terça-feira, 22 de agosto de 2006

Arigatô, procuradô: Ação do Ministério Público Federal em Minas tenta suspender decreto da tevê digital em favor dos japoneses

Edição de Terça-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça também o Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal
Edição em áudio a partir de Meio-dia.

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

Arigatô, Procuradô! O ministro (mineiro) das Comunicações, Hélio Costa, dormiu mal na noite passada. Os dirigentes das principais emissoras de rádio e tevê, principalmente as Organizações Globo, também estão preocupados e quase perderam o sono. O Ministério Público Federal de Minas ajuizou ontem na 20ª Vara da Justiça Federal de Belo Horizonte uma ação civil pública contra o decreto que criou o Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre.

O MPF pede que a Justiça suspenda todos os efeitos do decreto, ou de pelo menos seis artigos dele, e que ao final declare a nulidade do texto. Os procuradores apontam pelo menos cinco violações legais, inclusive à Constituição. A principal delas se refere à ausência de motivos para a escolha do padrão japonês ISDB. Os procuradores mineiros advertem que, dos três padrões de transição da tevê analógica para a digital existentes no mundo, o japonês é o que tem o decodificador "mais caro para o consumidor". Também chamado de Set Top Box, o decodificador é um aparelho necessário para os televisores hoje em uso, analógicos, receberem os sinais digitais.

Na ação, os procuradores questionam ainda a falta de uma política que viabilize TVs comunitárias e educativas e outros canais de função social. O MP alega também que há a possibilidade de o poder público promover uma "verdadeira renovação branca das concessões de radiodifusão". Os procuradores destacam na ação: "A ré (a União) invadiu a competência exclusiva do Congresso Nacional para deliberar sobre a renovação das concessões".

Antes de saber da ação movida pelos procuradores mineiros, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, comunicou ontem, em Brasília, a representantes de setores interessados na produção para a TV digital que o governo tende a optar pela Zona Franca de Manaus como a única região receber incentivos fiscais para fabricação de conversores. É um mercado superior a R$ 9 bilhões em alguns anos. O governo deve classificar o dispositivo como de áudio e TV, o que o exclui da Lei de Informática, que beneficiaria empresas de todo o País.

Crime organizadíssimo

A polícia de São Paulo diz ter encontrado o primeiro elo material a ligar a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) com perueiros (motoristas de vans, como os paulistas os chamam).

Um aparelho telefônico da operadora Nextel pertencente a uma cooperativa de perueiros foi encontrado em uma delegacia de polícia de Suzano (cidade da Grande São Paulo) atacada por integrantes do grupo criminoso, no dia 7 de abril deste ano.

O telefone faz parte de um lote de 12 comprados pela Associação Paulistana Garagem 2, segundo o delegado Murilo Fonseca Roque, da 7ª Delegacia Seccional.

Associação ilegal

A Garagem 2, como é chamada, é um grupo de 215 perueiros que não tem existência legal para a prefeitura - são associados a uma cooperativa, a Associação Paulistana, que venceu a licitação e repassou parte de sua área.

Esse repasse é considerado ilegal pela Secretaria Municipal de Transportes.

O elo entre a Garagem 2 e o PCC é Cléber Coca, de 34 anos, segundo perueiros ouvidos pela polícia.

Ele dirige a cooperativa mesmo sem ter um cargo formal na associação.

Esquema sob suspeita

A polícia investiga a Garagem 2 sob a acusação de que ele extorquiria os motoristas, cobrando taxas que chegam a R$ 600 ao mês.

Quem não paga é excluído da cooperativa.

A vaga fica com um dos "irmãos da cadeia", como são chamados os integrantes do PCC que estão presos.

As vagas podem também ser vendidas, por valores que variam de R$ 15 mil a R$ 20 mil.

Acusados negam tudo

Coca negou à polícia que fizesse parte da facção, disse que nunca pagou propina à prefeitura, mas contou ter participado de reuniões com Jilmar Tatto, secretário de Transportes no governo de Marta Suplicy (2001-2004).

Tatto disse não se lembrar de Coca porque participou de inúmeras reuniões com os perueiros, categoria que tem mais de 6.000 profissionais registrados em São Paulo.

Descoberta por acaso

No dia 7 de abril, um Astra e um Omega pararam diante da delegacia e deles desceram seis homens armados com metralhadora, fuzil, espingarda e pistola.

Como a delegacia havia sofrido um ataque antes, no dia 26 de março, havia 14 policiais do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) escondidos num bar à frente da delegacia.

Na resposta policial, quatro integrantes do grupo de assalto à delegacia morreram e outros dois conseguiram escapar.

Dois policiais ficaram feridos. Duas granadas foram achadas num terceiro carro que dava cobertura.

O Nextel foi encontrado nesse cenário de guerra.

Gilmar da Hora Lisboa, uma espécie de gerente do PCC em Suzano conhecido como Pebinha, estava preso na delegacia.

O segredo dos Sanguessugas

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou ontem a abertura de inquéritos contra mais 27 parlamentares suspeitos de envolvimento em desvios de recursos da saúde por meio da compra de ambulâncias por municípios.

Com isso, sobe para 84 o número de congressistas sob investigação daquela corte, segundo sua assessoria de imprensa.

A autorização foi dada pelo ministro Gilmar Mendes, relator dos processos, em resposta a pedido apresentado na semana passada pelo procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza.

Em seu despacho, o ministro determina o encaminhamento dos autos para ao diretor da Polícia Federal, delegado Paulo Lacerda, e determina prazo de 30 dias para que sejam colhidos os depoimentos dos parlamentares envolvidos e das demais pessoas citadas nas apurações.

Os processos correm em segredo de Justiça.

Será que vai dar pizza de novo?

O Conselho de Ética da Câmara instala hoje 67 processos contra os acusados de participação na máfia das ambulâncias.

Os deputados tiveram até a meia-noite de ontem para renunciar ao mandato como forma de escapar ao processo de cassação, mas apenas o deputado Marcelino Fraga (PMDB-ES) recorreu à manobra.

Um assessor entregou sua carta de renúncia faltando cinco minutos para o fim do prazo.

Tentando se defender

O deputado e outros dez acusados ingressaram no STF (Supremo Tribunal Federal) com mandado de segurança para tentar barrar a instalação dos processos.

Além de Marcelino Fraga, renunciaram ao mandato ou desistiram da reeleição dos deputados César Bandeira (PFL-MA), João Batista (PP-SP), José Divino (sem partido-RJ), Jorge Pinheiro (PL-DF), Marcos de Jesus (PFL-PE), Marcos Abramo (PP-SP), Vieira Reis (PRB-RJ), Paulo Gouveia (PL-RS), Heleno Silva (PL-CE) e João Mendes de Jesus (sem partido-RJ).

Alguns foram obrigados a tomar a medida extrema porque perderam o apoio político de seus “currais” eleitorais, como foi o caso dos bispos e pastores da Igreja Universal do Reino de Deus, que ficaram sem partido, sem legenda e sem eleitores.

Casos prioritários

O presidente do Conselho de Ética, Ricardo Izar (PTB-SP), promete priorizar os casos em que haveria as provas mais contundentes de participação de parlamentares no esquema.

As principais delas são cópias de depósito em conta de dinheiro oriundo da Planam, empresa que encabeçava o esquema.

"Vamos dar prioridade aos 15 casos em que já há prova concreta. Esses serão os primeiros, porque aí ganhamos tempo".

Beirada comprometedora

O senador Ney Suassuna (PMDB-PB) divulgou ontem uma nota que acabou chamando a atenção para um detalhe das investigações da CPI dos Sanguessugas que tinha passado batido.

Durante depoimento do empresário Luiz Antonio Trevisan Vedoin, o presidente da comissão, deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ), contara que Ney Suassuna (PMDB-PB) o tinha procurado para dizer que "90% dos parlamentares recebem uma beirada nas emendas" apresentadas ao Orçamento Geral da União.

Suassuna, que deve enfrentar um processo de cassação por causa das evidências de ligação com a Máfia das Ambulâncias, rebateu a afirmação numa nota.

"A respeito da afirmação do deputado Antonio Carlos Biscaia, o senador Suassuna acredita que deve estar havendo um equívoco em relação ao interlocutor, pois rechaça qualquer afirmação nesse sentido. O senador credita o envolvimento do seu nome na CPI à traição de um ex-funcionário. A sua expectativa é de que no Conselho de Ética possa ter assegurado o seu direito de defesa, completamente desconsiderado pela CPI".

Fonte secando para corruptos?

O Banco Mundial (Bird) passará a exigir dos países aos quais empresta dinheiro que mantenham programas de combate à corrupção.

Os empréstimos do Bird serão condicionados ao grau de risco apresentado por cada país e, em alguns casos, o banco poderá até cortar o apoio financeiro.

O objetivo é evitar que os recursos sejam desviados para o bolso de governantes ou empreiteiros corruptos.

A nova política, que deverá entrar em vigor já em setembro, foi divulgada um dia depois de o presidente americano George W. Bush anunciar sua cruzada contra a corrupção.

Em outubro do ano passado, a ONG Transparência Internacional divulgou um ranking de percepção de corrupção em que o Brasil agravou sua situação, caindo da 59ª para a 62ª posição, entre 159 países.

Dinheiro para o crime

O grande problema da sonegação fiscal e do caixa dois, no Brasil, é que dinheiro não-contabilizado alimenta a corrupção, sendo usado para pagar propinas a políticos, "caixinhas" a funcionários públicos e para obter vantagens ilícitas em operações comerciais.

A sonegação fiscal e o caixa dois vêm crescendo na economia brasileira desde o ano de 2001.

Só o registro de dinheiro não contabilizado pelas empresas alcançou a cifra de R$ 1 trilhão e 28 bilhões de reais, em 2004.

O valor do caixa dois é quase a metade dos recursos produzidos por toda a economia brasileira, medido pelo PIB.

O Produto Interno Bruto do Brasil é de quase R$ 2 trilhões de reais.

A estimativa é do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário) com base em estudo sobre sonegação fiscal no país.

Situação se agravando

Em 2001, o caixa dois era de R$ 587 bilhões e 700 milhões de reais.

A prática do faturamento "por fora" -- sem nota fiscal, meia nota e outros artifícios -- permite que 39,27% da arrecadação anual do país seja sonegada da Super Receita Federal.

Como as empresas são responsáveis por 75% da arrecadação tributária, isso significa que R$ 191 bilhões e 740 milhões de reais em impostos deixaram de ser pagos no ano de 2004.

Quem sonega mais?

O comércio é o setor campeão em fugir do fisco, mas na indústria está o maior volume sonegado.
Por outro lado, os brasileiros são obrigados a pagar, de impostos, quase 40 por cento de tudo que é produzido por ano.

Hoje, entre 98% e 99% das empresas cadastradas no CNPJ (o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) estão na lista negra do Cadin (o Cadastro Informativo de Créditos não Quitados).

O Cadin é um tipo de SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) em que são registrados os débitos tributários das empresas.

Imposto demais

Pelo menos R$ 10 bilhões a mais saíram ano passado do bolso de trabalhadores e empresários para os cofres da União, via impostos.

A arrecadação de impostos pelo governo federal não pára de crescer.

Mesmo com as isenções fiscais concedidas a alguns setores da economia, o recolhimento de impostos em 2005 encostou em uma marca inédita: 18% do PIB, o total das riquezas produzidas no país, segundo dados oficiais.

Apesar da cifra bilionária que sai do bolso da sociedade para o governo que emprega mal o dinheiro, o Secretário da Super Receita, Jorge Rachid, acha pouco.

Nas palavras do burocrata: "Não é nenhuma sangria".

Azar do Lao

O comerciante chinês Law Kin Chong ainda não obteve permissão de sair temporariamente da prisão, onde cumpre pena de quatro anos de reclusão pelo crime de corrupção ativa.

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça negou habeas-corpus que pretendia cassar a decisão do Tribunal Regional Federal (TRF) que se refere à restrição das saídas temporárias e ao impedimento de progressão ao regime prisional aberto.

Os tempos são cada vez mais difíceis para os acusados de sonegação e contrabando...

Marcha Brasil Contra a Corrupção

No próximo sábado e domingo, dias 26 e 27, os brasileiros esclarecidos promovem mais uma série de manifestações públicas nacionais contra o governo do crime organizado que toma conta dos três poderes no Brasil.

Será a “Marcha, Brasil contra a corrupção! Porque filho teu não foge à luta”!

As Marchas acontecem em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba

São Paulo - 27 de agosto - 14 horas - Praça Oswaldo Cruz

Rio de Janeiro - 27 de agosto - 14 horas - Av. Atlântica, esquina com Rua Xavier da Silveira - Copacabana

Curitiba - 26 de agosto - 14 horas - Boca Maldita

Porto Alegre - 25 de agosto - 8 horas - Praça da Matriz

Divulgação na tevê

Nesta quarta e sexta-feira, a chamada para a Marcha Brasil Contra a Corrupção estará no ar em cadeia estadual de TV, no horário eleitoral do Estado de São Paulo

Quem fará a convocação é a candidata ao senado pelo PTC, Ana Prudente entre 13h 40min e 13h 50min e à noite, entre 21h 10min e 21h 20min.

Viagem de presidente ou de candidato?

Para diminuir os gastos do PT com a campanha à reeleição do presidente Lula da Silva, o Palácio do Planalto passou a agendar eventos oficiais nas mesmas cidades em que o petista tem compromissos como candidato.

O uso da estratégia faz com que despesas com o combustível da aeronave presidencial (o famoso Air Force 51, como batizou Cláudio Humberto) sejam pagas pela União, e não pelo partido.

O problema é real e objetivo: com a maldita reeleição, não dá mesmo para separar o candidato do presidente, e vice-versa.

Lula Castro ou Fidel da Silva?

Em animado encontro com artistas petistas no Rio de Janeiro, ontem, o presidente Lula admitiu erros e se comparou ao presidente cubano, Fidel Castro:

"Não precisarei esperar pela História. O povo me absolverá agora".

A reunião, que Lula já dá como certa a morte de Fidel, aconteceu na casa do ministro da Cultura, Gilberto Gil.

Reflexões do vice da Helô

Mais um ex-petista e candidato a vice-presidente na chapa da senadora Heloísa Helena, Cesar Benjamin, pega pesado contra o presidente Lula da Silva e o PT no manifesto “Carta à Coordenação Nacional da Consulta Popular”.

"Sem idéias a serem multiplicadas, sem exemplos a serem seguidos, sem coerência a ser cultivada, sem passado a ser lembrado, o lulismo já agoniza em praça pública. Não falo de Ibope, falo de História. Mas ele tem na reeleição - ou seja, no manejo de cargos e verbas por mais quatro anos - a possibilidade de prolongar sua agonia. A dúvida se resume à forma e ao ritmo da derrocada, bem como ao tamanho do estrago, já enorme, que deixará. Seja como for, não há mais futuro nele".

"Por deseducar o povo, por desprepará-lo para construir o futuro - e não, basicamente, pelo nível da taxa de juros -, é que Lula e o PT são nocivos. Quando forem derrotados - neste ano ou daqui a quatro anos, não importa -, se a esquerda tiver continuado a ser cúmplice deles, não ficará pedra sobre pedra. É o grave risco que corremos, e que vocês subestimam. Passada essa aventura, perdidos cargos e verbas - neste ano ou daqui a quatro anos, repito -, não teremos nem um povo mais consciente, nem quadros mais preparados para prosseguir a luta, nem uma juventude mais mobilizada, nem instituições republicanas mais avançadas".

A íntegra da pancada de Benjamin em seu ex-partido e no seu ex-companheiro pode ser vista no link: http://www.acaopopularsocialista.org.br/noticias/888.htm

Controle da mídia amestrada

O governo federal analisa um projeto que obriga jornais e revistas a terem circulação auditada para se credenciarem a receber verbas públicas em suas páginas.

A Secretaria de Comunicação Social (Secom) do Palácio do Planalto informou que "há um esforço para modernizar a sistemática de investimentos em publicidade oficial".

Ou será um esforço para inibir o surgimento de novas publicações, que iriam demorar a conquistar maior circulação?

Jornalistas apostando no Lula

Para 54% dos jornalistas brasileiros, as chances do presidente Lula ser reeleito são acima de 60%.

A pesquisa revelou também que 45% dos entrevistados avaliam que a probabilidade de um segundo mandato de Lula tem entre 40% e 60% de chance de acontecer. Apenas 1% acredita que é abaixo de 40%.

A informação é da sétima pesquisa com profissionais da imprensa feita pela empresa de consultoria Macroplan, com o título “Por dentro dos que fazem a mídia: como estes profissionais avaliam o Brasil e seus governantes.

O estudo entrevistou cem jornalistas de sete estados do País (Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Pernambuco) com maior visibilidade na mídia, "seguindo critérios qualitativos e não estatísticos de representatividade", segundo o anúncio da companhia.

Coitada da Rosinha

Na pesquisa, pela sétima vez consecutiva, o pior desempenho foi da governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, que é uma radialista profissional – profissão para a qual retorna depois do final de seu governo.

Aécio Neves despontou, novamente, como o melhor governador com índice de 91% de aprovação (em 2005, obteve 81%).

Entre os jornalistas, 46% consideraram a gestão de Cláudio Lembo ruim ou muito ruim.

Pensando no futuro

O Deputado Noel de Carvalho (PMDB) cumpre uma missão política quase impossível.

Tenta convencer seu amigo e aliado Antony Garotinho a apoiar a candidatura de Lula da Silva à reeleição.

Noel avalia que o Rio de Janeiro deixou de receber investimentos federais por causa da oposição de Garotinho aos petistas.

A turma de Garotinho já articula também com o governador mineiro Aécio Neves, que desponta como um dos principais favoritos à polarizar com Lula (hoje favorito para se reeleger), na eleição de 2010.

Queridinho do Controlador

Aliás, Aécinho é o candidato declarado da City Londrina – onde reinam os controladores de nossa economia mundial.

O padrinho de Aécio junto aos poderosos banqueiros e nobres membros da realeza européia, que também participam do Clube dos Bilderberg, é o empresário Mário Garnero, do grupo Brasil Invest.

Os controladores têm um interesse especial por Minas Gerais, especialmente por Araxá, onde ficam as maiores minas de nióbio do mundo.

O metal raro, negociado de forma subfaturada, rende uma perda anual para o Brasil de US$ 100 bilhões de dólares.

Pensando e agindo certo

A Petrobras vai frear a exportação de petróleo bruto nos próximos anos para priorizar o embarque de produtos acabados, como gasolina e óleo diesel.

O diretor de exploração e produção da estatal, Guilherme Estrella, explicou o motivo:

"Tomamos uma decisão estratégica importantíssima. Se nós exportarmos nosso petróleo bruto, vamos deixar de agregar valor".

Segundo Estrella, a partir de 2011, quando a estatal deverá contar com uma produção excedente de 300 mil barris de petróleo por dia, será possível ganhar cerca de US$ 1 bilhão a mais por ano com a venda externa de combustíveis.

Vantagens para o País

O secretário de Energia, Indústria Naval e Petróleo do Rio, Wagner Victer, concorda com a necessidade de agregar valor ao petróleo.

"Temos política para explorar petróleo, mas não temos para refiná-lo. Com o refino, o valor cresce até 20 vezes do petróleo cru ao petroquímico. E os derivados valem de US$ 8 a US$ 10 mais que o petróleo cru, além do emprego que geram nas refinarias".

Enfim, os executores dos setores estratégicos começam a acordar... O mesmo poderia acontecer em relação ao nióbio...

Entregando o ouro?

O aumento da produção mundial de álcool está fazendo o Brasil exportar tecnologia e outro produto de alto valor agregado: bens de capital, que são os equipamentos usados na produção do combustível.

O que está sendo exportado é o conhecimento sobre o equipamento que a empresa desenvolveu para ser usado nos carros bicombustível.

A multinacional de origem alemã Bosch, por exemplo, está exportando uma tecnologia desenvolvida pelo núcleo brasileiro da empresa no laboratório de Campinas, em São Paulo.

Os compradores são os Estados Unidos e os países da União Européia.

Bancos se dão bem (para variar)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Sepúlveda Pertence suspendeu todas as ações judiciais que contestam a regras de conversão do Plano Real.

A decisão é uma vitória dos bancos e do governo, que poderiam sr condenados a pagar dezenas de bilhões de reais caso a Justiça concedesse liminares para rever os índices aplicados na conversão da moeda.

Apenas para o Tesouro Nacional e prejuízo seria de R$ 26 bilhões e 500 milhões de reais.

Razão das ações

Entre junho e agosto de 1994, o governo usou o IGP-2 para corrigir contratos, títulos públicos e aplicações em CDB.

Existem milhares de ações pedindo a aplicação do IGP-M.

A diferença de 50% entre esses índices é que levaria o governo e os bancos a pagar a diferença de bilhões.

As empresas também poderiam pedir a revisão de seus tributos, corrigidos pelo IGP-2.

Conclusão: No Brasil não existe mesmo Segurança do Direito (que é a Democracia): o governo faz o que bem entende, e a Justiça é leniente.

Fazendeiro justiçado

O governo de Minas será obrigado a indenizar o advogado João Alves de Oliveira, de 55 anos, em R$ 321.610, por danos materiais.

Sua fazenda, em Unaí (região Noroeste), foi invadida em 2003 e depredada pelo MST.

O estado foi acusado de omisso ao não assegurar a reintegração da propriedade.

Quem bateu o martelo foi a 3ª Vara da Fazenda Estadual.

A “Águia” te pegou...

A pressão do governo norte-americano criou problemas para uma liderança do Movimento dos Sem Terra.

Jaime Amorim foi detido ao sair do velório de um dos sem-terra assassinados domingo.

A prisão preventiva foi decretada por causa da participação do coordenador do MST em ato de vandalismo no Consulado Americano, em novembro passado.

Jesus e o Presidente

Piadinha que circula na internet:

O Presidente discursava para dezenas de milhares de pessoas no Anhangabaú, em SP, quando de repente aparece Jesus Cristo baixando lentamente do céu.

Quando chega ao lado do Presidente, Jesus lhe diz algo ao ouvido e logo o Presidente devolve à multidão:

- Atenção companheiros! O companheiro Jesus Cristo aqui quer dizer umas palavras para vocês.

Jesus pega o microfone e inicia uma pregação:

- Povo brasileiro: este homem, que tem barba como eu, não lhes deu o pão do conhecimento da mesma forma que eu fiz?

O povo responde:

- Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim!

- Não é verdade que, assim como eu multipliquei os pães e peixes para dar de comer a todos, este homem inventou um tal de fome zero para que todos pudessem se alimentar?

- Siiiiiiiiiiiiiiiiiiim! - respondeu o povão.

- Não é verdade que assegurou tratamento médico e remédios para os pobres, assim como eu curei os enfermos?

O povo grita:

- Siiiiiiiiiiiiiiiiiim!

- Não foi traído por companheiros de partido, assim como eu fui traído por Judas?

O povo então gritou ainda mais forte:
- Siiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiim!

Ao que Jesus finaliza com chave de ouro:

- Então o que vocês estão esperando para crucificá-lo?

Vida que segue...

Novas informações a qualquer momento.

Recramasões, ilogius ou revelasões bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br

Faça comentários clicando no link abaixo.

Ouça as informações clicando no link da rádio (podcast) Alerta Total:
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal/

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

2 comentários:

Unknown disse...

Serrão,

Seus posts são perfeitos precisamos continuar denunciando, mesmo sabendo que já vivemos numa ditadura.

Campanha de mentira, eleição de mentira, mídia da mentira.

Elói Pietá do PT em Guarulhos fraudou as eleições em 2004 para continuar a frente da prefeitura, sem a fraude a eleição iria para o segundo turno, foi assim que o PT, partido do crime chegou ao poder e assim pretende continuar.

Ruptura e invasão dos sistemas de votação eletrônicos.

http://www.brunazo.eng.br/voto-e/textos/guarulhos04.pdf

O presente relatório conclui por determinar que, de fato,
houve vício insanável, fraude e manipulação dos resultados da
votação realizada por meio das urnas eletrônicas em 3 de
outubro de 2004, tudo devidamente demonstrado e comprovado
pela documentação anexa.

A grande mídia já comprometida com a ditadura que se instalou no Brasil esconde do povo brasileiro que esta sendo roubado, enganado e seus direitos estão sendo desrespeitados.

Anônimo disse...

Deixo aqui um convite e uma convocação:



Quem quiser acompanhar e debater as questões polêmicas que a disputa eleitoral para o governo de Minas Gerais traz, deve acessar o MinasBlog. Basta clicar no link a seguir: http://www.itvmg.org.br/minasblog O MinasBlog é um espaço democrático, informativo e interativo.



Se você quer saber o que pensam políticos, artistas, intelectuais e acadêmicos sobre o assunto, também vai encontrar no MinasBlog uma série de artigos, entrevistas e comentários de pessoas que realmente sabem o que dizer sobre cada área em particular, além de uma cobertura diária sobre o que a mídia não quis comentar.



MINASBLOG -> http://www.itvmg.org.br/minasblog