quinta-feira, 26 de abril de 2007

História Useira e Vezeira

Edição de Artigos de Quinta-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Por Márcio Accioly

Até a instalação da CPI do Judiciário (1999), por conta de pressões exercidas pelo senador ACM (DEM-BA), as denúncias contra os togados ficavam penduradas, literalmente, na brocha. No inegável corporativismo, apontar deslizes cometidos pelos chamados “magistrados” se constitui grave operação de risco.

Mas as coisas estão mudando. Lentamente, é verdade, mas vêm mudando. Se não se processam na velocidade que seria de se esperar (ou desejar), percebe-se agora pelo menos maior espaço para exposição nos meios de comunicação. E o que se presencia não é nada agradável. Afinal, magistrados são como demiurgos.

Quem tiver a curiosidade de compulsar jornais diários, publicados nos últimos anos, irá constatar a reincidência de casos escabrosos de juízes vendendo sentenças e participando de atividades criminosas na estruturação de sólidas quadrilhas.

No STJ (Superior Tribunal de Justiça), por exemplo, as atuais acusações a um ministro, por envolvimento na venda de habeas corpus, não são novidade. Antes do caso que agora implica Paulo Medina, o STJ, em decisão inédita (no dia 02/04/03), afastou de suas funções o então ministro Vicente Leal.

Sua ex-excelência, de acordo com relatório da comissão de sindicância do tribunal, foi flagrado num esquema de venda de habeas corpus para a quadrilha do traficante Leonardo Dias de Mendonça.

E quem se lembra dos juízes Rocha Mattos (“acusado de encabeçar uma rede que vendia sentenças para contrabandistas”), Pedro Aurélio Rosa de Farias (TJDF), Roberto Haddad (TRFSP) Casem Mazloum e Ali Mazloum, entre outros?

O desembargador Haddad, “acusado de falsificar documento da Receita Federal”, foi beneficiado pelo STF – Supremo Tribunal Federal, com base num voto proferido pelo ministro Gilmar Mendes (nomeado pelo ex-presidente FHC, 1995-2003).

E Gilmar Mendes é acusado de “agir em causa própria” por integrantes da Procuradoria Geral da República. O ministro responde a ação de improbidade, oferecida pelo procurador da República Luiz Francisco dos Santos, por “enriquecimento ilícito”.

A Folha de S. Paulo do último dia 11 de março trouxe matéria de Frederico Vasconcelos, a qual sua excelência não respondeu ou comentou. Os fatos ali levantados demandariam investigação minuciosa, se quase tudo aqui não caísse no esquecimento.

Na reportagem, decisões tomadas por Gilmar Mendes são seriamente questionadas, especialmente as referentes à Operação Anaconda, deflagrada pela Polícia Federal em 2003.

Os juízes Casem Mazloum e Ali Mazloum, ali denunciados, “livraram-se de ações penais em decisões com votos de Mendes”. O caso foi motivo de grande frustração entre policiais federais. Provas irrefutáveis foram colocadas abaixo com uma simples canetada do ministro.

Outro fato que se evidencia é a absoluta falta de punição para autoridades encontradas com a mão na cumbuca. Saem da vida pública, mas levam para a privada suas gordas aposentadorias. Não perdem privilégios adquiridos.

Seria bom colocar as barbas de molho. Porque tal bandalha gera enorme desconforto no seio da chamada mundiça, o povo comum, propiciando a ascensão de aventureiros e autoritários de plantão.

Hugo Chávez, na Venezuela, desmontou a mais alta corte do país sem que o povo se mobilizasse para defendê-la. Bolívia e Equador seguem o mesmo rumo. Na onda populista que varre nosso continente, as caldeiras estão sendo alimentadas.

Márcio Aciolly é Jornalista.

10 comentários:

Alexandre Core disse...

O Brasil está sendo destruído de dentro para fora. Estamos infectados por um vírus mortal que está acabando com a Democracia e minando a saúde da República. Nas palavras dos Founding Fathers (pais da independência americana) o voto não poderia representar a tirania da maioria.

Isso parece já estar acontecendo no Brasil onde o voto popular mesmo longe de ter sido o da maioria esmagadora da população do país, conferiu ao atual governo a sensação de estar acima das leis. Com isso o vírus presente também no Legislativo e Judiciário encontrou o organismo enfraquecido que precisava para deixar a condição de incubado.

Nossa Pátria está doente e só não vê quem está ocupado com as frivolidades do dia-a-dia ou em colocar os interesses pessoais acima dos interesses coletivos.

RIGHT WING disse...

Bravo Alexandre Core, endosso suas palavras!

O Brasil "mostrou a sua cara" e infelizmente ela é suja!

Anônimo disse...

Saudações.

NA CONTRACAPA DE UM LIVRO ENCONTRAMOS COINCIDÊNCIAS QUE GOSTARÍAMOS QUE NÃO FOSSE VERDADE ...


Para facilitar o entendimento do texto a seguir, vamos ao dicionário procurar a palavra Sátrapa, para depois podermos entender nesse mesmo texto o que vem a ser a palavra SATRAPIAS.

Sátrapa: Na verdade um dirigente despótico.

1.Governador de província, na Pérsia antiga.

2.Fig. Homem poderoso, dominador; déspota.

3.Homem voluptuoso, indolente; sibarita.



Nome do livro em questão:

“O COMPLÔ PARA ANIQUILAR AS FORÇAS ARMADAS E AS NAÇÕES DA IBERO-AMÉRICA”

Na sua contracapa podemos ler, referíndo-se ao “Complô”:

Mas ele existe e seu objetivo não é apenas desmantelar as instituições militares da região, mas as próprias nações que elas estão encarregadas de defender. No contexto da “Nova Ordem Mundial” pretendida pela oligarquia anglo-americana, as nações ibero-americanas são consideradas meras satrapias, com “soberania limitada”, submetidas à pilhagem de suas economias pelas políticas impostas pelo Fundo Monetário Internacional e pela banca usurária e a uma perversa política de despovoamento e “apartheid tecnológico” por parte das potências do Grupo dos Sete.
Os métodos empregados contra as Forças Armadas ibero-americanas envolvem campanhas hipócritas de presumida defesa dos direitos humanos, que, na verdade, apenas servem para respaldar a grupos narcoterroristas, como o Sendero Luminoso, o MRTA, as FARC e outros membros do chamado Foro de São Paulo. Ao mesmo tempo, o governo dos Estados Unidos exige a redução dos exércitos ibero-americanos e, em alguns casos, a sua virtual extinção.


Aos PATRIOTAS BRASILEIROS, um grande abraço.

Manoel Vigas

FAÇAM SUAS APOSTAS!! disse...

http://narizgelado.apostos.com/

Marcos Valério foi poupado.
Genoíno é deputado.
Eduardo Azeredo foi poupado.
João Paulo Cunha é deputado.
Delúbio Soares foi poupado.
José Mentor é deputado.
Roberto Brant foi poupado.
Paulo Rocha é deputado.
Silvio Pereira foi poupado.
Sandro Mabel é deputado.
Luiz Gushiken foi poupado.
Valdemar da Costa Neto é deputado.
Duda Mendonça foi poupado.
Lula é presidente.
Arlindo Chináglia é presidente da Câmara.
Renan Calheiros é presidente do Senado.
A denúncia do Procurador Geral da República foi para o lixo.
O relatório da CPI dos Correios foi para o lixo.
Não há crime, nem dono, para aqueles R$1,7 milhões encontrados com os petistas durante a campanha presidencial.
ACM foi a Lula.
Aécio foi a Lula.
Serra foi a Lula.
Tasso foi a Lula.

RESERVAER disse...

HAL DO BANCO CENTRAL RASGA A CONSTITUIÇÃO.

HAL, o computador que irá vasculhar, espionando sua conta bancária, sua cueca/calcinha e sua vida, foi inspirado no autor Arthur C. Clark e história “Odisséia no Espaço”. Dizem que não, porém são as letras uma a uma, anteriores do alfabeto da IBM....Antes do “I” vem o “H”.....Antes do “B”...Vem o “A”.......Antes do “M”....Vem o “L”........Macabro não?

Em qualquer momento você será vigiado pelo poder do Estado do não Direito, tanto pelo Judiciário como pela Polícia Federal e lógico pelos PETISTAS!
Será muito interessante, o PODER do Judiciário, da PF e Petistas no Planalto, que facilmente “Arrancarão” muito dinheiro de empresários, numa clara e aberta ideologia FACISTA, controlado pelo Banco Central (que ninguém em nosso país pode mais fazer auditoria, pois o BC é exigência alienígena externa, onde entra e sai Capital de Multinacional entre outros, debaixo das barbas dos brasileiros)....E ainda dizem que o imposto IPMF serve para controlar a “lavagem de dinheiro”......Como pode isso?

Quem controla o dinheiro de uma nação, controla seu poder eternamente, você é enganado que existirá Democracia neste país, daqui pra a frente, pois o Brasil é uma Colônia que precisa se desenvolver, muito diferente dos “HAL” da França e Alemanha. O ouro, metais e pedras preciosas, Euros, Dólares, serão uma moeda de caixa dois pelos médios e grandes empresários, será um caixa dois que servirá como uma “luva” para os Poderosos Políticos, Partidos no Poder e poderão arrecadar nestas moedas, sem terem mais receio de vasculharem suas contas de Campanhas Políticas, diante de qualquer entidade e principalmente do STE e de qualquer CPI no futuro, além é claro de subornos pelo Judiciário e PF aos empresários inocentes.....Mas qual é inocente?

Funcionará assim, é uma pequena simulação (errada), mas serve para entender :
Você ganha seu “soldo”, por exemplo, de R$ 5.000,00 então deixa no banco R$ 1.000,00 e os R$1.000,00 restantes, aplicará no mercado convencional e o restante R$ 3.000,00 será aplicado no mercado “paralelo”, onde o HAL, jamais poderá “enxergar este capital”, pois estará em ouro ou outra moeda, sem intervenção dos Bancos de do HAL, pois o “rendimento” dos R$ 3.000,00 estará debaixo de seu colchão ou travesseiro, talvez numa gaveta camuflada.
Em caso do HAL, pergunta-lo, onde está este dinheiro, você simplesmente diz que não existe, foi gasto e virou fumaça ou mesmo diz que distribuiu aos pobres, tudo pelo social......

Sua vida ou empresa, girará em torno sempre do que aparece no HAL, que são seus R$ 2.000,00 “oficiais”, no entanto, para impostos e renda, serão sobre o que recebeu R$ 5.000,00, mas não os “rendimentos” dos R$ 3.000,00. Imaginem agora com as grandes empresas e corporações, com valores imensos? Por exemplo R$ 50.000.000,00 mês......Em um ano a empresa terá debaixo do travesseiro próximo de 1 a 2 toneladas de ouro maciço........

Mais informal e marginal o país não criará empregos, entraremos no caos social ainda mais, fortalecendo o Brasil como um país verdadeiramente Colônia....Assim os Partidos Políticos e Poderosos do Planalto, sabendo que é isso mesmo que ocorrerá, pedirão ouro maciço aos empresários que os transformarão via Banco Central (sem auditoria e controlado pelos Facistas-Comuno-Social-Petistas).....Será um paraíso fiscal des-fiscalizado pelo HAL, Bancos, STE e outros.......No mundo CAPITALISTA SELVAGEM, nenhum empresário aceita que vejam seu ouro, aprendi isso anos atrás na Europa da Boca de um Capitalista, isso é ponto pacífico!!!

Abraços
Paulo G.
PS-O HAL brasileiro, é a maquiagem da malandrqagem, roubo e pilantragem político governamental, o povo é que será vasculhado na verdade!.......Uma hora a Bomba explode!

Anônimo disse...

Sr. Jorge Serrão,

Caso não saiba, tenho aqui uma notícia triste : O ex-presidente Fernando Henrique foi assaltado em Madrid na Espanha junto com sua esposa e seu neto . Os ladrões roubaram tudo até o sapato de FHC, porém, para a minha tristeza e de muitos brasileiros, os ladrões o deixaram vivo . O traidor do verde e amarelo que cometeu vários crimes de lesa-pátria escapou . Eu tenho memória e jamais vou esquecer da Emenda Constitucional de Dezembro de 1998 (da Previdência) entre outras atrocidades . MALDIÇÃO !!!!!

Paulo

RIGHT WING disse...

Para mim está provado por A + B que o Brasileiro não tem educação nem cidadania para se tornar um país "democrático".
O Regime Militar nos beneficia com disciplina e cumprimento das leis de ordem, o que leva o país à paz e ao crescimento e desenvolvimento.
Um país que não tem memória e distorce a verdade, é um país de bossais e/ou aproveitadores.
Estes políticos criminosos que hoje manipulam este país destruiram a integridade do povo brasileiro e hoje somos uma nação de corruptos impunes e descarados.

QUE SAUDADES DOS GRANDES ESTADISTAS MILITARES!!!
HAVIA ORDEM E PROGRESSO NESTE PAÍS HOJE INFESTADO PELA MÁFIA POPULISTA , CRIMINOSA E CORRUPTA!!!!

NÃO TENTEM! disse...

anônimo 12:38 PM Paulo

anote aí

O dedo indicador da mão direita, continua tamborilando nervosamente, num ritmo frenético, motivado pelo ódio que já foi revolta, que já foi indignação e que se transformará em violência.

Os sinais da luta fraticida, já são vistos a olho nú...


... os coturnos estão engraxados...

Anônimo disse...

http://cbn.globoradio.globo.com/cbn/comentarios/arnaldojabor.asp

Terça-feira, 24 de abril de 2007
"Com dois meses de gastos com gasolina, deputados poderiam ter dado a volta ao mundo e ido à Lua várias vezes"

Quinalia não gostou, está processando Arnaldo Jabor.


Que dizer disso Deus do Céu?

Anônimo disse...

O poder do voto.

Carta aberta.
Por Ricardo Antonio filgueiras.
Rio de janeiro 26 de abril 2007.
Quando o povo não acordar para a realidade do poder do seu VOTO que ele possui onde a maioria na verdade não dão o mínimo valor e pensa que o seu voto nada representa na sociedade não irar melhorar em nada e è por este motivo que a nossa política esta sem moral, nós cidadãos só sabemos ir para as urnas e VOTAR e se não temos candidato pegamos santinho na mão de alguém ou espalhados pelo chão e ai escolhemos o candidato sem nos preocuparmos com a pessoa que ira nos representar sem mais e sem menos damos a ela o nosso voto, há culpa não é só dos políticos e sim de nós mesmo que não procuramos acompanhar estes homens e a política deles não damos a eles o que eles merecem O VERDAEIRO VOTO NULO, muitos de nós somos DESATENTOS também o fui no passado e dizia que nada iria mudar se eu vota-se nulo mais eu estava errado o movimento na eleição passada confirmam o medo de algumas AUTORIDADES e partidos com receios do despertar e logo se levantaram para proferir palavras nos meios de comunicações a todo o pais e desceram se o povo votar nulo e não cumprirem a obrigação de escolher um político serão leviano com o ato cívico. Eu digo que ao contrario somos ígneos e crianças na grande praça do mundo não damos o valor ao nosso voto e continuamos a votar no sistema escolhendo os novos políticos achando que um dia poderá mudar o que na verdade não se pode mudar o que se apodreceu tem que na verdade é que ser retirado enterrado. Vivemos politicamente incorretos na essência da imoralidade e no descaso SOCIAL em todos os sentidos onde todos fazemos parte. Nós os cidadãos brasileiros somos levado na utopia desses politiqueiros comunistas sem nos perceber para onde nos levam que é a destruição familiar na irracionalidade que professam esses homens que um dia demos a eles um voto de confiança na esperança de trazerem dias melhores para o nossa PATRIA MÃE BRASIL e o que podemos fazer para reverter este processo quando despertamos e vemos o que nos resta ainda aos poucos foram nos tirando a esperança de cada dia que estes homens aproveitaram da inocência de nós cidadãos, ainda alguns cidadãos permanecem iludidos achando que colocando novas pessoas no poder elas irão fazer novas ideologias política e melhorar a vida de cada um e de sua família mais se enganam os que acham e se esquecem que estes novos políticos estarão dentro do mesmo saco que este saco esta cheio de políticas podres onde muitos se alimentam dela e contaminam outros nesta escoria social econômica e política que foi produzida pelo tempo, dando a continuidade neste processo com o nosso VOTO jogando novos políticos no fogo e achamos que eles tem a obrigação de limpar esta sujeira mudando os conceitos para novos horizonte com políticas sadias, meus irmãos o que se enraizou pelo tempo se apodreceu não tem cura sempre imperou o comunismo plantado no disfarce de bom samaritano para subir ao poder da política nacional esperando a oportunidade dos MILITAR a SUCUMBIR na sena nacional para o então os LOBOS e as IHENAS se levantarem como democratas sociais com raras exceções que se manifestam com a indignação a favor da MORALIDADE PUPLICA onde seus pares abusão do poder que os praticam mais eu digo a vocês que lutam pela decência ainda não tiveram a coragem de gritar verdadeiramente e de se rebelarem pela verdade no processo político que os ATONIA alguns lentamente falam com MORAL mais muitos ainda lutam pelo VIL METAL e pelo PODER e assim dão a continuidade na maior parte do bloco da indecência política que é apregoada a NAÇÃO e assim nós o POVAÕ continuamos a.CHORAR!

O poder emana do povo para o povo.

Grupo de Ação popular