sexta-feira, 6 de abril de 2007

As Legiões de Prontidão

Edição de Artigos de Sexta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Nota do Clube da Aeronáutica mostra que os militares estão de prontidão contra manobras autoritárias e golpistas do governo.

Por Ivan Frota

No dia 31 de março próximo passado, manifestando a indignação do nosso quadro social e cumprindo dever estatutário, saímos em defesa solidária dos princípios da Aeronáutica brasileira, afrontados por ações e decisões governamentais. Exigimos, então, fossem adotadas, dentro de 72 horas, providências corretivas que assegurassem a reconsideração da determinação de “desmilitarizar” o controle do tráfego aéreo e devolvessem ao Comando da Aeronáutica a autoridade para administrar o problema militar decorrente do envolvimento de seus subordinados, sob pena de entrarmos com Ação Direta de Inconstitucionalidade, junto ao Supremo Tribunal Federal, e de denunciarmos o presidente da República por Crime de Responsabilidade.

Ao que tudo indica, prevaleceu o bom senso, e todas as exigências que fizemos foram plenamente satisfeitas, dentro do prazo estabelecido. Essa retratação, entretanto, não elimina o ônus da eventual culpa pelas arbitrariedades e pelos crimes cometidos pelo Governo Central e pelos insurretos militares.

Não obstante, temos absoluta consciência de que a nossa demanda, isoladamente, seria insuficiente para produzir o resultado que foi obtido. O que complementou o esforço para reversão do quadro desfavorável foi a reação conjunta, quase unânime, de todo o estamento militar – os Comandantes, os militares da ativa e os inativos, a Justiça e o Ministério Público Militares, os três Clubes Militares e outras associações congêneres, significativa porção do segmento civil da população – envolvendo, enfim, todo o universo da própria sociedade brasileira.

Isso explicita o que todos nós sabemos e já dissemos: A nossa união irrestrita é mais importante do que nunca.

E é assim que deveremos agir sempre, se quisermos preservar os nossos valores mais sagrados, em meio a tantas adversidades que nos são artificialmente impostas. Mas essa aparente evolução da conjuntura não significa que tudo esteja resolvido. Pelo contrário, de concreto, houve apenas um recuo estratégico, e, se desarmarmos os nossos espíritos agora, a pressão avassaladora voltará a se abater sobre nós, pois as forças adversas continuam organizadas. Além disso, é possível que uma armadilha esteja sendo engendrada contra o Comandante da Aeronáutica.

Ao lhe devolverem a autoridade, abusivamente subtraída, podem pretender transferir-lhe, também, a responsabilidade por um eventual insucesso, que poderia, muito bem, ser induzido pelo próprio Governo, com a simples negação dos recursos financeiros indispensáveis ao funcionamento do sistema, ou com o estímulo sub-reptício a novas insubordinações de controladores de vôo.

Lembramos a todas as instâncias governamentais que somente competências podem ser delegadas. A responsabilidade não se transfere, jamais. E quem comete a missão deverá, obrigatoriamente, prover os meios.

Assim, acompanharemos, com muita atenção, o desenrolar dos acontecimentos, para que possamos complementar, solidariamente, as ações do Comandante da Aeronáutica, em defesa intransigente dos valores e dos direitos da nossa Força.

Da mesma forma, atuaremos, em conjunto com os coirmãos Clube Naval e Clube Militar, sempre que identifiquemos qualquer ameaça às Forças Armadas e ao Povo Brasileiros.

Somos, ainda, eternamente agradecidos a todos os que nos emprestaram o seu apoio, tão generoso quanto indispensável, no momento difícil por que passamos.

E vale repetir: A nossa união irrestrita é mais importante do que nunca.

Sem União não sobreviveremos!

Ten.-Brig.-do-Ar Ivan Frota - Presidente do Clube de Aeronáutica

2 comentários:

Bagli&Blog disse...

O sacripanta que governa o Brasil e a organização criminosa da qual ele é fundador e sócio, devem ser enfrentadas com coragem e toda firmeza.

A "Normandia" petista está chegando. Não tenho dúvida! O crepúsculo dos marginais esquerdopatas, está mais próximo do que muitos imaginam.

marco disse...

O Brigadeiro Ivan Frota é um verdadeiro patriota e antevê,como nós também antevemos,o que pretende fazer,de fato,o atual governo da República.Não se pode permitir que sob o pretexto de manter a democracia aceitemos sua própria extinção.