alencar.

O Tribunal de Contas da União aprovou diligências na Comissão de Valores Mobiliários, na Secretaria de Previdência Complementar e no Banco Central para apurar falhas desses órgãos na fiscalização dos fundos.

O TCU quer saber, por exemplo, se a CVM fiscalizou a suposta manipulação de ações pelas corretoras que movimentaram investimentos dos fundos. Na lista de investigados, estão as três maiores entidades de previdência complementar do país: Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobrás) e Funcef (Caixa Federal).

Sem discriminação sexual

A procuradora da República no Distrito Federal Lívia Nascimento Tinôco quer suspender a veiculação dos quadros do Programa Sérgio Mallandro e Zorra Total que incorram em discriminação por orientação sexual. As emissoras têm o prazo de 10 dias para informar a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão no DF sobre o acolhimento ou não da Recomendação.

A magistrada enviou recomendação aos diretores-gerais de programação da Rede Globo e da Rede Gazeta de Televisão pedindo que sejam tirados do ar os quadros que associarem a imagem de gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros a conteúdos jocosos e estereotipados, relacionarem orientação sexual à doença e incitarem a violência contra essa minoria.

Super Receita

O projeto que oficializa a criação da Super Receita (união da Receita Federal e Previdenciária) será votado nesta terça-feira, na Câmara dos Deputados.

O Governo Lula tem o clima desfavorável à aprovação da MP 258, que cria o novo órgão. Há 522 emendas ao projeto ainda não discutidas. Também é forte o lobby dos funcionários da Receita (há dois meses em greves intermitentes) contra a medida.

Parlamentares oposição criticam o fato de a Super Receita estar nascendo por meio de uma MP (em vigor desde 15 de agosto) e não por Projeto de Lei, o que seria ideal.

Dá ou desce?

O mercado e os cidadãos esperam que o COPOM (Comitê de Política Monetária do Banco Central) baixe os juros em 0,5 pontos percentuais, na reunião de quarta-feira.

No entanto, os ortodoxos do COPOM (que parecem viver no planeta Marte e agem como Inca Venusianos na economia brasileira) podem deixar tudo como está.

A expectativa concreta de aumento dos juros no exterior (principalmente nos EUA) deve forçar o COPOM a manter os 19,5% na Taxa de juro básica Selic.

Se isso acontecer, será a extrema manifestação do desespero para tentar manter investidores estrangeiros aplicando aqui no Brasil.

100 anos da Av Rio Branco

O Presidente da Confraria do Garoto, Nelson Couto, será um dos coordenadores de uma reunião, nesta segunda-feira, a partir das 15h, no Clube de Engenharia, para tratar do super desfile do Centenário da Avenida Rio Branco.

O Xerife da Confraria, memorialista de primeira linha, promete um mega evento para o dia 15 de novembro, em homenagem ao engenheiro Lauro Muller - o verdadeiro idealizador e tocador da obra da “Avenida Central”, durante a gestão do Prefeito Pereira Passos, no começo do século 20.

Vida que segue...
Novas informações a qualquer momento.

Recramações, ilogios ou revelações bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br

Façam comentários clicando no link abaixo.

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

3 comentários:

Anônimo disse...

What a great site film editing schools

Fusca disse...

Caro Serrão, como estará o megaempreendimento da área de segurança dos filhos de Lula e Bittar? Depois de 2005, a censura entrou prá valer, após a "reeleição" com as urnas eletrônicas mais fraudáveis e antigas do mundo. A ditadura está instalada e pior do que o regime militar, pois na época o "suicídio" de Vladimir Herzog teve divulgação e repercussão instantânea, inclusive por parte do presidente que não era omisso nem ignorava os fatos. Hoje, a prisão, morte misteriosa e subsequente cremação do escritor paranaense Yves Hublet em julho sequer foi noticiada na grande mídia. Não fosse o apelo do senador Álvaro Dias, exigindo explicações do governo, nem saberíamos que morreu.

Centercomp disse...

Cara...tu é o maior idiota...isso tudo é conversa pra boi dormir...mentiras e mais mentiras...só pode ser do PSDB né ?