sexta-feira, 23 de março de 2007

Golpe Para Lamentar: Deputados dão a si mesmos até 68% de aumento, manipulando gastos sem comprovação

Edição de Sexta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com/

Ouça agora o novo podcast Alerta Total no seu computador.
http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

Adicione nosso blog e podcast a seus favoritos do Internet Explorer.

Por Jorge Serrão

A classe política deu ontem mais uma prova objetiva de que está totalmente desqualificada para o trato da coisa pública no Brasil, pois usa o poder em benefício do próprio bolso. Em mais um golpe institucional, os parlamentares dão a si mesmos um aumento de até 68% em seus ganhos mensais legais. Tudo graças a um projeto de um deputado do PT. O aumento beneficia Lula e seus ministros. O peso dos reajustes nas contas públicas será de R$ 765 milhões anuais.

Os gênios legislativos inventaram um salário indireto que varia de R$ 2.416,81 a R$ 5.416,81. O truque consiste em não ter de prestar contas destes valores para despesas pessoais e de locomoção. A variação é maior ou menor para quem recebe ou não auxílio moradia (outra mordomia dos políticos da Ilha da Fantasia). Caso o Congresso aprove o reajuste, o governo deverá propor aumento para os funcionários que ocupam cargos em comissão, direção e assessoramento.

Oficialmente, a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou um reajuste de 26,49% para os subsídios dos deputados e senadores, que poderão receber até R$ 21.667,23 mensais (graças ao truque o subsídio sem comprovação de nota fiscal). Isto significa 68% de aumento. Se não houver nova pressão popular – como aquela que barrou o aumento de 91% no final do ano passado -, Suas Excelências vão se dar bem – como sempre acontece – a custa do dinheiro público.

Com o reajuste de 26,49%, o salário dos parlamentares passa de R$ 12.847,20 para R$ 16.250,42. A proposta é que o aumento seja concedido a partir de março. A grana já estaria no contracheque parlamentar no início de abril. Além de elevar o próprio salário, os deputados da comissão aprovaram aumento de 26,49% para o presidente da República e ministros de Estado. O contracheque de Lula passaria de R$ 8,885 para R$ 11.239. Já o salário dos ministros (que Lula reclamou ser muito baixo esta semana) pulará de R$ 8.362 para R$ 10.578.

O “dando que si mesmo recebe” dos congressistas precisa agora ser aprovado no plenário da Câmara, e depois no Senado. Só não foi aprovado ontem porque alguns parlamentares se opuseram. O constrangido presidente da Câmara, o petista Arlindo Chinaglia, fingiu “ter sido pego de surpresa” e não pôs a proposta em votação. O deputado Virgílio Guimarães (PT-MG), autor do projeto de reajuste, defendeu que a correção equivale à inflação acumulada de janeiro de 2003, quando os salários foram reajustados pela última vez, a fevereiro de 2007.

A manobra mais indecente do reajuste foi permitir aos congressistas gastar com mais liberdade as verbas a que têm direito para bancar suas atividades políticas. Atualmente, cada parlamentar tem a cota de R$ 15.000 para despesas em seu Estado e contratação de pareceres. O projeto de Virgílio libera da comprovação de gastos de R$ 2.416,81 até R$ 5.416,81, dependendo se o parlamentar recebe ou não auxílio-moradia.

Paraíso Tropical?

A divulgação dessa notícia parece uma tentativa de aliviar a barra dos aumentos dos parlamentares e do presidente e seus ministros...

Os trabalhadores obtiveram aumento real acima da inflação em 86% das negociações salariais realizadas no ano passado.

O resultado é o melhor obtido nos últimos 11 anos, segundo comemora o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos.

O Dieese analisou 656 acordos salariais em 22 Estados.

Comerciários escravos

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, pretende enviar ao Congresso, até maio, um projeto de lei para regulamentar a abertura do comércio aos domingos.

Mas Marinho pretende antes conseguir um consenso entre trabalhadores e empresários.

Os comerciantes querem, mas os sindicatos dos trabalhadores reagem, historicamente, a tal idéia que já funciona, na prática, nos shoppings brasileiros.

Iludindo os militares

O Ministério da Fazenda do radical Guido Mantega mantém o sinal vermelho para a intenção de duplicar o orçamento da Defesa, que é uma piada no Brasil, para R$ 10 bilhões.

O governo finge que concluiu um plano de reaparelhamento das Forças Armadas que prevê investimentos de até R$ 16 bilhões na aquisição e modernização de equipamentos militares.

Após quase dez meses de discussões, o grupo de trabalho formado para discutir o assunto chegou a um impasse.

O Ministério do Planejamento e a Casa Civil dão sinal verde, mas a Fazenda, que tem realmente a grana, não.

Podem sonhar, militares

O relatório final prevê R$ 7,7 bilhões para atender as prioridades da Aeronáutica até 2012.

Outros R$ 4,3 bilhões seriam investidos na Marinha (até 2011) .

E mais R$ 4 bilhões iriam para o Exército até 2009.

O plano só não contempla reajuste para os defasados soldos militares.

Terrorismo fiscal

O governo aumentou a polêmica em torno da famigerada Emenda 3 que cria a Super Receita Federal.

Lula enviou ontem ao Congresso projeto de lei alternativo que amplia significativamente o poder da Receita Federal contra os contribuintes em geral, e não apenas contra prestadores de serviços que se organizam como empresas para pagar menos impostos.

O texto original da Emenda 3 impedia os fiscais de multar essas empresas, mas foi vetado pelo presidente Lula da Silva.

Informação privilegiada

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) admite que em 25% das fusões no País ocorrem vazamentos de informação que dão grandes lucros a especuladores espertos.

Um fundo de Delaware (EUA) e uma pessoa física são os principais alvos da investigação aberta pela CVM para apurar denúncias do vazamento de de informações privilegiadas na negociação com ações do grupo Ipiranga, no último dia 19, dois dias antes da divulgação da venda para o consórcio formado por Petrobras, grupo Ultra e Braskem, por US$ 4 bilhões.

Os dois supostos beneficiários da maracutaias já estariam com suas contas bloqueadas.

Pelo menos 26 se deram bem

As investigações preliminares da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) indicam que 26 investidores, entre pessoas físicas e jurídicas, podem ter feito uso de informação privilegiada para negociar ações de empresas do grupo Ipiranga.

A autarquia conseguiu bloquear os ganhos de dois desses investidores com uma ação cautelar em parceria com o Ministério Público Federal, para evitar que o dinheiro trocasse de mãos ou saísse do País.

As identidades dos investidores são mantidas em sigilo.

Mas o presidente da CVM, Marcelo Trindade, informou que as investigações deverão estar concluídas em até 90 dias.

Voracidade

O grupo Ultra quer avançar no Nordeste.

A empresa pensa em resgatar a marca Atlantic para atuar na região.

A empresa se tornou vice-líder na distribuição nacional de combustíveis ao adquirir 3.200 mil postos da Ipiranga, na parceria com a Petrobrás.

O Bem Cotado

O presidente Lula surpreendeu representantes do setor privado ao convidar, anteontem, o jornalista Miguel Jorge, de 62 anos, vice-presidente executivo do Banco Santander, para substituir Luiz Fernando Furlan no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Miguel Jorge já passou também por empresas como a Autolatina, que unia a Ford e a Volkswagen.

O nome dele não foi anunciado oficialmente pelo presidente.

Foram confirmados ontem Reinhold Stephanes no Ministério da Agricultura e Franklin Martins como secretário de Comunicação

Globo ressentida

A Rede Globo divulgou com toda mágoa editorial a notícia de que o jornalista Franklin Martins aceitou o convite do presidente Lula da Silva para ser o ministro encarregado da área de comunicação social do governo.

O formato da nova estrutura de comunicação do governo será definido até a próxima semana, quando Franklin tomará posse.

Ex-guerrilheiro que participou do seqüestro do embaixador norte-americano Charles B. Elbrick, para forçar o governo a libertar 15 presos políticos, em setembro de 1969, Franklin Martins vai cuidar das relações com a imprensa, publicidade e também do projeto de uma rede nacional pública de TV.

Franklin só não cumprirá a amarga missão de ser Porta-Voz do governo Lula...

Escândalo do Aeros/Aerus

A Câmara Municipal de Niterói promove na próxima segunda-feira, dia 26, às 16 horas, uma audiência pública para tratar da ação criminosa do governo nos Fundos de Pensão Aeros e Aerus, que prejudicou 8 mil aposentados do grupo Varig, Vasp e Transbrasil.

A intenção é pressionar a Secretaria de Previdência Complementar do Ministério da Fazenda a assumir suas responsabilidades na quebradeira dos fundos.

A SPC foi conivente com os 21 contratos repactuados com a Varig e com os 8 acordos renegociados com a Transbrasil que detonaram com a saúde financeira dos fundos Aeros e Aerus.

A turma dos direitos humanos não fala nada?

O jovem de 16 anos que, junto com dois comparsas, matou brutalmente o menino João Hélio, foi condenado pela Vara da Infância e Juventude à pena socioeducativa de quatro meses de internação.

Passado este período, o assassino será avaliado por uma junta de psicólogos e assistentes sociais, que poderão prorrogar a pena.

"Ele vai ficar uns seis meses, sair e matar outra pessoa".

Foi areação indignada da avó de João Hélio Fernandes.

A culpa é do Estatuto

A juíza da 2ª Vara da Infância e Juventude do Rio, Adriana Angeli de Araújo, determinou a punição máxima possível (internação em regime fechado) para o menor acusado de participar da quadrilha que assassinou barbaramente o menino João Hélio, de 6 anos, no dia 7 de fevereiro.

A medida de internação é a mais dura prevista pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.
Segundo a juíza, o adolescente foi reconhecido por três testemunhas como o menor que estava no banco de trás do carro que arrastou o menino - o que foi fundamental para determinar a sua participação no caso.

O jovem marginal ficará internado por no máximo três anos, mas a cada quatro meses será reavaliado, podendo ser solto.

Traficante e 171

Uma denúncia anônima levou policiais da delegacia Seccional de Taboão da Serra, em São Paulo, a prenderem um traficante de entorpecentes estava colocando dinheiro falso no mercado.
Alailton de Andrade Araújo, de 52 anos, foi detido em sua casa, no Capão Redondo, zona Sul da capital paulista.

Além de R$ 6 mil em notas falsas, foram encontrados com ele 2,5 quilos de cocaína, um quilo de maconha e munição de pistolas de calibre 45 e ponto 40.

Segundo a polícia o traficante costumava dar notas de R$ 10 e R$ 50 como troco para os usuários de entorpecentes.

Justiceira alemã

Uma juíza alemã Christa Datz-Winter usou o Alcorão para negar o pedido de divórcio feito por uma mulher muçulmana que se queixava da violência do marido.

A juíza alegou que o casal pertencia a uma cultura na qual os homens podem usar castigos corporais contra suas esposas.

Quando a mulher protestou no julgamento, a juíza Datz-Winter citou uma passagem do livro sagrado islâmico, o Alcorão, para sustentar seu arrazoado onde consta que "os homens são encarregados das mulheres".

O fórum administrativo de Frankfurt informou que estuda medidas disciplinares contra a juíza.

Ela foi afastada do processo de divórcio da mulher - uma alemã de ascendência marroquina, casada com um cidadão marroquino.

Só faltou a magistrada alemã citar Nelson Rodrigues, segundo o qual “Toda mulher gosta de apanhar. O homem é que não gosta de bater”... É a barbarie...

Vida que segue...

Fiquem com Deus!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Inteligente, inovador, fortemente analítico e propositivo, utilizando as mais modernas tecnologias para transmissão instantânea e eletrônica de informação privilegiada e análise estratégica, junto com a difusão de novos conhecimentos voltados para a construção e consolidação de novos valores humanos.

3 comentários:

Anônimo disse...

Há rumores de que, gente palaciana e seus afiliados se aproveitaram de informacoes confidenciais das bolsas e compraram com o "suado"dinheirinho muitas acoes da IPIRANGA.Como o caso semelhante do Vice José que ganhou R$4mi em3h.


ACORDA POVÃO!!!

O PRESENTE DO BRASIL ESTÁ MORRENDO, E O FUTURO INEXISTE!!

Rafael disse...

O mais bonito é que não acontece nada, ninguém reclama. Onde estão a UNE, sindicatos e sei lá mais quem que protestou contra a visita do Bush???
Mas se protestarem podem perder as verbas públicas que devem receber. Então pra que reclamar da galinha dos ovos de ouro se tem pra todo mundo???
Como diz uma música '..cada povo tem o povo que merece..'.
O último a ir embora do brasil que apague a luz..

Patrício no Pilar disse...

deputados que se dão aumento como esse tipo lamentável do ciro gomes a quem dedico um blog por ter me passado um calote enorme... conheça o blog e se for o caso divulgue... abs