segunda-feira, 14 de agosto de 2006

ONG ligada à CIA manda dossiê para Lula e para o Senado denunciando corrupção nos três poderes que financia o terrorismo no Brasil

Edição de Segunda-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça também o Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal
Edição em áudio a partir de Meio-dia.

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

Exclusivo – Os estrategistas do Palácio do Planalto entraram em pânico com o teor explosivo de um documento também enviado ao Senado, na quarta-feira passada, pela entidade denominada “Para o Bem da América Latina”, abastecida de informações pelo serviço internacional da CIA, a agência central de inteligência dos Estados Unidos. A entidade enviou ao presidente Lula da Silva e aos senadores um dossiê denunciando que a corrupção no Brasil está financiando o crime organizado e o terrorismo.

O documento cita nominalmente os responsáveis por uma grande movimentação de “dinheiro sujo” que sai do Brasil para o exterior. Foram denunciados: três governadores, 25 deputados, 178 prefeitos, 133 desembargadores e 245 juízes. A entidade calcula que a rede de corrupção conte com 2.500 funcionários dos poderes Judiciário, Legislativo e Executivo. O maior problema é que o esquema estaria financiando a ação de grupos terroristas, que promovem as recentes ações de guerrilha urbana no País.

O documento ao Senado deixa bem claro: “O relatório é para alertar todos os senadores sobre a real situação que a Presidência da República está omitindo, por conta da campanha eleitoral. A maior cidade da América do Sul está sitiada por uma célula terrorista. Esperam-se ataques de grandes proporções até as eleições”. O quadro preocupa a “Águia”. A Secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, manifestou semana passada, por telefone, ao presidente George W. C. Bush, sua preocupação com situação política e do avanço do terror no Brasil.

Jornais norte-americanos já colocam o Brasil em sexto lugar na preocupação com redes de terrorismo. Os EUA temem que células terroristas que atuam junto com a organização criminosa Primeiro Comando da Capital tenham ligações com grupos muçulmanos e da Europa, como o IRA (Exército Republicano Irlandês) e o ETA (grupo separatista basco). Os guerrilheiros daqui do Brasil estariam recebendo ordens vindas da Colômbia e da Venezuela. As armas viriam do Paraguai, onde foi recentemente desbaratada uma “célula de fornecedores”. O armamento entraria pelos estados do Paraná e Mato Grosso.

Uma prova da ação organizada dos terroristas, nos moldes europeus ou do Oriente Médio, foi o seqüestro do repórter da Rede Globo em São Paulo, Gulherme Portanova. Ele foi libertado aos 30 minutos desta segunda-feira, no bairro do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo. Ficou em poder dos bandidos deste às 8 horas da manhã de sábado, quando foi dominado junto com o auxiliar técnico Alexandre Calado, que foi solto antes para cumprir uma missão dos bandidos.

A libertação do jornalista dependeria da divulgação de um vídeo, de 3 minutos e 5 segundos de duração, por suposta ordem do PCC. A Globo obedeceu seguindo os conselhos de sua consultoria de segurança, que é ligada ao serviço secreto inglês. No DVD, exibido pela TV Globo de São Paulo, à 0h 28min de domingo, um criminoso faz críticas ao sistema penitenciário brasileiro. O marginal, supostamente ligado ao PCC, defende um mutirão para revisão de penas, melhores condições carcerárias, e contra o RDD (Regime Diferencial Disciplinado).

O PCC paulista já é considerado uma célula terrorista mais forte que o Hezbollah que é combatido por Israel, no Líbano. O relatório da ONG ligada à CIA e à Direção Nacional de Inteligência dos EUA ressalta que o presidente Bush está preocupado com Cuba, com a Venezuela e agora com o Brasil. Não será surpresa se, ao longo desta semana, o presidente Lula da Silva receber uma ligação da Casa Branca, advertindo sobre o problema, e cobrando uma solução enérgica contra a organização dos terroristas, sobretudo na tríplice fronteira entre o Brasil, a Argentina e o Paraguai.

Ataque ao governo petista

O relatório da “águia” deixa claro aos senadores e ao próprio governo brasileiro que as recentes mega-operações da Polícia Federal, com prisões de desembargadores, políticos e até de militares, causou estarrecimento ao serviço de inteligência norte-americano.

A entidade considera evidentes os indícios de exploração política nas operações da PF, “em função da situação de um governo que está enlameado na corrupção e que nos últimos momentos começa uma caça às bruxas, jogando com relatórios sobre denúncias de corrupção que há anos já se sabia”.

O relatório aponta que a situação é muito mais grave do que a indicada pelo Secretário de Segurança de São Paulo, Saulo Abreu de Castro, que foi ameaçado de processo por sugerir que haveria ligações entre o Partido dos Trabalhadores e o Primeiro Comando da Capital – fato que foi repudiado pelo presidente Lula da Silva e por seu partido.

Terroristas importados

O relatório critica o fato de vários cidadãos supostamente brasileiros, de origem libanesa e religião muçulmana, terem voltado do Líbano ao Brasil, sem critérios de segurança, em aviões da Força Aérea Brasileira, como se tudo fosse simplesmente uma ação político e diplomática.

A entidade ligada à CIA informa que o embaixador do Brasil na ONU foi advertido do problema.

Mas ele ponderou que nada poderia ter feito, já que havia mulheres e crianças entre as famílias que moravam no Líbano sob ataque, e o governo brasileiro não pôde identificar quem seria ligado a determinado grupo terrorista.

Na quarta-feira, aeroportos brasileiros receberam alertas de segurança, e aviões norte-americanos e ingleses saíram depois de seguir rigoroso esquema de segurança.

Crítica ao Exército

O relatório reclama que o Exército Brasileiro não se pronuncia sobre o caso do terrorismo.

Também destaca que o presidente Lula, para se resguardar de acontecimentos mais graves, começou agora a desfechar uma contra-proposta ao governador Lembo para que se coloque Exército na rua contra o crime.

O relatório da ONG ligada à CIA questiona se o EB tem condições de colocar 10 mil homens mal equipados e sem treinamento contra essas células-terroristas.

Pondera que os EUA não conseguem combater terroristas no Iraque, e que o Mossad (serviço secreto israelense) tem dificuldades para combater 12 mil terroristas que usam armas da época da segunda guerra mundial.

O dossiê faz referência às dificuldades do EB no Haiti, com armamentos fora de validade, projetis vencidos e carros de combate com constantes defeitos.

O relatório denuncia que, recentemente, o Brasil ajuda de munição do Paquistão e da França, pois a munição brasileira estava vencida.

Pressão sobre os militares?

O governo Lula está mesmo fazendo pressão psicológica sobre os militares que atuam ou moram no Estado de São Paulo, para convencê-los da necessidade de intervenção da força, neste momento, no combate ao crime – o que vem sendo rechaçado pela maioria dos oficiais.

Dentro da política de “convencimento”, o Comandante do Exército, General Francisco de Albuquerque, vai se reunir nesta segunda-feira, a partir das 13 horas, com 500 oficiais da ativa e da reserva.

Curiosamente, o encontro acontecerá no Círculo Militar – e não na sede do Comando Militar do Sudeste, cujo Quartel-General fica no Ibirapuera, em São Paulo.

Campanha contra os militares?

Militares identificam que tem um dedo político, na tentativa de desmoralizar as Forças Armadas, o estouro da denúncia de fraude na compra de alimentos, que provocou a prisão de 30 pessoas, entre eles 10 oficiais.

Em um ano de investigação, a quadrilha fraudou licitações que movimentaram R$ 126 milhões.

Os defensores do EB lembram que entre os 18 mil oficiais hoje na ativa, o índice de desvio de conduta é de 0,16%.

E aproveitam para dar o recado que tal feitiço pode acabar virando contra os feiticeiros...

A picada da Saúva

A Operação Saúva da Polícia Federal prendeu o coronel Vitor Augusto de Felippes, no Rio Grande do Norte; o tenente- coronel Omar Santos, em São Paulo; o tenente-coronel Francisco Nilton de Souza Júnior, no Ceará; o capitão Erick Correa Baduíno de Lima, no Distrito Federal; e o capitão Carlos Alberto Teixeira Ramos, no Rio de Janeiro.

Os outros cinco militares detidos em Manaus foram o capitão Henrique dos Santos Botelho, o capitão Fábio José Capechi, o segundo-sargento Francivaldo da Costa Gomes, o terceiro-sargento Joelson Freitas de Jesus e o terceiro-sargento Silva Alexandre da Silva Souza.

Todos são acusados de participação do esquema de fraude em licitações para a compra de gêneros alimentícios para o Exército junto com empresários e servidores públicos civis e militares.

A precisão da bomba no MP

Tal informação não consta do relatório da ONG ligada à CIA ao Senado brasileiro, e que é a mais nova fonte de irritação do governo brasileiro.

Mas um especialista em explosivo das Forças Armadas brasileiras garante que a bomba que explodiu com a porta de ferro do Ministério Público de São Paulo, na semana passada, foi obra de especialistas em manipulação da fórmula de nitroglicerina.

O mesmo especialista revela que apenas um grupo terrorista urbano do mundo tem capacidade de promover uma explosão com tamanha precisão: o IRA, da Irlanda do Norte, acostumado a ações deste tipo, no Reino Unido.

O Império Global contra-ataca

A Rede Globo ignorou o governo federal brasileiro, e também não consultou a Polícia ou o governo de São Paulo no seqüestro de seu funcionário.

A família Marinho preferiu apelar aos maiores especialistas internacionais em segurança para saber como agir no caso extremo do seqüestro de um profissional de sua equipe de jornalismo.

A emissora informou que cumpriu as exigências dos seqüestradores por orientação de duas organizações sabidamente ligadas ao M-16 (o serviço secreto da Inglaterra).

São eles o International News Safety Institute (INSI, sediado em Bruxelas e coordenado por Luzia Rangel na América Latina), e o The Ake Group Ltd (empresa especializada em gestão de riscos e resgate de empresários em seqüestros, que tem sedes em Londres, Washington, Sidney e Bagdá).

Nos EUA, as duas entidades são famosas por treinar “mercenários” em Atlanta, na Geórgia, para ações contra-terroristas.

Perguntas idiotas

Por que a Globo não entrevistou alguém da Polícia Federal e do Ministério da Justiça para falar do seqüestro de seu funcionário?

Por que a direção da Globo preferiu confiar mais na avaliação da INSI e do The Ake Group?

Qual será a postura política da Globo contra o governo do crime organizado, depois dos recentes acontecimentos?

Autoridades incompetentes

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Roberto Busato, classificou de hediondo o seqüestro do jornalista da Rede Globo, pelo fato de atentar contra pessoas no exercício de sua função.

É revoltante e espantosa a incompetência das autoridades brasileiras no combate ao crime organizado”.

O presidente da OAB não disse, mas está na hora de a sociedade brasileira compreender que o conceito doutrinário de crime organizado é a sinistra associação objetiva de criminosos formais de toda a espécie com membros dos poderes estatais, para a prática de ações delituosas, utilizando a corrupção sobre as instituições republicanas como o principal meio para atingir seus fins.

Atentado político

O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, avaliou que o seqüestro do repórter Guilherme Portanova, da TV Globo, tem todas as características de "atentado político".

"Não vou fazer nenhum comentário enquanto o crime não for resolvido. Quero apenas transmitir solidariedade à família e aos profissionais de imprensa".

Alckmin preferiu não dar explicações sobre a afirmação, nem analisar o caso para não "prejudicar a vítima".

Vídeo politizado do PCC

O DVD que a Rede Globo foi obrigada a exibir, por suposta inspiração do PCC, mostra o elevado nível político e intelectual dos “marginais”.

Ou, então, comprova que o tal PCC é mesmo um “laranja”, com pessoal bem treinado por outros grupos políticos, ligados ao Foro de São Paulo – como revelam os serviços de inteligência das Forças Armadas e da própria Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Veja a íntegra do texto do PCC:

"Como integrante do Primeiro Comando da Capital, o PCC, venho pelo único meio encontrado por nós para transmitir um comunicado para a sociedade e os governantes.

A introdução do Regime Disciplinar Diferenciado [RDD] pela Lei 10.792/2003, no interior da fase de execução penal, inverte a lógica da execução penal.

É coerente com a perspectiva de eliminação e inabilitação dos setores sociais redundantes, leia-se "a clientela do sistema penal", a nova punição disciplinar inaugura novos métodos de custódia e controle da massa carcerária, conferindo à pena de prisão o nítido caráter de castigo cruel.

O Regime Disciplinar Diferenciado agride o primado da ressocialização do sentenciado vigente na consciência mundial desde o ilusionismo e pedra angular do sistema penitenciário, a LEP.

Já em seu primeiro artigo, traça como objetivo do cumprimento da pena, a reintegração social do condenado, a qual é indissociável da efetivação da sanção penal.

Portanto, qualquer modalidade de cumprimento de pena em que não haja constância dos dois objetivos legais --castigo e a reintegração social--, com observância apenas do primeiro, mostra-se ilegal, em contradição à Constituição Federal.

Queremos um sistema carcerário com condições humanas, não um sistema falido, desumano, no qual sofremos inúmeras humilhações e espancamentos.Não estamos pedindo nada mais do que está dentro da lei. Se nossos governantes, juízes, desembargadores, senadores, deputados e ministros trabalham em cima da lei, que se faça justiça em cima da injustiça que é o sistema carcerário, sem assistência médica, sem assistência jurídica, sem trabalho, sem escola, enfim, sem nada.

Pedimos aos representantes da lei que se faça um mutirão judicial, pois existem muitos sentenciados com situação processual favorável, dentro do princípio da dignidade humana.O sistema penal brasileiro é, na verdade, um verdadeiro depósito humano, onde lá se jogam seres humanos como se fossem animais.

O Regime Disciplinar Diferenciado é inconstitucional. O Estado Democrático de Direito tem a obrigação e o dever de dar o mínimo de condições de sobrevivência para os sentenciados.

Queremos que a lei seja cumprida na sua totalidade. Não queremos obter nenhuma vantagem. Apenas não queremos e não podemos sermos (sic) massacrados e oprimidos.

Queremos que: 1 - As providência sejam tomadas, pois não vamos aceitar e não ficaremos de braços cruzados pelo que está acontecendo no sistema carcerário.

Deixamos bem claro que nossa luta é contra os governantes e os policiais. E que não mexam com nossas famílias que não mexeremos com as de vocês. A luta é nós e vocês!"

Inspiração para o texto

Trechos do comunicado do PCC foram extraídos de um parecer do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária do Ministério da Justiça.

O plágio expressa o argumento técnico contra o tratamento excepcional dado aos líderes do PCC.

No texto original do governo está escrito: De pronto, ressalta que o Regime Disciplinar Diferenciado agride o primado da ressocialização do sentenciado, vigente na consciência mundial desde o iluminismo e pedra angular do sistema penitenciário nacional, inspirado na Escola da Nova Defesa Social. A LEP, já em seu primeiro artigo traça como objetivo do cumprimento de pena a reintegração social do condenado, a qual é indissociável da efetivação da sanção penal. Portanto, qualquer modalidade de cumprimento de pena em que não haja a concomitância dos dois objetivos legais, o castigo e a reintegração social, com observância apenas do primeiro, mostra-se ilegal e contraria a Constituição Federal”.

O redator dos bandidos trocou o termo “iluminismo” por “ilusionismo”.

Padrão PCC de terrorismo

O especialista em terrorismo pelo Colégio Interamericano de Defesa (EUA), major André Luís Woloszyn, atesta que o PCC adota uma estratégia terrorista em suas ações.

Uma das características das ações terroristas é a imprevisibilidade aliada à arbitrariedade. As ações ocorrem repentinamente em diversos locais e sem aviso prévio, o que provoca pânico pela sensação de insegurança, fruto de uma suposta vulnerabilidade permanente. Outra questão que reforça essa tese é que, no mundo, quase a totalidade dos grupos terroristas assumem a autoria dos atentados logo após praticá-los. Fazem isso como forma de atrair a mídia e reforçar, reafirmar o poder que o grupo tem. Essa estratégia dificulta a ação do poder público por sua imprevisibilidade de alvos, pela natureza indiscriminada dos ataques. Ataques simultâneos a alvos diferentes elevam o nível de estresse das forças policiais, que aguardam uma próxima ação em local indeterminado”.

Analista de inteligência estratégica pela Escola Superior de Guerra e especialista em ciências penais, Luís Woloszyn defende que o combate efetivo à organização criminosa requer a criação de leis que definam e punam o terrorismo.

Do contrário, o especialista militar avalia que o cenário pode piorar.

Ação urgente

O major Luís Woloszyn tem várias sugestões objetivas para atacar o problema:

Programas de inclusão social, incremento e tecnologia da inteligência policial, reaparelhamento e treinamento das forças policiais, mudança na legislação penal – como tipificar os crimes de terrorismo e crime organizado, prevendo uma sanção - são algumas medidas”.

O analista militar considera que o PCC possui vários objetivos por trás de suas ações.

O primeiro é a desestabilização política do governo estadual. Segundo, uma demonstração de força, com um alerta: "Caso não nos atendam, temos força suficiente para transformar o Estado num palco de violência". Isso leva a um descrédito com relação aos governos”.

A evolução dos fatos, segundo o militar, requer uma tomada de decisão urgente.

Discurso religioso do crime

Um outro pesquisador das ações do PCC, o teólogo Leonardo Boff, ex-frade da Igreja Católica e que foi um dos protagonistas da expansão das Comunidades Eclesiais de Base no Brasil, observa que os criminosos estão se apropriando dos termos das CEBs.

O teólogo acredita que a politização do discurso e a conscientização dos presos e criminosos é uma realidade que não pode ser negada.

O perigo é que, para que a violência cesse, na opinião de Boff, os marginais devem ser ouvidos:

"Os universitários, sociólogos, antropólogos, psicanalistas, devem voltar às periferias. Há um fato novo e precisamos compreendê-lo para sermos capazes de enfrentar o desafio. E se os presos estiverem certos? Será que não devemos ouvir para pensar como mudar a sociedade para melhor?"

Por conta de sua militância, influenciada por idéias marxistas, Leonardo Boff foi punido com o silêncio obsequioso pela Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, comandada na época pelo cardeal Joseph Ratzinger, que é o atual Papa Bento XVI.

A punição levou o frade a se desligar da Igreja Católica.

Recado do Imperador a um policial

O Imperador do Rio, ave Ceasar Maia, traz mais um recado enigmático em seu ex-blog a um poderoso candidato a deputado, também ligado ao grupo de Antony Garotinho.

Garante-se na Polícia Federal que nas investigações ao jogo proibido de maquininhas, os grampos destacaram uma ex-autoridade policial do Estado do RJ, que anda atrás de imunidade parlamentar estadual”.

Aliás, está todo mundo estranhando: por que o escândalo que estourou em Rondônia também não explodiu no Rio de Janeiro, no Espírito Santo, no Mato Grosso e em Roraima?

Quem está sendo salvo?

Um acordo secreto e quase inexplicável entre o ex-governador Antony Garotinho e a Presidência da República petista conseguiu retirar o nome de um importante parlamentar do Estado do Rio da lista negra da máfia das sanguessugas.

Mas o milagre pode durar pouco, já que existem provas concretas do envolvimento do político.

Não será surpresa se o nome do deputado voltar para a boca do sapo.

Sanguessugas salvos

A CPI dos Sanguessugas absolveu 18 parlamentares suspeitos de envolvimento com fraudes na compra de ambulâncias, embora onze deles estejam sob investigação pelo Ministério Público Federal.

Os inquéritos tramitam em segredo de Justiça no Supremo Tribunal Federal.

Todos foram abertos a pedido do procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, por considerar que há indícios que precisam ser apurados, junto com mais 46 pedidos.

Os deputados salvos pela CPI, mas investigados pelo MP, são: Teté Bezerra (PMDB-MT), Itamar Serpa (PSDB-RJ), Jefferson Campos (PTB-SP), Dr. Heleno (PSC-RJ), Eduardo Gomes (PSDB-TO), Benedito de Lira (PP-AL), Mário Negromonte (PP-BA), Nélio Dias (PP-RN), Ribamar Alves (PSB-MA), Fernando Estima (PPS-SP) e Zelinda Novaes (PFL-BA).

Briga da deputada

A deputada federal Laura Carneiro (PFL/RJ) não se conforma que seu nome esteja incluído na lista dos sanguessugas, embora não apareça no depoimento de Darci Vedoin, dono da Planam – empresa que vendia ambulâncias a preços superfaturados às prefeituras, prestando socorro ao bolso de muitos políticos corruptos.

Laura Carneiro assegura que já provou à CPMI das Ambulâncias a sua inocência, apresentando as provas negativas dos fatos que está sendo acusada, mas reclama que a CPMI, como admitiu o próprio relator, não considerou o contraditório apresentado pelos deputados.

O julgamento foi feito sem examinarem as defesas. Eu provei que não houve nenhum depósito na conta de minha assessora e o relator não deve ter tido nem tempo físico para analisar essa prova. Se tivesse, com certeza meu nome não estaria nessa lista

Laura lembra que aprendeu com o pai, Senador Nelson Carneiro, que “tudo que o dinheiro compra é barato, mas que dinheiro nenhum do mundo compra a nossa história e a nossa honra”.

Dirceu, o blogueiro

O renomado consultor internacional de empresas e famoso advogado José Dirceu de Oliveira e Silva, que consegue o milagre de arranjar tempo para escrever um blog (o que deixa pobres blogueiros apavorados diante da concorrência de tão experiente jornalista), resolveu detonar os editores do Jornal Nacional, o casal William Bonner e Fatima Bernardes, por entrevistarem o presidente Lula, na semana passada, tratando-o como “candidato Lula” e não como “presidente”.

José Dirceu expressou sua opinião:

A primeira imagem que ficou é de um presidente muito tenso. Trocou várias palavras, ética por corrupção, milhares por milhões e salário por inflação – este último equívoco corrigiu a tempo, até porque ele é o presidente do emprego e do aumento dos salários, com controle da inflação e queda dos juros nominais (ainda que o real ainda seja o maior do mundo)”.

José Dirceu preferiu desafiar: ”Parece que a Rede Globo está querendo provar que é independente, de quem? No mérito, a entrevista foi centrada na questão da denúncia do procurador-geral da República, denúncia que ainda não foi examinada pelo Judiciário, no caso o Supremo Tribunal Federal; portanto, não existe um processo. A verdade é que a denúncia pode ser rejeitada e arquivada ou aceita, e os denunciados serão processados e podem ser condenados ou absolvidos”.

Caso exemplar?

José Dirceu considera seu caso exemplar: “Fui denunciado pelo irmão do ex-prefeito assassinado de Santo André, companheiro Celso Daniel, e o Ministério Público de São Paulo, com apoio do MP Federal, aceitou a denúncia de receptação de recursos ilegais. O STF não permitiu a investigação por absoluta falta de elementos. Mesmo assim, durante quatro anos, toda a mídia me acusou, processou e julgou. No mês passado, o mesmo irmão do ex-prefeito se retratou em juízo – parte da mídia registrou a retratação em pé de página, e parte, incluindo o Jornal Nacional, não noticiou absolutamente nada”

José Dirceu segue se defendendo: “O mesmo se repetiu no famoso caso que ficou com o nome de Waldomiro Diniz, meu ex-subchefe na Casa Civil. Duas CPIs, da Loterj e dos Bingos, investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro e do MP federal, inquéritos da Polícia Civil do RJ e da Polícia Federal. Não há nada que me envolva, fui totalmente inocentado. Só que a mídia, à revelia do processo legal, me processou, acusou e julgou. E agora, também já fui julgado e processado? Não sou chefe de quadrilha. Fui, sim, denunciado e vou provar minha inocência, ainda que o ônus da prova caiba ao acusador, no caso a CPI dos Correios e o MP federal, que me denunciaram sem apresentar nenhuma prova”.

No final, o blogueiro Dirceu manifesta seu maior sonho: “Espero que William Bonner e a Rede Globo divulguem minha defesa e me dêem o direito de um julgamento justo no STF. Só isso”.

Pegando o Zé pelo pé

O grupo Mãos Limpas fez uma leitura atenta do blog do José Dirceu e encontrou argumentos dele que colidem com a verdade objetiva dos fatos. O Zé escreveu:

“A Polícia Federal realizou na última sexta-feira mais uma grande ação, a Operação Saúva. Com isso, a lista de operações de combate à corrupção não pára de crescer, numa clara demonstração de que o governo Lula tem atacado as irregularidades na administração pública desde muito tempo. Hoje, o Correio Braziliense lembra que "a PF contabilizou, até julho deste ano, a prisão de 137 servidores públicos de um total de 728 pessoas detidas por envolvimento em corrupção". Por isso há uma maior percepção da corrupção, fazendo com que alguns – a oposição, em particular – passem a acusar o governo, em vez de entender que é o governo quem está desmantelando esquemas históricos”.

Cartas na mesa do Mãos Limpas

O jornal da entidade contra a corrupção acerta na canela do Zé:

1. De fato a Polícia Federal tem feito um excelente trabalho, o que é mérito dela e não de Lula. Você se esqueceu Zé de que Lula estava preocupado com as iniciativas autônomas da Polícia Federal.

2. 728 pessoas detidas dá a impressão ao público que a corrupção está sendo debelada. Você sabe quantos bilhões são roubados por ano dos cofres públicos? Quanto o Governo Lula já conseguiu reaver do dinheiro roubado?

3. Há maior "percepção" da corrupção? Desde quando "percepção" resolve alguma coisa? Esse discurso tá furado, Zé. Com a classe média você não vai conseguir nada. E quanto aos pobres , eles só querem saber do bolsa-miséria.

4. O seu maior blefe deste pôquer aberto de hoje foi o seguinte:

"é o governo quem está desmantelando esquemas históricos"

Você está com amnésia petista, Zé. O próprio Lula mandou seus auxiliares
não vasculharem a corrupção do Governo FHC. Já vi que você é fraquinho no pôquer. Não é assim que se blefa Zé. Qualquer um paga a sua aposta e deixa você nu. Acompanhe esta série especial do Jornal Eletrônico do Mãos Limpas que talvez você aprenda a jogar pôquer. Além disso a nossa equipe poderá lhe proporcionar uma verdadeira reciclagem política. Você está ainda no século XX, Zé. Conhce as estratégias do século XXI?

Vingança contra o burrocrata

Um outro blogueiro (ou melhor, ex-bloqueiro bem mais experiente), o Imperador do Rio, ave Ceasar Maia aí de novo, resolveu lançar suas baterias de ataque contra um burocrata do governo federal petista que passou o ano passado, segundo ele, perseguindo prefeituras de partidos de oposição, incluindo-as na lista negra do SIAFI.

Quem colocava era um tal Jairo Langoni Carvalho, que, à época, coordenava o setor de Prestação de Contas (CPCONT) da DICON-RJ. Atendia-se à lista de pendências e o Langoni arranjava sempre um jeito de apresentar novas situações a cumprir. Parecia uma maratona”.

Maia lembra que hoje o burocrata está denunciado pela Polícia Federal, por problemas na liberação de verbas em convênios para municípios amigos do PT ou governados pelo partido.

Problemas a jato

O senador Antônio Carlos Magalhães está dando graças ao seu senhor do Bonfim por não pegar carona em jatinhos – já que uma das empresas de sua família, a Rede Bahia, tem sua própria aeronave, apelidada nas torres de controle dos aeroportos de “Tabajara One” – pois sempre tem pressa para pousar e decolar.

Mas muitos outros senadores estão preocupados com possíveis revelações do banqueiro Daniel Dantas, controlador do Opportunity, sobre a quantidade de caronas que muitos parlamentares pegaram em jatinhos alugados pela operadora de telefonia Brasil Telecom.

Alguns temem que seja revelada a escandalosa ligação deles na briga pelo controle acionário da empresa, sobretudo nas jogadas envolvendo fundos de pensão que também são acionistas da Brasil Telecom.

Assalto no ar

A Agência Nacional de Aviação Civil, cujos cargos são ocupados por gente de confiança do partido hoje no poder, resolveu detonar o bolso dos pilotos civis brasileiros.

Pela renovação semestral de um exame médico (CCF-Certificado de Capacidade Física) que um PLA (Piloto de Linha Aérea) com mais de 40 anos de idade, cobrava-se R$ 56,23 nos tempos do Departamento de Aviação Civil comandado pelos militares da Força Aérea.

Mas tal taxa subiu para R$ 950,00 com a criação da ANAC.

A renovação da Licença de Vôo deste mesmo PLA ou qualquer piloto que licença de vôo por instrumentos subiu de R$ 110,50 (no DAC) para R$ 1.389,00 na era ANAC.

Como o piloto precisa de duas licenças - uma médica e outra profissional -, a cada seis meses, ele é obrigado a morrer em R$ 2.339,00.

Problemas constitucionais

O Brasil tem um texto constitucional extremamente prolixo (344 artigos e 58 emendas em 18 anos.

Os Estados Unidos da América têm 7 artigos e 26 emendas na Constituição americana, com seus 219 anos de vida).

No momento, tramitam no Parlamento brasileiro nada menos que 1.600 projetos de emenda constitucional para apreciação.

Quem faz o alerta é o jurista Ives Gandra da Silva Martins, professor emérito das Universidades Mackenzie, UniFMU, Unifieo e da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército.

Código neles

Os bancos não gostaram da declaração do novo ministro do Superior Tribunal de Justiça, Antônio Herman de Vasconcellos e Benjamim, um paraibano de 48 anos.

Antonio Herman, que dedicou sua carreira ao MP-SP e ajudou a elaborar o CDC (Código de Defesa do Consumidor), defende que o código seja aplicado também aos bancos e instituições financeiras – como já decidiu o Supremo Tribunal Federal.

"Seria um grande avanço aplicarmos o CDC no que se refere à publicidade feita pelas instituições financeiras, ou aplicar os dispositivos que tratam das cláusulas abusivas dos contratos às instituições financeiras, ou aplicar os dispositivos aos bancos de dados do SPC e Serasa aos serviços bancários”.

O novo ministro será empossado no dia 5 de setembro para integrar a 2ª Turma e a 1ª Seção do tribunal, na vaga aberta com a aposentadoria do ministro Edson Vidigal.

Na telinha com o Guida

Amanhã, às 20 h, Fernando Guida recebe a deputada Denise Frossard, candidata ao Governo do Estado do Rio, em seu programa de tv pela internet, o Ecologia e Cidadania, em http://www.interativawebtv.com.br/.

Basta entrar em http://www.interativawebtv.com.br/ e o programa aparece na tela.

O Canal 36 da NET também transmite o Ecologia e Cidadania, às quartas e sextas-feiras, às 20 h, para as cidades de São Gonçalo e Niterói, no Estado do RJ.

80 anos de Fidel

O presidente de Cuba, Fidel Castro, completou seus 80 anos ontem, recebendo a visita de seu principal aliado político e econômico, o presidente da República Bolivariana da Venezuela, Hugo Chávez.

O brasileiro Frei Betto está em Cuba para saber como anda o estado de saúde do amigo, que não aparece em público desde 26 de julho, quando foi obrigado pela primeira vez, em 47 anos, a passar o poder a seu irmão Raul Castro.

Não se sabe se outro amigo de Fidel, o consultor de empresas, advogado e blogueiro José Dirceu de Oliveira e Silva vai pegar um jatinho para saber se o amigo Fidel agüenta o tranco.

Vergonha do partido

A professora faz uma inocente pergunta na sala de aula:

- Pedrinho qual a profissão de seu pai?

- Advogado, professora.

- E a do seu pai, Marianinha?

- Engenheiro.

- E o seu, Aninha?

- Ele é médico.

- E o seu pai, Juquinha, o que faz?

Depois de muito pensar, o garoto, envergonhado, revela, com hesitação:

- Ele... Ele... Ele é dançarino numa boate gay!

- Como assim? - pergunta a professora, surpresa.

- Fessora, ele dança na boate vestido de mulher, com uma tanguinha minúscula de lantejoulas, os homens passam a mão nele e põem dinheiro no elástico da tanguinha e depois saem para fazer programa com ele.

A professora rapidamente dispensou toda a classe, menos Juquinha.

Ela caminha até o garoto e novamente pergunta:

- Menino, o seu pai realmente faz isso???

- Não, fessora. Agora que a sala tá vazia, eu posso falar! Ele é Dirigente do partido do governo, mas dá uma vergonha enorme falar isso na frente dos outros.

Vida que segue...

Novas informações a qualquer momento.
Recramasões, ilogius ou revelasões bomba para:
jorgeserrao@gbl.com.br

Faça comentários clicando no link abaixo.

Ouça as informações clicando no link da rádio (podcast) Alerta Total:
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal/

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

3 comentários:

Anônimo disse...

nunca vi tanta bravata sem provas na minha vida!
Palhaçada...

Anônimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. parental control http://www.oldsmobile7.info bdsm Hair removal recipe car cover pain relief tramadol jogging stroller provider dsl Total medicare expenditures Old computer game Withdrawal symptom of xanax software keys pressure washers Mont blanc perfumes levitra online consumer report clothes washers recommmended

Anônimo disse...

Acordo secreto de Lula com partido Baat da Siria, visita de Fidel encontros do Foro de São Paulo visita do Presidente do Ira para encontro com Srs. Moralez, Lula, Chavez, Ortega,e o Carniceiro de Havana estão a indicar grave momento para o continente realmente creio que a criação da União da Republicas Socialistas da America Latina está em plena execução.
ACORDEM TROUXAS